Página 36 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 19 de Maio de 1912

Diário Oficial da União
há 107 anos

6580 DomingoA9

José alauseure socio -da. -firma. Salopão- José,

11:filãO, e Caln José -Ma

Monsen & u se i ), o, Unieo.

desta, pelo seuprocurador, para conser-.SOCIO

vação e resolva de seus direitos, querem interpor perante V,Ex.inn protesto contra Thomaz Antonio Camacho Vieira e a. firma Villela

& Comp., residente. nesta cidade, e contra,

aquelles que este possa interessar, nos termos

a 302 do Reg. n. 737, de 25

dos arts. no

de novembro de 1830, baseados nos seguintes

factos e fundamentos: 1", que no dia 27 de

abril de 1909; Salomão. Jose Mauseur & Irmão

, José Mausen

representados pelo socro Caril

arrendaram um, predio a Tienuaz Antonio Ga-. , Floriano

rnacho Vieira, sito á rua Marechal

Peixoto n. 125, pele prazo fixo de cinco olmos

do coatracto junto

la

como 'se vê da clausula

(documento u..1); 2°, que em fim do anuo passado proxiino, o dito- peedie foi, destruido por

nin incendi° casual, como os bens dos suppi1-cantes cujo valer segurado lei recebido; 3°,

que proprietario .Thomaz Antonio Garnacho e, ao

Vieira, com o dinheiro que recebeu do sogitto,

reconstruiu o predio arrendado, aos supplican-0

tes;4

), que os supplicantes quando esperavam sirva-se V.Ex. ordenar a intimação por edital

DIÁRIO OFFICIAL

Juizo deDireito da Terceira.

Vara Civel.

-De citação Com o prazo de , tres mezes

O Dr. Auto Fortes, juiz pretor, em exercicio pleno do Juizo de Direito da 3 4 Vara Civel nesta Cidade do Rio de Janeiro, Capital Federal da Republica dos Estados Unidos dó

Brazil:

Faço saber aos • que esse edital de citação com o prazo de tres mezes virem ou deite conhecimento tenham que, por parte de Joaquim Rangel Junior, ma foi dirigida, dopo Ide distribuidaï a petição do teor seguinte: Exmo.

"Vara. Civel—Joaquim Range Sr.Dr. juiz da 3'

junior, proprietario de uma nota prondssoria do valor de 20:000$, jures de f %, a seis

, do

mezes de prazo e emilti la pelo Banco

Brazil em 16 de outubro de 1011, vem declaa perdeu. Por esseanotivo requer a rar que

citação de dito Banco para que não a peque a qualquer pessoa que se apresente a cobrei-a

justi--mesmo tempo, para vir ass:stir

Meação do allegado e:n dia e hora préviamente designados. Julgada a justificarão, e esperam que o proprietario lhes. entregue o do detentor para apresentar em Juizo, no

C011011UereM O

predio arrendado para

seu prazo de tres mexes. titulo perdido, sob as

contracto, como de lei, praxe e estylo, foram penas da lei. P. deferimento. Rio. 2 de maio

ou- será.

. informados de que o dito predio

lienriqua Inglez de Souza, advode, 1912.—

&

arrendado. a Vilella

Comp.; 5°, que gedo. (Estava senado com uma etampillia de tendo os supplicantes incorrido em faltas pre- 300 reis, devidamente inutilizada); Em cuja

vistas pêlo seu contracto, que se acha em

pleno vi e•

or, não podem se conformar com o D. A. Sim, designando o csTivão. 111o, acto ou intenção dó supplicado. Nestes termos,

, do arprotestando contra o acto ou intenção

dito predio a outrem,:pelo

- rendamento do

seu proprietario -Thomaz Antonio Garnacho

Vieira,' os supplicantes, protestando desde já

todos os direitos

por perdas e delimos e por

que' lhes assistem; - requerem a V. E. se

'digne mandar intimar ao supplicado do preprotesto; depois' de tomado portermo,

seáte .

mandaria° publicaFo por edital para sciencia

de todos os demais interessas, sob as penas

da lei. Os supplicantes esperam que V. Ex. se

dignará ordenar o requerido para o fim exposto, 'e, findo o processo, mandará entregarlhes'ost autos independente 'de traslado, como

de 'direito, 'e na:forma da lei. Rio de Janeiro,

14 dê maio de 1912.--Por procuração,Antonio

advogado. (Estava senado).

• José da Silva..

Réplica: Estando ausente o 'juiz do feito, os

supplicantes pedem ao. Oneretissimo juiz' da

Vara para despachar esta. Rio, 14 de maio

.5

1912.—A/rem-no José da Silva. Em Mija pede .

de distribuida,, foi proferido odes

..- tição, depeds

pacho do teor seguinte: A, sim. Rio, 1•4 de

O termo de

—Oridio forneiro.

maiti" de 1912.

Protesto é' do teor Seguinte: Termo de protesto. Aos quatorze de maio de mil novecen-•

- tos e doze, nesta cidade do Rio de Janeiro e

cartorio compareemio Dr.. Antonio Jbsé da

;.:em .

'Silva, e em'nome de seus constituintes Joa.nna

Migtfel Machnue Mouseur e Caiu José Mansem,

proteStava, como protestado tem, contra o

acto da intenção do arrendamento a calltrem,

:Cella' Floriano n. 125,

do .Predio á rua Mar

que lhes' foi arrendado por contracto pelo seu

propriétario Thárnaz Antonio Camacho Vieira,

tudo de accórdo com a sua petição retro que

fica fazendo parte integral deste termo e as-. signo. Eu, Manoel Estanisláti, Cruz Gaivão,

Antonio José' da 'Silva.

escrivão, o escrevi.—

mia virtuda do despacho. acima transcripto,

E,

por este faço publico, o protesto dos supplie

de que tratou a. petição referida .e

cantes ,

-• para scieacia da todos os demais inte-.termo,

ressados, sob as penes da lei, como se pede na

dita petição. E. para que chegue a noticia

'

chame 'a iguorancia, Manse:

' todos e', 11.itivieru

passar este.e mais dons de ignal teor que

'dei.

serão publicados pela imprensa, um. deites

"será ailaado em logar 'publico do 'costume.

Dado e paSsado nesta cidade dó Rio de Ja-"miro, aos 16 de inalo de 1012. -E eü, Manoel

Estanisláu Cruz Gaivão, escrivão, o escrevi.—

Auto Fortes.

-dei . o despacho do teor seguinte *: petição

—FoH.es, e designados de maio , de 1912.

'dia e hora da justificação, foi o Banco do Brazil citado, conforme a certidão do teor seguinte: Certifico e dou fé que pelo •

conteúdo da proseute petição e seu .respeitavel despacho, intimei o Banco do Brazil na pe a de seu presidente, que ficou bem .sciente do conteúdo da mesma e do dia • e hora des:-emados, tudo como se vê do sciente -supra. Rio, de maio de 1912; o (Aluai de justiça

P

Francisco Corrêa Lentes de Figueiredo. E tendo

.ação, vieo supplicantes produzido sua, justific

ram os autos a conclusão e imites proferiu sentença do teor seguinte: Julgo por sentença • preseute justificação para que produza. todos os efibitos do direito e em conSequencia, determino seja feita a intimação por edital, nos terex-causa.

MQS da petição de fi. 2. Custas,

8 de maio de 1912. Auto Fortes. E, em virtude desta sentença, por eSte cito e chamo ao detentor da nota promissoria de que trata a petição supra, para, no prazo de tres mezes, a contar da affixação e publicação • deste, aprer sentai-a neste juizo, no Foram, á rua. Menezes Vieira, antiga Invalidos n. 152, sob as penas da lei. E, para que chegue a noCcia ao dito detentor, mandei passar esto e mais dons de igual teor que serão publicados pela imprensa

uni delles affixado no togar do costume, do que o porteiro, dos auditorios lavrará certidão para ser junta aos autos. 'Dado e passado nesta cidade do Rio de Janeiro, em 16 de maio

1.1112. E eu, Manoel Estanislau Cruz Gaivão,

Auto Fortes.

escrivão, subscrevi.—

.

Juizo do Direito . da Quinta

Vara Civel

De citação, com o preso de 30 dias, ao

ausente Telesco Clapp, para sciencia da acção de notificação que move José Antonio dos • Santos G,tdmarães, na fôrma aéaivo

O Dr. José Ovidio Marcondes Romeiro, juiz de direito interino da 5 a Vara Civel do District° Federal

Faz saber que por este juizo e cortará do. escrivão que este subscreve, processam-se- os autos de notificação em que é autor José Antonio dos Santos Guimarães e réos DD. Joanne Jardim Clapp, Maria, Ilenriqueta Clapp, 'Americo Clapp, João Clapp, Atenha' -Clapp e Telesco Clapp, nos quaes foi lhe dirigida

petição do teor seguinte : Petição: — filmo.

. da 59- Vara Civer

;Ex,m, Sr. De. juiz de direito

—,José Antonio, dos Santos: Guimarães, proprietario do predio .e, respectivo .- terreno

Li. 6, • antigo 4:, freguezia da

á .rua do: Páo .

Gavea, nesta cidade, comprou ao•finado João

Clapp mn terreno contiguo áquella sua propriedade, cujos caracieristicos e confrontações

estão especificados e descriptos no:titulo de 5

de novembro de 1912 (dec. ri. 1), no qual o

vendedor se obrigou a dar a, titulo definitivo

na primeira opportunidade, declarando que

não a fazia desde logo,.:sto é, no proprio acto

ao recebimento do preço da venda, em sua

maior parte, por achar-se doente e não lhe

ser dado salde á rua. Fenecendo o. referido

Clapp antes de dar o titulo a qne. se

João

ara, pagou o supplicante á viuve, e filhos

obrig

do mesmo finado o restanle.do preço que convencionado fora, recebendo. o. necessario documento de quitação (doc.' n. 2); no qual não

só reconhecem e rectificam os outorgantes

quanto se contém no já antes referido titulo

de 5 de novembro de 1002t(cit. doc. n. 1),

obrigando-se, portanto, a dar escriptura,

como conferem ao supplicante poderes de proe

curador ern causa propria, para passar a si

ou

a quem lhe convier a competente , escriptura,

aliás, em rigor de direito, exigivel ad-solemnitem. Investindo a supplicante desde 1902

mediante regular tradieção, na plena posse

e dominio do terreno, o qual, tem 'grandes e

custosas bemfeitorias, • obvib se • torna a, sua

conveniencia em formar o titulo difinitivo que

lhe falta e é consectario • e complemento dos

que acompanham o presente (documentos na.

1 e 2), tanto mais quanto' nenhuma razão

teem para tolerar mais delongas ou com ellas • a condescender. Requer em consequencia,

que sejam citados D. Jeanna 'Jardim Clapp.

viuve do finado João Clapp e seus • filhos

D. America Clapp, Ataliba , Clapp, Telesco

Clapp, João Clapp Filho e D. Maria Henri--gueto Clapp, todos signatarios do documento

já acima alludido (documento n. 2), para ern

juizo, darem a escriptura que - o supplicante , reclama, sob pena de revelia, lançamento e

custas, e sob os de serem condemnados a dal-a

por sentença que, como de direito ficará servindo de titulo ao supplicante. Nestes termos

pede o supplicante que se faça a citaçãe

para 'a primeira audiencia do 'juizo, sob

as •penas comminadas. E. Deferimento.

Rio de 'Janeiro, 13 de abril de 1912.— e

escrivão, Ricardo Xavier da Silveira.! (Estava

..petição foi

devidamente sellada). Em cuja

dado o seguinte despacho: Citem-se. Rio,

13 de abril de 1912.— Ovidio Romeiro.- Não

sendo encontrado o. supplicado Telesco Clapp.

foi justificada a sua ausencia, no edital de

S. Paulo, em logar ignorado. Em virtude do

que se passou o presente' edital, com o prazo

de 30 dias, pelo theor do- qual cita-se ao dito

., para sciericia da petição nesta

Telesco Clamo

transcripta a -vir: „á, primeira' audiencia deste

juizo, após a terminação do prazo deste edital,.

ver propor-selhe a referida acção de notificação, sob pepa de revelia e lançamento, sci- • ente de que as audiendias• deste juizo, temia •

logar ás terças e sextas-feiras ao meio-dia, no

Forum desta Capital, á, rua dos Invalidos

n. 152. E para constar passaram-se este

e

outros de igual theor que. serão publicados e

affixados iia fórma da lei. Dado e passado

nesta cidade do Rio de Janeiro, aos 18 de

Maio de 1912. E eu, Dano Teixeira da Cunha,

escrivão, subscrevi.—José Ovidit

y. Marcondes

Romeiro.

Juizo cia ra Pretoria

.

.

Criminal •

De citação com o prazo de ,10 dias ao-réo

ausente Francisco, Antunes, incurso na

art. 303 tio Codigo Penal,

Dr. Luiz de Moraes Jardim, primeiré

t Primeira

supplente em exercido: de juiz da

Pretoria Criminal do District° •Federal;---de-.;

Faz saber aos que o presente edital de hal