Página 297 da Seção I do Diário de Justiça do Estado de Goiás (DJGO) de 31 de Maio de 2012

17 - APELACAO CIVEL AGRAVO REGIMENTAL

PROTOCOLO : 238969-43.2008.8.09.0051 (200892389699)

COMARCA : GOIANIA

RELATOR : DES. JEOVA SARDINHA DE MORAES 1 APELANTE (S) : MUNICIPIO DE GOIANIA

ADV (S) : HERIKA DE SOUZA RAMOS OLIVEIRA BASSAME 1 APELADO (S) : CLEIDE SILVERIO TEIXEIRA DANIELA GARCIA DE OLIVEIRA FLORES HELENA NASCIMENTO GONCALVES DE DEUS IVANILDES ALVES NOGUEIRA MARIA DOS REIS DIAS DE OLIVEIRA MARIA NOEL ALVES VANJA DARC CAPINGOTE DA CUNHA

ADV (S) : ROSANA MENDES BORGES CECILIA NEVES DA SILVA

EMENTA : EMENTA: AGRAVO REGIMENTAL NA APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE CONHECIMENTO PELDO PROCEDIMENTO ORDINÁIO COM PEDIDO DE REVISÃO DE ENQUADRAMENTO E SALÁRIO. AUSÊNCIA FATO NOVO. REDISCUSSÃO DA MATÉRIA. I -Não demonstrado nenhum fato novo ou argumentação suficiente aptos a modificar o entendimento adotado na decisão monocrática que, consubstanciada em jurisprudência dominante deste Tribunal negou seguimento ao recurso, torna-se imperioso o desprovimento do Agravo Regimental, porquanto interposto à míngua de elemento capaz de desconstituir o ato judicial recorrido. AGRAVO REGIMENTAL CONHECIDO E DESPROVIDO. DECISAO : ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes

autos de AGRAVO REGIMENTAL NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 238969-43.2008.8.09.0051 (200892389699), acordam os componentes da Segunda Turma Julgadora da Sexta Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, à unanimidade de votos, em conhecer o agravo regimental, mas negar-lhe provimento, nos termos do voto do relator.

18 - APELACAO CIVEL AGRAVO REGIMENTAL

PROTOCOLO : 72089-56.2011.8.09.0051 (201190720892)

COMARCA : GOIANIA

RELATOR : DES. JEOVA SARDINHA DE MORAES 1 APELANTE (S) : MARA TEREZA LEITE

ADV (S) : JOSSERRAND MAXIMO VOLPON RICARDO DI MANOEL CAIADO STEPHANIA DE ARAUJO TONHA

1 APELADO (S) : BANCO FINASA S/A

EMENTA : EMENTA: AGRAVO REGIMENTAL NA APELAÇÃO CÍVEL. RAZÕES RECURSAIS DISSOCIADAS DA DECISÃO COMBATIDA. RECURSO NÃO CONHECIDO. Verificado que as razões veiculadas no recurso de Agravo Regimental se mostram inteiramente dissociadas das razões declinadas na decisão combatida, o não conhecimento do recurso é medida que se impõe. AGRAVO REGIMENTAL NÃO CONHECIDO. DECISAO : ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes

autos de AGRAVO REGIMENTAL NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 72089-56.2011.8.09.0051 (201190720892), acordam os componentes da Segunda Turma Julgadora da Sexta Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, à unanimidade de votos, em NÃO conhecer o agravo regimental, nos termos do voto