Página 2634 da Suplemento - Seção III do Diário de Justiça do Estado de Goiás (DJGO) de 21 de Março de 2017

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS

COMARCA DE PARANAIGUARA

Gabinete da Juíza Dra. Maria Clara Merheb Gonçalves Andrade

Processo: 5064116.42.2017.8.09.0119

Parte autora: LAURA GOMES

Parte ré: MOBILIA MOVEIS E ELETRODOMESTICOS

D E C I S Ã O

Cuida-se de AÇÃO DE COBRANÇA CC DANOS MORAIS E MATERIAIS, OBRIGAÇÃO DE FAZER E PEDIDO DE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA aforada perante o Juizado Especial Cível, sede em que se postula a concessão de antecipação dos efeitos da tutela para fins de suspensão da incidência de encargos decorrente da aquisição de um bem.

Decido.

Embora a situação narrada na inicial revele certa urgência, entendo que a probabilidade do direito ? requisito também essencial ao deferimento da benesse, nos termos do art. 300, caput, do Código de Processo Civil ? termina sendo afastada quando se observa que não há elementos suficientes para o deferimento do pedido liminar.

Assim, conquanto presente a urgência exigida pela norma processual, reitero que a postulação esposada pela parte reclamante não preenche os demais elementos do instituto previsto no art. 300 do Código de Processo Civil, devendo ser, por prudência, indeferida.

Por esses fundamentos, indefiro o requerimento de antecipação de tutela.

Providencie a Serventia do Juizado Especial o agendamento de audiência de conciliação.

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

Documento Assinado e Publicado Digitalmente em

Assinado por MARIA CLARA MERHEB GONCALVES ANDRADE