Página 84 da Seção 3 do Diário Oficial da União (DOU) de 21 de Fevereiro de 2020

Diário Oficial da União
há 3 meses
Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.



. Coordenação do Curso de Psicologia do
CMRV 

Psicologia Clínica Abordagem
Psicanalítica Titulação Mínima: Mestrado em Psicologia e/ou áreas
afins 

Graduado em Psicologia. 

02 

R$ 4.304,92 

R$ 107,62 

2.2 O professor substituto fará jus ao pagamento da Retribuição por Titulação - RT conforme titulação apresentada no momento da contratação, sendo vedada qualquer alteração posterior.

2.3 Não será permitida a contratação em regime de Dedicação Exclusiva.

2.4 O professor substituto será contratado no Tempo Integral TI-40, correspondente à Classe Auxiliar, Nível I, e receberá remuneração mensal conforme a tabela do Anexo I, de acordo com a titulação.

2.5 A seleção é para a área de PSICOLOGIA, estando os candidatos aprovados aptos a ministrarem quaisquer das disciplinas da referida área e de sua área de formação, constantes nas grades curriculares do curso de Bacharelado em Psicologia, bem como de outros cursos afins, com horários definidos pelas respectivas Coordenações e/ou Chefias de Cursos, a serem disponibilizadas oportunamente.

3.DOS REQUISITOS PARA A INSCRIÇÃO

3.1 Ser brasileiro nato, naturalizado ou estrangeiro com visto permanente;

3.2 Cópia do Diploma da graduação em Psicologia e do Certificado de conclusão da titulação exigida neste Edital;

3.3 Curriculum Lattes acompanhado de cópia da documentação comprobatória. Os comprovantes do currículo devem ser apresentados na ordem em que aparecem no Lattes e considerando a Resolução nº 09/03 CONSUN/UFPI;

3.4 Cópia do documento Oficial de Identidade (RG) e do Cadastro Nacional de Pessoa Física (CPF);

3.5 Cópia da Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;

3.6 Cópia de quitação com o serviço militar (se candidato do sexo masculino);

3.7 Duas fotos 3 x 4;

3.8 Comprovante do recolhimento bancário da taxa de inscrição, no valor de R$ 107,62 (cento e sete reais e sessenta e dois), através Guia de Recolhimento da União, disponibilizada na página web https://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/gru/gru_simples.asp (Código Unidade Gestora 156680; Código Gestão 26455; Código Recolhimento 28830-6). O pagamento da respectiva taxa de inscrição deverá ser efetivado em qualquer agência do Banco do Brasil S/A;

3.9 Requerimento de inscrição fornecido pela Coordenação de Psicologia do Campus Ministro Reis Velloso, devidamente preenchido e assinado.

3.10 Não será permitida a complementação de documentos fora do prazo de inscrição. As cópias dos documentos solicitadas nos itens 3.2, 3.4 e 3.6 podem ser conferidas no ato da inscrição apresentando os documentos originais ou cópias autenticadas em cartório.

4. DAS PROVAS

4.1 A seleção dar-se-á em conformidade com o que estabelece a Resolução nº. 09/03 - CONSUN/UFPI, que altera o Anexo III da Resolução nº. 004/88 - CONSUN/UFPI, os candidatos serão submetidos às seguintes avaliações:

4.1.1 Prova Didática: de caráter eliminatório, consistirá de uma aula teórica com duração de 50 (cinquenta) a 60 (sessenta) minutos, a ser realizada no idioma oficial do País e versará sobre um tema da área do concurso, a ser sorteado com antecedência de 24 (vinte e quatro) horas de sua realização, e a ela será atribuída nota de 0 (zero) a 10 (dez), sendo eliminado o candidato que não obtiver nota mínima 7 (sete);

4.1.2 Prova de Títulos: de caráter classificatório, consistirá de análise de Curriculum Lattes dos candidatos aprovados na Prova Didática;

4.2 O sorteio dos temas ocorrerá na Coordenação do Curso de Psicologia do Campus Ministro Reis Velloso, com antecedência de 24 (vinte e quatro) horas da realização da Prova Didática, iniciando a partir das 08h, seguindo a ordem de inscrição dos candidatos;

4.3 Na ocasião da Prova Didática, os candidatos devem entregar cópia do Plano de Aula para cada um dos 03 (três) membros da banca examinadora;

4.4 Os candidatos terão o tempo limite de 10 (dez) minutos para comparecimento aos sorteios e às provas didáticas;

4.5 Os temas para a Prova Didática constarão no Anexo III para a vaga em Psicologia Clínica Abordagem Psicanalítica deste Edital.

5. DO PRAZO DE VALIDADE

5.1 O prazo de validade deste processo seletivo será de 01 (um) ano, contado da data de publicação do Edital de homologação do resultado final no Diário Oficial da União.

6. DO HORÁRIO EM SALA DE AULA

6.1 Os candidatos aprovados poderão ministrar disciplinas até 20 (vinte) horas aulas semanais.

7. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

7.1 A Banca Examinadora do Processo Seletivo fará publicar no sítio eletrônico da UFDPar:

a) o Cronograma das etapas do Processo Seletivo;

b) os resultados de Solicitação das Inscrições, da Prova Didática, da Prova de Títulos e o Resultado Final do concurso.

7.2. Os documentos relacionados no item 7.1, bem como a cópia deste Edital e das Resoluções nº 04/88 e 09/03 CONSUN/UFPI, poderão ser solicitados pelo candidato à Secretaria do Curso.

7.3. O processo seletivo ocorrerá de acordo com Cronograma constante no Anexo IV deste Edital.

7.4. Serão considerados habilitados os candidatos aprovados na Prova Didática e homologados de acordo com o número de vagas do concurso (Anexo II). Serão indicados à contratação, por ordem de classificação, apenas os candidatos necessários ao preenchimento das vagas.

7.5. Os candidatos indicados à contratação serão convocados a comparecer ao Setor de Recursos Humanos da UFDPar, em Parnaíba (PI), para assinatura do contrato no prazo de 30 (trinta) dias corridos a contar da data da publicação da contratação no Diário Oficial da União.

7.6. O candidato aprovado, no momento da contratação, deverá comprovar sua atuação em outro serviço público ou privado, submetendo-se às regras da AGU e UFPI quanto aos limites da carga horária de trabalho.

7.7. Será vetada a contratação do candidato cujo tempo do término do contrato como Professor substituto em Instituição Pública ou outro cargo temporário sob a Lei nº. 8.745/93, seja menor do que 24 (vinte e quatro) meses.

7.8. A inscrição do candidato implicará na aceitação tácita das normas constantes deste Edital, das quais não poderá alegar desconhecimento.

7.9. É assegurado ao candidato a interposição de recurso em todas as etapas deste processo seletivo.

ALEXANDRO MARINHO OLIVEIRA

ANEXO I

TABELA DE REMUNERAÇÃO




. PROFESSOR 

GRADUADO 

ESPECIALISTA 

MESTRE 

DOUTOR 

. TP-20 

2.236,32 

2.459,95 

2.795,40 

3.522,21 

. TI-40 

3.130,85 

3.600,48 

4.304,92 

5.831,21 

ANEXO II

QUANTIDADE DE VAGAS X NÚMERO MÁXIMO DE CANDIDATOS APROVADOS




. QTDE. DE VAGAS PREVISTAS NO EDITAL POR CARGO OU
EMPREGO 










10 

. número máximo de candidatos aprovados 



14 

18 

22 

25 

29 

32 

35 

38 

ANEXO III

TEMAS DA PROVA DIDÁTICA

1. Modelos psicanalíticos do psiquismo e estruturas clínicas: neurose, psicose e perversão

2. Relações entre psicanálise e psicologia: concepções de sujeito e de sofrimento psíquico

3. Possibilidades e desafios da psicoterapia e o conceito de clínica na atualidade

4. Teorias e técnicas de psicoterapia com crianças

5. Dinâmicas da relação transferencial e modalidades de intervenção terapêutica

6. Manejo clínico e a direção da cura em psicanálise

7. Formação e Pesquisa em psicanálise

8. História da psicanálise e os conceitos fundamentais da teoria freudiana

Referências Bibliográficas:

BERCHERIE, P. Os fundamentos da clínica: história e estruturas do saber. Rio de Janeiro: Zahar, 1989.

BIRMAN, J. O mal-estar na atualidade: a psicanálise e as novas formas de subjetivação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.

COSTA, J. F. Violência e psicanálise. Rio de Janeiro: Graal, 1990.

COSTA-ROSA, A. Ética e clínica na Atenção Psicossocial: contribuições de psicanálise de Freud a Lacan, Revista Saúde e Sociedade. São Paulo, Usp, v. 20, n. 3, p.743-757, 2011.

DOR, J. Introdução à leitura de Lacan. Porto Alegre: Artes Médicas,1989.

DUNKER, C. I. L. Estrutura e Constituição da Clínica Psicanalítica. Uma arqueologia das práticas de cura, psicoterapia e tratamento. São Paulo: AnnaBlume, 2011.

FIGUEIREDO, L. C. A invenção do psicológico: quatro séculos de subjetivação 1500-1900, São Paulo: Escuta, 1996.

FIORINI, H. Teoria e técnicas de psicoterapia. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976.

FREUD, S. Observações psicanalíticas sobre um caso de paranoia (Dementia Paranoides) relatado em autobiografia ("O caso Schreber"). In: Obras Completas Vol. 10. São Paulo: Cia. das Letras, 1911/2010.

__________ A dinâmica da transferência. In: Obras Completas, Vol. 10. São Paulo: Companhia das Letras, 1912/2010.

__________ O início do tratamento. In: Obras Completas, Vol. 10. São Paulo: Companhia das Letras, 1913/2010.

__________ Recordar, repetir e elaborar. In: Obras Completas, Vol. 10. São Paulo: Companhia das Letras, 1914/2010.

__________ Observações sobre o amor transferencial. In: Obras Completas, Vol. 10. São Paulo: Companhia das Letras, 1915/2010.

GARCIA-ROZA, L. A. Freud e o inconsciente. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

JORGE, M.A.C. Fundamentos da psicanálise de Freud e Lacan. Vol. 1: As bases conceituais. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

KUPFER, M. C. A contribuição da psicanálise aos estudos sobre família e educação. Psicol. USP, São Paulo, v. 3, n. 1-2, p. 77-82, 1992.

LACAN, J. Seminário Sobre A Carta Roubada. In: Escritos. São Paulo: Perspectiva, 1957/1978.