Página 21 da Ineditoriais do Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOSP) de 13 de Novembro de 1968

ESTADO DO SAO PAUTO

PINHAL S.D.

CONERCIO DE ATUOMOVEIS

A,TA DA ASSIMBLEIA QUERAL

ORDINARIA REALIZADA E**I 30 EFE ABRIL DE 1968

AOS TRINTA DIAS DO MES DE ABRIL (I0 ANO DE

MIL NOVECENTOS E SESSENTA E OITO, AS DEZESSEIS

HORAS, NA SEDE SOCIAL, SITA A. RUA OSWALDO

CRUZ, TREZENTOS E QUARENTA, NESTA CIDADE CIE

SANTOS. ESTADO DE SAO PAULO. CONFORME

EDITASL PUBLICADOS NO JORNAL CA TRIBUNA», NOS

DIAS VINTE E NOVE, TRINTA E TRINTA E UM

DE MARCO DO CORRENTE ANO E NO «DIARIO

OFICIAL DO ESTADO NOS DIAS VINTE E NCVE. TRINTA E

TRINTA E UM DE MARCO E DOIS DE ABRIL NO

REFERIDO ANO DE MIL NOVECENTOS E SESSENTA E OITO,

REALIZOU-SE UMA ASSEMBLEIA GERAL ORDINARIA

DE PINHAL SOCIEDADE ANONIMA COMERCIO DE

UTEMOVEIS. - VERIFICOU-SE PELAS

ASSINATURAS APOSTAS NO RESPECTIVO LIVRO "PRESENCAS, O

COMPRIMENTO DE TODOS OS SENHORES

ACIONISTAS, REPRESENTANDO A TOTALIDADE DE CAPITAL

USOCIAL. AQUELA HORA ASSUMIU A DIRECAO DOS

TRABALHOS A SENILOSA DULCINA COELHO LESSA" DE

VASCONCELOS NA QUALIDADE DE PRESIDENTE,

CONVIDANDO A MIM, ANTONIO BENTO DE AMMORIM

FILHO, PARA SERVIR COMO SECRETARIO COMPOSTA A

MESA, A SENHORA PRESIDENTE DECLAROU

INSTALADA A PRESENTE ASSEMBLEIA, ORDENANDO EM

SEGUIDA FOSSE LIDO O EDITAL DE CONVOCACAO

PUBLICADO NA CONFOMIDADE DA LEI NOS CITADOS

ORGAOS E NOS DIAS ACIMA REFERIDOS, PUBLICACAO

QUE INCLUE O AVISO DE QUE TRAT O ARTIGO

NOVENTAE NOVE DO DECRETO NUMERO DOIS MIL

SEISCENTOS E VINTE E SETE, DE VINTE E SEIS DE

SETEMBRO DE MIL NOVECENTOS E QUARENTA A FIM DE

.SER DISCUTIDA E VOTADA A SEGUINTE ORDEM DO

DIA: A) APROVACAO DO BALANCO GERAL DO ATIVO E

P ASSIV0 E A DEMONSTRACAO DA CONTA DE LUCROS

E PERDAS E DEMAIS DOCUMENTES RELATIVOS AO

EXERCICIO DE MIL NOVECENTOS E SESSENTA E SETE;

C) ASSUNTOS GERRI O BALANCO E DEMAIS PECAS

FORM LEGALMENTE PUBLIC-WAY NO JORNAL A

IBUNA NO DIA DEZEN DE ABRIL DE MIL

NOVECENT E SESSENTA E OITO E NO DIARIO OFICIAL

DO ESTADO NO DIA TRINTA E R - DE MAIO DE MIL

VECIMENTOS E SESSENTA E ARO E NO «DIARIO OFICIAL

SENHORA PRESIDENTE ANUNCIOU A DISCUSSAO E

VOTACAO DO PRIMEIRO ITEM DA ORDEM DO DIA,

SENDO POR MIM FEITA A LEITURA DE TODOS OS

DOCUMENTOS RRFERRNTTS AO ASSUNTO, INCLUSIVE O

PARRECER DO CONSELHO FISCAL, COM VOTO EM

SOPRADO DO CONSELHEIRO SENOR ITALO ZACCARO

JUNIOR A MATERIA FOI AMPLAMENTE DISCUTIDA E O

ACIONISTA, SENHOR SERVULO TARARES GUERREIRO,

SOLICITOU VISTAS PARA O EXAME DA

DOCUMENTACAO APRESENTADA PROLADO AINDS, QUE A

ASSEMBLEIA FOSSE MANTIDA EMCARATER

PERMANENTE ATE QUE SE COMPLETASSE O EXAME

PRETENDIDO, FIXANDO-SE DESDE LOGO A DATA PARA O SEU

PROSSEGUIMENTO, INDEPENDENTEMENTE DE NOVA

CONVOCACAO, TENDO EM VISTA A PRESENCA, NESTA

ASSEMBLEIA DA TOTALIDADE DOS SHORES

ACIONISTAS A SENNO PRESIDENTE POE A PROPOSTA

EM DISCUSSAO E, COMO NINGUEM QUIZE

DISCUTI-LA; A COLOCA EM VOTACAO PROPONDO, EM

ADITAMENTT, CASO A PROPOSTA FOSSE APROVADA, A

DESIGNAC DO DIA VINTT E SEIS DO PROXIMO MES

DE JULHO, AS DEZOITO HORAS, NESTE MESMO LOCAL,

PARA SEU PROSSEGUIMENTO A PROPOSTA, COM A

ADENDA, FORAM APROVADOS POR

UNANIMIDADE - EM SEGUIDA, A SENHORA

PRESIDENTT DECLARA A ASSEMBLEIA REUNIDA EM

CARATER PERMANENT ATE O DIA VINTE E SEIS DE

JULHO VINDOURO, SUSPENDENDO OS TRABALHOS, DOS

QUAIS FOI LAVRADA A PRESENTE ATA, QUE VAI

ASSINADA POR TODOS OS SEUS PARTICIPANTES (A)

DULCINA COELHO LESSA DE VASCONCELLOS ANTONIO

BENTO DE AMORIM FILHO, MIÑAM

GUERREIRO DE MATOS, IONS NOBREGA DE MATOS

IRACEMA REIS LESSA DE VA. CONCE11C . SERVULO

TAVARES GUERREIRO, MIGUEL SIMOES DOS

SANTOS, ABEL GONCALVES MARIA, VILSON COSTA,

GANAN IVAN SINDICIC, JOSE VILLAR TAVARES

GUERREIRO, JOAO ALVES DE MATOS, OSWALDO

VILLAR RIBEIRO DANTAS

AOS VINTE E SEIS DIAS DO MES DE JULHO

DO ANO DE MIL NOVECENTOS E SESSENTA E OITO,

AS DEZOITO HORAS, NA SEDE SOCIAL DE PINHAL

SOCIEDADE ANONIMA COMERCIO DE

AUTOMOVEIS, FOI REABERTA A SESSAO, TENDO REA- UMLDO

A PRESIDENCIA A SENHORA DULCINA COELHO

LESSA DE VASCONCELLOS E CONTINUANDO EU.

E' DADA A PALAVRA AO ACIONISTA SENHOR

NIO BENTO ANTOSECRETA-RIO. DE AMORIM FILHO, COMO

SERVULO TAVARES GUERREIRO QUE PROPOE QUE

O BALANCO, AS CONTAS DA DIRETORIA E O

PARECER DO CONSELHO FISCAL, REFERENTES AO

EXERCICIO DE MIL NOVECENTOS E SESSENTA E SETE,

FOSSEM APROVADOS COM A RESSALVA DO

PROTESTO CONSTANTE DA NOTIFICACAO JUDICIAL PELA

EMPRESA E EM CURSO PELA COMARCA DE

SANTOS, A QUAL SE ACHAVA SOBRE A MESA PARA

EXAME DOS SENHORES ACIONISTAS E FOI POR

MIM LIDA PARA CONHECIMENTO DE TODOS A

PROPOSTA FOI PSTA EM DISCUSSAO EM SEGUIDA

EMM VOTACAO, SENDO APROVADA POR

UNANIMIDADE DE VOTOS EM TODAS AS DELIBERACOES

DEIXARAM DE VOTAR OS LEGALMENTE IMPEDIDOS

POR LEI. EM SEGUIDA, PELA SENHORA

PRESIDENTE, FOI ANUNCIADA A SEGUNDA PARTE DA

ORDEM DO DIA, "CONSTANTE DA ELEICAO DOS

SENHORES MEMBROS DO CONSELHO FISCAL PARA O

EXERCICIO DE MIL NOVECENTOS E SESSENTA E OITO,

BEM COMO DOS RESPECTIVOS SUPLENTES,

PROCEDENDO-SEA T* A ELEICAO E DEPOIS DE APURADOS OS

VOTOS, VERIFICOU-SE TEREM SIDO ELEITOS, SENDO

IMEDIATAMENTE EMPOSSADOS, OS SENHORES

FERRULO TARARES GUERREIRO, MIGUEL SIMOES DOS

SANTOS E RAUL FINOCHIO, BRASILEIROS, CASADOS

TOOLS RESIDENTES E DOMICILIADOS NESTA CIDADE

DE SANTOS, E OS SENHOS MARIO EDUARDO

CAPISTRANO DOS SANTOS, RAPHAEL SAMPAIO

FILHO E TANCREDO PINHEIRO DE MORNES O

PERIMETRO SOLTEIRO, OS OUTROS CASADOS, TODOS

BRASILEIROS RESIDENTES E DOMICILIADOS NESTA

CIDADE DE SANTOS, PARA SUPLENTES, SENDO

FIXADOS EM DEZ CRUZEIROS NOVOS OS HONORARIOS

ANUAIS DE CADA MEMBRO NO EXERCICIO DA

FUNCAO FOI ANUNCIADA, EM GUILA A

FITIMA PARTE DA ORDEM DO DIA. RESERVADA A

AUNTO DE INTERESSE SOCIAL E. CORO NINGUEM

QUISESSE FAZER USO DA PALAVRA, FOI

ENCERRADA A SESSAO, DA QUAL SE LAVROU A PRESENTE

ATA QUE LIDA E APROVADA, POI" UNANIMIDADE,

VAI ASSINADA PELA SENHORA PRESIDENTE, POR

MIM E POR TODOS OS DEMAIS ACIONISTAS

PRESENTES

SANTOS, 26 DE JULHO DE 1968

A) DULCINA COELHO LESSA DE VASCONCELLOS

PRESIDENTE

A) ANTONIO BENTO DE AMORIM FILHO

DULCINA COELHO LESSA DE VASONCELLOS

IONS NOBREGA DE MATOS, IRACEMA REIS

LESSA DE VASCONCELLOS, SERVULO TAVARES

GUERREIRO, MIGUEL SIMOES DOS SANTOS, ABEL

GONCALVES MARIA, ANTONIO BENTO DE ANTAL

FILHO, VILSON COSTA, GERMAN IVAN INDICIE

JOSE VILLAR TARARA GUERREIRO, JOAO AR'EA

DE MATOS, OSWALDO VILLAR RIBEIRO DANTAS,

A PRESENTE E COPIA FIEL DO ORIGINAL

SANTOS, 26 DE JULHO DE 1968

DEINA CLH

PRESIDENTE

ANTN BENTO

SECRETARIO

JUNTA

LESSA DE VASCONCELLOS

DE AMORIM FILHO

COMERCIAL

CERTIFICO QUE A PRIMEIRA VIA DESTE

DOCUMENTO, POR DECISAO DA 4.A TURMA DE

VOGAIS, DATADA DE 23 DE OUTUBRO DE 1968, FOI

PAU-D

REGISTRADA HOJE, SOB N. 389.116 SAO

LO, 23 DE OUTUBRO DE 1968. * PERCEVAL LEITE

BRILLO SECRETARIO GERAL

ZOOTECNICA AGRARIA

SAO CONVIDADOS OS SENHORES ACIONISTAS

DESTA SOOIEDAAE A SE REDREM EM

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDIARIA EM SUA SEDE

SOCIAL, A RUA PROGRESSO N.O 219 EM SANTO

AMARO, NESTA CAPITAL, AS 10 HORAS DO DIA 29

DE NOVEMBRO DE 1968, A FIM DE TRATAREM DA

SEGINTE ORDEM DO DIA:

A) TOMAR CONHECIMENTO DA LISTA DE

SUBSCRETORES DO AUMENTO DE CAPITAL SOCIAL

APROVADO PELA ASSEMBLEIA GRAL

EXTRAORDINARIA REALIZADA EM 19 DE OUTTUBRO DE 1968;

B) MODIFICACAO PARCIAL DOS ESTATUTOS

SOCIAIS;

E) OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE SOCIAL

OTACILIO MOLAN - DIRETOR

ADMINISTRATIVO

(51.*J46 NCCRS 39,60) (9 12 13)

LARANJAL AUTOMOVEIS S/A.

ASSEMBLEIA GERAI,

EXTRAORINARIA

SAO CONVOCADOS OS. SENHORES ACIONISTAS

DESTA SOCIEDADE PARA SE REUNIRE MEM

ASSMBLEIA GERAL EXTRAORDNARIA, A

REALIZARSE NO DIA 20 DE NOVEMBRO

HORAS, EM SUA SEDE SOCIAL,

LARANJAL PAULISTA, ESTADO

RUA PRINCEZA IZABEL SNO

DISCUTIREM DELIBERAREM SOBRE

ORDEM DO DIA:

1 - APRECIAR O PEDIDO DE 1968, AS 14,00

NESTA CIDADE DE

DE SAO PAULO, A

A FIM DE

A SEGUINTE

DE DEMKSSAO DA DIRETORIA E NOMEACAO DE NOVOS DIRETORES;

2 ALTERACAO DOS ESTATUTOS SOO|IAS

3 OUTROO ASSUNTOS DE INTERESSE

SOCIAL

LARANJ PAULISTA, 7 DE NOVEMBRO DE

1968.

IRNEU FERREIRA - DIRETOR GERENTE

SERVICOS

ATA

DE

AOS VINTE E E ASSESSORIA S;A. U SERASA"

DA ASSEMBLEIA

CONSTITUICAO

SEIS DE JUNHO DE 1968

REUNIRAM-SE EM ASSEMBLEIA OS SUBSCRITORES DO

CAPITAL DA EMPRESA "SERVICOO ASSESSORIA S'A - SERASA", REPRESENTANDO A TOTALIDADE DO

CAPITAL SUBSCRITO, CONFORME LISTA DE

SUBSCRICAO DEVIDAMENTE PREENCHIDA ACLAMADO

PRESIDENTE O SR. JOAO NANTES JUNIOR CONVIDOU

ELE A MIM, ALBERTO ENMANUEL WHITAKER,

PARA SECRETARIO, DETERMINANDO INICIALMENTE

QUE * LESSE O SEGUINTE PROJETO DOS

ESTATUTOS: "CAPITULO I DENOMINACAO, SEDE,

OBJETO E DURACAO - ART. 1.O SERVICOS E

ASSE¿SORIA SIA - SERASA, CONI SEDE E FORO

NA

CAPITAL DO ETADO DE SAO PAULO, TERA

INDETERMINADO REGER-SE-A ESTE

PRAZO E POR

ESTATUTOS E PELA LEGISLACAO APLICAVEL

SO-PARAGRAFO UNICO A CRITERIO DA DIRETORIA, A

CIEADE PODERA TER FILIAIS, SUCURSAIS,

AGENCIAS OU SERVICOO EM OUTRAS CIDADES DO PAIS,

OBSERVADAS AS RESTRICOES LEGAIS A RESPEITO

ART. 2.O - O OBJETO DA SOCIEDADE *RA A

PRESTACAO DE SERVICOS AUXILIARES EM GERAL,

TAIS COMO: A) CONCEPCAO, ORGANIZACAO E

EXECUCAO DE UM SISTEMA CENTRAL CADASTRO; B)

CONCEPCAO, ORGANIZACAO E EXECUCAO DE UM

SISTEMA CENTRAL DE COMPUTACAO ELETRONICA DE

E SERVICOS; E) CONCEPCAO, ORGANIZACAO

E EXECUCAO DE UM SISTEMA CENTRAL DE

ENTREGA DE CORRESPONDENCIA E COLETA DE ACEITES; D)

ELABORACAO DE ESTUDOS E PLANOS

ECONOMICOS-FINANCEIROS E BEM ASSIM DE ORGANIZACAO

ADMINISTRATIVA PARAGRAFO UNICO PARA A

EXECUCAO DE TAIS SERVICOS, PDERA A SOCIEDADE

PRATICAR TODOS OS AT,OS NECESSARIOS,

INCLUSI

VE OS DE COMERCIO CAPITULO II CAPITAL E

ACOES ART. 3.0 TERA A SOCIEDADE O

CAPITAL AUTORIZADO DE NCCRS 460.6Q0,00

(QUATROCENTOS E SENTA MIL E SEISCENTOS CRUZEIROS

NOVOS), ART. 4.O --CADA ACAO DA

SOCIEDADE SERA DO VALOR NOMINAL DE NCCRS 1.00 (HUM

CRUZEIRO NORO ART. 5.O AS ACOES SERAO

TODAS ORDINARIAS E NOMINATIVAS ART, 6.O -A ALIENACAO DAS ACOES OBEDECERA AS

SEGUINTES REGRAS: A'* OS ACIONISTAS TERAO

PREFERENCIA PARA ADQUIRIR AS ACOES, RESPEITADA A

PROPORCAO DA PARTICIPACAO NO CAPITAL: BL O

DIREITO DO ACIONISTA DESINTERESSADO DA COMPRA

SERA DEVOLVIDO AQUELE (SL INTERESSADO ESK,

RESPEITADA A LIMITACAO DA REGRA PRCEDENTE

C* O ACIONISTA MANIFESTARA, POR ESCRITO A

DIRETORIA O DESEJO DE ALIENAR SUAS ACOES

DEVENDO A DIRETORIA, TAMBEM POR ESCRITO

CODIFICAR IMEDIATAMENTE O FATO AOS DEMAIS

ACIONISTAS, QUE TEIADO O PRAZO DE 30 (TRINTAM

DIAS PARA DECLARAR SEU INTEREASSE EM ADQUIRIR

AS ACOES; CL NAO HAVENDO NENHUMA

MANIFESTACAO DENTRO DO PRAZO DA REGRA

PRECEDENTE, PODERA O ACIONISTA OFERECER SUAS ACOES

A TERCEIROS L.O - NAS TRANSFERENCIAS DE

ACOES ENTRE ACIONISTAS, O PRECO UNITARIO NAO

ULTRAPASSARA O VALOR DO QUOCIENTE DA

DIVISAO DO ATIVO LIQUIDO PELO NUUMERO DE ACOES

EM CIRCULACAO, CONFORME ULTIMO BALANCO

PUBLICADO *1 2.0 - NOS CASOS DE CAUCAO OU EXEMPLAR DO RESPECTIVO ISTRUMENTO E,

ANTES DA ARREMATACAO OU ADJUDICACAO DAS ACOES

PENHORADAS OU CAUCIONADAS DEVERTA A

DIRETORA SER INFORMADA DO MONTANTE DO DEBITO,

LEVANDO AO CONHECIMENTO DOS ACIONISAS

PANA QUE 0,S INTERESSADOS POSSAM REMIR A

DIVIDA, COMPRANDO AS ACOES * 3.0 O

DESCUMPRIMENTO DE QUAISQUER REGRAS DESTE ARTIGO

IMPLICARA RESSARCIMENTO DE PERDAS E DANOS

CAPITULO III ASSEMBLEIA GERAI, DIRETORIA

E CONSELHO FISCAL ART. 7.O - A ASSEMBLEIA

GERAL REUNIR-SE-A, CONVOCADA AOS T RMOS DA

LEI, ORDINARIAMENTE DENTRO DE 4 (QUATRO)

MESES APOS O TERMINO DO EXERCICIO SOCIAL E

EXTRORDINARIO QUANDO EFIGIEM OS INTERESMS

OCIAVIANI EM CADA ASSEMBLEIA GERAL, OS

ACIONISTAS ESCOLHERAO PRESIDENTE E SECRETARIO,

QUE COMPORAO A MESA DIRETORA PARAGRAFO

RE-UNICO INCUMBE A DIETORA PROCESSAR

E ATAS

GISTRO, ARQUIVAMENTO PUBLICACAO DAS

DAS ASSEMBLEIA TAL COMO DISPOE A LEI. ART.

8.O A SOCIEDADE SERA ADMINISTRADA POR

AMA DIRETORIA DE 3 (TRES) MEMBROS,

ACIONISTAS OU NAO, RESIDENTES NO PAIS COM AS

SEGUINTES DENOMINACOES E ENCARGOS: I

PADIRETOR-PRESIDENTE REPRESENTAR SOCIEDADE

EM OU AS

JULZAR FORA DELE; PRESIDIR A REUNIOES

DA DIRETORRA E ORIENTAR O TRABALHO DOS

DEMAIS DIRETORES; IL DIRETOR-SUPERINTENDENTE

DENTE ELABORAR E IMPLANTAR A ESTRUTURA

ADMIISTRATIVA DA SOCIEDADE, TRACANDO A

POLIRIA DE PSOAL E DE FINANCAS E EMITINDO

NORMAS REGULADORAS DAS OPERACOE CIAIS; III

- DIRETOR DE OPERACOES DISCIPLINAR A

EXECUCAO DOS SERVICOS DE NATUREZA TECNICA,

E BEM ASSIMA ELABORACAO E EXECUCAO DOS

PROJETOS E ESTUDOS ECONOMICO-FINANCEIROS A

CARGO DA SOCIEDADE * 1.O O MANDATO DA

DIRETORIA SERA DE 2 (DOIS) ANOS, PERMITIDA A

- NO CARGO

RELECAO * 2.O A INVESTIDURA DE

DIRETOR FAR-SE-A POR TERMO PROPRIO LAVRADO

NO LIVRO DE ATAS DE REUNIOES DA DIRETORIA,

DO QUAL TAMBEM CONSTARAO TERMO DE

CAUCAO DE I0 (DEZ) ACOES DA SOCIEDADE, PROPRIAS

OU DE TERCEIRO, COMO GARANTIA DA GESTAO

DE CADA DIRETOR, AS QUAIS .SO PODERAO SER

LIBERADAS QUANDO TT A ASSEMBLEIA GERAL APROVAR

CONTAS E ATOO DO RESPECTIVO DIRETOR * 3.O -OS DIRETORES TERAO REMUNERACAO FIXADA NA

MESMA ASSEMBLEIA QUE OS ELEGER ART. 9.0.

- COMPETE A DIRETORIA: A) EXERCER TODOS

OS PODERES E ATRIBUICOES QUE A LEI LHE

CONFERE NO SENTIDO DE ASSEGURAR O

FUNCIONAMENTO REGULAR DA SOCIEDADE, B) FIRMAR

CONTRATOS QUE OBRIGUEM A SOCIEDADE E BEM ISSII

EMITIR, ACEITAR OU ENDOSSAR CAMBIAIS,

CHEQUES, DUPLICATAS OU QUAISQUER OUTROO

TIRULOS DE CREDITO; E) COMPRAR, VENDER OU

ONERAR BENS MOVEII OU IMOVEIS E BEM ASSIM

SUBSCREVER COTAS OU ACOES - DE OUTRAA

SOCIEDADES, D) NOMEAR PROCURADORR *AD NEGOTIA"

OU *AD JUDICIA"; E) DAR QUITACAO,

TRANSGIR OU CELEBRAR COMPROMISSO PARA DECISOES

ARBITRAIS; 1) REGULAMENTAR, EM DOCUMENTO

PROPRIO, AS ATIVIDADES SOCIAIS, SEJA DO PONTO

DE VISTA DA ORGANIZACAO INTERNA, SEJA DO

PONTO DE VISTA DO RELACIONAMENTO COM A

CLIENTELA * 1.O AS ATIVIDADES PREVISTAS

NAS LETRAS (BL (E), (D) E (E) SERAO EXERCIDA

MEDIANTE ASSINATURAS SEMPRE DE 2 (DOIS)

DIRETORES, UM DOS QUAIS O DIRETOR-PRESIDENTE

A ALIENACAO E ONERACAO DE BENS IMOVEIS

DEPENDE, EM CADA CASO, DE AUTORIZAC_AO DA

ASASEMBLEIA GERAL * 2.O DEPENDERA DE

DELIBRACAO DA DIRETORIA, EM REUNIAO REGULAR DE

QUE SEJA LAVRADA ATA PROPRIA A AUTORIZACAO

A DIRETOR OU A TECNICO ESPCIALMENTE

ESCOLHIDO, PARA REALIZAR VIAGENS DE ESTUDO OU

NEGOCIO AO EXTERIOR * 3.O A DIRETORIA

PODERA DISTRIBUIR LUCROS, AO LONGO DO

EXERCICIO, AD REFERENDUM DA ASSEMBLEIA GERAL,

DESDE QUE PROCEDA A LEVANTAMENTO DE

BALANCO REGULAR * 4.0 HAVENDO VAGA NA

DIRETORIA, SERA CONVOCADA UMA ASSEMBLEIA

GERAL PARA PREENCHE-LA, E O DIRETOR ELEITO

COMPLETARA MANDATO DAQUELE SUSBTITUIDO

ATE A REALIZACAO DA MENCIONADA A¿SEMBLEIA,

O DIRETOR-SUPERINTENDENTE ACUMULARA AS

FUNCOES DO CARGO VAGO SE A VACANCIA FOR

DO DIRETOR-SUPERINTENDENTE OS DEMAIS

DIRETORES DIVIDIRAO ENTRE SI AS RESPECTIVAA

ATRIBUICOES ART. 19.O O CONSELHO FISCAL, COM

PODERES E ATRIBUICOES PREVISTOS EM LEI,

COMPOR-SE-A DE 3 (TRES) MEMBROS EFETIVOO E DE

3 TRABS SUPLENTES, RESIDENTES N.O PAIS,

ELEITAS ANUALMENTE PELA ASSEMBLEIA ORDDNARIA.

QUE LHES FIXARA A REMUNERACAO: CAPITULO IV - DISPOSICOES ESPECIAIS - ART. 11.O A

EMISSAO E COLOCACAO DAS ACOES, ATE O LIMITE

DO CAPITAL AUTORIZADO, SE FARA POR

DELIBERACAO DA DIRETORIA, OUVIDO O CONSELHO FISCAL

ART. 12.0 AS ACES SO PODERAO SER

EMITIDAS PARA PAGAMENTO EM DINHEIRO, SALVO

AUTORIZACAO EXPRESSA DA ASSEMBLEIA GERAL

ART. 13.O A DIRETORIA, AO DELIBERAR A

EMISSAO E COLOCACAO DE ACOES, TOMARA

MEDIDAS PARA ASSEGURAR A PREFERENCIA DOS

ACIONISTAS A SUBSCRICAO, RESPEITADAS AS NORMAS

DO ART. 6.0 CAPITULO V - EXERCICIO SOCIAL,

REGIME FINANCEIRO E LIQUIDACAO ART. 14.O

O EXERCICIO SOCIAL TERA INICIO A 1.O DE

JANEIRO TERMINO 31 DE DEZEMBRO DE CADA

E A

ANO E. A *U CAIRO, OBSER'ADAS AS NORMAS

LEGAIS, SERA LEVANTADO BALANCO GERAL

PATRIMINIAL E DE RESULTADOS ART. 15.0 APOS AS

NECESSARIAS AMORTIZACOES OU DEPRECIACOES, OS

LUCROS SERAO ASSIM DISTRIBUIDOS: 5% (CINCO

POR CENTO) PARA O FUNDO DE RESERVA LEGAL ATE

PELO MENOCE O LIMITE EXIGIDO EM LEI; O

REMANESCENTE TERA SUA DISTRIBUICAO APROVADA

PELA ASSEMBLEIA GERAL CONSANTE PROPOSTA

DA DIRETORIA E PARECER DO CONSELHO FISCAL

ART. 16.O A ,SOCIEDADE ENTRARA EM

LIQUIDACAO NOS * CASOS PREVISTOS EM LEI,

COMPETINDO A ASEMBLEIA GERAL ELEGER O LIQUIDANTE E

DETERMINAR A MODALIDADE DA LIQUIDACAO

FEITA A LEITURA, DI.SSE O ÆNHOR PREMENTE

QUE CONSULTAVA A CASA SOBRE O TEXTO DO

PROJETO NINGUEM DESEJANDO MANIFESTAR-SE, FOI

O PROJETO POSTO CM VOTACAO E UNANIMEMENTE

APROVADO DISSE ENTAO O PRESIDENTE QUE A

ASSMBLEIA DEVIA ELEGER A DIRETORIA E OS

MEMBROS E SUPLENTES DO CONSELHO FISCAL PEDIU

FOSSA O E

PALAVRA SR. PEDRO CONDE PROP&S

SE DEIXADO VAGO O CARGO DE DB ETOR DE

OPERACOES COLOCADA EM DISCUSSO A PROPOSTA E

EM SEGUIDA EM VOTACAO, FOI UNANIMEMENTE

APROVADA TOMADOS ENTAO O,S VOTOS, VERIFICCO

COU-SE HAVEREM SIDO ELEITOS: PARA

PRESIDENTE, O DR. GERALDO DE CAMARGO VIDIGAL, BRAS|°

LEBOI CASADO, PROFESSOR UNIVERSITARIO

RESIDENTE A RUA EVANGELISTA RODRIGUES,

114, NESTA CAPITAL; PARA

SUPERINTENDENTE O DR. WALTER DERTINATI,

BRASILEIRO CASADO, ADVOGADO, RESIDENTE

A RUA PROF. MACEDO SOARES, 247, NESTA

CAPITAL; PARA MEMBROS DO CONSELHO FISCAL,

OS SRS FANCISCO BARETO BRASILEIRO,

CASADO, BANQUEIRO, RESIDENTE A RUA ZEQUINHA DE

ABREU, 193, NESTA CAPITAL, FRANCISCO

MUNHOZ FILHO BRALEIRA CASADO, BANQUEIRO,

RESIDENTE *T AV. BRASIL, 1008, NESTA CAPITAL;

E FUJIO TACHIBANA, BRASILEIRO NATURALIZADO,

CASADO, BANQUEIRO, RESIDENTE A RUA

ACARASTE 184. NESTA CAPITAL E PARA SUPLENTES OS

SFS MURILLO MACEDO, BRASILEIRO, CASADO,

BANQUEIRO, RESIDENTE A RITA MORAS, 341. NESTA

CAPITAL, PEDRO CONDE, BRASILEIRO

NATURALIZADO, CASADO BANQUEIRO, RESIDENTE A RUA

E

LESSA, SUIS271. NESTA CAPITAL ELOY FONTES

SA. BRASILEIRO, CASADO, ADVOGADO, RESIDENTE

A RUA 9 DE JULHO 581. NESTA CAPITAL

POR PROPOSTA DO SR. ADERALDO DE MORAES E

APROVACAO UNANIME FOMN FIXADOO EM NCR$

500.00 METMAKS OS HONORARIOO DO

DIRETORPRESIDENTE; EM NCR$ 3.500,00 MENSAIS, OS DO

DIRETOR-SUPERINTENDENTE; E EM NCR$ I0,00

OS DOS MEMBRO DO CONSELHO FISCAL POR

SESSAO A QUE COMPARECEREM NADA MAIS

HAVENDO A TRATAR, O SENIR PRESIDENTE

DESCALOU ENCERRADA A SEDE-SAO LAVRANDO-SE ESTA ATA.

P* BANCO FEDERAL ITAU SUL-AMERICANO S'A.

DR. JOAO NANTES JUNIOR-DIRETOR PA

BANCO COMERCIAL DO ESTADO DE SAO PAULO FS A.

DR. ALBERTO EMMANOEL WHITAKER DIRETOR, -PI BANCO ECONOMIA DE SAO

ANTONIO RIBEIRO DOS SANTOS

BANCO INDUSTRIAL DE CAMPINA

DR. EDSON DE BARROS

BANCO MERCATIL E INDUSTRIAL

PAUIO SFI DR. OTTORINO MARINI

BANCO BOAVISTA DE SAO PAULO

ORLANDO AUGOSTINHO BEGHELLI

BANCO GERAL *LO COMERCIO SIA

PAULO - S:A.

CONTADOR, PI

GRANDE SIA, PL

FERREIDIRETOR

DE SAO

DIRETOR, PI

S A. DR.

DIRETOR, PI

DR. PAULO DE CARVALHO - DIRETOR VICE-PRESIDENTE, PI

BANCO F. BARRETTO SIA DR. LUIZ DE FIGUEI-

REDO BARRETTO DIRETOR, P'. BANCO

BRASILEITO DE DESCONTOS SFA DR. RAUL PIRATELII

INDUS TRIA DE SAO PAULO S:A. DR. JUSTO PINHEIRO DA

DIRETOR, PL BANCO COMMERCIO E

FONSECA DIRETOR, DR. THOMAZ GREGORI -

GERENTE PI BANCA FRANCES E BRASILEIRO

SIA DR. BRUNO LONEL DIRETOR, PJ

CO BRIZZO SA. SR. SIZUO VARGA CARINO

CONTADOR, PL BANCO ECONOMICO DA BAHIA

SIA DR. FERNANDO NORONHA GERENTE, DR.

ADOLFO MELFI FILHO - GERENTE, PI BMICO

BANDEIRANTES DO COMERCIO S!A. DR. PAULO

AUGUSTO DE LIMA DIRETOR, PI BANCO

ADRADE ARNAUD SFA DR. I CIO RALSTON DA

FONSECA DIRETOR, PL BANCO DO GRANDE SAO

PAULO SFA DR. FRANCISCO MUNHOZ FILHO -DIRETOR, PI BANCO MERCANTIL DE MIN

GERAIS S!A. DR. JOSE GERNILDO MIGUELETO

DIRETOR, PI BROMO DA AMERICA SIA DR.

ESTAB

BELAR TEIXEIRA DIRETOR, P* BANCO DO

DO DE SAO PAULO S[A. DR. JOEDE GALATE

RODRIGUES PROCURADOR, PJ BANCO NOVO

MUNDO SA. DR. JOSE PEREIRA FERNANDES DI-

RETOR, PL BANCO AUXILIARDE SAO PAULO SIA,

DR. RODOLFO MAREO BONFIGLIOLI DIRETOR,

P: BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

SA. DR. HERCILIO ROSA GERENTE, PL UNIAO

DOS BANCOS BRASILEIRODE SIA DR. ARMANDO

AFONSO DE LIMA VITULIO DIRETOR, DR.

DARIO CAMPESTRINI DIRETOR, PL BANCO

MERCANTIL DE SAO PAULO S'A. SR. PAULO

SANDOVA GERENTE DA SECCAO DE VALORES, PI

BANCO NORSE DO ESTADO DE SAO PAULO

SIA DR. MAÑO WALLACE SIMONSEN COCHO

RANE DIRETOR, P: BANCO AMERICA DO SUL

SA. FUJIO TACHIBANA DIRETOR, SHINITI

ALBA DIRETOR PL BANCO ITAMARATI SFA DR.

SALVADOR APPARECIDO GUALTIERI DIRETOR,

P* BANCO COMERCIO E INDUSTRIA DE MINAS

GERAIS DR.

SRA JOSE GERALDO PALADINO

SUB-GERENTE BANXCO

P2 CREDITO REAL DE 5*I-

GERAIS SRA DR. ALBERTO MORETI

DINAS

RETOR, PI BANCO NACIONAL DO CMERCIO DE

SAO PAUTO SRA DR. GRGORIO PAES DE

ALMEIDA FILHO DIRETOR, PI BANCO

FINANCIADOR DA INDUSTRIA E COMERCIO SRA SR.

HENRIQUE ANTONIO LOTTI DIRETOR, PL

LUCCO LAR BANCOBRASILEIRO SIA DR. RICARDO DE

CA DIRETOR, P* BANCO HOLANDES UNIDO

S A. DR. C. J. VAN BEDRKOW - DIRETOR, SR,

F. J. BEKKER - GERENTE, PI BANCO

,MERCANTIL DE DESCONTOS S A. DR. ADIB ZARZUR

SIADIRETOR, P'PIRES BANCO BRASUL DE SAO PAULO

DR. JOSE DE OLIVEIRA DIAS - DIRETOR,

PL BANCO DE SAO PAULO S.D. DR. CORINTHO

GOULART DIRETOR, P: BANCO

INTERCONTINENTAL DO BRASIL SA. DR. GIORGIO STECHER

GRANDE DO SUL S'A. DR. PLACIDO PONZI

RIO

DIRETOR, P* BANCO DA PROVINCIA DO

DIRETOR, PL BANCO 'DE CREDITO NACIONAL SA,

MER—

DR. PEDRO CONDE DIRETOR, PL BANCO

CANTIL PAN-AMERICANO SA. DR. CARLOS

BERRINGER DIRETOR, PL BANCO DO COMERCIO

DIRE-IMPORTADOR S'A. DR. JOSE CELANT

TOR. P BANCO IRMAOS GUIMARAES SIA DR.

AN-- MONTEIRO DE

NILO MEDINA COELI DIRETOR, PI BANCO

TONICO DE QEIROZ SA. DR. LUIZ

FI--

CARVALHO E SILVA DIRETOR P* BANCO

NANCIONAL DE MATO GROSSO S'A. SR. JULIATO

VASCONCELOS GERENTE PI BAL'CO ALFOMBRARES

S A. DR. SALVADOR SOARES DE ARRUDA

DIRETOR SR. REGINO LESMES VALLE

RENTE PL BANCO RENASCENCA

GESA SR.* JULIO

- DIRETOR,

REGIONAL

LIFSCHITZ DIRETOR PL BANCO

S A. DR. JAIME MICHAAN CHALAM

P BANCO NACICONAL DE SAO PAULO S'A. DR,

ECOEL«IO DE BIRROS GERENTE, PL BANCO

T OMICO DE SAO PAULO SIA DR. JOSE

FELISA DIRETOR, P BANCO DE SAO CAETANO

DO SUL S A. DR. CELSO WLADNIR MARCHEZAN

DIRETOR, P BANCO DO ESTADO DE MINAS

G(.RAIS S A. DR. MARIO DE OLIVEIRA FILHO -DIRETOR P BANCO PORTUGUES DO BRASIL S'A.

DR. IRANY FERREIRA MARTINS DIRETOR DR.

BONANGELO ORESTES BARBUY DIRETOR PL

CO DA BAHIA S'A. DR. PAULO GI]BERTO

HUMBERG DIRETOR