Página 96 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 20 de Agosto de 1959

Diário Oficial da União
há 59 anos

deliberar Miare os mesmos, bem como euore a tierna.s contas ela aiiretorra.

teren, sido ext.minadcs e dia cutizios ,ta.s • docurnentos e contas, na votaçuo, verificou-se a aprmação unitn-me por parte dos senhores acionistas pilesemea, excetuado os legalmente imped:dos. Ficou decidido,

outrossins, que após a dedução das quotas para.us Fundos de Reserva Legal e de Substituição e Reparação de ivloveis,-; Utensílios e Instalações, o saldo restante seria transfwido para o Fundo de Aumento de Capital. Novamente com a palavra, o Sr. Presidente informou que cabia ainda à Assembléia elepr tão somente os membros efeti vos e

Suplentes ido Conselho Fiscal, fixando a remuneração d ns titulares, uma vez que, conforme era do conhecimento dos senhores acionistas, e mandato da atual Diretoria, por deliberação da Assembléia Geral Extraordinária de 15 de julho de 1958, havia sido prorrogado até 30 - de abril de

1961. Nestas condições, o Sr. Secretário procedeu' distribuição das cédulas necessárias à eleição, as quais, de: pois de recolh:das e conferidas, acusaram o seguinte resultado: Para membros efetivos do Conselho Fiscal foram eleitos os Srs. Aurélio Dessewf• fy Jr. e Heinz Dieter Gessner, sendo reeleito o Dr. Pedro Pinto Lima, todos brasileiros, residpntes nesta Capital, os dois primeiros do coinérc:e e

o último' engenheiro, com os mesmos honorários fixados para o exercício anteriár—E, para suplentes, foram reeleitos ás Srs. Viktor Vohryzek, Vladimir Simvy e Alfred Huime, todos brasileiros, casados, comerciantos, re•

.

e:cientesInesta capital. Nada mais havendo a tratar e como ninguém quitasse fazer uso da palavra oferecida, o Sr. Presidente declarou encerrados os trabalhos da reunião sendo em seguida lavrada esta ata, a qual, após lida e . aProvada, vai assinada por todos os acionistas presentes. Rio de Janeiro, 25 de abril de 1959. — Otakar Svacina, Presidente — Marketa Svacina,

Secretário. — Acionistas: Otakar Svacina — Antonio Leite Sobri nho — Marketa Svacina Karla

Svacina

Bruno HopPe — Frida Engel Wally Hoppa — Irma Nie derer. — (Atesto que

a presente é cópia fiel,

extraída do próprio original), — Rio de .

Janeiro, 24 de junho de 1959. Svacina Comércio Importação e Representações S. A. — Otakar

Savacina; Diretor Superintendente.

DIVISÃO DE REGISTRO

DO COMÉRCIO

CERTIDÃO

Certifico -que a Svacina Comércio, Importação e Representações S.A. c..

arquivou; nesta Divisão, sob o número 65.845, por despacho de 7 de julho de 1959, cópia autêntica da- ata

de sua assembléia geral ordinária realizada em_ 25-4-59, que aprovou contas do ,exercício antefrr,

elegeu PP

membros do Conselho Fiscal, fixando g

ene venCimentdo, do que dou fé. Departamento Nacional da Indústria e Comércio. Divisão de Registro cio Co mércio, em 8 de julho de 1959.. _Eu, • Palmyra; Neves, Esc.

Dat. 23, escrevi,

conferi e assino Palmyra Neves. Eu,

Rubern'ILima, Chefe da .R .E., subscrevo e assine Rubem Lima.

Select, com Cr$ -20,00.

Processo n.° 21.804-59.

(N.° 24.960 — 14-7-59 — Cr4 .. 612,00)..

COMÉRriI0 E INDÚSTRIA ATLANTIC S . A . "COMINAT"

Ata da 9.•

Assembléia Geral Ordinária de Acionistas, realizada

em 30 do

abril de 1959.

Aos trinta dias do mês de abril de mil novecentos e cinquenta e nove, às

dez horas,

na sede social da Companhia, localizada nesta Capital, à Avenida Rio Branco, oitenta e um, sexto andar, reuniram-se em Assembléia Geral Ordinária os acionistas da Comércio e Indústria Atlantic Sociedade Anônima "COMINAT". Verificando a presença de acionistas em número legal para deliberação, conforme consta da 'Olha sete do Livro de Presença, que foi assinado com as declarações exigidas em Lei, o Sr. Leon Max

Berkowitz, Diretor Presidente da Sociedade as-umiu a direção dos trabalhos e pediu aos Acionistas que indicassem, dentre es presentes, o Presidente da Assembléia. Por aclamação, foi o próprio Sr. Leon Max Berkowitz eleito Presidente, que convidou, para Secretário, o acionista Sr. Ivan Ramos Reys. Composta assim a mesa, o Sr. Presidente declarou aberta a sessão, esclarecendo que a finalidade dessa reunião é a deliberação sôbre a ordem do dia que consta da respectiva convocação, cujo

;ditai, publicado no -Diário Oficial

de treze, quatorze e quinze de abril e no

Jornal do Comércio

de onze,

treze e quinze deste más de' abril, mandou que fõsse lido pelo Sr. Secretário. Terminada a leitura do edital de convocação, o Sr. Presidente declarou que os documentos a que se refere o item "um" daquele edital estiveram à disposição dos Srs. Acionistas, conforme aviso publicado no Diário Of

icial

e no jorna/ do

Comércio

de dez, onze e doze de março último, assim como foram publicados nos mesmos jornais de dezesseis e treze de abril, respectivamente, os quais, entretanto, seriam lidos pelo Sr. Secretário,

o que

foi feito a seguir. Após a leitura do Relatório da Diretoria, Balanço de trinta e um de dezembro de mil novecentos e cinquenta e oito e Parecer do Conselho Fiscal, o Sr. Presidente declarou que se achavam, então, em discussão aqueles documentos, devendo fazer uso da palavra o acionista que assim desejasse, para aprovar, impugnar ou pedir esclarecimentos sare os mesmos. O acionista Joaquim Felinto Cavalcante pediu a palavra e declarou que votava pela aprovação integral das contas, na forma do Parecer do Conselho Fiscal, inclusive pela distribuição de dividendos às ações preferenciais, conforme proposto pela Diretoria. Os demais acionistas, notando-se a abstenção dos legalmente impedidos, aprovaram

esse

voto, por palmas. O Sr. Presidente declarou, então, aprovadas as contas • gestão da Diretoria,

s referentes ao exercício

de mil, novecentos e cinqüenta • oito. A. seguir o Sr. Presidente declarou que. se

achavam vagos dois cargos da Diretoria, o de Gerente e o de Diretor da Produção, o primeiro, por não ter sido preenchido quando da última eleição e o segundo por renúncia do Sr. Raul dos

Santos Jacintho, conforme pedido de demissão„ -interior. Assim sendo, prosseguiu o- Sr. Presidente, a Assembléia deveria deliberar sabra a conveniência ou não de pronto preenchimento das vagas e' a eleição dos novos Diretores„ se assim Mese deliben • •

o Ra Rataulu o a palavra • declarou que, em vista do atual ritmo dos negócios, a Sociedade podia adiar o preenchimento da vaga de Diretor da Produção • como já se achava vago o outro cargo, ele propõe adiat-se e eleição desses dois membros da Diretoria pare outra oportunidade, quando os negócios assim exigirem, ocasião em que a Diretoria convocaria a Assembléia pare aquele fim. O parecer do Sr. Rermulo Marangoni foi aprovado por unanimidade, por meio de palmas. O Sr. Presidente declarou, então, que ficavam a prencher os cargos de Diretor Gerente e de Diretor da Produção. O acionista AntonY Machado pediu a palavra e propôs que os honorários da Diretoria sejam fixados em quinze mil cruzeiros mensais para cada Diretor, tendo em vista que a lei do Impersto de , Renda já permite

abstenção° dos

maiár retirada. Com

Srs. Diretores, verificou-se a aprovação desta proposta, por palmas uriinimes. A seguir o Sr. Presidente _declarou que a Assembléia deveria eleger

fixar honorários do Conselho Fiscal, e

para o corrente exercício, para o que mandou distribuir as necessárias cédulas. Antes da distribuição pediu a palavra o acionista Joaquim FelinM Cavalcante e declarou que, em nome dos demais acionistas, propunha a reeleição do atual Conselho Fiscal, com es mesmos honorários, no que foi apoiado pelos demais presentes, por meio de palmas. Assim sendo, o Sr. Preo Considente declarou reeleitos pari

selho Fiscal os seguintes membros: efetivos Adrien Nano, Jose Maurício Botelho e Francisco Samuel Rodrigues

de Oli-Bomfim; suplentes — Antônio

veira Vesconcelos,_ Romeu de Paiva Oliveira e Antônio Milton Carneiro. E os honorários do Conselho Fiscal continuam a ser de quinhentos cruzeiros por membro, para cada sessão a que comparecer. A seguir o Sr._ Presidente declarou esgotada a ordem do dia, declarando livre a palavra. Como ninguém quisesse dela fazer uso, o Sr. Presidente suspendeu os trabalhos pelo tempo necessário à lavratura desta ata, que foi redigida pelo Sr. Secretário e mandada transcrever para o livro próprio. Em seguida o Sr.' Presidente reabriu os trabalhos, mandando que o Sr. Secretário procedesse à leitura desta ata, que foi aprovada e assinada por todos os presentes. —Asa. Leon Max Berkowitz, presidente. 'Ivan Ramos Reys, secretário. — Leon Max Berkowitz, Ivans Ramos Reys, Lilly, Berkowitz, Antony Machado, Joaquim Felinto Cavalcante, Rennulo Marangoni, Alain Max Berkowitz. — A presente á cópia fiel da ata lavrada -no

livro próprio, Leon ‘ Ma:

a fls. 28.' —

Berkomitz -Diretor-Presidente.

(N.° 24.962 — 14-7-59 — Cr$ 612,00)

ANALU PARTICIPAÇÕES

COMERCIAIS S. A.

lnstrumentd particular de transformação em sociedade aru3nima sem z mudança de sede, na forma abaixo

Anna Truebner, suíça, viúva, de prendas domésticas; Ricardo Eric Haegler, que também se assina Ricardo Haegler, brasileiro, solteiro, engenheiro; Alex Harry Haegler, que também se assina Alex Haegler, ,brasileiro, solteiro, comerciante; Eric Haegler, sulco, casado, comerciante; Anna Yvette Lemann, brasileira, viúva, de prendas domésticas; Villiam Edward Embry, brasileiro, casado, consultor; e Mário Baptista de

: 4,' •

casada &dm gado, todos residentes no Rio de

Janeiro Distrito Federal, são os sócios exclusivas de "Analu Participações Comerciais Ltda.", conforme contrato de constituição arquivado

no D.N.I.C., sob o 119

109 . 917, por despacho de 5 de Junho de 1959, ris solve mo seguinte:

I — Com base no que lhes faculta

artr 149 do Decreto-lei ri' 2.627, de 26-9-1940, transformar a soeis-, dade, que até a presente data ope+ rava na forma de sociedade por que.. tas de responsabilidade limitada, em sociedade anônima, a qual sucede à primeira em todos seus direitos • obrigações, ficando .as atuais cotas, nas quais se divide o capital social, convertidas em ações ordinárias ao portador, do valor nominalunitário de Cr$ 1.000,00 (um mil cruzeiros) e assim distribuidas:

Número

de

Ntmer

Ações

Anna Truebner 6.000

5.000

Ricardo Haegler

5.000

Alex Haegler

2.475

Eric Haegler

2.475

Anna Yvette Lemann

Mário Baptista de Maga -23

lhães .

28

William _Edward Embry

20.000

Total

soeis-Aprovar para reger a

II —

dade, os seguintes, Estatutos:

ESTATUTOS

'CAPITULO 1

sede, fim e. duração Denominação,

Art. 19 Sob a denominação d. "Analu Participações Comerciais Sociedade Anônima", fica constituida uma sociedade anónima, que se regerá pelos presentes estatutos e dis-, lhe forem apliposições legais, que

cáveis.

O objetp da Sociedade é a Art. 29

participação em outras sociedades

cotiscomerciais como acionista ou

ou estranta, sejam elas nacionais

ou exportação e

geiras, importação

móadministração de bens

a

ainda

a prática

veis e imóveis, assim como

ou

atividades conexas

de quaisquer

não depenque

relacionadas, desde

do go dam de autorização especial

vêm).

A sociedade tem sede nes-Art. 39

ta Capital, podendo a Diretoria criar

e su ou extinguir filiais, agências,

cursais dentro e fora do Território Nacional.

A sua duração será por-tempo indeterminado.

CAPITULO U

Ações

Capital e

o capital social, todo 'ale Art. 0

de Cr$ 20.000.000,00 é

realizado,

(vinte milhões de cruzeiros), dividido em 20.000 (vinte mil) ações ordi-, nárias, ao portador, do valor nominal de Cr$ 1.000,00 (um mil cruzeiros) cada uma.

Cada nção dá direito a um Art. 5 9

ASSeMblé111

voto nas deliberações da

Geral.

.

cAPtruLo

' ,Diretoria

Art. 6 A Sociedade será admini• trade por uma Diretoria composta de um Diretor Presidente, um Diretor Tesoureiro e um Diretor Secretário, acionistas ou não, eleitos pela

3

Assembléia Geral, pelo prazo de (três) anos, podendo ser reeleitos.

fi-A remuneração da Diretoria será

pela Assembléia Geral.

xada

Em garantia de sua ges-Art. '19

tão, cada Diretor prestará caução de 10 (dez) ações da Sociedade, próprias ou ,alheias, as quais ficarão depositadas nos cofres da Sociedade enquanto perdurar o mandato do Dt .

T,f391 9fglaonadqL