Página 365 do Associação dos Municípios do Paraná (AMP) de 3 de Setembro de 2019

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.



1. Demonstrar atenção
2. Iniciativa
3. Trabalhar em equipe 

4. Senso de organização
5. Concentração
6. Flexibilidade
7. Persuasão 

8. Autocontrole
9. Senso espacial
10.Senso Visual 

REQUISITOS PARA INGRESSO
1. Existência de vaga no Cargo e na Classe.
2. Aprovação em concurso público de provas ou provas e títulos.
3. Inspeção e avaliação médica de caráter eliminatório.
4. Podem ser solicitadas outras exigências vinculadas ao exercício do cargo/funçã 

o contempladas no edital de regulamentação do concurso público 
  




CARGO: ASSISTENTE SOCIAL 
  

ESCOLARIDADE: ENSINO SUPERIOR COMPLETO 
  

IDADE: ACIMA DE 18 ANOS 
  

ÁREA DE ATUAÇÃO: ASSISTÊNCIA SOCIAL 
  

CBO: 2516-05 - HABILITAÇÃO PROFISSIONAL: Lei nº 8.662, de 07 de junho de 1993 
  

DESCRIÇÃO SUMÁRIA 
  

Prestar serviços sociais orientando indivíduos, famílias, comunidade e instituições sobre direitos e deveres (normas, códigos e l
planos, programas e projetos sociais em diferentes áreas de atuação profissional (seguridade, educação, trabalho, jurídica, habita
Assessorar nasatividades de ensino, pesquisa e extensão. 

egislação), serviços e recursos sociais e programas de educação; planejar, coordenar e avaliar
ção e outras); desempenhar tarefas administrativas e articular recursos financeiros disponíveis. 

DESCRIÇÃO DAS TAREFAS 
  

· Orientar indivíduos, famílias, grupos, comunidades e instituições: Esclarecer dúvidas, orientar sobre direitos e deveres, acess
normas, códigos e legislação e sobre processos, procedimentos e técnicas; ensinar a otimização do uso de recursos; organizar e fa
· Assessorar na elaboração de programas e projetos sociais; organizar cursos, palestras, reuniões.
· Planejar políticas sociais: Elaborar planos, programas e projetos específicos; delimitar o problema; definir público-alvo,
atendimento; programar atividades. Pesquisar a realidade social:
· Características da área de atuação; informações in loco; entidades e instituições;
· Realizar pesquisas bibliográficas e documentais; estudar viabilidade de projetos propostos;
· Coletar, organizar, compilar, tabular e difundir dados.
· Executar procedimentos técnicos: Registrar atendimentos; informar situações-problema; requisitar acomodações e vagas em equ
· Formular relatórios, pareceres técnicos e rotinas e procedimento; formular instrumental (formulários, questionários, etc). Monit
· Acompanhar resultados da execução de programas, projetos e planos;
· Analisar as técnicas utilizadas; apurar custos; verificar atendimento dos compromissos acordados com o usuário; Criar critérios
· Aplicar instrumentos de avaliação; avaliar cumprimento dos objetivos e programas, projetos e planos propostos; Coordenar equ
· Desempenhar tarefas administrativas: Providenciar documentação oficial; cadastrar usuários, entidades e recursos; controlar flu
· Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. 

o a direitos instituídos, rotinas da instituição, cuidados especiais, serviços e recursos sociais,
cilitar;
objetivos, metas e metodologia; formular propostas; estabelecer prioridades e critérios de
ipamentos sociais;
orar as ações em desenvolvimento:
e indicadores para avaliação;
ipes e atividades: Coordenar projetos e grupos de trabalho; r
xo de documentos; 

COMPETÊNCIAS PESSOAIS PARA A FUNÇÃO 
  

1. Demonstrar atenção
2. Iniciativa
3. Trabalhar em equipe
4. Senso de organização
5. Concentração 

6. Flexibilidade
7. Persuasão
8. Autocontrole
9. Senso espacial
10.Senso Visual 

REQUISITOS PARA INGRESSO
1. Existência de vaga no Cargo e na Classe.2. Aprovação em concurso público de provas ou provas e títulos.
3. Inspeção e avaliação médica de caráter eliminatório.4. Podem ser solicitadas outras exigências vinculadas ao exercício do carg 

o/função contempladas no edital de regulamentação do concurso público. 




CARGO: FONOAUDIÓLOGO 
  

ESCOLARIDADE: ENSINO SUPERIORCOMPLETO EM FONOAUDIOLOGIA 
  

IDADE: ACIMA DE 18 ANOS 
  

ÁREA DE ATUAÇÃO: Assistência Social e Saúde 
  

CÓDIGO CBO: 2238-10 - Atender pacientes para prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas utilizando protocolos e proc
fonoaudiológico; orientar pacientes familiares, cuidadores e responsáveis; desenvolver programas de prevenção, promoção da saú 

edimentos específicos de fonoaudiologia. Tratar de pacientes efetuar avaliação e diagnóstico
de e qualidade de vida. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 

DESCRIÇÃO SUMÁRIA 
  

CBO: Efetua procedimentos terapêuticos, fonoaudiólogos, desenvolve programas de prevenção e promoção de saúde. 
  

DESCRIÇÃO DAS TAREFAS 
  

· Tratar pacientes:
· Eleger procedimentos terapêuticos; habilitar sistema auditivo; reabilitar o sistema vestibular; desenvolver percepção auditiva
alterações de deglutição;
· tratar alterações de fluência; tratar alterações das funções orofaciais; desenvolver cognição; adequar funções percepto-cogni
atividades; preparar material terapêutico; indicar e adaptar tecnologia
· assistiva; introduzir formas alternativas de comunicação; prescrever órteseses e próteses; adaptar órteses e próteses; aplicar proc
em UTI; aperfeiçoar padrões faciais, habilidades comunicativas e de voz; estimular adesão e continuidade do tratamento; reorient
· Orientar pacientes, familiares e responsáveis: Explicar procedimentos e rotinas; demonstrar procedimentos e técnicas; orientar t
· Desenvolver programas de prevenção, promoção de saúde e qualidade de vida: Planejar programas e campanhas de prevençã
promoção de deficiência, handicap e incapacidade.
· Promover campanhas educativas; produzir manuais e folhetos explicativos; elaborar relatórios e laudos. Utilizar recursos de In
ambiente organizacional. 

; tratar distúrbios vocais; tratar alterações da fala, de linguagem oral, leitura e escrita; tratar
tivas; avaliar resultados do tratamento. Aplicar procedimentos fonoaudiológicos: Prescrever
edimentos de adaptação pré e pós-cirúrgico; aplicar procedimentos específicos de reabilitação
ar condutas terapêuticas.
écnicas ergonômicas; verificar a compreensão da orientação; esclarecer dúvidas.
o e promoção e estratégias e atividades terapêuticas; utilizar procedimentos de prevenção e
formática. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao 

COMPETÊNCIAS PESSOAIS PARA A FUNÇÃO 
  

1. Demonstrar atenção
2. Iniciativa
3. Trabalhar em equipe
4. Senso de organização
5. Concentração. 

6. Flexibilidade
7. Persuasão
8. Autocontrole
9. Senso espacial
10.Senso Visual 

REQUISITOS PARA INGRESSO 
  

1. Existência de vaga no Cargo e na Classe.
2. Aprovação em concurso público de provas ou provas e títulos.
3. Inspeção e avaliação médica de caráter eliminatório.
4. Podem ser solicitadas outras exigências vinculadas ao exercício do cargo/função contempladas no edital de regulamentação do 

concurso público. 

CARGO: PSICÓLOGO

ESCOLARIDADE: ENSINO SUPERIOR COMPLETO EM PSICOLOGIA

IDADE: ACIMA DE 18 ANOS

ÁREA DE ATUAÇÃO: SAÚDE, ASSISTÊNCIA SOCIAL E EDUCAÇÃO

CÓDIGO CBO: 2515 HABILITAÇÃO PROFISSIONAL: Lei nº 4.119, de 27 de agosto de 1962 -Dispõe sobre os cursos de formação em psicologia e regulamenta a profissão de psicólogo. Decreto-Lei nº 706, de 25 de julho de 1969 - Estende aos portadores de certificado de curso de pós-graduação em psicologia e psicologia educacional, o direito assegurado pelo art. 19 da Lei nº 4.119/62. Leinº 5.766, de 20 de dezembro de 1971 - Cria o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Psicologia e dá outras providências. Decreto nº 79.822, de 17 de junho de 1977 - Regulamenta a Lei nº 5.766/71. Registro no Conselho competente.

DESCRIÇÃO SUMÁRIA

Estudar, pesquisar e avaliar o desenvolvimento emocional e os processos mentais e sociais de indivíduos, grupos e instituições, com a finalidade de análise, tratamento, orientação e educação; diagnosticar e avaliar distúrbios emocionais e mentais e de adaptação social, elucidando conflitos e questões e acompanhando o (s) paciente (s) durante o processo de tratamento ou cura; investigar os fatores inconscientes do comportamento individual e grupal, tornando os conscientes; desenvolvem pesquisas experimentais, teóricas e clínicas e coordenar equipes e atividades de área e afins. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

DESCRIÇÃO DAS TAREFAS

· Elaborar, implementar e acompanhar as políticas da instituição nessas áreas. Assessorar instituições e órgãos, analisando, facilitando e/ou intervindo em Processos psicossociais nos diferentes níveis da estrutura institucional; Diagnosticar e planejar programas no âmbito da saúde, trabalho e segurança, educação e lazer; atuar na educação, realizando pesquisa, diagnósticos e intervenção psicopedagógica em grupo ou individual. Realizar pesquisas e ações no campo da saúde do trabalhador, condições de trabalho, acidentes de trabalho e doenças profissionais em equipe interdisciplinar, determinando suas causas e elaborando recomendações de segurança.

· Colaborar em projetos de construção e adaptação de equipamentos de trabalho, de forma a garantir a saúde do trabalhador. Atuar no desenvolvimento de recursos humanos em análise de ocupações e profissões, seleção, acompanhamento, análise de desempenho e capacitação de servidores.

· Realizar psicodiagnóstico e terapêutica, com enfoque preventivo e/ou curativo e técnicas psicológicas adequadas a cada caso, a fim de contribuir para que o indivíduo elabore sua inserção na sociedade.

· Preparar pacientes para a entrada, permanência e alta hospitalar. Atuar junto a equipes multiprofissionais, identificando e compreendendo os fatores psicológicos para intervir na saúde geral do indivíduo. Utilizar recursos de Informática.

· Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. Observação: Atuam nas áreas de Psicologia do trabalho, Psicologia Social, Psicologia da Educação e Psicologia