Página 19 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 23 de Janeiro de 1909

Diário Oficial da União
há 110 anos

• molica.d-arte de formular: : ; -•• • • • • .2. 11.Materia

•: _ 8.° Noções e bases da chim i ca analytica em suas

applicaçõeS á • • ..

• • medicina e-toxiologii cm geral. ••

• Art. 85. Para cada uma (la gos

materias serão formulados

• seis pontos, no dia de . cada prava, e tirados á, .sorte pelo primeiro

'candidato inscripto.

Art. 86. Os candidatos soão submettidos à tres provas: ia,. cripta, oral e pratica.

• • A prova eiscripta versará sobre pharmacolog,ia, a oral sobre • maioria m edica e arte da formular e a pratica sobra oharmacia

pratica e chimica analytico.

Art. 87.. Para a prova escripta, disporão os candidatos d3 tres horas, para a prova oral moia hora e para a pratica o tempo nocessado para solução das quest5es.

Art. 88. As tros provas serão MEU em dias differentes, sendo -para a prova oral o pratica, no maximo, a turma de seis condi-'dates.

Art. 89. Depois da ultima prova oral e em se são secreta,

g

procederá a commissão ao julgamento dos candidatos, que será feito por votação nominal o ,

'Êegttrulo a ordem do inscripção dor

mesmos. •

Art. 93: Haverá duas vo 4

ações, sendo a -primeira • pora-itabi .itação o a segunda para classitleação dos 'mesmos candidatw.•

• •Art. 91. Antes do dia -marcado para o concurso, :orá- nomeado um conselho de julgamento •composto do sois membros- a oaber: do Inspector de Saud& Naval,

ltofe do el Miei medica do Hospital Central da Marinha, director do Laboratorio Pharmareutico. encarregado do Gabinete de Analyses, encarregado da phormacia do hospital e mais um pharmadeutico d;signalo pel 'aspei:torta de Saud° Naval.

Art. 92. No mais seproced rã dc accôrdo com a di gposição pára admis gão dos medicos. .

Art. 93. O Governo poderá. fazer dentro de um an'io as altora,ções que juloar necess trios.

Art. 94. Revogam-se as disposiC3e3 em contrario.

Rio do Janeiro, 3 de dezembro cio 1938.—.Ve caodriao Poio de Aleneir.

.Ministerio da Justiça e Negocio

Interiores

Por decreto ; de 21 do corante:

Foi reformad ) no posto de alferes, com o soldo poe inteiro, nos termos do art. 74, 5' parte, do regulamento approvado -p eio deereto n. 5.558, de 20 de junho de 1905, 010

regi nento de infantaria „sargento chefe do 1 0

da Força Policial do District° Federal, Paulin Th miaz Pessoa..

Foi mau lado aegregar ao 1° regimento do infantaria da Força Policial do Districto Federal, Dor um anuo, de accôrdo com o

do deceeto n. 20,

n. 2 do .§ 1" do art. 2 0

d.e 1 de dezembro do 1811, combinado com o decreto legislativo n, 720; de 28 de setembro de 185$, o major Daniel da Silveira Brum, visto ter sido julgado incapaz para o serviço dos armas MI inspecção de sa•ude a que foi submettido.

Foi aposeotado o 1i:chorei Condido Vieira Cli tves no togar de juiz fe leral na semi:o do

g . 00s

/Manais, com t0(1 • 15 03 veacimento

-de 11

.tormo.s do art. 39 do decreto n. 843,

de outubro de 1899.

Foi roam luzido o bacharel Luiz Augusto ck Sampaio Vianna no logar de juiz da 10 0 pretoria do District° Federal por tempo de quatro olmos, na firma da lei.

For..m exulcerados Vit G )nçalves Lopes e Avelino de Campos Negreiras dos logares:

este, de 3° supplente da juiz substituto ..federal no municipio de Ribeirãosinho e

aquelle,de 1 0 supple de no de Mattão, amboi na seção de S. Paulo.

Foram nomeados Supple..tes do juiz substituto federa!:

SUCÇÃO DE MINAS CERAES

3runiipi. de 1.:1nraWt.

Primeiro supolento, Justiao de C irva,lho.

s •-•:eçiço DE S. PAUL')

Municipio de Hutt To

Primeiro sapplento, Virgilio de M dto.; Pitombo. •

Municipio de T'aquariling

• Primeira supplonte, Dr. Argel) Tourinho

' •••• -

BittenOrirt;. •

••

,

Segundo ii•itto Atiotoo Auto do Jacylitho de •Medeiro ; Junior ;•- • •

•- • Teredirb s ippiente; Jo..q um Ribeiro •do

Vai Junior.

, •

• .socoão De IARANI1TtO

. .

secçio, •

... . 'SAle di

• Segundo, .stipplente'; • JOtq'tiiria Pi ri 0 .-• éár' -*fieira ; • •

• 0Tdceiro stroplonto,

Furam cla sificadosi na 2 1 bateria (1. ) 1°

g

batalhão, o capitão Malool Felix de Mene-0 , o caoi tão Joaqui

zes ; na l bateria do 1

Potygut ira de Made.lo e no logar do ajtt tanto do 20 de artilharia, o capitão Nepomuceno da Costa.

Por decretos de 21(10 corrente:

Foi concedido ao professor da extincta Escola Preparatoria e do Tantica de Porto-Aio rre, tenente-coronel Olavo Ott mi Barreto Vianna o acero -cimo de . 20 Si sobre os vencimentos que percebe como professor, de accôrdo com os arts. 31, do Codigo de Ensino approva.do por decreto n 3.830 de I do janeiro de 1901 o 283 do regulamento que baixou com o de n. 330, de 12 de abril de 1890, accre gcimo que 1113 será abonado (10 21 de. novembro do 1908, vespiora do dia em que completou 20 annos de sgrviço e:lectivo no magisterio.

batalho

Foi rel'ormalo o capitão do 27 0

do info, rit kria Mano d da Silva Pires Ferreira, visto ter att norido a idade para a reforma compulsoria, de accôrdo com o art. 10 do de reto 193 A, de 30 do janeiro do 1830.

Foi declarado sem effeito o decreto do 22 de dezembro ultimo, 'na parto relativa ã classificação dos capitães Antonio Henrique Cardim ii I° bateria do 1° batalhão do artilharia e João Froderioo Ribeiro, -no legar de airdante do 20 batalhão da mesma arma.

peffilln•n••n.~...~ n••n•nr •n•••n=ffinem"MeM

SECRETARIAS DE ESTADO

Ministerlo da Justiça e Nego cios

• Interiores

•trucção ,da Bibli Aboca Nacional—Nu-Cia

mero 111—Rio de Janeiro, •19 de ja loiro do 1909.

Exmo. Sr. Dr. Augusto Tavares de Lyra, Ministro da Justiça, e Negocios Interiores. ' —Ern resposta ao vosso officio reservado, de 10 do corrente, tenho a honra de pres i ar-vos as informaçõos necessarias sobre os volumes vistos na Ca a Colombo, desta praça, e que se stip -ioe sejam. da BilPiot'leca Nac'onal. Na requisiçio do de pariá) livre para

50 volumes marea ng• 5.801 a 5.850;

TA •

contendo machinas electrica,s para elevadores, vindos do Nova York no vapor Polarstje ncn, estavam 'incluídos tres volumes adquiridos pela casa 11 rna. Stoltz Comp. O despachante ilesta`costrudção o . repre-• sant:tate da firma, em carti que pot por, -Cópia, d e ranir.parte lida , 1 tatircÇcnt dess•a,1 -litr,Igularidade; e .0m-officio' ir: 61, de •Seterá-: :brootizSciaoto.a,o . Se.:. ias pretor da oal-: faxina do 'que os ref !cilas vol • inties„não nos,. pertenciam,

COMO Se verifica na ó ipia junta. A casa Herm. Stoltz (.4z Comp. assumiu inteira responsabilid ide dessas despachos. que lambem eram Material electrico para elevadores, e pagou os re,spectivos direitos, corno prava a informação que solicitei para maior presteza d Sses' esclarecimentos, não tendo havido, portanto, descuido, nem falta de solicitude em salvaguardar a Fazenda Nacional do qualquer fraude, c,mo V. Ex. verá, dos papeis Juntos; • •

• Sande o fratoraidade.—McoV)

Alexandre Alma: F-eire,

Coronel de engenheiros.

Herm. Stoltz & Comp.— SOC(,:i' 0 techaica — S/P —Rio de ,Ianoira 24 do setembro de Is-!M.•

Illm: e' Ex. Sr. coronel Dr. Nicoláo A.- Muniz Freire, muito digno engenheiro chefe. du obras da Dibliet'icca Nacional, nesta Capital — E are as caixas vindas de Nove' Yuri: pelo vapor Po'orstjerae i,

consignadas a eslas obras, foram, por cagou 1, tuobtidas tres caixas que f io lhe pertencont e que fazem parte de um outro elevador para estabelecimento commercial. Estas c Lixas teem a marca IIN/TA o os seguintes numero; e • conteúdo:

58.105—Obras de forro pesando liquido 135 libras e bruto 195 libeas.

58.107—E-trado de madeira e ferro para um elevador, pesando liquido 303 libras o bruto 575 limas, ambas do valor opro y ima,do de 30 dollors.

58.150—Contendo fio do arame de aço, pesando liquido 473 libras e bruta 50)

do valor approxim talo do $ 5 (cinco (lo'lars).

'Pedimos a V. Ex. se digne no untar deixar ficar estas ires caixas na Alfandega, alm da

quo sejam retiradas por nós, apás o pagamento dos respectivos direitos, para cujo um se dignorá dar disso neeessari o aviso á Inspectoria da Alfandega

Antecipando os -nossos arraleeimentos. subscrevemo-nos com toda a consideração e e elevado apreç). De V.' Ex. attentos veneradores e obriga-lo 4 , 11e/n. Sioli Comp.

Oficio n. 61 — Rio de Janeiro, 23 de setembro de-1903.. • : ••

Sr • • Dr. Luiz . A lolpho Corrê

Gosta, inspector da Alfandega -do Rio. do Janeiro—Levo ao vosso eanhr:imenta, para os devidos fins, que os volumes ns. 58.103, 58

.

1(17 e 53.150, marca BN/TA, consignados a estas obras, nio foram adquiridos a-firma Herm-. Stoltz Camp o -como podeis verificar com o documento junto, porton

• endo, á Isibliothoca Nacional

03 de ns 'f,o8 101 a 58.105

e 58h08 'a 58..1.49, 47: volturiolg: parda

ou'

BN/TA, ernbareadós -no' .vapor dinamarquoz Po.arstie.

nen; entrado nesto • portp a 2!.'do "correCe, procedente dé Nova -Yur1,- tão

ra