Página 84 da Administrativo do Diário de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte (DJRN) de 16 de Outubro de 2019

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

ESCOLA DA MAGISTRATURA DO RIO GRANDE DO NORTE

CENTRAL DE REGISTRO DE PREÇO

cobrança realizada é de 5 (cinco) dias.

7.1.2 . Os pagamentos relativos à execução do objeto desta ata serão realizados em consonância com a ordem cronológica de que tratam no Arts. , § 3º e 40, inciso XIII, alínea a, da Lei nº 8.666/1993, na forma disciplinada nas Resoluções nº 032/2016 - TCE/RN e nº 015/2018 - TJRN, observada a redação atual de ambas.

7.2 . Os documentos previstos no inciso II, III e IV, do subitem anterior, devem estar com o mesmo CNPJ, razão social e endereço da empresa participante do certame, observadas as demais disposições contidas em Edital.

7.3 . A Nota Fiscal/Fatura, a que refere o subitem 7.1, desta ata, deverá estar acompanhada dos documentos previstos nos incisos do referido dispositivo, a fim que, na mesma data, seja remetida à Seção de Orçamento e Finanças da ESMARN para liquidação e pagamento dentro do prazo estabelecido neste instrumento convocatório.

7.4 . A licitante contratada, por ocasião da emissão de qualquer Nota Fiscal/Fatura, poderá, se assim o desejar, previamente, solicitar informações junto à Seção de Orçamento e Finanças da ESMARN, para saber quais os dados que deverão constar do referido documento fiscal.

7.5. A Seção de Orçamento e Finanças da ESMARN, quando a lei assim o determinar, efetuará todos os descontos legais, bem assim, aqueles decorrentes de multas eventualmente aplicadas a licitante contratada, por infração a cláusulas do contrato a ser firmado.

7.6 . Havendo erro na apresentação da Nota Fiscal/Fatura, ou circunstância que impeça a liquidação da despesa, o pagamento ficará sobrestado até que a contratada providencie as medidas saneadoras. Nesta hipótese, o prazo para pagamento iniciar-se-á após a comprovação da regularização da situação, não acarretando qualquer ônus para à contratante.

7.7 . Qualquer pagamento só se efetivará depois de confirmada a situação de regularidade fiscal para com os órgãos referidos nos incisos II, III e IV, do subitem 7.1, deste instrumento.

7.8. No caso da não efetivação do pagamento no prazo acima estabelecido, e desde que a contratada não tenha concorrido de alguma forma para o atraso, serão devidos pela contratante, encargos moratórios, que serão calculados pela aplicação da seguinte fórmula:

EM = I x N x VNF , onde:

EM são os encargos moratórios devidos;

N é número de dias entre a data limite prevista para o pagamento e a do efetivo pagamento;

VNF é valor da Nota Fiscal/Fatura;

I é o índice diário de compensação financeira, calculado com base na média aritmética simples do INPC (IBGE) e do IGPDI (FGV), dos

Rua Promotor Manoel Alves Pessoa Neto, nº 1000 – Candelária – Natal/RN – CEP 59.065-555

Telefone: (84) 3215-1864

CNPJ/MF nº 41.007.949/0001-09