Página 13 da Seção 3 do Diário Oficial da União (DOU) de 18 de Setembro de 2002

Diário Oficial da União
há 18 anos
Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

b) da entrevista com a Banca Examinadora, até 10 (dez) pontos;

4.3-A pontuação final obtida pelo candidato na entrevista será expressa pela média aritmética dos pontos atribuídos pelos examinadores.

4.4-Serão considerados aprovados e classificados para o provimento de vagas os candidatos que obtiverem o mínimo de 5 (cinco) pontos na entrevista, 20 (vinte) pontos na prova escrita e 15 (quinze) pontos na prova de aula (desempenho).

4.5-Para fins de classificação, em caso de empate, serão considerados, por ordem, os seguintes critérios:

a) maior total na soma de pontos obtidos pelos candidatos na realização da prova de aula (desempenho);

b) maior total na soma de pontos obtidos pelos candidatos na realização da entrevista;

c) maior total na soma de pontos obtidos pelos candidatos, no item referente à experiência profissional;

d) maior total na soma de pontos obtidos pelos candidatos no item referente a certificados e diplomas.

5. DO CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO

5.1-A prova escrita será realizada no dia 3 de outubro de 2002 com início às 14 horas e duração de 4 horas

5.2-O resultado da prova escrita será divulgado dia 8 de outubro de 2002, na sala da DICON às 17 horas.

5.3- Os candidatos não eliminados na prova escrita participarão do sorteio para a prova de desempenho no dia 9 de outubro, às 9 h 30 min, na sala DICON.

5.4-O resultado da prova de desempenho será divulgado, no dia 15 de outubro de 2002 na sala da DICON, às 11 horas.

5.5-No dia da divulgação do resultado da prova de desempenho, será divulgado, para os candidatos que obtiverem o mínimo de pontos necessários, também, a data da entrevista.

5.6-Os candidatos deverão apresentar-se para a entrevista com a Comissão Examinadora em local e horário determinados no momento da inscrição.

6. DA HOMOLOGAÇÃO E DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

6.1-O resultado final do processo seletivo será homologado pelo Diretor-Geral e será divulgado no dia 23 de outubro de 2002, a partir das 16 horas, na sala da DICON.

7. DA CONTRATAÇÃO

7.1-Os candidatos aprovados e classificados serão convocados para contratação, obedecidas as normas legais referentes aos servidores civis da União.

8.DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

8.1-Os casos omissos serão resolvidos pelo Diretor-Geral.

MARCO ANTONIO LUCIDI

ANEXO N 1

ASSUNTOS PARA O PERFIL PROFESSOR ADJUNTO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

ELETRÔNICA VII

Realimentação: Propriedades. Análise e projeto das topologias básicas de circuitos realimentados. Resposta em regime estacionário e transitório de amplificadores realimentados. Lugar das raízes e compensação. Osciladores senoidais.

AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS I

Tópicos básicos em controle automático. Sistemas de aquisição de dados. Atuadores elétricos, hidráulicos e pneumáticos. Controladores Lógicos Programáveis. Sistemas de Controle por computador. Redes de computadores para controle industrial.

AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS II

Controle de processos. Arquitetura de um computador dedicado ao controle. Controladores lógicos programáveis. Redes de computadores para automação industrial. Equipamentos de controle de processos. Sistemas de Supervisão. Redes de Comunicação: Fieldbus, Profibus, CAN.

CIRCUITOS ELÉTRICOS IV E V

Propriedades de linearidade; Elementos ativos e passivos; Análise de circuitos de 1 e 2 ordens; Circuitos no domínio da freqüência; Transformadas de Fourrier; Transformadas de Laplace.

CONTROLE E SERVOMECANISMO

Definição de sistemas. Modelagem de sistemas dinâmicos. Representação no espaço e no estado. Análise de sistemas discretos e contínuos, no domínio do tempo e da freqüência. Àlgebra de blocos. Estabilidade. Conceituação dos problemas do controle. Sistemas a malha aberta e retroação. Estrutura de controle linear e não linear. Técnicas clássicas da análise e projeto no domínio do tempo. Técnicas de identificação. Otimização.

BIBLIOGRAFIA INDICADA

1. DESOER, C. A e KUN, E. S.-Teoria Básica dos Circuitos, Ed. Guanabara Dois, Rio de Janeiro, 1971.

2. DORF, Richard C.-Modern Control Systems, AdissonWesley; Ed., 1974.

3. CLOSE, C.-Circuitos Lineares, Vol. I, Ed. L.T.C., São Paulo, 1975.

4. QUEVEDO, Carlos Peres-Circuitos Elétricos, Ed. Guanabara Dois, RJ, 1988.

`

5. HOUPIS, DAzzo-Análise e projeto de sistemas de controle lineares, Ed. Guanabara Dois, RJ, 1984.

ANEXO N 2

ASSUNTOS PARA O PERFIL PROFESSOR DE ADJUNTO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ADMINISTRAÇÃO

Fundamentos da Administração. Evolução da Administração. Desafios Atuais. Planejamento e Estratégia. Organização da Empresa. Liderança. Controle.

CONTABILIDADE GERENCIAL

Introdução à Contabilidade Gerencial. Cadeia de Valor. Empresa Como Sistema de Atividades. Conceitos de Custo. Comportamento dos Custos. Alocação Estratégica de Custos. Custo Baseado em Atividades (ABC). Tomada de Decisão (preços e mix de produtos). Alocação de Recursos para Atingir os Objetivos Organizacionais. Orçamento de Capital. Planejamento e Controle. Controle Financeiro. Competitividade. Sistemas de Recompensa. Administração da Mudança e dos Fatores Comportamentais.

CUSTOS INDUSTRIAIS

Conceitos Básicos. Sistemas de Custos. Princípios para Avaliação de Estoques. Classificação de Custos. Custeio por Absorção. Departamentalização. Centros de Custos. Critérios de Rateio dos Custos Indiretos. Custo Baseado em Atividades (ABC). Margem de Contribuição. Custeio Variável (Custeio Direto).

MATEMÁTICA FINANCEIRA

Matemática Financeira. Juros Simples e Compostos. Taxas Nominal e Efetiva. Valor Atual. Equivalência. Fórmulas de Juros e Fatores de Acumulação de Capital e de Valor Atual. Fatores de Formação e Recuperação de Capital. Série Gradiente. Depreciação. Substituição de Equipamentos Industriais. Depreciação Física e Funcional. Métodos de Depreciação. Vida Média e Expectativa de Vida. Investimentos. Método do Valor Atual, do Custo Atual e da Taxa de Retorno. Taxas de Atratividade. Critérios de Decisão.

ELABORAÇÃO DE PROJETOS

Planejamento do projeto. Estudo de mercado: análise de demanda, técnicas de previsão de demanda. Estudo de escala: técnicas de análise de tamanho e economias de escala. Estudo de localização: transportes e localização. Modelos de localização.

ENGENHARIA DE MÉTODOS

Estudo dos tempos e movimentos. Processo geral de solução de problemas. Análise do processo, da utilização de operações. Amostragem do trabalho. Medida do trabalho por métodos fisiológicos. Desenvolvimento de projeto de um posto de trabalho.

ERGONOMIA

Definição e evolução da ergonomia. Ergonomia no desenvolvimento de projetos. Sistema homem-máquina. Antropometria. Fatores ambientais Posto de trabalho. Processos cognitivos. Dispositivos e controles.. Pesquisa em ergonomia.

GERÊNCIA DA INFORMAÇÃO

A Era da Informação: conceito de informação. A Informática como ciência e como parâmetro diferenciador da administração moderna. A importância estratégica da informação para a empresa. Processamento de dados: centralizado e distribuído. Redes: a Internet. Sistemas de informação e a empresa. Metodologia de desenvolvimento de sistemas de informação. Estudo e implantação de casos práticos.

GERÊNCIA DE MANUTENÇÃO

Técnicas de Manutenção. A Função Manutenção. Análise Organizacional. Técnicas Administrativas para Manutenção. Planejamento da Manutenção. Sistemas de Informação aplicados à Manutenção. O Fator Humano na Manutenção.

GERÊNCIA E CONTROLE DA QUALIDADE

Qualidade: conceitos básicos. Qualidade de Projeto e de Conformação. Controle Total de Qualidade. Garantia de Qualidade. Sistemas de Qualidade: organização, estrutura e funcionamento. Gestão da Qualidade. Controle Estatístico de Processos. Processos de Avaliação da Qualidade. Planos de Amostragem. Normatização.

ECONOMIA

Conceitos básicos. Os sistemas. O fluxo da riqueza. Setor externo. Setor governamental. Setor monetário. Aspectos da microeconomia e macroeconomia. Engenharia econômica. Generalidades.

METODOLOGIA DA PESQUISA

Ciência, Técnica e Tecnologia. Engenharia: conceituação e histórico. A atuação profissional e social do Engenheiro. Decisões ligadas ao exercício da função. Conhecimento filosófico e científico. Pesquisa científica. Desenvolvimento de uma pesquisa.

LOGÍSTICA

Conceito de logística integrada. Definição dos canais de distribuição e das redes orientadas para a eficiência. As interrelações dos componentes dos sistemas logísticos. Armazenagem, transporte, nível de serviço ao usuário, controle de estoques e o processamento de pedidos como atividades de gerência logística integrada. Medida de desempenho da organização sob estratégias logísticas variantes: modelo de lucratividade estratégico. Importância da previsão da demanda e do desenvolvimento de sistemas eficientes de gerência na coordenação das atividades logísticas da empresa.

ORGANIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DO TRABALHO

Conceitos e noções básicas de trabalho, organização e avaliação do trabalho. Evolução da organização do trabalho na sociedade capitalista. Estudo da organização do trabalho no Brasil. Escolas de organização do trabalho no século XX: noções e aplicações. Avaliação do trabalho: formas de remuneração da mão-de-obra.

PLANEJAMENTO DE INSTALAÇÕES

Fundamentos do Arranjo Físico. Sistematização de Projetos de Arranjo Físico. Determinação de Espaços. Localização. Elaboração do Projeto.

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO

Introdução ao sistema de produção: entradas, transformações e saídas. Sistemas de produção e o P.C.P. Subsistemas de entrada: informações do meio-ambiente, materiais, trabalho, capital, produto. Subsistemas de transformação: movimentação de materiais. Métodos de planejamento e controle da produção. Ordens de produção. Seqüenciamento e cargas de máquinas. Controle de estoques. Controle dos níveis de produção. PERT. JIT, Kanban, Kaizen, MRP. Administração de serviços.

PROJETO DO PRODUTO

Estratégias de desenvolvimento de novos produtos e do ciclo do produto. Metodologia de projeto do produto. Fases do desenvolvimento do produto. Noções de Marketing. Propriedade Industrial: marcas e patentes.

PSICOLOGIA E SOCIOLOGIA DO TRABALHO

Evolução da Psicologia e Sociologia do Trabalho. Princípios do gerenciamento da motivação e aprendizagem. Dinâmica de grupos, sinergia em equipes, estruturação das relações entre equipes. O papel do Engenheiro de Produção no surgimento de uma nova cultura organizacional.

PESQUISA OPERACIONAL

Modelagem de problemas. Introdução à programação linear. Programação linear-Método Simplex. Introdução à Teoria da Dualidade. Alguns tipos especiais de problemas de programação linear. Teoria dos Jogos. Modelagem em grafos. Introdução à Programação Não-Linear e Dinâmica. Modelos de filas. Modelos de estoque. Tópicos de teoria de decisão.

BIBLIOGRAFIA INDICADA:

1. ALBUQUERQUE, Marcus C.C. Introdução à Teoria Econômica. São Paulo: Editora McGraw-Hill.

2. ANDRADE, Eduardo L. de. Introdução à Pesquisa Operacional- Métodos e Modelos para a Análise de Decisão. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1990.

3. ATKINSON, Anthony A; BANKER, Rajiv D.; KAPLAN, Robert S. e YOUNG, S. Mark. Contabilidade Gerencial. São Paulo: Editora Atlas, 2000.

4. BALLOU, R.H. Logística Empresarial. São Paulo: Edit. Atlas, 1992.

5. BARNES, Ralph Mosser. Estudo de Movimentos e Tempos: Projeto e Medida do Trabalho. São Paulo: Edit. Edgard Blücher Ltda.

6. BATEMAN & SNELL. Administração-construindo vantagem competitiva. São Paulo: Editora Atlas, 1998.

7. BAXTER, Mike. Projeto de Produto-Guia Prático para o Desenvolvimento de Novos Produtos. São Paulo: Ed. Edgard Blucher Ltda, 1998.

8. BERGAMINI, Cecília Whitaker e BERALDO, Deobel Garcia Ramos. Avaliação de Desempenho Humano na Empresa. São Paulo: Edit. Atlas, 1992.

9. BOAVENTURA NETTO, P.O. Grafos-Teoria, Modelos e Algoritmos. São Paulo: Editora Edgard Blüncher Ltda, 1996.

10. BRASSARD, M. Qualidade-Ferramentas para uma Melhoria Contínua. Rio de Janeiro: Qualitymark Editora Ltda., 1992.

11. BRONSON, Richard. Pesquisa Operacional. Coleção Schaum. São Paulo: McGraw-Hill, 1985.

12. CHIAVENATO, I. Introdução à Teoria Geral da Administração. São Paulo: Makron Books, 1997.

13. CHIAVENATO, I. Recursos Humanos. Edição Compacta. São Paulo: Edit. Atlas, 1995.

14. CORREA, H.L., GIANESI, I.G.N., CAON, M. Planejamento, Programação e Controle da Produção MRP II/ERP: conceitos, uso e implantação. São Paulo: Edit. Atlas, 2000.

15. CREPALDI, Silvio Aparecido. Contabilidade Gerencial Teoria e Prática. São Paulo: Editora Atlas, 1998.

16. FERNANDES, A.A.; ALVES, M.M. Gerência Estratégica da Tecnologia da Informação. L.T.C., 1992.

17. FLEURY F. et alli. Logística Empresarial. Coleção Coppead de Administração. São Paulo: Edit. Atlas, 2000.

18. GIANESI, Irineu G.N.; CORRÊA, Henrique Luiz. Administração Estratégica de Serviços: operações para a satisfação do cliente. São Paulo: Editora Atlas, 1996.

19. GIL, A .C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Editora Atlas, 1996.

20. HADLEY. Programação Linear. Rio de Janeiro: Edit. Guanabara 2, 1982.

21. HESS, Geraldo, MARQUES, José Luiz, PAES, Luiz Carlos, PUCCINI, Abelardo. Engenharia Econômica. 2 ed. Editora Forum.

22. HIRSCHFELD, Henrique. Engenharia Econômica. Editora Atlas.

23. HOLLANDA, Nilson. Planejamento de Projetos.

24. IIDA, Itiro. Ergonomia-Projeto e Produção. Edit. Edgard Blucher.

25. JURAN, J.M. A Qualidade desde o Projeto. São Paulo: Pioneira, 1992.

26. KAPLAN, Robert S. e COOPER, Robin. Custo e Desempenho. São Paulo: Editora Futura, 1998.

27. LEME, Ruy A. Silva. Controle da Produção.

28. LEONE, George Guerra. Custos-Um Enfoque Administrativo. Rio de Janeiro: Editora FGV, 1998.

29. LINS, Geraldo Estellita. Matemática Financeira e Correção Monetária. 2 ed. APEC Editora S. A.

30. LITUAK, Branson. Macro-economia. Harbra Editora Harper Crow do Brasil.

31. MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial. São Paulo: Editora Atlas, 1993.

32. MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. São Paulo: Editora Atlas, 8 . Edição, 2001.

33. MINICUCCI, Agostinho. Psicologia Aplicada à Administração. São Paulo: Edit. Atlas, 1992.

34. MONKS, J.G. Administração da Produção. São Paulo: Editora McGraw-Hill, 1987.

35. MORCHY, F. A Função Manutenção-Formação para a Gerência de Manutenção Industrial. Ed. Brasileira.