Página 333 do Associação dos Municípios do Paraná (AMP) de 8 de Novembro de 2018

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.



Cargo: Pedagoga 

Formação: Ensino superior Completo 

Grupo Ocupacional Operacional- GSU. 

Ingresso: Concurso Público 

Carga horária: 40 horas semanais 

Regime Jurídico: Estatutário 

Grupo - GOO 

Tabela Salarial – ANEXO II – C – GSU – R – I - 01 

REF. Salarial Inicial - Piso 

2. PEDAGOGA:

Cursos e treinamentos para promoção vertical na área de: da educação, saúde, ação social e atendimento ao público.

Curso de nível superior e pós graduação – promoção horizontal na área da: educação.

3. DESCRIÇÃO SINTÉTICA

O Pedagogo é o articulador do processo pedagógico no interior da escola ou no local de atuação nos locais de domínio público e deve ter como princípio para o seu trabalho a gestão democrática, o trabalho coletivo, ética profissional e comprometimento político pedagógico

4. DESCRIÇÃO ANALÍTICA:

- Participar na organização das turmas, calendário letivo, distribuição das aulas e disciplinas, horário semanal de aulas;

- Organizar a hora atividade do professor para estudo, planejamento e aperfeiçoamento do processo de ensino e aprendizagem;

- Orientar o professor no registro dos livros de frequência em consonância com as normas vigentes;

- Implementar a proposta curricular da escola de acordo com as políticas educacionais da SEED/PR e com as Diretrizes Curriculares Estaduais;

- Sugerir projetos de intervenção na realidade da escola para a melhoria do processo educativo;

- Acompanhar do trabalho pedagógico desenvolvido pelos professores;

- Assessorar o professor no planejamento, quanto a seleção de conteúdos e transposição didática em consonância com os objetivos da Proposta pedagógica Curricular e com as Diretrizes de cada disciplina;

- Planejar em conjunto com o coletivo da escola a intervenção aos problemas levantados em conselho de classe;

- Levantar e informar ao coletivo de profissionais da escola e comunidade os dados do aproveitamento escolar;

- Coordenar a escolha e aquisição de materiais e equipamentos de uso didático–pedagógicos;

- Incentivar e assessorar o professor na seleção de recursos didáticos para o ensino e aprendizagem dos conteúdos escolares;

- Coordenar o projeto de formação continuada dos profissionais da escola para o aprimoramento teórico-metodológico. Pesquisar e fornecer subsídios teórico- metodológicos para o estudo e atender necessidades do trabalho pedagógico;

- Organizar reuniões de estudo para a reflexão e aprofundamento de temas relativos ao trabalho pedagógico da escola;

- Participar do conselho escolar subsidiando teórica e metodologicamente as reflexões e decisões sobre o trabalho pedagógico escolar;

- Incentivar e propiciar a participação dos alunos nos diversos momentos e órgãos colegiados da escola;

- Zelar pelo cumprimento dos preceitos constitucionais, da legislação educacional vigente e do Estatuto da criança e do adolescente, como fundamentos da prática educativa;

- Promover reuniões com pais ou responsáveis pelos aluno matriculados;

- Organizar e coordenar conselhos de classe de forma a garantir um processo coletivo de reflexão ação sobre o trabalho pedagógico;

- Acompanhar e assessorar o professor na seleção de procedimentos de avaliação do rendimento da aprendizagem adequando os aos objetivos educacionais previstos no P.P.P;

- Organizar o uso dos recursos tecnológicos na escola de forma que o professor utilize dessas ferramentas;

- Acompanhar a frequência dos alunos às aulas evitando assim o seu abandono;

- Incentivar os alunos à prática de hábitos saudáveis de higiene evitando assim a transmissão de doenças como influenza;

- A e outras doenças transmissíveis;

- Participar da sua formação continuada para atualização teórico-metodológica;

- Ajudar na administração da escola como um todo.

1. CARGO PEDREIRO:

CBO: 7.152-30




Cargo: Pedreiro 

Formação: Ensino Fundamental Completo 

Grupo Ocupacional Operacional- GOO. 

Ingresso: Concurso Público 

Carga horária: 40 horas semanais 

Regime Jurídico: Estatutário 

Grupo - GOO 

Tabela Salarial – ANEXO II – A – GOO – J – I - 01 

REF. Salarial Inicial - Piso 

2. PEDREIRO:

Cursos e treinamentos para promoção vertical na área de: construção civil; área de edificação predial; obras em geral; reciclagem; atendimento ao público. Curso de nível superior – promoção horizontal na área de: engenharia civil; arquitetura; gestão pública; economia.

3. DESCRIÇÃO SINTÉTICA:

- Executar trabalhos de alvenaria, concretos e outros materiais para construção e reconstrução de obras e edifícios públicos, organizando e preparando o local de trabalho na obra; orientar e preparam o local de trabalho na obra; auxiliar na execução da construção civil, reformas ou repararão de prédios de alvenaria ou outros materiais, aplicar revestimentos, contra pisos e pisos.

4. DESCRIÇÃO ANALÍTICA:

- Aplicar uma ou várias camadas de gesso sobre as partes interiores e tetos de edificação, utilizando pá, colher de pedreiro ou outro instrumento apropriado, para dar a essas partes acabamento mais esmerado;

- Armar e desmontar andaimes de madeira ou metálicos para execução da obra desejada;

- Assentar tijolos, ladrilhos ou pedras, superpondo os em fileiras horizontais ou seguindo os desenhos e formas indicadas e unindo os com argamassa, para levantar paredes, vergas, pilares, degraus de escada e outras partes da construção;

- Construir alicerces, cavar o local para sapatas, preparar o concreto, aplicar o concreto nas fundações, confeccionar o arranque do pilar e a cinta de fundação, empregando pedras ou cimento, para formar a base de paredes, muros e construções similares;

- Construir alicerces, marcar a obra a ser realizada, orienta a cavação do local para as sapatas, providenciar as formas para as fundações, supervisionar o preparo do concreto;

- Usar equipamentos de proteção individual (EPI) no desenvolvimento de suas atividades, evitando assim acidentes de trabalho;

- Confeccionar o arranque do pilar e a cinta de fundação, empregando pedras ou cimento, para formar a base de paredes, muros e construções similares;

- Construir as estruturas de alvenaria, aprumar, nivelar e alinhar, concretar, chumbar montar as lajes pré-moldadas;

- Construir as estruturas de alvenaria, aprumar, nivelar e alinhar, concretar, chumbar montar as lajes pré-moldadas;

- Construir bases de concreto, metal ou de material de acordo com as especificações, para possibilitar a instalação de tubos para bueiros, postes, máquinas e outros afins;

- Construir bases de concreto ou de outro material, baseando-se nas especificações, para possibilitar a instalação de máquinas, postes de rede elétrica e para outros fins;

- Executar a demolição de edificações.