Página 155 do Diário de Justiça do Estado do Ceará (DJCE) de 1 de Junho de 2006

COMARCA DE CARIRIAÇU

SECRETARIA DE VARA ÚNICA

EDITAL DE INTERDIÇÃO

PROCESSO Nº 2000. 0220.4279-3/0 (Tombo nº 601/03 )

AÇÃO DE INTERDIÇÃO

REQUERENTE: Josefa Francisca de Oliveira

REQUERIDO: Maria Zuleide de Oliveira

A Dra. MARIA JOSÉ SOUSA ROSADO DE ALENCAR, MM. Juíza de Direito desta Comarca de Caririaçu, Estado do Ceará, no uso de suas atribuições legais, etc.

FAZ SABER a todos os que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que tendo em vista requerimento formulado por JOSEFA FRANCISCA DE OLIVEIRA, brasileira, viúva, aposentada, filha de Antônio de Andrade e Maria da Conceição, portadora da C.I RG nº 2268795/92, residente e domiciliada no Sítio Faustina, neste Município de Caririaçu-CE, foi decretada por este Juízo a INTERDIÇÃO de MARIA ZULEIDE DE OLIVEIRA, brasileira, solteira, doente mental, portadora do Registro Civil nº 8451, filha de Nilo Galvão de Oliveira e Josefa Francisca de Oliveira, residente e domiciliada no Sítio Faustina, neste Município de Caririaçu-CE, tendo como causa da interdição Doença Crônica, catalogada sob o CID F+2 (Síndrome de Down), atestada por perícia médica, que a torna permanentemente inválida para exercer os atos da vida civil, tudo de conformidade com a r. sentença deste Juízo, datada de 08 de fevereiro de 2006, prolatada nos autos acima mencionados, tendo sido nomeada sua mãe, ora requerente, JOSEFA FRANCISCA DE OLIVEIRA ( supra qualificada) , curadora da interditanda, cujo múnus será exercido sem limites enquanto persistir a anomalia psíquica. E, para que de fato ninguém alegue ignorância, mandou expedir o presente edital, que será publicado junto à Imprensa Oficial do Estado e afixado no lugar público de costume, por três vezes, com intervalo de dez (10) dias, na forma do art. 1.184 do CPC. ” Ðá-se à gratuidade da Justiça, conforme despacho da MM. Juíza de Direito, Dra. Maria José Sousa Rosado de Alencar, às fls. 08v”. Dado e passado nesta cidade e comarca de Caririaçu-CE, aos vinte e cinco (25) dias do mês de abril de 2006.Eu, ,(Analista Judiciário Adjunto) o digitei, e eu, (Virgínia Maria M. do Nascimento), Diretora de Secretaria subscrevi.

Maria José Sousa Rosado de Alencar

Juíza de Direito

DJ 22/05, 01/06 e 12/06/2006

***

SECRETARIA DE VARA ÚNICA

PROCESSO Nº 2000. 0220.4432-0/0 (Tombo nº 718-03 )

AÇÃO DE INTERDIÇÃO

REQUERENTE: Maria Lúcia Marinho Pinheiro

REQUERIDO: Valdeirton Marinho Pinheiro

EDITAL DE INTERDIÇÃO

A Dra. MARIA JOSÉ SOUSA ROSADO DE ALENCAR, MM. Juíza de Direito desta Comarca de Caririaçu, Estado do Ceará, no uso de suas atribuições legais, etc.

FAZ SABER a todos os que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que tendo em vista requerimento formulado por MARIA LÚCIA MARINHO PINHEIRO, brasileira, casada, agricultora, filha de Antônio Trajano Marinho e Edite Pereira Marinho, portadora da C..I RG nº 20010334020348, residente e domiciliada no Sítio Cidade, casa nº 450, neste Município de Caririaçu-CE, foi decretada por este Juízo a INTERDIÇÃO de VALDEIRTON MARINHO PINHEIRO, brasileiro, solteiro, doente mental, portador da C.I RG nº 2001034020330 SSP-CE, filho de Edvar Moreira Pinheiro e Maria Lúcia Marinho Pinheiro, residente e domiciliado no Sítio Cidade, casa nº 450, neste Município de Caririaçu-CE, tendo como causa da interdição Doença Mental Grave, catalogada sob o CID F20.1 (Esquizofrenia Hebefrênica), atestada por perícia médica, que o torna permanentemente inválida para exercer os atos da vida civil, tudo de conformidade com a r. sentença deste Juízo, datada de 16 de março de 2006, prolatada nos autos acima mencionados, tendo sido nomeada sua mãe, ora requerente, MARIA LÚCIA MARINHO PINHEIRO ( supra qualificada) , curadora do interditando, cujo múnus será exercido sem limites enquanto persistir a anomalia psíquica. E, para que de fato ninguém alegue ignorância, mandou expedir o presente edital, que será publicado junto à Imprensa Oficial do Estado e afixado no lugar público de costume, por três vezes, com intervalo de dez (10) dias, na forma do art. 1.184 do CPC. ” Ðá-se à gratuidade da Justiça, conforme despacho da MM. Juíza de Direito, Dra. Maria José Sousa Rosado de Alencar, às fls. 29”. Dado e passado nesta cidade e comarca de Caririaçu-CE, aos vinte e cinco (25) dias do mês de abril de 2006.Eu, ,(Analista Judiciário Adjunto) o digitei, e eu, (Virgínia Maria M. do Nascimento), Diretora de Secretaria subscrevi.

Maria José Sousa Rosado de Alencar

Juíza de Direito

DJ 22/05, 01/06 e 12/06/2006

***

SECRETARIA DE VARA ÚNICA

PROCESSO Nº 2000. 0220.4498-2/0 (Tombo nº 776/04 )

AÇÃO DE INTERDIÇÃO

REQUERENTE: José Leite dos Santos

REQUERIDO: Manoel Leite dos Santos

EDITAL DE INTERDIÇÃO

A Dra. MARIA JOSÉ SOUSA ROSADO DE ALENCAR, MM. Juíza de Direito desta Comarca de Caririaçu, Estado do Ceará, no uso de suas atribuições legais, etc.

FAZ SABER a todos os que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que tendo em vista requerimento formulado por JOSÉ LEITE DOS SANTOS, brasileiro, casado, agricultor, filho de Francisco Manoel dos Santos e Maria Leite dos Santos, portador da C.I RG nº 95029193784 SSP-CE, residente e domiciliado no Sítio São Paulo, Município de Caririaçu-CE, foi decretada por este Juízo a INTERDIÇÃO de MANOEL LEITE DOS SANTOS, brasileiro, doente mental, portadora da C.I RG nº 99029196930 SSP-CE, filho de Francisco Manoel dos Santos e Maria Leite dos Santos, residente e domiciliado no Sítio São Paulo, Município de Caririaçu-CE, tendo como causa da interdição Doença Crônica, catalogada sob o CID F.06.8, atestada por perícia médica, que o torna permanentemente inválido para exercer os atos da vida civil, tudo de conformidade com a r. sentença deste Juízo, datada de 16 de março de 2006, prolatada nos autos acima mencionados, tendo sido nomeado sua mãe, MARIA LEITE DOS SANTOS, brasileira, filha de Joaquim Bernardo da Silva e Maria de Lourdes da Silva , portadora da C.I RG nº 1657542-88 SSP-CE e CPF nº 486.099.943-68, curadora do interditando, cujo múnus será exercido sem limites enquanto persistir a anomalia psíquica. E, para que de fato ninguém alegue ignorância, mandou expedir o presente edital, que será publicado junto à Imprensa Oficial do Estado e afixado no lugar público de costume, por três vezes, com intervalo de dez (10) dias, na forma do art. 1.184 do CPC. ” Ðáse à gratuidade da Justiça, conforme despacho da MM. Juíza de Direito, Dra. Maria José Sousa Rosado de Alencar, às fls. 08”. Dado e passado nesta cidade e comarca de Caririaçu-CE, aos vinte e cinco (25) dias do mês de abril de 2006.Eu, ,(Analista Judiciário Adjunto) o digitei, e eu, (Virgínia Maria M. do Nascimento), Diretora de Secretaria subscrevi.

Maria José Sousa Rosado de Alencar

Juíza de Direito

DJ 22/05, 01/06 e 12/06/2006

***

SECRETARIA DE VARA ÚNICA

PROCESSO Nº 2000. 0220.4536-9/0 (Tombo nº 798/04 )

AÇÃO DE INTERDIÇÃO

REQUERENTE: José Calou da Silva

REQUERIDO: Maria do Carmo da Silva

EDITAL DE INTERDIÇÃO

A Dra. MARIA JOSÉ SOUSA ROSADO DE ALENCAR, MM. Juíza de Direito desta Comarca de Caririaçu, Estado do Ceará, no uso de suas atribuições legais, etc.

FAZ SABER a todos os que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que tendo em vista requerimento formulado