Página 3 do DOEPE (DOEPE) de 22 de Maio de 2018

Publicado por DOEPE
há 2 anos
Política de educacao ambiental do Estado

recebe oficina em Afogados da Ingazeira

Encontro promovido pela Semas e CIEA/PE, no Sertão do Pajeú, busca a elaboração

de uma política pública voltada para a sustentabilidade.

Governo do Estado, nambuco (CIEA/PE), tiveatravés da Secreta- ram início em outubro do ano

ria de Meio Am- passado e seguem até o

biente e Sustentabilidade próximo mês, quando haverá

(Semas), realiza, hoje (22) e um seminário de integração,

amanhã (23), na Faculdade no Recife, para aprovação de

do Sertão do Pajeú (Fasp), um projeto de lei a ser

em Afogados da Ingazeira, a encaminhado pelo governaterceira oficina participativa dor Paulo Câmara, para aprona região, voltada para a vação da Assembleia Leconstrução da Política de gislativa de Pernambuco.

Educação Ambiental de O processo de construção

Pernambuco (Peape). Podem colaborativa da proposta

participar do encontro ges- acontece em todas as regiões

tores públicos, Organiza- de desenvolvimento do Esções Não Governamentais tado. Até agora, já foram

(ONG’s), conselhos munici- realizados 13 encontros de

pais de meio ambiente, um total de 17 previstos. O

sindicatos de desenvolvi- mais recente deles foi a

mento rural sustentável, co- oficina realizada na cidade

munidades tradicionais (ín- de Parnamirim (Sertão Cendios, ciganos e quilombolas), tral), nos dias 16 e 17 deste

além de representantes da mês, com participação de

GESTORES

sociedade civil. gestores municipais, ONG’s

FOTO: DIVULGAÇÃO/SEMAS

contribuições para a política de educacao ambiental, além de conhecer os projetos e ações que já vêm sendo executados pelas municipalidades na região, para que sejam incorporados à proposta de política pública que está em construção.

Participarão da oficina de hoje representantes dos

municípios de Afogados da Ingazeira, Brejinho, Calumbi, Carnaíba, Flores, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Terezinha, São José do Egito, Serra Talhada, Solidão, Ta bira, Triunfo e Tuparetama.

As próximas oficinas para a elaboração da Peape, na região do Sertão, acontecepúblicos voltarão a se reunir, hoje (22), desta vez na Fasp, em Afogados da Ingazeira

rão nas cidades de Petrolina,

Os seminários e oficinas e instituições de ensino destaca a importância da e participativa, com o envol- educação ambiental em Floresta e Arcoverde. Os lo-

coordenados pela Semas, em superior da região. ação da Secretaria: “Estamos vimento de todos os segmen- nosso Estado”. cais e datas serão divulgados

parceria com a Comissão O gerente-geral de De- elaborando uma política tos da sociedade, engajados O objetivo da oficina de no site da Secretaria de Meio Interinstitucional de Edu- senvolvimento Sustentável voltada para o aspecto ambi- na construção de uma pro- Afogados da Ingazeira é Ambiente e Sustentabilidacação Ambiental de Per- da Semas, Paulo Teixeira, ental, altamente democrática posta que irá enriquecer a promover debates e buscar de: www.semas.pe.gov.br .

CPRH APREENDE LAGOSTAS

VENDIDAS EM PERÍODO DE DEFESO

FOTO: DIVULGAÇÃO/CPRH

Trinta e dois quilos de lagosta vermelha (Panulirus argus) foram apreendidos, na última quintafeira (17), em um boxe (pescaria) de Brasília

Teimosa, Zona Sul do Recife, durante ação realizada pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), em parceria com a Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), da Polícia Militar. Em razão do período de defeso

(reprodução), a pesca, comercialização e transporte do crustáceo estão proibidos até o próximo dia 31.

Na ação, foi aplicada uma multa de R$ 5.660,00 ao responsável pelo estabelecimento, que também está sujeito a processo judicial por crime ambiental. O mesmo foi conduzido à Polícia Federal pelos agentes policiais da Cipoma. Duas das lagostas encontradas - congeladas -estavam ovadas. A apreensão será doada a instituição carente.

Conforme Instrução Normativa do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o período de

0

defeso das lagostas vai de 1 de dezembro a 31 de maio, período em que a pesca - seja profissional ou amadora - fica proibida. A multa pela captura, transporte ou comercialização irregular varia de R$ 700 a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilograma de pescado apreendido. Os estabelecimentos que trabalham com o crustáceo devem apresentar declaração de estoque.

Espaço Ciência promove a Semana da Energia

Nada no universo existe sem

energia. Por isso, desde ontem (21),

os visitantes do Espaço Ciência

estão conhecendo as diferentes

formas de energia e como elas

funcionam. Além dos experimentos

permanentes, há quinze opções de

oficinas nas quais serão possível

construir circuitos elétricos; entender o funcionamento dos capacitores; construir cataventos, enquanto se conhece mais sobre energia

eólica; entre várias atividades.

Que tal, por exemplo, conhecer

uma lâmpada que acende sem

eletricidade, usando apenas um

componente químico? Ou perceber

a transformação da energia potencial em energia cinética, a partir da

construção de um carrinho movido

por um elástico? Em outra atividade, os participantes se dividem em

grupos e participam de um desafio,

para montagem de um circuito

elétrico. Podem, ainda, construir

uma fritadeira de salsicha, na qual a

salsicha funciona como condutora.

Enquanto constroem diferentes

modelos de barcos, os visitantes

poderão conhecer as fontes de

energia que podem movimentá-los.

Há, também, contação de histórias nas quais o sol e sua energia são

protagonistas; e experimentos que

mostram as várias maneiras de em nossa casa.

geração de energia e, ainda, o A Semana da Energia segue até funcionamento dos capacitores. Em sexta-feira (25). Para agendar a outra oficina, é possível conhecer visita de grupos com mais de dez mais sobre a fonte que gera energia pessoas, procure a recepção em um para os seres humanos: o alimento. horário mais cedo que o previsto Outra atividade prevista é a possi- para a oficina na qual haja interesse. bilidade de construir um microfone O Espaço Ciência funciona de com caixa de fósforos; conhecer segunda a sexta-feira, das 8 às 12h e uma miniusina termelétrica; enten- das 13 às 17h; e nos fins de semana, der como funciona a tinta mag- das 13h30 às 17h. Mais

nética; ou descobrir o eletrodo- informações: 3241.3226 / http:// méstico que mais consome energia, www.espacociencia.pe.gov.br /

FOTO: DIVULGAÇÃO/ESPAÇO CIÊNCIA

ESTUDANTES se divertem com as diferentes formas de captar energia