Página 76 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 6 de Setembro de 1940

Diário Oficial da União
há 78 anos

ço geral fechado na mesma data, juntamente com o parecer do Conselho 'Fiscal, que foram aprovados unanimemente.. Ainda com a palavra, o Sr. Benigno Iglésias Malvar declara que tendo de atender a outros negócios que lhe tomam muito tempo, obrigando-o a viajar frequentemente, não lhe é possivel continuar ocupando a presidência desta Sociedade, à qual não poderia dedicar o tempo necessário. Assim, pede à assembléia aceite a sua demissão, elegendo o senhor acionista que deverá substitui-lo. Falaram sobre o assunto os

• Pinto de Oliveira e António Duarte Pinheiro acionistas Srs. lsaias

Júnior, não sendo concedida pela assembléia a demissão solicitada, ficando resolvido que, no caso do Sr. Iglésias persistir em abandonar a presidência da Sociedade, por não dispor de tempo para atendê-la, poderá proceder a venda ou liquidação da mesma pelo preço e da forma que julgar conveniente, pois, para tanto fica autorizado. E nada mais tendo a tratar-se, o Sr. Presidente encerrou os trabalhos e mandou que se lavrasse a presente ata, que com ele subscrevo.

Antonio de Espraia Paramés, presidente da assembléia. , (Assinado)

Americo Chamusca, secretário. .

Parecer do Conselho Fiscal: Os abaixo assinados, membros do Conselho Fiscal da "Confeitaria Paselioal S/A.", tendo examinado balanço geral e demais contas apresentadas pela Diretoria, relativos ao período de 1° de julho de 193-9 a 30 de junho de 1940, são de parecer que os mesmos sejam aprovados por,se acharem .. _exatos. —

Penna. — Antonio Etibino. — E. Cezar.

,(Assinados) II.

BALANÇO GERAL FECIIADO ESI 30 DE JUNHO DE 1940

Ativo

Máquinas .

Titulo "Confeitaria Paschoal

n .

Material de Mesa .

Caucionadas .

Ações

Instalações

Móveis e Utensílios, F. Carioca

Móveis e Utensílios .

Contas Correntes .

.

Caixa

Caixa — F. Carioca

Bar do Tijuco T. Club

F.

Contas a Receber -- Carioca

Instalações — Filia/ Carioca

Filial Carioca, C/Mercadorias

4Iercadorias

Lucros . e Perdas

Passivo

Capital

Caução dá Diretoria •

Contas a Pagar — F. Carioca

Contas a Pagar .

Malvar

Benigno Iglésias

63:0008000 150:0008000 255:7378600

100:0008000 202:2838200

.47:0828600

15:0058000

63880d0 A:3888800

28:7038600 20:0008000

17:3225300' 196:9658600

20:9878500

14:6868100 254:1978100

1.413:9978400

1.200:0008000 ...• • 100:0008000

19:0598800

6:9978400 87:9408200

1.413:9978400

Benigno

1940. — (Assinados)

Rio de Janeiro, 30 de junho de

— A. Chamusca,- Contador.

Iglãias Malvar. Diretor Presidente.

(C:-. 8 .618-5-9-1940-119;300)

MIGUEL ACCETTA

Casa Bancária

(Carta Patente n. 1.920, de 27 de dezembro de 1933)

BALANCETE DE 31 DE AGOSTO DE 1940

Ativo

226:7688700

GliEft .

11:0008000

Móveis & Utensilios

2.454:2888100

Prédios & Terrenos

777:5008000

Títulos de renda

4.863:2198200

Ilipotecas .

7.875:4075800

Letras descontadas a

1.165:8048000

Obrigações a receber

1.345:3858300

Contas correntes .

473:5008000

Devedores por valores depositados

200:0008000

Devedores por valores caucionados • •

161:9238900

por títulos em cobrança

Vevedores

441:6918500

Diversas contas .

19.990:4888500 Passivo Capital . 500 :0008000

litxlescontos 1.914 :643$700

Contas-correntes' . . 15.899:1233500

Valores depositados . 473 a500$000

Valores caucionados 200:0008000

Títulos em cobrança . 161 :9233900

847:297$400

Diversas contas . .

"a

19.990:4885500

Rio de Janeiro. :5 6 setembro de 19-10. — Miguel Acedia, Casa Bancária. — Miguel -Accetta.(C 8.697 — 5-9-1910 — 66$3)

•n•n•1•••,,

SOCIEDADES CIVIS

TENDA MENINO JESUSEXTRATO DE ESTATUTOS

Fundada nesta Capital, sua sede e foro. em 15 de agosto de 1940 por iniciativa e tendo como principal fundadora Jurema Caldas Favão, de duração indeterminado, com o patrimônio a se constituir e ilimitado número de sócios que não respondem subsidiariamente pelas obrigações sociais, tem por fim o estudo teórico e prático da Doutrina Espirita. Será administrada por ufisa diretoria composta de: presidente (que é o seu representante em juizo e fora dele), vice-presitesoureiros, bibliotecário e procuradente, 1° e 2° secretários, 1° e r

dor. A extinção da sociedade se dara por deliberação unanime doa sócios fundadores. que determinarão no ato, por maioria de votos o destino do seu patrimônio. Estes estatutos somente poderãp ser reformados após 10 tinos de vigência, sendo reformaveis, findo esse prazo, mesmo no tocante à administração, desde que assim decidam 14 dos 20 sócios fundadores. A diretoria atual e fundadoras constam de uma relação

A•diretoria.

anexa aos estatutos. —

(C — 8.600— 5-9-40 — 26a5).

S. C. SÃO JORGE

EXTRATO DOS ESTATUTOS

Fundado nesta Capital,.onde tem sede e foro por tempo indeterminado com fundo social a constituir se, tem por fim: Promover e facilitai o desenvolvimento físico de seus associados por mebis de Esportes Atléticos e em geral, reereativismo e particular pela prática do Foot Bali. Os seus sócios não são subsidiariamente responsaveis pelos compromissos assumidos em nome do clube. O clube será administrado por uma diretoria composta de: presidente (que é o seu representante era Juizo e fora dele), vice-presidente, 1° e 2° secretários, 1" e 2° tesoureiros, procurador e diretor de esportes. O clube só poderá ser dissolvido quando não existir (15) quinze sócios que queiram mantê-lo, no

saldo terá o destino previsto no art. 17 de caso de dissolução, o seu

seus-estatutos. Os presentes estatutos só poderão ser alterados ou reformados por assembléia geral extraordinária, para este fim especialdiremente convocado,. A. diretoria atual consta dos estatutos. —'A

toria.

(C -- 8.689 -- 5-9-10 -- 2685),

FRATERNITAS ROSICRUCIANA ANTIQUA.

(Extrato de Estatutos)

• .

Fundada nesta Capital, sua sede e fôr°, em 27 de julho de'1933, sob a denominação de Augusta Fraternidade Branca Rosa Cruz Antiga, pessoa jurídica pelo seu registo leito sob o número de ordena 479 no Livro 1 de Pe,sseias Jurídicas, do Cartório do 1° Oficio, de Registro de Títulos e Documentos, a. instituição supra tem por finalidade o estudo e investigação de todos os problemas relacionados com a origem, evolução, felicidade e destino dos sêres humanos. A sua direção suprema é exercida pelo Comendador auxiliado por sim Conselho composto dos diretores dos Departamentos e das Aulae Lueis em funcionamento no Itip de Janeiro. Os membros da Instituição não respondem subsidiariamente pelas obrigações sociais. A duração da soa

por tempo indeterminado. Os presentes estatutos aprovados eledade é

na assembléia geral realizada em 25-3 = 40, e onde se deliberou a mudança da denominação da sociedade, cuja ata está registado sob o. n. de ordem 19.619, do Livro C-9, do Cartório do 1° Oficio, em 2-9-40, só poderão ser modificados em assenabléia geral a que compareçam, pelo menos, 2/3 dos- membros da Fraternidade e mediante ap. do Conselho. A sociedade somente se ektinguirá por falta de_ meios econômicos ou financeiros que impossibiltem a .sua finalidade, e, havendo patrimônio livre, este será doado a hospitais de caridade. A

comendador.

direção atual consta dos estatutoa. — O

— 5-9-40 — 36$7).