Página 390 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT-18) de 16 de Maio de 2024

arcar com todas as despesas abrangendo combustível e manutenção, devendo ser condenada das diferenças, uma vez que o reclamante sempre foi obrigado a complementar gastos de sua motocicletas com valores superiores dos quais recebiam para este fim.

Já no ano de 2018/2019, vejamos que o valor deveria ser pago conforme km rodado estabelecida na cláusula da CCT do SINDVENDAS e mesmo assim depois de inúmeras tentativas, o reclamante não teve êxito em suas reclamações.

Por exemplo a CCT de 2018/2019 com vigência de 01/09/2018 até 31/08/2019, em sua cláusula estabelece o valor de KM rodado

Figura representando 3 páginas da internet, com a principal contendo o logo do Jusbrasil

Crie uma conta para visualizar informações de diários oficiais

Criar conta

Já tem conta? Entrar