Página 7 do Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais (AL-MG) de 23 de Maio de 2020

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

essas liberações são as GRS que encaminharam as amostras e quem as cadastrou. Então, tanto as GRS quanto quem cadastrou as amostras têm os dados desses resultados. Temos hoje 1.697 exames que estão em análise dentro do nosso processo, do nosso prazo de liberação de amostras; e com a capacidade que estamos estimando, em função da capacidade dos nossos colaboradores, dos nossos credenciados, poderíamos atingir hoje até, como coloquei, 2 mil amostras por dia em termos de processamento.

O que temos feito nessa sequência de trabalho para manter essa nossa rotina? São reuniões diárias do grupo de enfrentamento da Covid, com análise crítica de toda a nossa situação interna, em termos de amostras que entram, do quantitativo que entra, que é analisado, que sai; revisão constante de procedimentos de transporte de coleta, de amostras, de acondicionamento; disponibilizações de informações no site da Funed; capacitação e orientação dos profissionais de saúde com relação tanto à parte de coleta quanto à parte de amostragem, que é um suporte de controle de qualidade que temos dado a esses nossos colaboradores e a esses parceiros que estamos credenciando e vamos continuar a credenciar ao longo do tempo.

Isso seria basicamente a nossa rotina, como estamos trabalhando nela em termos de análise. Extrarrotina, estamos trabalhando em pesquisa, em desenvolvimento de algumas ações que nos levam também a estudo sobre a questão da Covid. Só para ilustrar, temos hoje quatro projetos de pequisa, sendo que um já foi submetido a publicação, que é o sequenciamento genético de 40 genomas de diferentes regiões de Minas em parceria com a Fiocruz. Temos mais três projetos de pesquisa em andamento. Esses projetos estão sendo conduzidos diretamente pela nossa Diretoria de Pesquisa. Temos mais três projetos em andamento que estão sendo conduzidos na nossa Diretoria Industrial, juntamente com o nosso laboratório de desenvolvimento de medicamentos.

Basicamente, temos relatos e literaturas que demonstram certa eficácia quanto à utilização do medicamento talidomida no tratamento da Covid. Somos o único produtor da talidomida no Brasil. É um contrato que temos firmado com o Ministério da Saúde. Neste ano vamos fornecer mais ou menos 5.800.000 comprimidos. Estamos fazendo um trabalho em cima de levantamento de dados, de literatura, de consultas de pessoal qualificado, de estudos para trabalharmos também essa questão da talidomida.

Outro ponto que estamos trabalhando é a questão de desenvolver internamente a hidroxicloroquina. Então, estamos trabalhando também nesse processo de desenvolvimento desse medicamento e fazendo uma análise, um estudo da viabilidade econômica, técnica de utilização desse medicamento.

Outro ponto importante também é que nós, a Funed, somos os únicos produtores no País, junto com mais dois laboratórios, ou seja, são três laboratórios públicos oficiais produtores de soros antipeçonhentos, antitóxicos e antivirais no País. Estamos já entrando na linha de trabalho da produção de um soro anticovid. Como já temos uma expertise muito grande em produção de soro, estamos avaliando também essa possibilidade.

Há outra proposta interna que estamos avaliando. É uma proposta recente cuja implantação vamos discutir agora. Como já disse, essas amostras entram na Funed e passam por alguns laboratórios para serem processadas. Temos uma área disponível aqui, na Funed. A intenção é centralizarmos essas análises num único laboratório, que estamos chamando de laboratório de campanha, ou seja, é estruturarmos um laboratório de campanha para atendimento a essas questões da Covid.

A gente vai ganhar em transporte, em manuseio, em tempo real se a gente conseguir implementar essa proposta. É isso que eu tinha para colocar. Queria agradecer a presença de todos. Muito obrigado.

– No decorrer de seu pronunciamento, procede-se à exibição de slides.

O presidente – Muito obrigado, Maurício Abreu Santos, presidente da Funed, pela sua exposição. Com a palavra, Kátia Regina de Oliveira Rocha.

Palavras da Sra. Kátia Regina de Oliveira Rocha

Presidente, boa tarde. Gostaria de agradecer o convite e desejar uma boa tarde aos demais deputados participantes – tive notícia de que o presidente da Comissão de Saúde, deputado Carlos Pimenta, também se encontra conosco – e aos nossos colegas da