Página 10 da Ineditoriais do Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOSP) de 12 de Setembro de 1968

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

LUSTRA E CONERCIO

FROIMAN PRODUTOS MAXIMOS S/A

ATA DA ASSEMBLEIA CERAL DC TRALTSFORN|A.

C5O, EM SOLDEDADE ANONIMA, SOB A

DENOMINACAO DE PROMAX PRODUTOS

MAXIAOS S/A INDUSTRIA E COMERCIO,

DA SOCIEDADE POR QUOTAS, DE

RESPONSABILIDADE LIMITADA, PROMAX PRODUTOS MA.

XIMOS * INDUSTRIA E COM¿RCIO

LIDA REALIZADA NO DIA * DE AGOSTO DE

1968

AOS V'INTE DE AG¿STO DE MIL NOVECENTOS E

SESSENTA E OITO, AS NOVE HORAS, NA SEDE SOCIAL

DA PROMAX PRODUTOS MAXIMOS INDUSTRIA E

COMERCIO LTDA., SITUADA NESTA CIDADE E CA.

PITAL DE SAO PAULO, A AVENIDA REI ALBERTO

N.* 101, REUNIRAMSE EM ASSEMBLEIA GERAI,

,,IR A ALCAN - REPRESENTACÕES, CO.

M£RCIO E IMPORTACAO LTDA.,

SOCIEDADE MERCANTIL BRASILEIRA, COM SEDE NESTA

CAPITAL, A AVENIDA REI ALBERTO N* 101,

NESTE ATO REPRESENTADA POR SEUS SOCIOS, SR. MA.

RIO RIBEIRO NUNES GALVAO E DR. ANTONIO

LEME NUNES GALVAO, ABAIXO QUALIFICADOS,

LUBASA LUBRIFICANTES BARDAHL

S/A INDUSTRIA E COMERCIO,

SOCIEDADE ANONIMA BRASILEIRA, COM SEDE NESTA

CAPITAL, A AVENIDA REI ALBERTO N.* 101, NESTE

ATO REPRESENTADA POR SEUS DIRETORES, DR.

JOAO MANUEL NEVES CANDEIAS, ABAIXO

QUALIFICADO E AFFONSO CIAMPA, BRASILEIRO, CASA.

DO. DO COMERCIO, RESIDENTE E DOMICILIADO

NESTA CAPITAI, A ALAMEDA FRANCA N.* 1.829,

APTO 151, BARDAHL LUBRIFICANTES

DE SAO PAULO S/A, SOCIEDADE ANONIMA

BRASILEIRA, COM SEDE NESTA CAPITAL, A ARENI

DA REI ALBERTO N.0 101, NESTE ATO REPRE.

X SENTIDA POR SEUS DIRETORES, MARIO RIBEIRO

NUNES ALCAO ABAIXO QUALIFICADO, E DR.

VICTOR JOHN COLLING BRASILEIRO, CASADO, EN.

GENHEIRO, PRESEIDENTE E DOMICILIADO NESTA CA.

PRAL, A RUA GENERAL OSORIO N.* I.801, SAN.

TO AMARO, DR. EVANIO LEME NUNES

GALVAO, BRASILEIRO, CASADO, ADVOGADO,

RESIDENTE E DOMICILIADO NESTA CAPITAL', A RUA

AUSTRIA N.* 642, NESTE ATO REPRESENTADO POR

SEU PROCURADOR, MARIO RIBEIRO NUNES GAL.

. VAO, ABAIXO QUALIFICADO, NOS TMO DA PRO.

CURACAO PASSADA AOS 14 DE AGOSTO DE 1968,

NAS NOTAS DO 9°TABELIAO DESTA CAPITAL, NO

LIVRO N.O 580, A FIS. 459, DR. ANTONIO LE,.

5LE NUNES GALVAO, BRASILEIRO, CASADO,

ENGENHEIRO, RESIDENTE E DOMICILIADO NESTA

CAPITAL, A RUA *G* N.* 169. MORUMBA DR.

JOAO MANUEL NEVES CANDEIAS,

BRASILEIRA NATURALIZADO,, CASADO, INDUSTRIAL,

RESIDENTE E DOMICILIADO NESTA CAPITAL, A RUA

]OAO CACHEOIRA N* 1086, MARIO RIBEI.

I*O NUNES CALVAO, BRASILEIRO,

INDUS'TRIAL, CASADO, RESIDENTE E DOMICILIADO NESTA

CAPITAL, A RUA AUSTRIA N.* O44. E RUBENS

DE SOUZA MOREIRA, BRASILEIRO, CASADO,

INDUSTRIAL E DOMILIADO EM PORTO ALEGRE,

E_ST.ADO DO RIO GRANDE DO SUL, A AVERILDA

FARRAPOS N* 4785, UNICOS SOCIOS

COMPONENTES DA SOCIEDADE POR QUOTAS, DE RESPONSAB

LIDADE LIMITAD QUE GIRA NESTA PRACA SOB A

DENOMINACAO DE PROMAX PRODUTOS

MAXIMOS INDUSTRIA E COMERCIO

LTDA., CONSTITUIDA POR CONTRATO PARTICULAR

DE 4 DE JULHO DE 1966, ARQUIVADO LIA JUNTA

COMERCIAL DO ESTADO DE SAO PAULO, SOB O

NFL 403.170, POR DECISAO EM SESSAO DE'L9

DE LULHO DE 1966, MODIFICADO POSTERIORMEN

TE PELO INSTRUMENTO PARTICULAR DE 3 DE IU.

LHO DE 1968, ARQUIVADO NA JUNTA COMERCIAL

DO ESTADO DE SAO PAULO, SOB O N.* 462.030,

POR DECIDSAO EM SESSAO DE 12 DE AOSO DE 1968, E PELA

1968, PASSADA

DESTA CAPITAL,

ARQUIVADA NA

DE SAO PAU[O,

SESSAO DE

ESCRITURA DE 25 DE JULHO DE

NAS NOTAS DO 22.* TABELIAO

NO LIVRO N* 879, A RIS, 67,

JUNTA COMERCIAL DO ESTADO

SOB O N.* 462.029, POR DECISAO

12 DE AGOSTO DE 1968. COM O CAPITAL DE NCR$ 2.400.000,00 (DIVIDIDO CM

2.400.000 QUOTAS, DO VALOR NOMINAL TIE NCR$

1,00 CADA UMAA

PARA PRESIDIR 'OS TRABALHOS, FOI ACLAMADO,

POR UNANIMIDADE, O DR. LOAO ,MANUEL NE.

RES CANDEIAS, QUE CONVIDOU A MIM, MIRIO

RIBEIRO NUNES GALVAO, "PARA SECRETARIO

ASSIM COMPOSTA A MESA, O PRESIDENTE

DEPAROU INSTALADA A ASSEMBLEIA, A QUAL,

ACRESCENTOU, CONFIRMANDO O QUE JA HAVIA SIDO

MANIFESTADO EM ACORDO UNANIME ANTERIOR,

TINHA POR OBJETO EFETIVAR A TRANSFORMACAO

D;T PROMAX PRODUTOS MAXIMOS INDUSTRIA E

COMERCIO LTDA., DE QUE TODOS OS PRESENTES

FAZIAM PARTE, EM SOCEDADE ANONIMA, SOB A

DENOMINACAO DE PROMAX PRODUTOS

MAXIMOS S/A INDUSTRIA E

COMICIO COM O MESMO CAPITAL DE NCR$ ......

2A00.000,00 E SEDE SOCIAL, MESMO OBJETIVO

E ESCRITURACAO, ATENDIDAS, POREM, AS EXIGEN

TIAS LEGAIS E FISCAIS RELATIVAS A ESTRUTRA DE

SUANOVA FEICAO JURIDICA, MANTENDO A

SOCIEDADE POR ACOES, QUE RESUUMA DA TRANSFORMA

CAO, SEM SOLUCAO DE CONTINUIDADE, TODOS OS

DIREITOS E OBRIGACOES QUE CONSTITUEM O PA.

TRIMONIO DA SICIEDADE TRANSFORMADA, DA

QUAL ASSUME TODO O ATIVO E PASSIVO, E MAN.

TIDAS AS PARTES DE CAPITAL DE CADA UM DOS

ODOS PELA CONVERSAO DAS RESPECTIVAS

QUOTAS, EM ACOES ORDINARA OU COMUNS,

NOMINATIVAS OU AO PORTADOR, DO VALOR NOMINAL

DE NCD; 1,00 CADA UMA, NA SEGUINTE

CONFORMIDADE: A) A SOCIA GALCHE - REPRESEN

TACOES, COMERCIO E IMPORTACAO LTDA., QUE

POS _UIA 400.000 QUOTAS, NO SILDE GLOBI DE

NARLI 400.000,00 PASSA A TER 400.000 AQ6E%

DO VALOR NOMINAL DE CRI IRL0 CADA UMA;

B) A CO,:IA LUBASA LUBRIFICANTES BARDAHL

1.**50.000 QUERAS NO VALOR GLOBAL DE. NCT$

4.

1.0O0.000,00, . PASSA A TER 1.0A0.00T . * ACOES, DO

VALOR NOMINAT DE NCR$ 1,00 RADA UMA; E)

A SOCIA BARDAHL LUBRIFICANTES DE SAO PANLO

S.D. QUE POSSUIA 50.000 QUOTAS, NO SALO-E

GLOBAL DE NCCRS 50.000,00* 50.000

PASSA A TER

ACOES, DO VALOR NOMINAL DE NCR$ *,00 CADA

UMA; D) O SOCIO DR. EVANIO LEME NUNES

GALVAO QUE POSSTO 200.000 QUOTAS, TIO VA.

IOR GLOBAL DE NCR$ 200.000,00, PASSA A TER

**0.000 ACOES, DO WALOR NOMINAL DE CRI

1,00 CADA UMA; E) O SOCIO DR. ANTONIO LEME

MULTES GALVAO, QUE POSSUIA 200.000 QUOTAS

NO VALOR GLOBAL DE NCR$ 200.000,00, PASSA

A TER 200.000 ACOES, DO VALOR DE NCR$ 1,00

CADA UNTA; F) O SOCIO DR, /OAO MANUEL

NEVES QUE POSSUIA QUOTAS,

CANDEIAS, 200.000

NO VALOR GLOBAL DE NCR$ 200.000,00 PASSA A

TER

200.000 ACOES, DO VALOR NOMINAL DE NCR$

1,00 CADA UMA; G) O SOCIO MARIO RIBEIRO

NUNES GALVAO, QUE POSSUIA 200.000 QUOTAS,

NO VALOR GLOBAL DE NCR$ 200.000,00 PASSA

A TER 200.000 ACOES, DO VALOR NOMINAL DE

NCR$ 1,00 CADA UMA; H) E O SOCIO RGBENS

DE SOUZA MOREIRA, QUE POSSUIA 100.000 QUO

TAS, NO VALOR GLOBAL DE NCR$ 10.000,00, PAS.

SA A TER 100.000 ACOES, DO VALOR NOMINAL DE

NCR$ I,00 CADA URNA O QUE, SUBMETIDO A

UNANIMEMENTE

DELIBERACAO, FOI T APROVADO

A SEGUIR, DISSE O PRESIDENTE QUE IA

SUBMETER A CONSIDERACAO DO PLENARIO O PROJETO

DOS ESTATUTOS SOCIAIS, QUE SE ECONTRAVA SO.

BRE A MESA, DEVIDAMENTE ASSINADO POR

TODOS IDENTICAS

OS PRESENTES, EM DUAS VIAS

PARA A CONSEQUENTE DISCUSSAO E APROVACAO

DETERMINANDO-ME QUE PROCEDESSE A LEITURA

ORDENADA E SUCESSIVA DE TODOS OS SEUS

CAPITULOS E ARTIGOS, O QUE FOI POR MIM FEITO,

NOS TERMOS A SEGUIR TRANSCRITOS:

ESTATUTOS SOCIAIS DA

PROMAX PRODUTOS MAXI,MOS S/A

INDUSTRIA E COME;RCIO

CAPITULO I

DA DENOMINACAO, SEDE, FINS E DURACAO

ART. *.0) SOB A DENOMINACAO DE PROMAX

PRODUTOS AXIMOS S.D. INDUSTRIA E

ANONIMA

COMMERCIO, FICA CONSTITUIDA SOCIEDADE

MA POR TRANSFORMACAO DA SOCIEDADE POR

QUOTAS, DE RESPONSABILIDADE LIMITADA,

PROMAX PRODUTOS MAXIMOS INDUSTRIA E CO.

RO&DO LTDA., QUE SE REGERA POR *TE*

ATUTOS E QUE

DASDISPOSICOES LEGAIS, LITE FOREM

APLICAVEIS

ART. 2.0) A SOCIEDADE TEM SEDE, FORO E

NESTA

ADMINISTRACAO, CAPITAL DO ESTADO CIE SAO

PAULO, A AVENIDA REI ALBERTO N.O 101, PO.

DENNI POR DELIBERACAO DA DIRETORIA,

INSTALAR E EXTINGUIR SUCURSAIS, FILIAIS; AGENCIAS

OU EM PARTE

ESCRITORIOS, QUALQUER DO TERRI

TORIO NACIONAL E DO ESTRANGEIRO

ART. 3.*).A SOCIEDADE TEM POR OBJETO A

PRODUCAO, COMERCIO, DISTRIBU/CAO, IMPORTA

CAO E EXPORTACAO, DE PRODUTS QUIMICOS, GRA.

TXAS

DETERGENTES, LUBRIFICANTES, VELAS DE

EM POR

CAO LIBERRIMO AUTO-PECAS DADIRETORIA GERAL, PARTICIPAR PODENDO

SOCIEDADES, CONGENERES OU NAO

NISTA OU QUOTISTA

ART. 4.O) O PRAZO DE DURACAO

E POR TEMPO INDETERMINADO

CAPITULO LI

DO CAPITAL SOCIAL E DAS

ART. 5.O) O CAPITAL SCIAL E

E

2.400.000,00 (DOIS MILHOES

MIL CRUZEIRO,, NOVOS), DIVIDIDO

DEEM OUTRAS

COMO ACID

DA SOCIEDADE

ACOES

DE NCR$

QUATROCENTOS

..

EM 2.400.000

(DOIS MILHOES E QUATROCENTAS MIL) ACOES OR.

DINARIAS OU COMUNS, DO VALOR NOMINAL DE

NCR$ 1,00 (HUM CRUZEIRO NOVO) CADA

NOMINATIVAS OU AO PORTADOR, A VONTADEUMA, DO

ACIONISTA, CONVERSIVEIS E CONVERSIVEIS DE

UMA FORMA CM OUTRA, CORRE NDO POR OIENTA

DO INTERESSADO AS DESPESAS DE CORRVERSAO.

NAPARAGRAFO UNICO ATE SEU INTEGRAL

GAMENTO, AS ACOES REVESTIRAO A FORMA

NOMINATIVA

ART. 6.O) AS ACOES, INDIVISIVEIS ERA RELA.

CAO A SOCIEDADE, PODERAO SER REPRESENTADAS

TITULOS MULTIPLOS CAUTELAS

POR OU OTTE PRO.

ORAMENTE AS SUBSTITUAM, SATISFEITOS OS RE.

QUISITOS LEGAIS

* PARAGRAFO UNICO AS ACOES, BEM CONTO

OUTRO TITULO DUE AS REPRESENTE, QUALQUER

CONTERAO OBRIGATORIAMENTE AS ASSINATURAS DE

DOIS DIRETORES, NINA DAS QUAIS DESERDA SER A

DO DIRETOR PRESIDENTE, OU DO DIRETOR

VICEPRESIDENTE, OU DO DIRETOR SUPERINTENDENTE

OU DO DIRETOR COMERCIAL

ART. 7.* ) CADA ACAO DA DIREITO A UM VOTO

NAS D&L/BCRACOCS DA ASSEMBLIA GERAL

CACHULO FIL

DA ADMINISTRACAO SOCIAL

ART 8.* ) A SOCIEDADE SERA ADMINISTRADA

POR RENA DIRETORIA COMPOSTA DE SETE MEM

BROS, STNNDO UM DIRETOR PRESIDENTE, UM

DIRETOR VICEPRESIDENTE UM DIRECTOR

SUPERINTENDENTE, URN DIRETOR COMERCIAL E TR*

DIRETORES ADJUNTOS, ACIONISTAS OU NAO,

RESIDENTES TIO L'AIS, ELEITOS PELA ASSEMBLEIA

CROL CMN MANDATO POR SEIS ANOS, PODENDO

SER REELEITOS

PARAGRAFO UNICO - FINDO O MANDATO, OS

DIRETORES PERMANECERAO CM SEUS CARGOS, ATE

A ELEICAO E POSSE *LA NOVA DIRETORIA

ART. 9.*) CADA DIRECTOR CAUCIONARA VINTE

ACOES DA SOCIEDADE, PROPRIAS ATT DE TERNEI

RO% CM GARANTIA DA RESPONSABILIDADE DE SUA

GESTAO

AXT 10P) A INVESTIDURA NO CARGO FAISA

L,OR TERNO LISTRADO NO LIVRO DE "ATAS DAS

REUNIOES DA DIRETORIA", ASSINADO PELO

RESPECTIVO DIRETOR,

ART. II.*) NO CASO DE VAGAR O CARGO DE

QUALQUER DOS DIRETORES, O SUBSTITUTO,

ESCOLHIDO PELOT DEMAIS DIRETORES TECERA HM. COES ATE A PRIMEIRA A.WMHLCI.I GERAL, QUE

ELEGER EUTA O NOVO ALTRET(LI, QLLE RIRA

TECERA NO MAIGO PELO TETU OO QUE ALINEA

AO SUBSTITUIDO

OU

ATT 12.O) NO INLPEEDIULELITO AUSECIA

SOCIEDA

TEMPORARIA DE QUALQUER DIETOR

DE CONTINUARA A SER ADMINISTRADA PELOS DE.

USAIS DIRETORES,

ART. 13.0) A DIRETORIA ATRIBUICOES

TETRI AS E

PODERES QUE A LEI E &TES ESTATUTOS LHE CON.

FEREM, PATA ASSEGURAR O FUNCIONAMIENTO RE.

NLAR DA SOCIEDADE, COMPETINDOLHE ESPE. CIALMENTE:

A) REPRESENTAR A SOLDEDADE

SNAS BEM CONI

RELACOES TERCE'IROS,

NIENTE, CORNO PERANTE

PUBLICAS FEDERAIS, ESTADUAIS

RESPECTIVAS AUTARQUIAS;

B) MOVIMENTAR CONTAS DE

NATUREZA, EM QUAISQUER BANCOS

ENT JUIZO E NAS

REPARTICOES E

ATIRA PASSIVA

AS

E E

MINICIPAIS

QUALQUER

OU ESTABELEC MENTOS DE «¿DITO, ASSINANDO CHEQUES,

CAMBIAIS, CONTRATOS E DEMAIS DOCUMENTOS,

INCUSIVE DEPOSITAR E LEVANTAR VALORES, ASSINAR

TITULOS, DUPLICATAS, LETRAS DE CAMBIO, NOTAS

PROMISSIA RECIBOS, TMO DE

RESPONSABILIDADE E O MAIS QUE NECESSARIO FOR;

C) COMPRRR E VENDER BENS MOVEIS, CAUCION

NAR, EMPENHAR E ALIENAR FIDUCIARIAMENTE OS

BENS MOVEIS EIN GARANTIA DE OPERACOES DE

EMPRESTIMO OU FINANCIAMENTO, INCLUSIRE EM

FAVOR DE TERCEIROS;

D) ADQUIRIR BENS IMOVEIS E, INDEPENDEN

TEMENTE DE AUTORIZACAO DA ASSEMBLEIA

GERAL, VENDER, COMPROMISSAR, DAR

EM PAGAMENTO OU POR OUTRO

QUALQUER PERNOUTAR

TITTON ALIENAR, ARRENDAR, HIPOTECAR, OU GRAVAR

ONUS REAL OS BENS IMOVEIS PERTENCENTES A

SOCIEDADE, TRANSIGIR, DISPUTAR E RENUNCIAR

DIREITOS, CONTTA OBRIGACOES, BEM COMO

PRESTAR FIANCAS E ASAIS, E ASSINAR OS

RESPECTIVOS INSTRUMENTOS, PUBLICOS OU

PARTICULARES;

E) CONSTITUIR, ENT NOME DA SOCIEDADE, NOS

LIMITES DE SUAS ATRIBUICOESE E PODERES,

MANDATARIOS OU PROCURADORES, ESPECIFICADOS NO

INSRUMENTO OS ATOSE OPERACOES QUE PODE

RAO PRATICAR

* ART. 14.0) AS FUNCOES E ENCARGOS DA DIRE.

TORIA SERAO DIS,RIBUIDOS ENTRE SI, PELOS SEUS

MEMBROS, OS QUAIS PODERAO AGIR EM

CONJUNTO, OU SEPARADAMENTE, MAS TODOS OS AROS

E DUE CM

OPERACOES IMPLIQUEM OBRIGACA0

OU RESPONSABILIDADE TARA A SOCIEDADE,

INCLUSIVE A ASSINATURA DE TITULOS, DOCUMENTOS,

OU

INSTRUMENTOS DE QUALQUER ESPECIE, DE.

VERAO SER PRATICADOS E FIRMADOS POR DOIS

DIRETORES EM CONJUNTO, UM DOS QUAIS

DEVERA SER NECESSARIAMENTE OU O DIRETOR

OU O DIRETOR VICEPRESIDENTE OU O PRESIDENTE,

DIRETOR SUPERINTENDENTE, OU O DIIRETOR

COMERCIAI, OU POR UM DOS DIRETORES

PRESTESMENTE OU VICEPRESIDENTE OU SUPERINTENDENTE,

OU COMERDIAL CM CONJUNTO COM UM

PROCURADOR DA SOCIEDADE, INVESTIDO DE OERES

ESPECIAIS E EXPRESSOS, -

* LO OS MANDATOS, OFERIDOS EM

NOME DA SOCIEDADE, DEVERAO ESPECIFICAR, NO

RESPECTIVO INSTRUMENTO, OS ATOSE OPERACOES

QUE OS MANDATARIOS OU PROCURADORES

PODERAO PRATICAR

* 2.0 I* DA COPETENCIA PRIVATIVA DOS

DIRETORES PRESIDENTE, VICEPRESIDENTE SRI

PERINTENDENTE E COMERCIAL, SERAGIRE EM

CONJUNTO DE DOIS, CONSTITUICAO DE MANDATARIOS

OU PROCURADORES "AD-NEGOTIA". AS

PROCURACOES ADJUDICIA DEPENDEM DA ASSINATURA

DE QUALQUER UM DELES, ISOLADAMENTE

ART. 15.0) OS DIRETORES REUNIR-SE-AO SENT. PRE QUE FOR NECESSARIO, E

OU DECISOES CONSTARAO DO

REUNIOES DA DIRETORIA

ART. 16.0) OS DIRETORES

FONORARIOS LITES FOREM

QUE

TE, PELA ASSEMBLEIA GERAL

PELA ASSEMBLEIA GERAL QUE

AS SUAS RESOLUCOES

LIVRO DE "ATAS DITS

PERCEBERAO OS

FIXADOS, ANUALMENTE

ORDINARIA, OEL

OS ELEGER, SEM

PREJUIO DAS PERCENTAGENS QUE LHES FOREM

ATRIBUIDAS PELA ASSEMBLEIA GERAL,

A ASSEMBLEIA

PARAGRAFO UNICO QUANDO

GERAL ORDINARIA DEIXAR DE SE MANIFESTAR SO.

BRE OS HONORARIOS DA DIRETORIA, ENTENDE-SE

A REMUNERACAO VIGENTE A DATA QUE MANTERE

DA SUA REALIZACAO *

CAPITULO IV

DO CONSELHO FISCHI

ART. 17.*) O CONSELO FISCAL COMPOREI

DE TRES MEMBROS EFETIVOS E TUDS SUPLENTES,

ACIONISTAS OU NAO, RESIDENTES RIO PAIS,

ELEITOS PELA ASSEMBLIA GERAL, ANUALMENTE,

FACUTADA A REELEICAO

PARIGRAFO UNICO'O CONSELHO FISCAL TEM

AS ATRIBUICOES E PODERES, QUE A LEI LHE

CONFERE, E TERAA REMUNERACAO QUE LHE FOR II.

XADA PELA ASSEMBLEIA GERAL, QUE O ELEGER

CAPITULO V

DA ASSEMBLEIA GERAL

ATT 18O) A ASSEMBLEIA GERAL REUNIRSE-A

ORDINARIAMENTE NOS QUATRO PRIMEIROS MC.

SES APOS A TERMINACAO DO EXERCICIO SOCIAL, E,

EXTRAORDINARIAMENTE, SEMPRE QUE OS

INUMASSES SOCIAIS EXIGIREM A MANIFESTACAO DOS

ACIONISTAS,

LARARIO NIEDO OA ANUNCIO DE CORRVO.

CACAO SERAO PUBLICADOS PELA IMPRENSA, DE

AT&DO COM A LEI, E DELES CONSTARAO A ORDEM

DO DIA, ANCLA QUE SUNGARIAM E O DIA,

HORA E LOCAL DA REUNIAO

ART 19.*) *T

ASSEMBLIA GERAL

ESTEJAM INSCRITAS

COMPETENTE, ATE

REAR, ADA PARA A

GER:D, OU CUJ:,

EXIBIDAS

PODERAO TOMAR PARTE NA

OS ACIONISTAS CUJAS ACOC

EM SET, R ,ME NO VRO

TRES DIAS INTEI DA DATA

REALI,ACAO DA ASSMBLEIA

ACOES AO PORTADOR SAUL D/DA PELO RITMISTA QUE NA OCASIAO IOR

ELEITO TUNTPCTIUDO AO PRESIDENTE ELEITO ESCO.

IHER QNEM DESA SECRETARIA-LA

CAPITULO VI

*

DO EXERCICIO SOCIAL

ALT. 21.*1O EXERCICIO SOCIAL, TERMINARA

EM 31 DE DEEMBRO DE CADA ANO,

LEVANTADO O BALANCO, COAT OBSERVANCIA DAS PRESET

COES LEGAIS, E FEITAS AS NECCESSARIAS

AMORTIZACOES E DEPRECIACOES DO LUCRO LIQUIDO DE.

DUZIR-SE.AO: A) 5% (CINCO NOR OENDIO PARA

O FUNDO DE RESERVA LEGAL E ATE QUE *SE FIM

ANIDE ALCANCE 20*7O (VINTE POR CONTO) DO

TAL SOCIAL; B) O SALDO REMANESCENTE FICARA A

DISPOSICAO DA ASSEMBLEIA GERAL, QUE

RARA SOBRE DESTINACAO,

DELIBERA SUA POR PROPOSTA

DA DIRETORIA E OUVIDO O CONSELHO FISCAL,

ART. 22.*) OS DIVIDENDOS NAO RECLAMADO

DECORRIDOS CINCO ANOS DE SUA DISTRIBUICCO,

REVERTERAO EM BENELISIO DA SOCIEDADE,

CAPITULO VIL

DA LIQUIDACAO DA SOCIEDADE

ART. 23.0) A SOCIEDADE ENTRAREI EM LIQUI

DACAO NOS CASOS LEGAIS

PARAGRAFO UNICO COMPETE A ASSEMBLEIA

GERAL ESTABELECER O MODO DE LIQUIDACAO

ELEGER OS LIQUIDANTES E O CONSELHO FISCAL,

DESCRA NACIONAC PERIODO DE IIQUI.

QUE STO

DACAO

CAPITULO VILL

DISPOSICOES TRANSITARIAS

ART. 24.0) O PRIMEIRO EXERCCIO SOCIAL

SERA ENCERRADO S1 DE DEZEMBRO DE 1968.

EM

ART. 25.O) A PRIMEIRA DIRETORIA DEITA

EXERCERA O SEU MANDATO AT* A DATA DA REA.

GIRACAO DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINARIA DO

ANO DE 1974* E O CONSELHO FISCAL, ATE A DATA

DA PRIMEIRA ASSEMBLEIA GERAL ORDINARIA, A

REALIZAR-SE NO ANO DE 1969,

(ASS:) ALCAN REPRESENTACÕES,

COM1 RCIO E IMPORTACAO LTDA.

MARIO RIBEIRO NUNES GALVAO E ANTONIO LE.

ME NUNES GALVAO; LUBASA LUBRIFICO

CANTES BARDAHL S/A INDUSTRIA E

COMERCIO -[OAO MANUEL NEVES CAN.

DEIAS E ALFONSO CIAMPA; BARDAUL LU.

ABRICANTES DE SAO PAULO S/A

MARIO RIBEIRO NUNES GALVAO E VICTOR JOHN

COLLING P.A. EVANIO LEME NUNES

GALVAO MARIO R. EIRO NUNES GALVAO;

ANTONIO LEME NUNES GALVAO;

|OAO MANUVES CANDEIAS;

MARIO RIBEIRO NUNES GALVAO; RU. BENS DE SOUZA MOREIRA

FINDA A LEITURA, O PRESIDENTE DECLAROU

QUE ESTAS-A EM DISCUSSAO O PROJETO DOS

ESTATUTOS E, CONINGUEM QUISESSE USAR DA

UNANIMEM

PALAVRA, POSTO VOTACAO, FOI

MENTE APROVADO

A SEGUIR, DISSE O PRESEIDENTE QUE, DE AROREV DO COM OS ESTATUTOS QUE ACABAVAM DE SER

APROVADOS, CUMPRIA A ASSEMBLIA ELEGER OS

CONSAVEE

PRIMEIROS IRRORES MEMBROS DO

LHO DADEFISCAL, PRIMEIRO DEVERAO ADMINISTRAR MANDATO, CORRIDO

QUE A

SOCIE SETT

O ESCRUTINIO E APURADOS OS VOTOS, O PRESI

DENTE PRODAM O SEGUINTE RESULTADO; DL.

RETORIA DIRETOR PRESIDENTE, DR. EVA.

NIO LEME NUNES GALVAO, BRASILEIRO, CASADO,

AD¢OGADO, RESIDENTE E DOMICILIADO NES, A

CAPITAL, A RITA AUSTRIA N* 642, DIRETOR VI.

CEEPRESIDENTE DR. ANTONIO LEME NUNES CAIVANO BRASILEIRO, CASADO, ENGENHEIRO,

RESIDENTE E DOMICILIADO NESTA CAPITAL, A RUA

L:G* N.* 169, MORUMBA DIRETOR SUPERIN

TENDENTE, DR..|OAO MANUEL NEVES CANDEIA%

BRASILEIRO NATURALIZAD% CASADO, INDUSTIAL

RESIDENTE E DOMICILIADO NESTA CAPITAL, A RUA |DAO CACHOEIRA N O 1086, DIRETOR COMERCIAL

MARTO RIBEIRO NUNC GALVAO, BRASPETRO

E

CASADO, INDUSTRIAL, RESIDENTE DOMICILIADO

NESTA CAPITAL, A RUA AUSTÑA N.* 644, E DI.

REATORES ADJUNTOS AFFONSO CIAMPA,

E

BRASILEIRO, «ASADO, DO , COMERCIO, RESIDENTE DO.

MICILIADO NESTA CAPITAL, A ALAMEDA FRANCA

N.* 1329, APTO, 151, DR. VICTOR JOHN COLLING

E

BRASILEIRO, CASADO, ENGENHEIRO, RESIDENTE

DOMICILIADO NESTA CAPITAL, A RUA GENERAL

OS&IO N.* 1.301, SANTO AMARO, E LUIZ

CARLOS DE ALCANCAR AZZI, BRASILIRO CASADO, DO

COMCO RESIDENTE E DOMICILIADO NESTA

CAPITAL, A RUA BARTOLOMEU FREID N.* 901.

CONSELO FISCALEMBARGOS EFETIVOS:

PROFESSOR LANCAS NOGUEIRA GARCEZ, BRASILEIRO,

CASADO, ENGENHEIRO, RESIDENTE E DOMICILIADO

NESTA CAPITAL, A RUA PRUDENTE CORREIA *

TT.

105, DR. PEDRO CONDE, BRASILEIRO, CASADO,

ADVOGADO, RESIDENTE E DOMILIADO NESTA T'.T.

PITAL, A RUA SUICA N.* 271, E RUBCNS *LE

SOUZA MOREIRA, BRASILEIRO, CASADO, INDUSTRIAL,

RESIDENTE E DOMICILIADO EM PORTO ALEGRE,

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. A AVENHA

FARRAPOS N.* 4785. SUPLENTES: "ALBERTO DE.

TENNE COELHO DE MAGALHAES, BRASILEIRO,

CASADO, PROPRIETARIO, PRESEIDENTE E DOMICILIADO

NESTA CAPITAL, A RUA MARIANA CORREA NFL

*7L, ANTONIO LUIZ DE TOLEDO PINTO, BRASIL.

LEIRO, CASADO, QUIMICO, RESIDENTE E DOMIT

LIADO NESTA CAPITAL, A RUA JOSE GONCALV

DE OLIVEIRA N.* I16, E MUCCILLO TORRS *LE OLIVEIRA, BRASILEIRO, SOLHEIRO MAIOR, DO

CORMERCIO RESIDENTE E DOMICILIADO NESTA

CAPITA1, A RUA GENERAL OLIMPIO DA SIKETO

N.* 196, APTO, 513. CONTINUANDO COM A

O QUE O

PALAVRA, DISSE PRESIDENTE DEVERIA

PLENARIO MUDA, SE MANIFESTAR SOBRE A IL,

LACAO DOS HONORARIOS E REMUNERACAO DEVICES AOS DIRETORES E CONSELHEIROS FISCAIS ORA EIEI.

TOS. DI«CUTIDO O ASSUNTO, A ASSEMBLEIA

RESOLVEU ATRIBIR A CADA UM DOS DIRETORES

RESIDENTE SUPERINTENDENTE, COMERCIAL O

AOS IRE, DIRETAE ADJUNTOS, A IMPORTAASIA

DO IM,

MAXIMA PERUTTI PELI LEGILACAO