Página 8699 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15) de 13 de Março de 2019

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

parte reclamante, como recibos de pagamento, por exemplo; III- As partes deverão analisar o processo antes da audiência, com o intuito de apresentar valores de pretensão e valores para oferecer, para liquidação do processo nesta audiência;

IV- O(s) advogado(s) da parte reclamada deverá(ão) ter conhecimento do processo e seus prepostos deverão ter autonomia de negociação e poderes para transigir, receber citação/intimação, dar e receber quitação, a fim de evitar a ineficácia da audiência; V- Atos constitutivos, procurações e cartas de preposição deverão ser anexados ao PJe até o horário da abertura da mediação; VI- Caso seja enviado preposto, a parte reclamada deverá manter uma pessoa à distância, com celular, capaz e autorizada a avaliar as propostas de acordo;

VII - Intimem-se as partes por meio de seus patronos, que ficarão responsáveis pela ciência de seus clientes, e se não houver advogado constituído, por registrado postal, cientificando-se as pessoas jurídicas que deverão comparecer representadas por prepostos ou advogados habilitados a transigir, receber intimação e dar e receber quitação;

VIII - Por fim, se todas as tentativas de conciliação resultarem frustradas, a ação terá prosseguimento. As partes ficam cientes de que as decisões adotadas na audiência não serão objeto de posterior notificação, porque serão tidas como proferidas nos

termos da S. 197 do C. TST.

Sorocaba, 12 de Março de 2019

Juiz(a) do Trabalho

Despacho

Processo Nº RTSum-0010101-84.2019.5.15.0003

AUTOR MARCELO PAULO DA SILVA

ADVOGADO CLAUDIO JESUS DE ALMEIDA(OAB: 75739/SP)

RÉU MARCELO LUIZ DE GODOY SOROCABA - ME

Intimado(s)/Citado(s):

- MARCELO PAULO DA SILVA

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO

Fundamentação

Processo:0010101-84.2019.5.15.0003

AUTOR: MARCELO PAULO DA SILVA

RÉU: MARCELO LUIZ DE GODOY SOROCABA - ME

jar/c

D E S P A C H O

Considerando que a atividade de conciliar as partes é das mais relevantes, porque implica na célere solução do processo e na verdadeira pacificação social, finalidade precípua do Poder Judiciário; considerando que a tentativa de conciliar as partes em conflito pode ocorrer em qualquer momento processual; que o magistrado pode, também, a qualquer momento, determinar o comparecimento das partes e procuradores, nos termos dos artigos 139, V e 772, I, ambos do CPC, designa-se audiência de tentativa de conciliação para o dia 30/04/2019 15:31, 1a. VT - Mesa 1 -Conhecimento, a realizar-se no CEJUSC SOROCABA, situado na Rua Ministro Coqueijo Costa, 61, Bairro Boa Vista, Sorocaba/SP, CEP 18013-550.

Na referida audiência serão observadas as seguintes diretrizes: I- Fica estabelecido que para esta audiência não será necessária a condução de testemunhas e apresentação de defesa;

II- Recomenda-se que a ré traga os documentos que possam influenciar nas tratativas de acordo a fim de serem apresentados à parte reclamante, como recibos de pagamento, por exemplo; III- As partes deverão analisar o processo antes da audiência, com o intuito de apresentar valores de pretensão e valores para oferecer, para liquidação do processo nesta audiência;

IV- O(s) advogado(s) da parte reclamada deverá(ão) ter conhecimento do processo e seus prepostos deverão ter autonomia de negociação e poderes para transigir, receber citação/intimação, dar e receber quitação, a fim de evitar a ineficácia da audiência; V- Atos constitutivos, procurações e cartas de preposição deverão ser anexados ao PJe até o horário da abertura da mediação; VI- Caso seja enviado preposto, a parte reclamada deverá manter uma pessoa à distância, com celular, capaz e autorizada a avaliar as propostas de acordo;

VII - Intimem-se as partes por meio de seus patronos, que ficarão responsáveis pela ciência de seus clientes, e se não houver advogado constituído, por registrado postal, cientificando-se as pessoas jurídicas que deverão comparecer representadas por prepostos ou advogados habilitados a transigir, receber intimação e dar e receber quitação;

VIII - Por fim, se todas as tentativas de conciliação resultarem frustradas, a ação terá prosseguimento. As partes ficam cientes de que as decisões adotadas na audiência não serão objeto de posterior notificação, porque serão tidas como proferidas nos

termos da S. 197 do C. TST.

Sorocaba, 12 de Março de 2019