Página 143 da Executivo - Caderno 1 do Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOSP) de 13 de Setembro de 2019

Diário Oficial do Estado de São Paulo
mês passado

Sessão Pública Suspensa

Às 11:02:33h do dia 29 de agosto de 2019, foi suspensa a sessão pública, em virtude de Pregão suspenso para receber e analisar amostra..

Às 09:01:40h do dia 03 de setembro de 2019, reuniram-se o Pregoeiro deste órgão/entidade ANTONIO CASSARINI JUNIOR e respectivos membros da equipe de apoio para dar continuidade aos trabalhos relativos ao pregão nº 090147000012019OC00105.

Às 11:09:03h do dia 03 de setembro de 2019, foi suspensa a sessão pública, em virtude de Pregão suspenso para receber e analisar amostra..

Às 09:02:49h do dia 06 de setembro de 2019, reuniram-se o Pregoeiro deste órgão/entidade ANTONIO CASSARINI JUNIOR e respectivos membros da equipe de apoio para dar continuidade aos trabalhos relativos ao pregão nº 090147000012019OC00105.

Às 09:29:53h do dia 06 de setembro de 2019, foi suspensa a sessão pública, em virtude de Pregão suspenso para receber e analisar amostra..

Às 09:00:52h do dia 11 de setembro de 2019, reuniram-se o Pregoeiro deste órgão/entidade ANTONIO CASSARINI JUNIOR e respectivos membros da equipe de apoio para dar continuidade aos trabalhos relativos ao pregão nº 090147000012019OC00105.

Encerramento realizado por ANTONIO CASSARINI JUNIOR Considerações finais - Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a sessão, cuja ata vai assinada pelo Pregoeiro e pelos membros da equipe de apoio.

Data - 11/09/2019 às 10:39:11

RECURSO

Pregão Eletrônico nº:

C-CFL-PE 33/19

Processo nº:

SES/2055065/2019

Objeto:

AQUISIÇÃO DE MATERIAIS PERMANENTES (3)

Licitante Autor:

21.500.755/0001-25 - GAMA COMERCIO DE MAQUINAS, FERRAGENS E FERRAMENTAS LTDA

INTERPOSIÇÃO DE RECURSO

Mensagem:

Estamos manifestando o interesse de recurso devido os equipamentos ofertados das marcas: (Tekna, Kawashima e garthen não atender na integra do descritivo do edital conforme

demonstraremos nos memoriais de recurso.

Data:30/08/2019 12:02:54

JUÍZO DE ADMISSIBILIDADE DE RECURSO

Pregoeiro:RENE PENACHIO XAVIER DE SA

Mensagem:

Data:30/08/2019 12:13:14

Decisão:Aceitar

MEMORIAIS

Mensagem:

CENTRO DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE – CAIS

“CLEMENTE FERREIRA” EM LINS

LINS / SP

RECURSO ADMINISTRATIVO

ATº AUTORIDADE COMPETENTE / COMISSÃO JULGADORA DE LICITAÇÕES

REF. PREGÃO ELETRONICO C-CFL-´PE Nº 33/2019

PROCESSO SES Nº 2055065/2019

OBJETO: AQUISIÇÃO DE MATERIAIS PERMANENTES

A empresa Gama Comercio e Importação Ltda-EPP., inscrita com CNPJ nº 21.500.755/0001-25 e Inscrição Estadual nº 795.552.962.110, estabelecida a Rua Fernando Martini, nº

28-B – Vila Nova – Campinas / São Paulo, vem respeitosamente e tempestivamente, com fulcro no art. 109 da lei 8.666/93, acrescido pelo art. 11 inciso XVII do decreto 3.555 de

08/08/2000, e no item 06 – (Recurso, adjudicação e homologação) do edital em referência, interpor recurso pelos fatos e fundamentos a seguir:

I – Dos Fatos

O CAIS, instaurou procedimento licitatório, na modalidade Pregão Eletrônico sob o nº 33/2019, visando aquisição de materiais permanentes a recorrente Gama Comercio e

Importação Ltda-EPP, ao participar das diversas fases da presente licitação, foi vencedora do item 03, podendo ser vencedora do item 03, mas teve concorrentes que ofertaram

equipamento que não atende ao descritivo do edital conforme razões abaixo mencionadas.

Item 04 (Roçadeira), foi ofertado marca: TEKNA, modelo: RL430AC2-G2 que não atende ao solicitados conforme link do fabricante: http://nordtech.com.br/?

menu=produtos&super=TEKNA%20 FLOREST&mega=FLORESTA%20E%20JARDIM%20GASOLINA& grupo=ROCADEIRA&subgrupo=OCASIONAL&produto=RL430A CG2, (peso ofertado 7,9), peso solicitado no descritivo (7,2kg) peso 9% (nove por cento) acima do solicitado sendo bem mais pesada, podendo ocasionar uma lesão grave no

operador do equipamento. No Catalogo do fabricante, não menciona POTENCIA EM KW / HP, nível de ruído, e Conforme catalogo do fabricante esse modelo não é para uso

PROFISSIONAL e sim uso OCASIONAL, porém o descritivo do edital SOLICITA equipamento para (TRABALHO CONTINUO) uso PROFISSIONAL.

Item 04 (Roçadeira), foi ofertado marca: KAWASHIMA, modelo: KW 43-L que não atende ao solicitados conforme link do fabricante:

http://www.ccmdobrasil.com.br/website/produto. html?produto=4301040, (peso ofertado 7,9), peso solicitado no descritivo (7,2kg) peso 9% (nove por cento) acima do solicitado

sendo bem mais pesada, podendo ocasionar uma lesão grave no operador do equipamento. No descritivo do edital solicita rotação MAXIMA do motor de 12.000rpm, e o modelo

da TEKNA é superior não sendo compatível com o descritivo solicitado. O catalogo do fabricante não menciona o nível de ruído de decibéis e Conforme catalogo do fabricante

esse modelo não é para uso PROFISSIONAL e sim uso OCASIONAL, porém o descritivo do edital SOLICITA equipamento para (TRABALHO CONTINUO) uso

PROFISSIONAL.

Item 04 (Roçadeira), foi ofertado marca: GARTHEN, modelo: CG4300 que não atende ao solicitados conforme link do fabricante: https://www.grupogmeg.com.br/produto/cg4300, (peso ofertado 8,5), peso solicitado no descritivo (7,2kg) peso 18% (dezoito por cento) acima do solicitado sendo bem mais pesada, podendo ocasionar uma lesão grave no

operador do equipamento. O catalogo não menciona a (Rotação, nível de ruído, ângulo de transmissão de 30 graus), e uma roçadeira para uso ocasional e não para serviço de

trabalho continuo PROFISSIONAL.

Mediante aos fatos acima mencionados solicitamos a DESCLASSIFICAÇÃO, das marcas ofertadas acima uma vez que não atende em sua integra, o descritivo solicitado no edital,

não tendo uma disputa em caráter igual conforme a Lei 8.666/93, art. (A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia, a seleção da

proposta mais vantajosa para a administração e a promoção do desenvolvimento nacional sustentável e será processada e julgada em estrita conformidade com os princípios básicos

da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e

dos que lhes são correlatos).

Desde modo solicitamos o DEFERIMENTO deste recurso, e ficamos no aguardo com a mais alta estima e distinta consideração.

Termos em que Pede o deferimento.

Campinas, 30 de agosto de 2019.

Data:30/08/2019 16:37:04

PARECER PREGOEIRO

Pregoeiro:LOURDES APARECIDA DA SILVA

Mensagem:

A licitante Gama Comercio e Importação Ltda-EPP., CNPJ nº 21.500.755/0001-25, apresentou recurso visando a desclassificação para o item 04 (roçadeira) em síntese, nos

seguintes termos: “Item 04 (Roçadeira), foi ofertado marca: TEKNA, modelo: RL430AC2-G2 que a mesma não atende ao edital, pois o peso do equipamento é 9% (nove por

cento) acima do solicitado; o mesmo ocorrendo com a roçadeira marca KAWASHIMA, modelo: KW 43-L. Afirma que a roçadeira de marca GARTHEN, modelo: CG4300 não

atende ao solicitado em virtude do peso ser 18% (dezoito por cento) acima do solicitado”.

As empresas Bs Materiais E Equipamentos De Segurança Eireli-Me, Agro-Vale Muriaé Maq. Agric.Ltda-EPP e BRASFERMA LTDA.-EPP não apresentaram contrarrazões.

De acordo com o responsável pelo parque e jardim desta Unidade, um equipamento mais leve é fator essencial para a execução dos serviços, apresentando rendimento maior pelo

usuário diante da necessidade de trabalhar de maneira contínua.

Foi verificado que o equipamento de marca TEKNA, modelo RL430AC2-G2 possui peso de 8,10 Kg, que o equipamento de marca Kawashima modelo KW 43 L possui peso de

7,92 Kg e que o equipamento de marca GARTHEN, modelo CG4300 possui peso de 8,5 Kg.

O edital torna-se lei entre as partes, assemelhando-se a um contrato de adesão cujas cláusulas são elaboradas unilateralmente pelo Estado. Em sendo lei, o edital e os seus termos

atrelam tanto a Administração, que estará estritamente subordinada a seus próprios atos, quanto as licitantes - sabedoras do inteiro teor do certame.

Desta forma, em atendimento ao que dispõe o edital, ao princípio da igualdade entre os participantes, acolho o recurso apresentado pela empresa Gama Comércio de Máquinas,

Ferragens e Ferramentas Ltda, pelos motivos expostos.

Data:12/09/2019 15:13:00

Decisão:Acolhido

PARECER AUTORIDADE

Autoridade:SILVIA HELENA TEJO

Mensagem:

Trata-se de procedimento licitatório, realizado sob a modalidade pregão, na forma eletrônica, destinado a aquisição de materiais permanentes.

O edital estabeleceu dentre outras exigências que o item a ser adquirido deveria ter peso aproximado de 7,2 Kg.

Esta Unidade, sempre fiel e atenta ao que determina a lei nº 8.666/93, não pode e

nem deve ignorar o artigo 3º desta Lei, que determina o seguinte:

“Art. 3o A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a administração e a promoção do

desenvolvimento nacional, e será processada e julgada em estrita conformidade com os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da

publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos.” (grifo nosso)

Desta forma, mantenho a decisão do pregoeiro e Acolho o recurso apresentado pela empresa Gama Comércio de Máquinas, Ferragens e Ferramentas Ltda. Devendo retomar o

procedimento licitatório em 20/09/2019

Data:12/09/2019 15:19:15

Decisão:Deferido

CENTRO DE REABILITAÇÃO - CASA

BRANCA

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

COORDENADORIA DE SERVIÇOS DE SAÚDE

CENTRO DE REABILITAÇÃO DE CASA BRANCA

UNIDADES HOSPITALARES

Despacho do Diretor Técnico de Saúde II, de 12/09/2019. HOMOLOGO a Adjudicação proferida pelo Pregoeiro e sua Equipe de Apoio, no Pregão Eletrônico nº 074/2019-SMP., do Processo nº 2289693/2019 referente a AQUISIÇÃO DE MATERIAL PERMANENTE (APARELHO DE FISIOTERAPIA) COM ENTREGA IMEDIATA, nos termos do parágrafo único, inciso VII do artigo do Decreto nº 47.297, de 06/11/2002 e inciso VII do artigo 6º da Resolução CEGP-10, de 19/11/2002, pelo critério de menor preço, na seguinte conformidade:

- LOGGEN PRODUTOS PARA SAÚDE EIRELI. (CNPJ. 24.980.102/0001-89) – item (ns) 001, no valor total de R$ 6.817,00.

CENTRO DE REFERÊNCIA DA SAÚDE DA

MULHER

CENTRO DE REFERÊNCIA DA SAÚDE DA MULHER

GABINETE DO DIRETOR TÉCNICO DE SAÚDE

Processo: 001.0010.001250347/2019

Assunto: AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS.

Pregão Eletrônico : nº 204/19

Nos termos do § único, do artigo 3º, inciso VII do Decreto Estadual nº 47.297/02, HOMOLOGO a adjudicação proferida pelo Pregoeiro e sua Equipe de Apoio à:

ITEM:01, 02 E 04

EMPRESA: MANZATOS FARMA EIRELI

VALOR TOTAL DA CONTRATAÇÃO: R$ 39.895,80

1º PARCELA - R$ 11.399,10

2º - PARCELA - 11.024,70

3º PARCELA - 8.736,00

4º PARCELA - 8.736,00

ITEM:2

EMPRESA: COMERCIAL CIRÚRGICA RIOCLARENSE LTDA VALOR TOTAL DA CONTRATAÇÃO: R$ 15.491,04

1º PARCELA - R$ 3.879,84

2º - PARCELA - R$ 3.879,84

3º PARCELA - R$ 3.879,84

4º PARCELA - R$ 3.851,52

_______________________________

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ÁLCOOL,

TABACO E OUTRAS DROGAS

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

COORDENADORIA DE SERVIÇOS DE SAÚDE

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ÁLCOOL, TABACO E OUTRAS DROGAS – CRATOD.

Despacho n.º 431/2019

Diretoria Técnica de Saúde.

Processo n.º : SPDOC 1786083/2019

Interessado: Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas.

Assunto: AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTO - FORA DE ATA DE REGISTRO DE PREÇO

De acordo com a Ata de Seção Pública e Adjudicação realizada na própria Sessão pela Pregoeira Responsável, relativo aos autos em questão, promovido para AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTO - FORA DE ATA DE REGISTRO DE PREÇO, o qual acolho na íntegra. Homologo o Pregão Eletrônico n.º 25/2019, item 01 a favor da empresa TATIANA REGINA FERREIRA LOPES – ME, itens 03 e 08 a favor da empresa PROVIP DISTRIBUIDORA HOSPITALAR LTDA - EPP, nos termos do artigo 12, inciso XVI da Resolução CEGP-10, de 19 de novembro de 2002.

Publique-se.

CENTRO ESPECIALIZADO EM

REABILITAÇÃO DR. ARNALDO PEZZUTI

CAVALCANTI - MOGI DAS CRUZES

Centro Especializado em Reabilitação Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti

Mogi das Cruzes-SP.

Núcleo de Compras

Despacho do Senhor Diretor técnico de Saúde III

Autorizo vistas ao processo nº.001.0146.00380/2011 – Contratação de Serviços de Informática (Input), pelos servidores Mônica Cristina Eugelmi Moreira- RG: 24.939.462-5 e José Benedito de Almeida RG: 11.282.678-7.

Altere-se a publicação de 02 de agosto de 2019 para a seguinte publicação:

CENTRO ESPECIALIZADO EM REABILITAÇÃO “DR. ARNALDO PEZZUTI

CAVALCANTI”

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

COORDENADORIA DE SERVIÇOS DE SAÚDE

GESTÃO DE CONTRATOS

1 - Empresa - INPUT CENTER INFORMÁTICA LTDA - SERVIÇO Contratação de serviços de suporte, customização e atualizações do sistema de gerenciamento hospitalar, atualmente instalado no CERAPC, winshop, através de inexigibilidade de licitação.

Gestora - Aparecida Aramaki Dantas; Fiscalizadora - Andréia Bagolin; Suplente - Fábio Santana.

O Diretor Técnico de Saúde III deste Centro Especializado em Reabilitação “Dr.

Arnaldo Pezzuti Cavalcanti”, considerando:

O disposto Artigo 67 da Lei Federal nº 8.666/93 de 21/06/1993, que determina o

acompanhamento e a fiscalização da execução dos contratos, por representante da

Administração especialmente designados;

A necessidade de padronizar os procedimentos de acompanhamento e fiscalização dos

contratos mantidos deste Centro Especializado;

E a necessidade de oferecer subsídios aos Gestores para exercerem suas atribuições,

resolve:

Artigo 1º Os Gestores de Contrato designados pela Diretoria Técnica de Saúde III –

CERAPC, deverão observar, por ocasião de suas atribuições de acompanhamento e

fiscalização quanto a execução dos contratos, as determinações estabelecidas por esta

Portaria, assim como os imperativos previstos pela 8.666 de 21/06/93 e demais

legislações pertinentes e vigentes.

Artigo 2º Para os fins desta Portaria considera-se:

I. Gestor do contrato – Servidor Público especialmente designado pela

Administração, com atribuições de acompanhar e controlar os contratos

administrativos da unidade.

II. Fiscalizador do contrato - Servidor Público especialmente designado pela

Administração, com atribuições de fiscalizar e acompanhar a execução do

contrato administrativo, em relação às obrigações contratadas e as

executadas, e na adoção das providencias que fizerem necessárias para o

perfeito cumprimento dessas obrigações.

III. Objeto do contrato – É o descritivo do serviço contratado, observados os

prazos de execução, quantidade e qualidade, em estrita observância às

disposições contratuais;

Artigo 3º No impedimento legal do servidor indicado no artigo 2º, designar o substituto

imediato;

Artigo 4º Fixar as seguintes atribuições do gestor:

a) Acompanhar, administrar o contrato para o qual foi nomeado, proporcionando

não só ao contratante como a contratada todos os meios legais para o ideal

desempenho das atividades contratadas. Compete ao Setor Financeiro efetuar o

recolhimento das contribuições sociais inerentes aos contratos, com

acompanhamento da Gestão de Contratos e Gestor;

b) Notificar a contratada quanto à ocorrência de qualquer fato que gere o

descumprimento das cláusulas contratuais;

c) Manter pasta individualizada, por contrato para arquivamento de documentos

relativos à sua execução, tais como: cópia do contrato, cópia dos TA -Termos

Aditivos, relatórios de execução, cópia do Termo de Referência, cópia de

correspondências enviadas e recebidas;

d) Verificar periodicamente, requisitando documentação respectiva, ao preposto

designado da contratada, se cumprida às obrigações legais com relação aos

funcionários da contratada;

e) Verificar se a pessoa jurídica contratada está executando pessoalmente as

obrigações, sem transferir responsabilidades ou formalizar subcontratações não

autorizadas pela Administração;

f) Estabelecer forma de controle e avaliação da execução dos serviços;

g) Solicitar, se for o caso, complementação de material e equipamento para

execução dos serviços e substituição de empregados por conduta inadequada;

h) Determinar que a contratada elimine ou substitua, serviços em que se

verificarem vícios, incorreções, defeitos, resultantes da execução ou material

empregado;

i) Cabe a Gestão de Contratos, verificar, em tempo hábil, a necessidade de

alteração dos contratos vigentes, propondo formalização de Termo Aditivo – TA

nos casos de: vencimento do prazo de vigência e possibilidade de prorrogação,

desde que haja previsão contratual, preços e condições vantajosas para a

administração;

j) Glosar pagamentos em razão dos serviços mal executados ou não executados;

k) Sugerir aplicação de penalidade, prevista em lei, dentro do princípio da

razoabilidade e proporcionalidade à contratada em decorrência do

descumprimento das obrigações contratuais;

l) Propor rescisão do contrato, por inexecução total ou parcial dos serviços objeto

do contrato, elencando motivos que justifiquem a medida, para a decisão da

autoridade competente;

m) Manter rotineiramente o gestor substituto informado sobre a execução

contratual, para que o mesmo tenha condições de acompanhar, controlar e gerir

o instrumento contratual de sua responsabilidade, nos eventuais impedimentos

do titular.

Artigo 5º Fixar as seguintes atribuições do fiscalizador:

a) Emitir relatórios mensais sobre o acompanhamento do contrato de sua

responsabilidade, discriminando o serviço prestado, locais de execução,

qualidade dos serviços prestados, assim como, demais informações necessárias

ao regular acompanhamento pela administração das atividades contratadas;

b) Efetuar as medições dos serviços contratados e encaminhar mensalmente as

informações inclusas no relatório de execução a Gestão de contratos, para

atestar nota (s) fiscal (s), em prazo estipulado contratualmente, caso estejam

estritamente em conformidade com os descritivos contratuais;

c) Manter rotineiramente o Fiscalizador substituto informando sobre a execução

contratual, para que o mesmo tenha condições de acompanhar, controlar e

fiscalizar o instrumento contratual de sua responsabilidade, nos eventuais

impedimentos do titular;

d) Manter pasta individualizada por contrato, para conhecer o referido contrato e o

tipo do serviço;

e) Manter registro de contratos encerrados, que serão utilizados como base para

futuras contratações, na elaboração do novo Termo de Referência, seguindo as

Minutas padrão da PGE que deverá ser encaminhada à gestão de contratos

dentro do prazo estipulado (8 (oito) meses antes do término do contrato);

f) Conhecer detalhadamente o local e como os serviços serão executados;

g) Assegurar a perfeita execução do contrato (correspondência entre

especificações técnicas e execução do serviço) verificando permanentemente a

qualidade do serviço e se são cumpridas as obrigações relativas à utilização dos

materiais e equipamentos em quantidades suficientes;

h) Estabelecer forma de controle e avaliação da execução do serviço;

i) Comunicar o superior hierárquico, em tempo hábil, para adoção de medidas

convenientes, situações cujas decisões ou providencias escapem de sua

competência;

j) Exigir que a contratada mantenha preposto – encarregado – aceito pela

administração, no local dos serviços;

k) Deve buscar a otimização dos recursos e manter a qualidade dos serviços

prestados;

l) Verificar “in loco” a adequada realização dos serviços, sempre que for

necessário;

Artigo 6º As diretorias/gerências dos núcleos/gestão de contratos respectivos deverão

acompanhar o andamento do contrato, fornecendo documentação, informações e

adotando procedimentos do contrato, em prazo suficiente para evitar a interrupção, ou

prejuízo, da execução dos serviços.

Artigo 7º A diretoria do núcleo de finanças e núcleo de compras irá prestar o suporte

necessário à gestão de contratos.

Artigo 8º Cabe aos dirigentes do Centro Especializado em Reabilitação Dr. Arnaldo

Pezzuti Cavalcanti a responsabilidade pelo cumprimento e divulgação interna desta

Portaria.

Parágrafo único – A gestão de contratos deverá encaminhar cópia dessa Portaria,

mediante recibo, a todo gestor e fiscalizador designado; Artigo 9º Fica delegada a gestão de contratos deste Centro Especializado em

Reabilitação Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti para dirimir eventuais dúvidas, decorrentes

da aplicação desta Portaria;

Artigo 10º O fiscalizador, o gestor e a gestão de contratos, deverão registrar

oficialmente, através de Ata todas as reuniões e as tratativas firmadas com as

empresas terceirizadas, devendo conter as reclamações, e quaisquer outras

informações consideradas relevantes pela fiscalização ou pela contratada, com

identificação clara de todos os participantes e assinaturas, bem como decisões e o

nome dos responsáveis pelas providencias e prazo para resolução do problema

apresentado;

Artigo 11º Fica relacionado os gestores e os fiscalizadores dos contratos dos serviços

terceirizados, no Anexo I desta Portaria.

Artigo 12º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

CER “Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti” em 11/09/2019.

Anexo I

Unidade do Pólo de Ostomia – Mogi das Cruzes

GESTOR: Vera Lúcia Cera Cusatis - Enfermeira

FISCALIZADOR: Teresa Donizetti Vitoriano

SUPLENTE: Lenice Cardoso de Souza

CONTRATO: 014/2018 PROCESSO: 001.0146.000501/18

SERVIÇO: Vigilância e Segurança Patrimonial

EMPRESA: Seal Segurança Alternativa Eirelli

A partir de 01/08/2019

GESTOR: Aparecida Aramaki Dantas – DTS II

FISCALIZADOR: Andreia Bagolin – D I

SUPLENTE: Erika Helena Berti –DTS I

SUPORTE TÉCNICO de INFORMÁTICA: Jefferson Nicomedes Martins – D I e Odair

Natan Oliveira Del Corso – DT I

SUPLENTE: Marilza Feliciano Alves da Silva – Subst. D I

CONTRATO: 002/2017 PROCESSO: 001.0146.000781/16

SERVIÇO: Prestação de Serviços de Informatização

EMPRESA: Input Center Informática Ltda.

A partir de 01/08/2019

GESTOR: Valter Antonio Rodrigues Junior – D I

FISCALIZADOR: Antonio Malta de Oliveira – Oficial Administrativo

SUPLENTE: Cahina Carolini Anversa – DTS I e Regina Yooko Okada Suzuki – DTS I

CONTRATO: 001/2018 PROCESSO: 001.0146.000596/17

SERVIÇO: Serviço de Fornecimento de Gases Medicinais Liquefeitos e Comprimido

Armazenados em Cilindros em Comodato

EMPRESA: IBG Industria Brasileira de Gases Ltda.

A partir de 01/09/2019