Página 13 da Empresarial do Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOSP) de 5 de Setembro de 2012

TELLUS BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A.

CNPJ/MF 12.955.763/0001-75 - NIRE 35.300.387.511

Ata de Assembleia Geral Extraordinária Realizada em 11/10/2011 Data, Hora e Local: Aos 11/10/2011, às 10hrs, na sede social da Tellus Brasil Participações S.A. (a ?Companhia?), na cidade de São Paulo/SP, na Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1327, 2º andar, sl. 29, CEP 04543-000. Presença: Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas no Livro de Presenças de Acionistas. Convocação : Dispensada a convocação, tendo em vista a presença da totalidade dos acionistas, conforme faculta o Art. 124, § 4º da Lei 6.404/76 (?Lei das Sociedades por Ações?). Mesa: Presidente: Cássio Lucato Castardelli; Secretária: Cíntia Vannucci Vaz Guimarães. Ordem do Dia: Deliberar sobre as seguintes matérias: (i) Aumento do capital social da Companhia, mediante subscrição particular de ações; e (ii) Emissão de Debêntures pela Companhia. Deliberações: Após exame e discussão, os acionistas decidiram, por unanimidade de votos, abstendo-se de votar os legalmente impedidos: (i) aprovar o aumento do capital social da Companhia mediante a subscrição particular de ações, de R$para R$ 10.956.848,00, mediante a subscrição deações ordinárias, nominativas sem valor nominal, com preço de emissão de R$ 1,00 por ação, conforme art.1700 daLei das Sociedades por Acoess. As ações emitidas neste ato são totalmente subscritas e integralizadas da seguinte forma: (a) a acionista Cosan S.A. Indústria e Comércio subscreve e integraliza 652.700 das ações ordinárias recém emitidas, no valor total de R$ 652.700,00; (b) a acionista Terraviva Brasil Participações S.A. subscreve e integraliza 627,104 das ações ordinárias recém emitidas, no valor total de R$ 627.104,00, em moeda corrente nacional. Em virtude do acima exposto, o Art. 5º do Estatuto Social da Companhia é alterada e passa a vigorar com a seguinte e nova redação: ? Artigo 5º ? O capital social da Companhia, totalmente subscrito e integralizado é de R$ 10.956.848,00 (dez milhões, novecentos e cinqüenta e seis mil, oitocentos e quarenta e oito Reais), divididos em 10.956.848 (dez milhões, novecentas e cinqüenta e seis mil, oitocentas e quarenta e oito) ações ordinárias nominativas, sem valor nominal.? (ii) autorizar a emissão de 11.518.239 debêntures (?Debêntures?), as serem subscritas da seguinte forma: (a) Nova Gaia Brasil Participações Ltda. , sociedade limitada, com sede na cidade de São Paulo/SP, na Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1327, 2º and., sl. 27, CEP 04543-011, CNPJ 13.035.190/0001-24 (?Nova Gaia?), deverá subscrever e integralizar 10.878.337 das Debêntures, no valor total de R$ 10.878.337,00; e (b) Radar Propriedades Agrícolas S.A. , sociedade por ações, com sede na cidade de São Paulo/SP, na Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1327, 2º and., sl. 04, CEP 04543-011, CNPJ 08.934.347/0001-13 (?Radar? e em conjunto com Nova Gaia ?Debenturistas?), deverá subscrever e integralizar 639.902 das Debêntures, no valor total de R$ 639.902,00. A referida emissão das Debêntures deverá ser realizada sob os seguintes termos e condições e de acordo com a respectiva Escritura de Debêntures celebrada no formato anexo à presente ata como Anexo I, a qual é neste ato também aprovada pelos acionistas: I. Número de Emissão : Esta emissão é a 3ª emissão de debêntures pela Emissora. II. Data da Emissão: Para todos os efeitos legais a data de emissão das Debêntures será 11/10/2011 (a ?Data da Emissão?). III. Quantidade e Série : 11.518.239 Debêntures serão emitidas na Data da Emissão em uma única série. IV. Valor Total da Emissão : Cada Debênture terá um valor nominal de R$ 1,00. O valor total de emissão das Debêntures será de R$ 11.518.239 na Data da Emissão. V. Utilização dos Recursos: Os recursos da emissão das Debêntures serão utilizados exclusivamente para financiar a aquisição da fazenda denominada Santa Rita Cana, localizada no Estado de SP, República Federativa do Brasil (?Investimento Aprovado?). VI. Tipo e Conversibilidade : As Debêntures não terão garantia e serão conversíveis em ações a serem emitidas pela Emissora, em conformidade com o Art. 57 da Lei das Sociedades por Acoes. A conversão das Debêntures em ações poderá ocorrer a qualquer momento durante a vigência das Debêntures emitidas, a critério único e exclusivo das Debenturistas titulares da maioria das Debêntures emitidas em circulação. A conversão terá por objeto a totalidade das Debêntures emitidas em circulação. No momento da conversão, cada Debênture será convertida em 01 ação ordinária emitida pela Emissora. Após a respectiva conversão em ações de emissão da Emissora, todas as Debêntures emitidas e circulantes serão canceladas. VII. Data de Subscrição: As Debêntures serão integralmente subscritas na Data de Emissão. VIII. Subscrição: As Debêntures serão subscritas pelas Debenturistas através da assinatura dos Boletins de Subscrição, de acordo com o modelo anexado à Escritura de Debêntures como Anexo I. O Boletim de Subscrição assinado fará prova da titularidade das Debêntures pelas Debenturistas, permitindo às Debenturistas exercer todos os seus direitos decorrentes das Debêntures. IX. Integralização: A integralização das Debêntures será realizada pelas Debenturistas por meio de transferência de recursos para o Banco Citibank S.A., agência 001, para a conta expressamente indicada pela Emissora, em uma única prestação. X. Data de Integralização: As Debêntures deverão ser integralizadas na Data de Emissão. XI. Negociação: As Debêntures não serão registradas na Comissão de Valores Mobiliários, devendo somente ser vendidas e transferidas em operações privadas. A transferência da titularidade das Debêntures será realizada pela assinatura de aditivo a Escritura de Debêntures, de acordo com o qual as Debenturistas deverão ceder integralmente a sua posição contratual para o novo titular das Debêntures. XII. Prazo e Data de Pagamento: O vencimento das Debêntures ocorrerá na data de liquidação da Companhia, quando o valor principal, bem como quaisquer outros valores devidos, deverão ser pagos pela Companhia (a ?Data de Vencimento Final?). XIII. Remuneração : A remuneração devida a todas as debêntures em circulação, independentemente da emissão ou série que participarem (emitidas no passado ou a serem emitidas no futuro) corresponderá a 90% dos lucros líquidos contábeis da Emissora em excesso de todos os valores que devam ser retidos conforme o Estatuto Social da Emissora (?Lucros a serem Distribuídos?). A remuneração devida às debêntures será calculada da seguinte forma: (i) 90% dos Lucros a serem Distribuídos da Emissora multiplicado por (ii) o valor total pendente referente às debêntures dividido por (iii) o valor total pendente relacionado à todas as debêntures circulantes emitidas pela Emissora no momento da remuneração. A remuneração das Debêntures será paga inicialmente em 30/06/2012, e, em seguida, bimestralmente em 30/09, 31/12, 31/03 e 30/06 de cada exercício social. XIV. Eventos de Liquidação e Pagamento Obrigatório : Caso ocorra: (a) a venda de todas ou de uma parcela significativa do Investimento Aprovado, mediante uma única ou mediante diversas operações; ou (b) a Data de Vencimento Final, a Emissora deverá imediatamente pagar à Sociedade todos os valores principais pendentes das Debêntures emitidas, somado de quaisquer outros valores também devidos à época, conforme aqui previsto, incluindo, sem limitação, de juros moratórios, até a data do efetivo pagamento do valor devido para a Sociedade. XV. Vencimento Antecipado : Os Detentores das Debêntures titulares da maioria das Debêntures emitidas em circulação terão o direito de declarar antecipadamente vencidas e exigir o pagamento imediato pela Companhia da totalidade dos montantes em aberto então devidos nos termos de todas as Debêntures emitidas e em circulação, na ocorrência de um evento de inadimplemento, conforme estabelecido na Escritura de Debêntures anexa a esta ata como Anexo I. Escla recimentos : Foi autorizada, pela unanimidade dos acionistas, a elaboração da ata sob forma sumária, nos termos do art. 130, § 1º da Lei das Sociedades por Acoes. Encerramento : Nada mais havendo a tratar, fica encerrada a presente Assembléia Geral, com a assinatura da ata por todos os presentes. Assinaturas : Presidente: Cássio Lucato Castardelli; Secretária: Cíntia Vannucci Vaz Guimarães. Acionistas: Terraviva Brasil Participações Ltda., por: Carlos Eduardo Prado, Cosan S.A. Indústria e Comércio, por: Marcos Marinho Lutz e Marcelo Portela. São Paulo, 11/10/2011. JUCESP 77.428/12-2 em 22/02/12. Gisela Simiema Ceschin - Secretária Geral.

CALÇADOS GOGE LTDA. EPP

CNPJ/MF nº 58.934.985/0001-02 - NIRE nº35.208.034.870

Extrato da Ata de Reunião dos Sócios

Data/local: 27/7/2012, sede, Franca/SP c/100% das cotas societárias. Deliberação unânime: Aprovada redução de capital social, de R$p/R$(integralizado) por ser excessivo ao objeto, restituindo o va lor nominal correspondente à redução das cotas, aos sócios cotistas, sendo R$ 5.617,00 à sócia Sra. Neuza Peixoto de Assis Barbosa e R$ 11.234,00 ao sócio Sr. Euripedes Marcos Barbosa . Nada mais. Franca/SP, 27 de julho de 2012. Neuza Peixoto de Assis Barbosa e Euripedes Marcos Barbosa.

CONFLANGE CONEXÕES LTDA. torna público que solicitou á CETESB Ag. Amb. de Santana a Renovação da Lic. de Operação p/ Produção de tubos e canos de aço com costura, inclusive conexões, sito à R.Soldado Francisco Franco, nº 152/168 Parque Nono Mundo/SP.

Duke Energy International,

Geração Paranapanema S.A.

C.N.P.J. nº 02.998.301/0001-81 - NIRE 35.300.170.563

Ata da Assembleia Geral de Debenturistas da 1ª Emissão Pública

de Debêntures Simples, Quirografárias e não Conversíveis em

Ações da Duke Energy International, Geração Paranapanema S.A.,

1ª e 2ª Séries, realizada em 19 de abril de 2012 I. - Data, Hora e Local: Dia 19 de abril de 2012, 15:00 horas, no Centro de Convenções do Hotel Gran Estanplaza, localizado na Rua Arizona, nº 1.517, Sala Machado de Assis, Bairro Brooklin, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo. II. - Presença: Após cumpridas as formalidades legais constatou-se a presença de Debenturistas representando 91,96% das debêntures em circulação da 1ª Série e 83,32 das debêntures em circulação da 2ª Série da 1ª emissão da Duke Energy International, Geração Paranapanema S.A. (?Emissora? ou ?Companhia?), conforme se verificou das assinaturas no Livro de Presença de Debenturistas e pelo Agente Fiduciário Planner Trustee DTVM Ltda. Presentes ainda os representantes da Emissora, Sra. Angela A. Seixas, Diretoria Executiva Financeira e de Controles Internos da Companhia, e Sra. Alessandra R. Santos, gerente adjunta de tesouraria da Companhia, e os representantes do Agente Fiduciário, Sr. Flavio Daniel Aguetoni. III. - Mesa: Kamila Cordeiro Rodrigues Pacheco, Presidente da Mesa; Flavio Daniel Aguetoni, Secretário. IV. - Convocação: o Edital de Convocação foi publicado nas edições dos dias 03, 04 e 05 de abril de 2012 do jornal ?Valor Econômico? e dos dias 03, 04 e 05 de abril de 2012 do ?Diário Oficial Empresarial do Estado de São Paulo?. V. - Ordem do Dia: (i) deliberar acerca da proposta da Administração da Companhia sobre a redução do capital social da Emissora, objeto do Despacho nº1077 da Superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira (?SFF?) da Agência Nacional de Energia Elétrica (?ANEEL?), de 13 de janeiro de 2012, atualmente considerado excessivo, de R$1.639.137.503,80 (um bilhão, seiscentos e trinta e nove milhões, cento e trinta e sete mil, quinhentos e três reais e oitenta centavos) para R$1.339.137.503,80 (um bilhão, trezentos e trinta e nove milhões, cento e trinta e sete mil, quinhentos e três reais e oitenta centavos), com uma redução efetiva no valor de R$300.000.000,00 (trezentos milhões de reais), em moeda corrente nacional, sem o cancelamento de quaisquer ações ordinárias ou preferenciais representativas do capital social da Companhia, mantendo-se, ademais, inalterado o percentual de participação dos acionistas no capital social da Companhia (?Redução de Capital?), tendo em vista o disposto na Cláusula 6.22, item XII, da Escritura Particular de Emissão Pública de Debêntures Simples, Quirografárias e Não Conversíveis em Ações da Primeira Emissão da Companhia (?Escritura de Emissão da 1ª Emissão?) e o disposto no§ 3ºº do Art.1744, da Lei6.4044, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (?Lei das S.A.?), com a conseqüente alteração do Artigo4ºº do Estatuto Social da Companhia. VI. - Deliberações: Cumpridas as formalidades legais o Sr. Presidente declarou a instalação da AGD, solicitando ao Secretário a leitura do Edital de Convocação. A palavra foi passada à representante da Companhia, Sra. Angela A. Seixas, a qual realizou explanação sobre a matéria constante da Ordem do Dia. Em seguida concedeu à palavra aos Debenturistas para questionamentos adicionais, os quais foram devidamente respondidos pela Companhia. Após a discussão, os Debenturistas da 1ª e 2ª Séries, representando, respectivamente, 85,73% da 1ª Série e 83,32% da 2ª Série das debêntures em circulação de cada série, tendo voto contrário dos Debenturistas (i) FRG Plano BD DI Multimercado; (ii) FRG Plano CD DI Multimercado, representando 6,23% das debêntures da 1ª Série, deliberaram apresentar à Companhia proposta de aprovação da Redução de Capital, conforme descrito na Ordem do Dia, condicionada a presente aprovação ao recebimento, pelos Debenturistas, de um prêmio de 0,13% sobre o saldo devedor unitário atualizado na data do pagamento, a ser efetuado no dia 15 de maio de 2012, na forma prevista na Escritura de Emissão da 1ª Emissão para o pagamento dos valores devidos aos Debenturistas (?Prêmio?). Caso a proposta de pagamento de Prêmio pela Companhia ora apresentada pelos Debenturistas seja aprovada pelos competentes órgãos sociais da Companhia, fica a Companhia, desde já, expressamente autorizada pelos Debenturistas a tomar todas as providências necessárias, inclusive convocar Assembleia Geral Extraordinária de Acionistas para este fim e a firmar os documentos necessários à implementação da proposta de Redução de Capital ora apresentada pela Companhia. Caso os competentes órgãos sociais da Companhia não aprovem a proposta de pagamento de Prêmio aos Debenturistas, a proposta de Redução de Capital será considerada rejeitada pelos Debenturistas. VII. - Encerramento e Assinatura da Ata: Nada mais havendo a ser tratado, foi lavrada a presente ata, que, lida e aprovada, foi assinada por todos os presentes, bem como pelos representantes do Agente Fiduciário e da Emissora. São Paulo, 19 de abril de 2012. Mesa: Kamila Cordeiro Rodrigues Pacheco - Presidente; Flavio Daniel Aguetoni - Secretário. Flavio Daniel Aguetoni - AGENTE FIDUCIÁRIO; Duke Energy International, Geração Paranapanema S.A. - Companhia (?EMISSORA?). Debenturistas: Fundação dos Economiários Federais - FUNCEF; Banco Alfa de Investimentos; Banrisul Flex Crédito Privado FI RF LP, Banrisul Premium FI RF LP, Banrisul Global FI RF LP; RT ENDEAVOUR RF CP - FI, Credit Fix IB Renda Fixa CP LP - FI, Itaú Flexprev RF, AF Invest FI RF CP Geraes, Top Renda Fixa Mix CP LP - FI, Unibanco Private Active Fix FI RF CP (Itaú RF CP Master Active FIX FI); Prime S.A. CCV; Claritas FI RF CP LP; FI Guaruja Multimercado, FI Ampere Multimercado, FI Blumenau Multimercado (Votorantim Leg), FI Marau Multimercado (FI Strategia Multi), FI Votorantim Absolute Corporate Bonds Inst. RF CP, FI Votorantim Absolute Corporate Bonds RF CP, FI Votorantim Falcon Multimercado CP, FI Votorantim Eagle Multimercado CP, FI Votorantim Institucional RF - CP, FI Titanium Renda Fixa CP; FRG Plano BD DI Multimercado, FRG Plano CD DI Multimercado; FI RF Sergipe - Crédito Privado; FI Nogovicas Multimercado - CP; Concórdia Institucional FI RF CP; Fundação CESP; PREVIG - Sociedade de Previdência Complementar; FI RF Farol ALM I, FI RF Farol ALM II; Marupa FI Renda Fixa - Crédito Privado, SABESPREV CP PPM - FI RF; FPRF2 Albatroz FI Multimercado Previdenciario (PROGRESS); Banco BTG Pactual S.A.; Fund. Forluminas de Seg. Social FORLUZ; Santander FI Farol Renda Fixa. JUCESP nº 257.302/12-8 em 18/06/2012. Gisela Simiema Ceschin - Secretária Geral.

DSL Comércio Varejista S/A

CNPJ/MF Nº 13.204.572/0001-34 ? NIRE nº 35.300.390.318

EXTRATO DA ATA DE AGE REALIZADA EM 21 DE JUNHO DE 2012

Data, Horário e Local: 21/06/2012, às 14hs, na sede da Cia. Convocação e Publicação: Dispensadas conforme faculta o Art. 124, § 4º, da Lei nº 6.404/76. Presença: Totalidade do capital social da Cia. Mesa: Presidente da Mesa o Sr. Alberto Mendes Tepedino,Secretário, Fabio Floh. Deliberações: Consignar em ata que, a acionista Retail Participations 2 Ltd., integralizou, neste ato, o montante de R$73.200,87, conforme o aumento de capital subscrito, deliberado e aprovado em AE da Cia realizada em 15/09/2011. Com a integralização ora aprovada, o capital social foi totalmente integralizado, em concordância com a referida AGE. Diante da integralização do saldo remanescente do capital social da Cia, as acionistas Retail Participations 2 Ltd e Chipilands Holding LLC, cumpriram as condições previstas na proposta de aquisição da Cia, aprovada em AG de Credores realizada em 24/02/2011, conforme previsto no Plano de Recuperação Judicial do ?antigo Grupo Daslu?, autos do processo nº 0024498-11.2010.8.26.0100 em tramite na 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, SP. Encerramento: Lida e achada conforme, foi por todos os presentes assinada. Assinaturas: Mesa: Alberto Mendes Tepedino-Presidente; Fabio Floh- Secretário. Acionistas: Retail Participations 2 Ltd e Chipilands Holding LLC. Fabio Floh-Secretário da Mesa. JUCESP sob nº 288.170/12-0 em 04/07/2012 por Gisela Simiema Ceschin-Secretária Geral.

Centro Automotivo Moleque Travesso Jundiaí Ltda. torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação Nº 36006053 válida até 31/08/2017 para Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes (Posto Revendedor) à Av. João Antonio Meccatti, 600, Jd. Planalto, Jundiaí/SP.

Duke Energy International,

Geração Paranapanema S.A.

C.N.P.J. nº 02.998.301/0001-81 - NIRE 35.300.170.563

Ata da Assembleia Geral de Debenturistas da Emissão Pública

de Debêntures Quirografárias e Não Conversíveis em Ações

da Segunda Emissão da Duke Energy International, Geração

Paranapanema S.A., Realizada em 19 de Abril de 2012 (?AGD?)

I. - Data, Hora e Local: Dia 19 de abril de 2012, 14:30 horas, no Centro de Convenções do Hotel Gran Estanplaza, localizado na Rua Arizona, nº 1.517, Sala Apoio 309, Bairro Brooklin, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo. II. - PRESENÇA: Após cumpridas as formalidades legais constatou-se a presença de Debenturistas representando 100% (cem por cento) das debêntures em circulação da 2ª emissão da Duke Energy International, Geração Paranapanema S.A. (?Emissora? ou ?Companhia?), conforme se verificou das assinaturas no Livro de Presença de Debenturistas e pelo Agente Fiduciário SLW Corretora de Valores e Câmbio Ltda. Presentes ainda os representantes da Emissora, Sra. Angela A. Seixas, Diretoria Executiva Financeira e de Controles Internos da Companhia, e Sra. Alessandra R. Santos, gerente adjunta de tesouraria da Companhia, e os representantes do Agente Fiduciário, Sra. Wanusa Athayde Lorenzini Trannin. III. - Mesa: Sr. Cristiano Cury de Souza, Presidente da Mesa; Sra. Wanusa Athayde Lorenzini Trannin, Secretária. IV. - Convocação: o Edital de Convocação foi publicado nas edições dos dias 03, 04 e 05 de abril de 2012 do jornal ?Valor Econômico? e dos dias 03, 04 e 05 de abril de 2012 do ?Diário Oficial Empresarial do Estado de São Paulo?. V. - Ordem do Dia: (i) deliberar acerca da proposta da Administração da Companhia sobre a redução do capital social da Emissora, objeto do Despacho nº1077 da Superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira (?SFF?) da Agência Nacional de Energia Elétrica (?ANEEL?), de 13 de janeiro de 2012, atualmente considerado excessivo, de R$1.639.137.503,80 (um bilhão, seiscentos e trinta nove milhões, cento e trinta e sete mil, quinhentos e três reais e oitenta centavos) para R$1.339.137.503,80 (um bilhão, trezentos e trinta nove milhões, cento e trinta e sete mil, quinhentos e três reais e oitenta centavos), com uma redução efetiva no valor de R$300.000.000,00 (trezentos milhões de reais), em moeda corrente nacional, sem o cancelamento de quaisquer ações ordinárias ou preferenciais representativas do capital social da Companhia, mantendo-se, ademais, inalterado o percentual de participação dos acionistas no capital social da Companhia (?Redução de Capital?), tendo em vista o disposto na Cláusula 6.25, item XIII, do Instrumento Particular de Escritura de Emissão Pública de Debêntures Quirografárias e Não Conversíveis em Ações da Segunda Emissão da Companhia (?Escritura de Emissão da 2ª Emissão?) e o disposto no§ 3ºº do Art.1744, da Lei6.4044, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (?Lei das S.A.?), com a conseqüente alteração do Artigo4ºº do Estatuto Social da Companhia. VI. - Deliberações: Cumpridas as formalidades legais o Sr. Presidente declarou a instalação da AGD, solicitando à Secretária a leitura do Edital de Convocação. A palavra foi passada à representante da Companhia, Sra. Angela A. Seixas, a qual realizou explanação sobre a matéria constante da Ordem do Dia. Em seguida concedeu à palavra aos Debenturistas para questionamentos adicionais, os quais foram devidamente respondidos pela Companhia. Após a discussão, os Debenturistas, representando 100% (cem por cento) das debêntures em circulação, deliberaram apresentar à Companhia proposta de aprovação da Redução de Capital, conforme descrito na Ordem do Dia, condicionada a presente aprovação ao recebimento, pelos Debenturistas, de um prêmio de 0,1% (um décimo) sobre o saldo devedor unitário atualizado na data do pagamento, a ser efetuado no dia 15 de maio de 2012, na forma prevista na Escritura de Emissão da 2ª Emissão para o pagamento dos valores devidos aos Debenturistas (?Prêmio?), bem como a aprovação pelos Debenturistas da 1ª Emissão, em assembleia a ser realizada nesta mesma data, ao recebimento do mesmo Prêmio acima mencionado. Neste momento, os trabalhos da presente AGD foram suspensos para que a assembleia de Debenturistas da 1ª Emissão pudesse ser conduzida. Reabertos os trabalhos, tendo em vista a não aceitação da mesma proposta de recebimento de Prêmio pelos Debenturistas da 1ª Emissão e ainda a apresentação de proposta pelos Debenturistas da 1ª Emissão de pagamento pela Companhia de um prêmio de 0,13% sobre o saldo devedor unitário atualizado na data do pagamento, os Debenturistas da 2ª Emissão, representando 100% (cem por cento) das debêntures em circulação, resolveram seguir a proposta deliberada pelos Debenturistas da 1ª Emissão, quer seja, deliberaram aprovar a pretendida Redução de Capital, condicionada ao pagamento pela Companhia de 0,13% sobre o saldo devedor unitário atualizado na data do pagamento, a ser efetuado no dia 15 de maio de 2012, na forma prevista na Escritura de Emissão da 2ª Emissão para o pagamento dos valores devidos aos Debenturistas. Caso a proposta de pagamento de prêmio pela Companhia ora apresentada pelos Debenturistas seja aprovada pelos competentes órgãos sociais da Companhia, fica a Companhia, desde já, expressamente autorizada pelos Debenturistas a tomar todas as providências necessárias, inclusive convocar Assembleia Geral Extraordinária de Acionistas para este fim e a firmar os documentos necessários à implementação da proposta de Redução de Capital ora apresentada pela Companhia. Caso os competentes órgãos sociais da Companhia não aprovem a proposta de pagamento de prêmio aos Debenturistas, a proposta de Redução de Capital será considerada rejeitada pelos Debenturistas. VII. - Encerramento e Assinatura da Ata: Nada mais havendo a ser tratado, foi lavrada a presente ata, que, lida e aprovada, foi assinada por todos os presentes, bem como pelos representantes do Agente Fiduciário e da Emissora. Na qualidade de Secretária da Reunião, declaro que a presente é cópia fiel da ata lavrada no livro próprio. São Paulo, 19 de abril de 2012. Wanusa Athayde LorenziniTrannin - Secretária. JUCESP nº 198.925/12-8 em 16/05/2012. Gisela Simiema Ceschin - Secretária Geral.

Mangels Industrial S.A.

CNPJ nº 61.065.298/0001-02

NIRE 35.300.020.171

Companhia Aberta

Edital de Convocação - Assembleia Geral Extraordinária

Ficam convocados os senhores acionistas para se reunirem em Assembleia Geral Extraordinária, que se realizará no dia 20 de Setembro de 2012, às 10:00 horas, na sede social, situada nesta Capital do Estado de São Paulo, na Rua Verbo Divino, 1488, 6º andar, Cj 61A, Chácara Santo Antônio, com o m de deliberar sobre a seguinte ordem do dia: eleição de membro do Conselho de Administração nos termos do artigo 141, § 4º, inciso II, da Lei 6404/76. Para comprovar a qualidade de acionista e participar da Assembléia, os Acionistas deverão observar as disposições previstas no art. 126 da Lei 6404/76, apresentando: (a) comprovante da qualidade de acionista da Companhia expedido pela instituição nanceira depositária; (b) se pessoa física, cópia do documento de identidade; e (c) se pessoa jurídica, cópia de estatuto/contrato social, cópia de ata de eleição dos administradores, ambos devidamente registrados no órgão competente, e cópia de documento de identidade do administrador que se fará presente. Se forem representados por procuradores, além dos documentos mencionados anteriormente, deverão, igualmente, apresentar o respectivo instrumento de outorga de poderes de representação e cópia do documento de identidade do procurador. Se pessoa física ou jurídica domiciliada no exterior, todos os documentos deverão ser traduzidos e legalizados perante o Consulado brasileiro em seu país de domicílio. Todas as cópias deverão ser autenticadas e todas as assinaturas originais com rmas reconhecidas.

São Paulo, 4 de setembro de 2012

Robert Max Mangels

Presidente do Conselho de Administração (5, 6 e 7)

CENTRO AUTOMOTIVO LAGO VOSTOK LTDA. torna público que solicitou à CETESB a Licença Prévia para Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes (Posto Revendedor) à Rua Fortunato Minozzi, 135, esq. c/ Av. Direitos Humanos, Bairro do Imirim, São Paulo/SP.