Página 3 da Empresarial do Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOSP) de 25 de Março de 2003

Por que esse conteúdo está aqui?
O Jusbrasil não cria, edita ou altera o conteúdo exibido. Replicamos somente informações que foram veiculadas pelos órgãos oficiais.Toda informação aqui divulgada é pública e pode ser encontrada, também, nos sites que publicam originalmente esses diários.

URBANIZADORA MUNICIPAL S/A - URBAM

CNPJ - Nº 45.693.777/0001-17

Comunicamos aos senhores acionistas da Urbanizadora Municipal S/A -URBAM, que as demonstrações financeiras, o balanço patrimonial e o parecer dos auditores, referentes ao exercício de 2002, estão à disposição de V.Sas. à Rua Ricardo Edwards, n.º 100 - Vila Industrial - São José dos Campos, 25 de março de 2003. Sérgio de Oliveira Alves - Presidente do Conselho de Admi-

nistração. (25, 26 e 27)

PROCOTIA IND. E COMº DE

ASFALTO S.A.

PROC. ADM. Nº 010/03 - LICIT. DISP., INC. V, ART. 24 DA LEI FEDERAL Nº 8.666/93.

A Procotia Indústria e Comércio de Asfalto S.A., torna pública a Dispensa de Licitação que faz com fundamento no inc. V do art. 24 da Lei Federal nº 8.666/93, para aquisição de 10 toneladas/mês de óleo combustível-1A, pelo período de 12 (doze) meses.

Joaquim Pereira da Silva - Diretor Presidente.

(A debitar) (25)

EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTES E

TRÂNSITO DE SANTO ANDRÉ - EPT

ATOS DO SUPERINTENDENTE

Homologação e Adjudicação: Tomada de Preços nº 001/03, processo administrativo nº 9623/02/A, aquisição parcelada de bica corrida. HOMOLOGO o procedimento licitatório, nos termos da Lei Federal nº 8.666/93 e alterações posteriores, ADJUDICANDO o seu objeto à Empresa PEDREIRA SARGON LTDA., no valor global de R$ 189.600,00 (cento e oitenta e nove mil, seiscentos reais). Santo André, 20 de março de 2003. Epeus Pinto Monteiro - Superintendente.

(A debitar) (25)

CNPJ (MF). 44.602.720/0001-00

AVISO AOS ACIONISTAS

Acham-se à disposição dos acionistas, na sede social da Empresa, situada na Avenida Anchieta, nº 200, 15º andar, Centro, Campinas/SP, os documentos a que se refere o artigo 133 da Lei nº 6.404/76, relativos ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2002.

Campinas, 21 de março de 2003.

Marcos Pimentel Bicalho

Diretor Presidente e Presidente do Conselho de Administração

SOCIEDADE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E

SANEAMENTO - SANASA CAMPINAS

REVOGAÇÃO

Tomada de Preços n. 02/2003 - Objeto: Prestação de serviços de engenharia para instalação completa de 13 (treze) estruturas de controle no sistema de distribuição de água no município de Campinas, com fornecimento de materiais, equipamentos e mão-deobra. Comunicamos aos interessados a revogação do presente processo licitatório, de acordo com o artigo 49 “caput” da Lei n. 8.666/93, tendo em vista que a única proposta apresentada foi desclassificada.

José Roberto Biajoli - Presidente da Comissão de Julgamento.

(A debitar) (25)

COMPANHIA DE PROCESSAMENTO

DE DADOS DO MUNICÍPIO DE

SÃO PAULO - PRODAM - SP

CNPJ/MF nº 43.076.702/0001-61

AVISO

Encontra-se à disposição dos Srs. Acionistas na sua sede social, sita no Pavilhão “Engenheiro Armando de Arruda Pereira”, no Parque do Ibirapuera, nesta Capital, os documentos a que se refere o artigo 133 da Lei nº 6.404/76, relativos ao exercício de 2002. São Paulo, 20 de março de 2003.

(22-25)

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE

CAMPINAS S.A. - CEASA CAMPINAS

CNPJ nº 44.608.776/0001-64

AVISO DE LICITAÇÃO

CONCORRÊNCIA Nº 01/2003 - PROTOCOLO Nº C.024.01.2003 - TIPO DE LICITAÇÃO : MENOR PREÇO

A CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS,

torna público para conhecimento de interessados que acha-se aberta a Licitação referente ao protocolo nº C.024.01.2003, na modalidade Concorrência, regida pelas disposições da Lei 8.666/93, com suas alterações posteriores e atendidas as disposições constitucionais e as demais aplicáveis à matéria, que será processada na conformidade das exigências e condições estabelecidas no presente Edital, visando a contratação de empresa para construção no interior da Campinas, com fornecimento de material e mão de obra, de uma usina geradora de energia elétrica a óleo diesel. A presente Licitação será processada e julgada pela Comissão de Licitação nomeada para essa modalidade, na conformidade do disposto no art. 51 da Lei de Licitações. Os envelopes A e B, deverão ser entregues na sala nº 27 do prédio da administração da Ceasa/Campinas, sito a Rod. D. Pedro I, Km. 140,5, pista norte, Campinas/SP, até as 16:00 hs. do dia 24/04/2003. Após a hora e data estabelecidas, não mais serão aceitos quaisquer outros documentos. A abertura dos envelopes ocorrerá no dia 25/04/2003 às 14:00 hs.

Mário Antonio de Moraes Biral - Diretor Presidente.

(A debitar) (25)

DC Indústria e Comércio de Artefatos de Laminados Ltda. EPP, torna público que requereu da CETESB a Licença de Instalação para atividade Indústria de Artefatos de Laminados Plásticos e Sintéticos e Comércio de Artefatos de Laminados Plásticos e Sintéticos na Av. Francisco Gaiotto, 374, Cerquilho - S. P.

TUCO - INDÚSTRIA DE AUTOMAÇÃO MECÂNICA PARA

VEÍCULOS ESPECIAIS LTDA, torna público que recebeu da CETESB a Licença Instalação n.º 06001926 para atividade de Indústria de Automação Mecânica para Veículos Especiais, no local denominado Rodovia Mario Batista Mori s/n KM 34, Lagoa Vermelha, Tatuí -S.P.

TUCO - INDÚSTRIA DE AUTOMAÇÃO MECÂNICA PARA

VEÍCULOS ESPECIAIS LTDA, torna público que recebeu da CETESB a Licença Prévia n.º 06000049 para atividade de Indústria De Automação Mecânica Para Veículos Especiais, no local denominado Rodovia Mario Batista Mori s/n KM 34, Lagoa Vermelha, Tatuí -S.P.

JOSÉ PEREIRA DA SILVA E OUTROS, torna público que requereu à CETESB Proc. Nº 06/00088/03, a Licença de Instalação para DESMEMBRAMENTO, no Imóvel Objeto da Mat. Nº 6.342, localizado com frente para a José Baptista, fundo para a Avenida Raymundo Nonato Leite - Bairro dos Paulas e Mendes - Piedade - SP.

PRATA IND. E COM. DE METAIS LTDA ME, torna público que recebeu da CETESB a Licença Prévia nº 07000040 e está requerendo a Licença de Instalação para fundição de metais não ferrosos, na Estrada Vicinal Flávio Fonseca, Km 04, Fazenda Monte Alegre, Pratânia-SP.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ELEIÇÃO PARA

RENOVAÇÃO DA DIRETORIA - TRIÊNIO DE 2003/2006.

O Sindicato dos Trabalhadores na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e Similares de Ribeirão Preto e Região, CNPJ 56.885.908/0001-84, situado na Rua Camilo de Matos, 273 - Bairro: Campos Elíseos, CEP: 14.085-340 - Ribeirão Preto/SP, pelo presente Edital e conforme prevê o artigo 42 do Estatuto Social da Entidade, faz saber que serão realizadas eleições para renovação da Diretoria, observando o seguinte:

1) As eleições serão realizadas em primeira convocação nos dias 28 e 29 de Abril de 2003, nos horários compreendidos entre 8:30hs às 17:00hs; Não havendo o quorum (50% mais 1 dos eleitores) será convocada novas eleições no prazo de quarenta dias.

2) A coleta de votos será feita por intermédio de urnas itinerantes indicadas pela Comissão Eleitoral e por uma urna fixa na sede do Sindicato.

3) O prazo para registro de chapas será de 15 (quinze) dias a contar da publicação deste edital.

4) As inscrições de chapa serão feitas diretamente na secretaria do Sindicato em sua sede, com funcionamento das 9:00hs às 17:00hs. de segunda a sexta feira.

O presente edital encontra-se também fixado na sede da entidade onde os interessados podem obter outras informações.

Ribeirão Preto 25 de Março de 2003.

Rogério Ferreira Ubine

Presidente SINTECT

SINDICATO DOS PROFESSORES DE SANTO ANDRÉ,

SÃO BERNARDO DO CAMPO E SÃO CAETANO DO SUL

Edital de convocação das Assembléias Gerais Extraordinárias dia 29/03/2003

O Presidente do Sindicato dos Professores de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul - SINPRO ABC, no uso dos poderes que lhe são conferidos pelo Estatuto Social, convoca todos os professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio, Técnico e Profissionalizante, Cursos Livres, Cursos Supletivos, Cursos Preparatórios para Vestibulares, Academias, Clubes Esportivos, SESI, SENAI e Ensino Superior da Rede Privada de Ensino de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul e qualquer outro que tenha função de professor e trabalhe na base territorial deste sindicato, em pleno gozo de seus direitos sindicais, compareçam às Assembléias Gerais Extraordinárias que irão se realizar na Fundação Santo André no Auditório da FAFIL, à Rua Príncipe de Gales, s/n - Bairro Príncipe de Gales - Santo André, no dia 29 de março de 2003, nos seguintes horários: Professores do Ensino Superior - em primeira convocação às 11h e em segunda convocação as 12horas; Professores de Educação Básica - em primeira convocação as 11h30min., e em segunda convocação às 12h30min.; Professores do SESI/SENAI - em primeira convocação às 12 horas e em segunda convocação às 13horas. Tais assembléias têm como finalidade: a) análise, discussão e deliberação sobre as contra-propostas patronais; b) concessão de poderes à diretoria para suscitar dissídio coletivo e c) proposta de mobilização. Santo André, 17 de março de 2003 - Célia Regina Ferrari - Presidente.

SINDICATO DOS PROFESSORES DE SANTO ANDRÉ,

SÃO BERNARDO DO CAMPO E SÃO CAETANO DO SUL

Edital de convocação das Assembléias Gerais Extraordinárias dia 29/03/2003

O Presidente do Sindicato dos Professores de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul - SINPRO ABC, no uso dos poderes que lhe são conferidos pelo Estatuto Social, convoca todos os professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio, Técnico e Profissionalizante, Cursos Livres, Cursos Supletivos, Cursos Preparatórios para Vestibulares, Academias, Clubes Esportivos, SESI, SENAI e Ensino Superior da Rede Privada de Ensino de, São Bernardo do Campo e qualquer outro que tenha função de professor , em pleno gozo de seus direitos sindicais, compareçam às Assembléias Gerais Extraordinárias que irão se realizar na Câmara Municipal de São Bernardo do Campo, à Praça Samuel Sabatini, 50 - Centro de São Bernardo do Campo, no dia 29 de março de 2003, nos seguintes horários: Professores do Ensino Superior - em primeira convocação às 9h30min. e em segunda convocação às 10h30min.; Professores de Educação Básica - em primeira convocação as 10h00min., e em segunda convocação às 11h00min.; Professores de SESI/SENAI - em primeira convocação às 10h30min. e em segunda convocação às 11h30min. Tais assembléias têm como finalidade: a) análise, discussão e deliberação sobre as contra-propostas patronais; b) concessão de poderes à diretoria para suscitar dissídio coletivo e c) proposta de mobilização. Santo André, 17 de março de 2003 - Célia Regina Ferrari - Presidente.

SINDICATO DOS PROFESSORES DE SANTO ANDRÉ,

SÃO BERNARDO DO CAMPO E SÃO CAETANO DO SUL

Edital de convocação das Assembléias Gerais Extraordinárias dia 29/03/2003

O Presidente do Sindicato dos Professores de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul - SINPRO ABC, no uso dos poderes que lhe são conferidos pelo Estatuto Social, convoca todos os professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio, Técnico e Profissionalizante, Cursos Livres, Cursos Supletivos, Cursos Preparatórios para Vestibulares, Academias, Clubes Esportivos, SESI, SENAI e Ensino Superior da Rede Privada de Ensino de, São Caetano do Sul e qualquer outro que tenha função de professor , em pleno gozo de seus direitos sindicais, compareçam às Assembléias Gerais Extraordinárias que irão se realizar na Câmara Municipal de São Caetano do Sul, a Av.Goiás, 600 - Centro de São Caetano do Sul, no dia 29 de março de 2003, nos seguintes horários: Professores do Ensino Superior - em primeira convocação às 8h. e em segunda convocação as 9horas; Professores de Educação Básica - em primeira convocação as 8h30min., e em segunda convocação às 9h30min.; Professores de SESI/SENAI - em primeira convocação às 9horas e em segunda convocação às 10horas. Tais assembléias têm como finalidade: a) análise, discussão e deliberação sobre as contra-propostas patronais; b) concessão de poderes à diretoria para suscitar dissídio coletivo e c) proposta de mobilização. Santo André, 17 de março de 2003 - Célia Regina Ferrari - Presidente.

THALISMÃ PARAFUSOS IND E COM LTDA ME, torna público que recebeu da CETESB, a Licença de Operação nº 30002069 com validade até 06/03/2007 para desenvolver atividade de usinagem de peças plásticas à Av. Afonso de Sampaio e Souza nº 558 Jardim N.S. do Carmo - Itaquera - SP.

Chele Estamparia e Ferramentaria Ltda ME, CNPJ 05.448.115/0001-67 torna público que requereu na CETESB, a Licença Previa e de Instalação para estamparia e ferramentaria na Rua John Speers, 1494 - Jd. Helian SP/SP - CEP 08265-040.

Moduline Industrial Ltda torna público que recebeu da CETESB, a Licença de Instalação nº 30002120 e requereu a Licença de Operação para fabricação de artefatos plásticos para uso doméstico, à Rua Campinas do Piauí, 855 - Vila Carmosina - Itaquera - São Paulo.

Hollbras Equipamentos Industriais Ltda me. Torna público que requereu da CETESB a Licença Previa e de Instalação para fabricação de Maquinas e Equipamentos para industria alimentar - inclusive peças sitoa Rua Oneda nº 483 - B. Planalto - S.B.C - S.P.

Hontech Ltda me. Torna público que requereu da CETESB a Licença Prévia e de Instalação para a fabricação de peças brunidoras sito a Av. Marginal Direita nº 137 - Prédio B. - Rudge Ramos - S.B.C - S.P.

Joiha Ind e Com Ltda Epp. Torna público que recebeu da CETESB a Licença Prévia 60000011e de Instalação 60000280 e requereu a Licença de operação p/ ind. e com. de bombas submersas p/ poços e peças p/ as mesmas, peças e equip. p/ construção a R O. da Silveira Franco 270 S.P.

Transfermatic Industria e Comercio Ltda Epp. Torna público que requereu da CETESB a Licença Previa e de Instalação para a atividade de montagem de máquinas e usinagem em geral sito a Av. Dr. Vital Brasil - Vila Santa Luzia - S.B.C - S.P.

MELPIS IND. E COM. DE AUTO PEÇAS LTDA ME torna público que recebeu da CETESB a Lic. Operação.33001179, com data de validade 17/03/2007,p/ativ. Fabr.material elétrico p/veíc, exc. baterias, sito à R. Maria Clotilde Martins Rocha, 799, Jardim Itapura, S.P.

ELETROPLASMA IND E COM. DE AÇOS LTDA torna público que requereu da CETESB a Licença de Instalação/ Prévia,p/a ativ.de indústria e com de aços e metais, oxicorte,soldas em geral, importação e exportação, sito à R. Rio de Janeiro, 319, Jd. Ruyce, Diadema, S.P.

BOQUEIRÃO PRAIA CLUBE - CNPJ 66.502.097/0001-49. Alteração de Títulos, Artigos e Parágrafos do Estatuto Social.

Acapulco Ltda (em liquidação). Henrique João de Freitas,na qualidade de liquidante da Sociedade em epígrafe, atendendo às disposições do artigo 1.103,nº 1 e seu parágrafo único,da Lei 10.406/2002 dá notícia da dissolução,liquidação e extinção da mesma.

CONFORT POSTO E SERVIÇO LTDA., torna-se público que requereu na CETESB a Licença Previa p/ Posto de Abastecimento de Combustível, situado na Av. 300 - Lt. 01 - Qd. YA, Thermas de Santa Bárbara - Águas de Santa Bárbara. SP

NEIDE MONARI DOMARCO-EPP, torna publ. q/req. na CETESB a Liç./Previa/Inst. p/Fabric. de Calçados por conta Prop. e de Terceiros a Rua Lourenço Prado nº 1389 - Centro em Jaú/SP.

ANDREIA CRISTINA FASHION COMERCIO DE CALÇADOS

LTDA-ME, torna publ. q/req. na CETESB a Liç.Inst/Previa p/Fabric. de Calçados a Rua Agricio Sgarbi nº 261 - Jd Novo Horizonte em Jaú/SP.

Tamborim & Crivelari Ltda ME., torna público que recebeu junto à CETESB, a Licença de Instalação n.º 04001370, e solicitou Licença de Operação para extração de argila, na Fazenda Bela Vista, Zona Rural, Tambaú - SP.

BMA Borrachas Monte Alto Ltda, torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação nº 4001212, para indústria de artefatos de borracha e plástico na Estrada Municipal Bairro Rural de Areias km 2, Monte Alto, SP.

Fenix Indústria e Comércio de Eletrodos Ltda, torna público que requereu à Cetesb a Licença Prévia e de Instalação, para atividade de fabricação e comércio de eletrodos para solda na Rua Fausto Rafael Gaiofato, 120, Distrito Industrial - Sertãozinho - SP.

Sibronze Fundição Ltda, torna público que requereu da CETESB a Licença de Instalação, para atividade de produção de Peças Fundidas Met. não Ferrosos, sito a Rod. SP-330 Anhanguera Km. 383, Marg. Direita-Município de São Joaquim da Barra - SP.

José Eurípedes Queiroz & Cia Ltda ME, CNPJ 05166655/0001-58, torna público que recebeu da CETESB a Licença de Funcionamento n.º 4001182, para a atividade de Fabricação de Vassouras, Rodos, Escovas e Semelhantes, e Comércio de produtos de Higiene, Limpeza e Conservação, à Rua Itanhaém, 2389, Vila Elisa, Ribeirão Preto - SP. AV DECORAÇÕES-Móveis em Geral Ltda-ME, torna público que recebeu da CETESB/Osasco a Lic. de Instalação nº 32001360 de 11.11.2002 e requereu a Lic. de Operação p/ marcenaria , à R. Dolores Romero, 29- Jd. Mituzi -Taboão da Serra-SP.

Edital de Convocação - Assembléia Geral Extraordinária - Pelo presente Edital o Sindicovãns - Sindicato dos Condutores de Micro Ônibus e Vãns Autônomos da Capital do Estado de São Paulo, convoca toda a diretoria e associados e profissionais da categoria para a Assembléia Geral Extraordinária a era realizada no dia quatro (4) de abril de 2003, as l8:00 na sede social estabelecida na Av. Nordestina 4313 - Vila Curuçá - São Miguel Paulista São Paulo - SP a fim de atender a pauta com os seguintes itens l) Ratificar a criação da Entidade, 2) ratificar a base territorial pretendida e 3) ratificar a categoria, de acordo com determinação do Cadastro Nacional de Entidades Sindicais. Presidente - Ananias Lucas dos Santos

GM POWERTRAIN LTDA torna público q/ requereu à CETESB à licença de instalação de novas salas p/teste de motores. Fabr. de Cam., Caminhon. e Utilit., à Av. General Motors, 1.959 - Jd.Motorama - São José dos Campos - SP.

Maria da Conceição de Souza Ogundairo ME torna púb. que recebeu da Cetesb a Licença prévia 42000020 e Licença instalação 420000642 e requereu a licença de operação p/ ind. e com. de bijuterias à R. Herminio Formigari nº 42 Limeira - SP

VIP CADEIRAS INDUSTRIA E COMERCIO LTDA, torna público que requereu da CETESB a Licença Previa e de Instalação para atividade de Industria e Comercio de móveis, situados a Rua Trento, 161 - Vila Nova Trieste - Jarinu/SP.

Rettec Reprod. Gráf. Traduções e Edições Científicas Ltda, torna público que recebeu da CETESB a Licença de Funcionamento Parcial nº 31000380 para desenvolver atividade de Indústria Gráfica à Rua Xavier Curado, 388 - Ipiranga, São Paulo-SP.

ANABRASIL COMERCIAL LTDA, torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação nº 33001175, com validade até 13/03/2007 para a Comercialização, Distribuição, Importação e Exportação de Adesivos, Vedantes, Colas, Silicone, Lubrificantes, Juntas e Acessórios para Indústria e Consumo de Varejo, à Rua Professor Campos de Oliveira, nº 310 CEP 04675-100 Jurubatuba - São Paulo -SP.

Embalesp Ind. e Com. de Embs. Espec. Ltda-ME torna público que recebeu da CETESB a Lic. de Operação nº 31000737, valid. 07/03/07, p/ ativ. ind. com. de embs. mad., palets, cavaletes e outros acess. de mad. em geral, sito à R. 23 de Julho, 165 - Diadema/SP.

SINDICATO DOS ECONOMISTAS, NO ESTADO DE SÃO PAULO

- Viaduto Nove de Julho, 26 - 5º andar - São Paulo - SP - EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA - O

Sindicato dos Economistas, no Estado de São Paulo, por seu presidente, convoca, através deste Edital, todos os Economistas lotados na DERSA, para comparecerem à Assembléia Geral Extraordinária, que será realizada no Auditório da DERSA, sito à Rua Iaiá nº 126 - Itaim Bibi, no próximo dia 26 de Março de 2003, às 12h, em primeira convocação, ou às 12h30, em segunda convocação, com qualquer número de presentes, para discussão e deliberação da seguinte Ordem do Dia: a) Discussão e aprovação da pauta de reivindicações do Biênio 2003/2004; b) Autorização para negociar com a DERSA permitindo, inclusive a instauração de Dissídio Coletivo; c) Declarar a Assembléia aberta em caráter permanente; d) Discutir e aprovar a taxa de Contribuição Assistencial e ou Confederativa; e) Discutir e deliberar a realização de movimentos, sobre as formas de mobilização para a presente negociação coletiva, inclusive de deflagração de greve; f) Outros assuntos ligados a categoria. São Paulo, 21 de Março de 2003. Jamil Zantut - Presidente.

ALTERNATIVA ARTES GRAFICAS E EDITORA LTDA ME, torna público que recebeu da CETESB lic de operação nº 46000309 p/ edição, impressão, prod gráficos, jornais, revistas e livros, à Rua Floriano Peixoto 795 fdos/Centro/Capão Bonito/SP/Cep 18300-250.

Av. Juscelino Kubitschek, 1830, Torre 1, 3º andar São Paulo-SP

Americanas.com S.A. Comércio Eletrônico

Relatório da Administração

Aos Senhores Acionistas: Atendendo às disposições legais e • Nossas despesas operacionais foram 6,7% menores que em 2001, estatutárias, submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações enquanto o volume de vendas cresceu 106%.

financeiras relativas ao exercício social encerrado em 31/12/2002.

III. Crescimento e Inovação. Estamos em pleno crescimento e já

Fundada no final de 1999 e sediada em São Paulo, Americanas.com alcançamos a liderança do mercado. Nossos clientes ultrapassam mais de S.A. Comércio Eletrônico é a maior empresa de e-comércio do Brasil. 1 milhão de consumidores que visitam nossos canais todos os meses;

cerca de 350 fornecedores oferecem milhares de itens em nossas

I. Americanas.com S.A. Comércio Eletrônico - Líder de Mercado.

categorias; superamos a marca de 25 empresas que empregam as

2002 foi um grande ano para a Americanas.com. Potencializamos

soluções corporativas da Americanas.com para programas de fidelidade,

os diferenciais da nossa empresa servindo melhor nossos clientes

lojas on line, e e-comércio em geral. AAmericanas.com opera vários canais e fornecedores, estimulando nossos funcionários e construindo valor para

de vendas incluindo: o site na Internet (www.americanas.com.br) e o centro nossos acionistas. E continuamos nesse caminho para chegarmos ainda

de televendas (0300 789 3200). Oferecemos 60 mil produtos de diversas melhores no futuro.

categorias como CDs; DVDs; VHS; Livros; Brinquedos; Esporte e Lazer; II. Construção de Valor para os Acionistas. Os resultados financeiros

Games, Bebês, Cosméticos e Perfumaria; Meias e Lingerie; Bebês; para 2002 - nosso terceiro ano completo de operação - refletem nosso

Utilidades Domésticas; Eletrodomésticos; Cama, Mesa e Banho; progresso e estabelecem a Americanas.com S.A. como ícone de empresa

Eletrônicos; Informática; Telefones e Celulares; e Presentes e Relógios.

brasileira em franco crescimento.

IV. Inovação e a Internet. Americanas.com abraçou os diferenciais da

• Vendas brutas acumuladas até dezembro de 2002 alcançaram

Internet já em sua fundação,no final de 1999.A tecnologia da web mudou a R$ 166,4 milhões , fazendo da Americanas.com S.A. a maior empresa

maneira com que consumidores e fornecedores se relacionam,criando de e-comércio no Brasil. O volume de vendas foi 2,1 vezes superior

oportunidades que aumentam o sortimento de acordo com as aos R$ 80,8 milhões registrados em igual período de 2001 e quase

sete vezes superior aos R$ 25 milhões atingidos no seu primeiro ano necessidades de cada cliente. A isso dá-se o nome de segmentação. Para de operação. As vendas da empresa representaram mais de 15% ampliar esse conceito individualizado com nossos clientes,mantemos a da receita total do mercado no qual a Americanas.com atua, estimada alocação de recursos na permanente atualização da nossa plataforma,

em R$ 1 bilhão em 2002. além de focarmos os gestores da empresa no uso de seus diferenciais.Essa

• O lucro bruto acumulado até dezembro foi de R$ 32,4 milhões ou inovação da Americanas.com é reconhecida nacionalmente com vários

25% da receita líquida, crescimento de 3,6 pontos percentuais contra a prêmios, incluindo Melhor Empresa de B2C em 2001 e 2002 pelo iBest.

margem de 21,4% do ano anterior, superando a meta especificada para

V. Funcionários Parceiros e Excelência no Trabalho do Diaadia. 2002 e fazendo da Americanas.com S.A. líder em rentabilidade entre

Americanas.com é resultado das pessoas que trabalham na empresa. empresas de e-comércio.

Estamos focados em criar oportunidades para funcionários de todos os • A empresa alcançou um lucro operacional de R$ 3,6 milhões , excluindo

níveis, investindo na capacitação individual, estimulando seu potencial, os efeitos de variação cambial de operações financeiras e a baixa do

fazendo parte do futuro de cada um. Dentro da cultura da Americanas.com, “Projeto Quiosque” conforme nota 7 (iii) das demonstrações financeiras.

encorajamos os funcionários a pensarem e atuarem como donos da • O fluxo de caixa operacional acumulado até dezembro de 2002, medido

empresa, reais parceiros.

pelo EBITDA, antes do PRV, alcançou R$ 9,4 milhões , representando

VI. Os Desafios. No novo ambiente econômico que se apresenta em 2003, margem de EBITDA anual de 7%. Com todos os nossos negócios

pensamos em expansão cautelosa, no acesso a crédito limitado e no contribuindo com o momento positivo, estamos à frente de nosso plano

de atingir patamar de margem de EBITDA de 12% dentro dos primeiros potencial de consolidação no setor. Americanas.com S.A. está muito bem cinco anos da empresa.

posicionada para capitalizar essas oportunidades. Acreditamos na nossa • O caixa líquido fechou 2002 com R$ 51,2 milhões, representando

infra-estrutura, temos experiência, equipe e produtos necessários para crescimento de 72% em relação ao ano anterior. Com R$ 40 milhões em

passar por esses desafios, encontrando e explorando oportunidades para o linhas bancárias de quatro bancos e US$ 47 milhões já captados de

crescimento da companhia. Nosso balanço nos permite manter o ritmo de sócios como Lojas Americanas, JP Morgan Partners, AIG Capital,

crescimento a custo baixo, enfrentar situações adversas e ser estratégico Next International e Global Bridge Ventures, Americanas.com S.A. é a

nos novos investimentos e aquisições. Agradecemos a dedicação, empresa de e-comércio mais bem capitalizada no Brasil e um dos mais

eficientes usuários de capital. compromisso e trabalho de nossos conselheiros, diretores, funcionários e

Balanço Patrimonial em 31 de Dezembro (Em milhares de Reais)

Ativo 2002 2001 Passivo e patrimônio líquido 2002 2001

Circulante (Reclass.)

Circulante (Reclass.)

Empréstimos 18.869 21.868

Disponibilidades 3.220 17.012

Fornecedores 43.766 16.102

Contas a receber de clientes 66.808 34.541

Salários e encargos sociais a pagar 2.675 4.714

Estoques 17.796 7.785

Impostos a recolher 4.435 1.594

Impostos a recuperar 496

Contas a pagar 5.070 5.548

Outros créditos 1.675 902

Provisão para contingências 1.465

Despesas antecipadas 195 26 Sociedade controladora 4.632 409

Adiantamentos de clientes 704

90.190 60.266

81.616 50.235

Realizável a longo prazo

Exigível a longo prazo

Depósitos judiciais 320 69

Impostos a recolher 71

Permanente

Patrimônio líquido

Imobilizado 13.072 7.988

Capital social 75.458 68.181

Diferido 1.565 1.749

Prejuízos acumulados (51.927) (48.415)

14.637 9.737

23.531 19.766

Total do ativo 105.147 70.072 Total do passivo e patrimônio líquido 105.147 70.072

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras

CNPJ/MF 02.866.535/0001-75

fornecedores que realizam papéis importantes na transformação de nossa empresa e indústria. Esses esforços asseguram que Americanas. com S.A. alcançará seu potencial completo para todos os seus acionistas e colaboradores.

Dados Financeiros (BR GAAP - Em milhões de R$)

2002 2001 Var. 02 - 01

Receita Bruta $ 166.5 $ 80.8 106% Lucro Bruto $ 32.4 $ 13.4 141% EBITDA (1) $ 9.4 $ (8.3) N.M. Lucro Operacional (2) $ 3.6 $ (13.6) N.M. Liquidez Corrente (3) $ 51.2 $ 29.7 72% (1) Antes PRV. (2) Após ajuste variação cambial e baixa Projeto Quiosque. (3) Caixa + Contas Receber – Empréstimos.

Desempenho Trimestral - Americanas.com S.A. Comércio Eletrônico

Vendas Brutas - Trimestrais Crescimento Venda Bruta T/T - 2002/2001

80

200,0 Var. Anual

106%

70

66,4

60 150,0

50

45,2

100,0 Var. Trim.

40

108%

32,0 32,9

30

24,4 50,0

21,9

20

15,1

12,8

9,3

3,9 7,7

0,0

10 0,8

4º Trim 4º Trim 2001 2002

0

2001 2002

1ºT2ºT3ºT4ºT1ºT2ºT3ºT4ºT1ºT2ºT3ºT4ºT

2000 2001 2002

Lucro Bruto - Trimestral EBITDA - Trimestral

13,8

14 6,0

4,9

12 4,0

2,0

10 2,0 0,6 1,9

0,4

8,1

8 0,0

6,3

6 (2,0)

5,5 (1,7)

4,2

3,9 (4,0)

4 (3,2)

(3,8)

2,4

2 1,1 (6,0)

1,1 1,6

0,6

0,1

1ºT2 ºT3 ºT4 ºT1 ºT2 ºT3 ºT4 ºT 0

1ºT2ºT3ºT4ºT 1ºT2ºT3ºT4ºT1ºT2ºT3ºT4ºT 2001 2002

2000 2001 2002

Demonstração do Resultado

Exercícios Findos em 31 de Dezembro (Em milhares de Reais)

2002 2001

Receita operacional bruta

Venda de mercadorias 159.855 78.035

Frete/serviços 6.591 2.771

Total receita operacional bruta 166.446 80.806

Devolução de vendas (5.050) (3.074)

Impostos sobre vendas (31.745) (14.991)

Receita operacional líquida 129.651 62.741

Custo das mercadorias vendidas (97.278) (49.316)

Lucro bruto 32.373 13.425

Receita (despesas) operacionais

Com vendas (18.921) (15.609)

Gerais e administrativas (5.328) (11.465)

Depreciação e amortização (6.400) (1.574)

Outras receitas operacionais, líquidas 997 1.744

(29.652) (26.904)

Lucro (prejuízo) operacional antes do resultado

financeiro 2.721 (13.479)

Despesas financeiras (5.185) (1.883)

Receitas financeiras 467 1.767

Prejuízo operacional (1.997) (13.595)

Resultado não operacional (1.515) 7

Prejuízo do exercício (3.512) (13.588)

Prejuízo do exercício por ação

do capital social no fim do exercício - R$ (0,04) (0,20)

As notas explicativas da administração

são parte integrante das demonstrações financeiras

Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos

Exercícios Findos em 31 de Dezembro (Em milhares de Reais)

2002 2001

Origens de recursos (Reclass.)

Das operações sociais

Prejuízo do exercício (3.512) (13.588)

Despesas que não afetam o capital circulante

Depreciações e amortizações 6.400 1.574 Valor residual do ativo permanente baixado 83

2.971 (12.014)

Dos acionistas

Subscrição e integralização de capital 7.277 32.913

Ativo realizável a longo prazo 71

Total das origens 10.248 20.970

Aplicações de recursos

No passivo exigível a longo prazo 71

No ativo realizável a longo prazo 251 54

No ativo permanente

Imobilizado 6.527 4.409

Diferido 4.856 1.179

Total das aplicações 11.705 5.642

Aumento (redução) no capital circulante (1.457) 15.328 Variação no capital circulante

Ativo circulante

No fim do exercício 90.190 60.266

No início do exercício 60.266 13.227

29.924 47.039

Passivo circulante

No fim do exercício 81.616 50.235

No início do exercício 50.235 18.524

31.381 31.711

Aumento (redução) no capital circulante (1.457) 15.328

As notas explicativas da administração são parte integrante das

demonstrações financeiras

2002 2001

Depreciação/ Taxas Anuais

Amortização de Depreciação/

Acumulada Líquido Líquido Amortização - %

(50) 239 192 10

(974) 1.985 1.427 20

(80) 573 295 10

(187) 582 705 10

(15) 22 17 20

(899) 50 275 22 e 50

(70) 5.201 2.460 33

(2.275) 8.652 5.371

(486) 1.048 443 20 e 33

(546) 73 50

(287) 459 573 20

131 131

3 3

2.779 1.394

(1.319) 4.420 2.617

(3.594) 13.072 7.988

e fornecedores, estimulando nossos funcionários e construindo valor para nossos acionistas. E continuamos nesse caminho para chegarmos ainda melhores no futuro.

II. Construção de Valor para os Acionistas. Os resultados financeiros para 2002 - nosso terceiro ano completo de operação - refletem nosso progresso e estabelecem a Americanas.com S.A. como ícone de empresa brasileira em franco crescimento.

• Vendas brutas acumuladas até dezembro de 2002 alcançaram

R$ 166,4 milhões , fazendo da Americanas.com S.A. a maior empresa de e-comércio no Brasil. O volume de vendas foi 2,1 vezes superior aos R$ 80,8 milhões registrados em igual período de 2001 e quase sete vezes superior aos R$ 25 milhões atingidos no seu primeiro ano de operação. As vendas da empresa representaram mais de 15% da receita total do mercado no qual a Americanas.com atua, estimada em R$ 1 bilhão em 2002.

• O lucro bruto acumulado até dezembro foi de R$ 32,4 milhões ou

25% da receita líquida, crescimento de 3,6 pontos percentuais contra a margem de 21,4% do ano anterior, superando a meta especificada para 2002 e fazendo da Americanas.com S.A. líder em rentabilidade entre empresas de e-comércio.

• A empresa alcançou um lucro operacional de R$ 3,6 milhões , excluindo

os efeitos de variação cambial de operações financeiras e a baixa do “Projeto Quiosque” conforme nota 7 (iii) das demonstrações financeiras. • O fluxo de caixa operacional acumulado até dezembro de 2002, medido

pelo EBITDA, antes do PRV, alcançou R$ 9,4 milhões , representando margem de EBITDA anual de 7%. Com todos os nossos negócios contribuindo com o momento positivo, estamos à frente de nosso plano de atingir patamar de margem de EBITDA de 12% dentro dos primeiros cinco anos da empresa.

• O caixa líquido fechou 2002 com R$ 51,2 milhões, representando

crescimento de 72% em relação ao ano anterior. Com R$ 40 milhões em linhas bancárias de quatro bancos e US$ 47 milhões já captados de sócios como Lojas Americanas, JP Morgan Partners, AIG Capital, Next International e Global Bridge Ventures, Americanas.com S.A. é a empresa de e-comércio mais bem capitalizada no Brasil e um dos mais eficientes usuários de capital.

lojas on line, e e-comércio em geral. AAmericanas.com opera vários canais de vendas incluindo: o site na Internet (www.americanas.com.br) e o centro de televendas (0300 789 3200). Oferecemos 60 mil produtos de diversas categorias como CDs; DVDs; VHS; Livros; Brinquedos; Esporte e Lazer; Games, Bebês, Cosméticos e Perfumaria; Meias e Lingerie; Bebês; Utilidades Domésticas; Eletrodomésticos; Cama, Mesa e Banho; Eletrônicos; Informática; Telefones e Celulares; e Presentes e Relógios.

IV. Inovação e a Internet. Americanas.com abraçou os diferenciais da Internet já em sua fundação,no final de 1999.A tecnologia da web mudou a maneira com que consumidores e fornecedores se relacionam,criando oportunidades que aumentam o sortimento de acordo com as necessidades de cada cliente. A isso dá-se o nome de segmentação. Para ampliar esse conceito individualizado com nossos clientes,mantemos a alocação de recursos na permanente atualização da nossa plataforma, além de focarmos os gestores da empresa no uso de seus diferenciais.Essa inovação da Americanas.com é reconhecida nacionalmente com vários prêmios, incluindo Melhor Empresa de B2C em 2001 e 2002 pelo iBest.

V. Funcionários Parceiros e Excelência no Trabalho do Diaadia. Americanas.com é resultado das pessoas que trabalham na empresa. Estamos focados em criar oportunidades para funcionários de todos os níveis, investindo na capacitação individual, estimulando seu potencial, fazendo parte do futuro de cada um. Dentro da cultura da Americanas.com, encorajamos os funcionários a pensarem e atuarem como donos da empresa, reais parceiros.

VI. Os Desafios. No novo ambiente econômico que se apresenta em 2003, pensamos em expansão cautelosa, no acesso a crédito limitado e no potencial de consolidação no setor. Americanas.com S.A. está muito bem posicionada para capitalizar essas oportunidades. Acreditamos na nossa infra-estrutura, temos experiência, equipe e produtos necessários para passar por esses desafios, encontrando e explorando oportunidades para o crescimento da companhia. Nosso balanço nos permite manter o ritmo de crescimento a custo baixo, enfrentar situações adversas e ser estratégico nos novos investimentos e aquisições. Agradecemos a dedicação, compromisso e trabalho de nossos conselheiros, diretores, funcionários e

Balanço Patrimonial em 31 de Dezembro (Em milhares de Reais)

Ativo 2002 2001 Passivo e patrimônio líquido 2002 2001

Circulante (Reclass.)

Circulante (Reclass.)

Empréstimos 18.869 21.868

Disponibilidades 3.220 17.012

Fornecedores 43.766 16.102

Contas a receber de clientes 66.808 34.541

Salários e encargos sociais a pagar 2.675 4.714

Estoques 17.796 7.785

Impostos a recolher 4.435 1.594

Impostos a recuperar 496

Contas a pagar 5.070 5.548

Outros créditos 1.675 902

Provisão para contingências 1.465

Despesas antecipadas 195 26 Sociedade controladora 4.632 409

Adiantamentos de clientes 704

90.190 60.266

81.616 50.235

Realizável a longo prazo

Exigível a longo prazo

Depósitos judiciais 320 69

Impostos a recolher 71

Permanente

Patrimônio líquido

Imobilizado 13.072 7.988

Capital social 75.458 68.181

Diferido 1.565 1.749

Prejuízos acumulados (51.927) (48.415)

14.637 9.737

23.531 19.766

Total do ativo 105.147 70.072 Total do passivo e patrimônio líquido 105.147 70.072

As notas explicativas da administração são parte integrante das demonstrações financeiras

Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

(Em milhares de Reais)

Capital Prejuízos

Social Acumulados Total

Em 1º de janeiro de 2001 35.268 (34.827) 441

Aumento de capital 32.913 32.913

Prejuízo do exercício (13.588) (13.588)

Em 31 de dezembro de 2001 68.181 (48.415) 19.766

Aumento de capital 7.277 7.277

Prejuízo do exercício (3.512) (3.512)

Em 31 de dezembro de 2002 75.458 (51.927) 23.531

As notas explicativas da administração são parte integrante

das demonstrações financeiras

Notas Explicativas da Administração às Demonstrações Financeiras

em 31 de Dezembro de 2002 e de 2001 (Em milhares de Reais)

1. Constituição e contexto operacional

A companhia foi constituída em 7 de outubro de 1998 e, em 9 de setembro de 1999, mediante Assembléia Geral Extraordinária - AGE dessa data, passou a adotar a atual razão social, com o seguinte objeto: o comércio varejista em geral, sob a modalidade de venda, leilão ou qualquer outra, inclusive por catálogo e por todas as formas de comércio eletrônico, pela Internet ou outros meios eletrônicos, podendo desenvolver, explorar e divulgar “websites”, domínios e/ou endereços eletrônicos, bem como prestar serviços em geral pela Internet, realizar serviços direta ou indiretamente relacionados com sua atividade, importar e exportar produtos, tendo ainda como objeto a participação em empreendimentos, empresas ou negócios na qualidade de sócia, quotista e/ou acionista. A companhia iniciou as suas operações em novembro de 1999, tendo sua campanha publicitária inicial focalizada regionalmente na cidade de Curitiba, Paraná. A partir de fevereiro de 2000, a companhia iniciou sua campanha publicitária com abrangência nacional. A administração da companhia vem conduzindo ações destinadas ao incremento das operações, objetivando ganhos de escala, produtividade e rentabilidade. Os recursos financeiros necessários para a continuidade normal das operações vêm sendo garantidos pelos recursos próprios da empresa e pelos acionistas controladores. Adicionalmente, a companhia mantém linhas de crédito aprovadas em instituições financeiras de primeira linha. 2. Principais práticas contábeis e elaboração das demonstrações financeiras

As práticas contábeis adotadas para o registro das operações e para a elaboração das demonstrações financeiras estão previstas na legislação societária brasileira. Na elaboração das demonstrações financeiras é necessário utilizar estimativas para contabilizar certos ativos, passivos e outras transações. As demonstrações financeiras da companhia incluem estimativas referentes à seleção das vidas úteis do ativo imobilizado, provisões necessárias para passivos e outras similares; os resultados reais podem apresentar variações em relação às estimativas. (a) Apuração do resultado - O resultado é apurado pelo regime de competência, destacando-se o seguinte: (i) As receitas de vendas de mercadorias, que incluem o frete cobrado de clientes, são reconhecidas, líquidas de descontos de vendas, na entrega física dos produtos aos clientes, e deduzidas de devoluções de mercadorias e impostos sobre vendas. (ii) O custo das mercadorias vendidas inclui o custo de aquisição de mercadorias e bonificações. (iii) As despesas com publicidade são reconhecidas no momento de sua efetiva veiculação. (b) Ativos circulante e realizável a longo prazo - O saldo das contas a receber de clientes é demonstrado líquido da provisão para créditos de liquidação duvidosa, sendo esta constituída em montante considerado suficiente para cobrir as prováveis perdas na realização dos créditos. Nenhuma provisão para créditos de liquidação duvidosa foi considerada necessária em 31 de dezembro de 2001. A partir de junho de 2002, a companhia passou a reconhecer contabilmente como contas a receber, em contrapartida de adiantamentos de clientes, as vendas aprovadas pelas administradoras de cartões de crédito, mas cujos produtos ainda não foram faturados, nem entregues aos clientes. Estoques são apresentados ao custo médio de aquisição, inferior ao seu valor de mercado. Provisão para estoques obsoletos ou de baixa movimentação, quando aplicável, é constituída com base em estimativas da administração. Os demais ativos circulantes e realizável a longo prazo são apresentados ao valor de custo ou realização, incluindo, quando aplicável, os rendimentos e as variações monetárias auferidas. (c) Permanente - Demonstrado ao custo de aquisição, combinado com os seguintes aspectos: • Depreciação de bens do imobilizado pelo método linear, às taxas anuais mencionadas na Nota66, que levam em consideração o tempo de vida útil-econômica dos bens. Os custos internos incorridos com desenvolvimento de websites e softwares para uso interno são capitalizados e amortizados de forma linear considerando o prazo estimado de sua utilização. • A amortização das instalações e benfeitorias em prédios alugados é calculada com base nos respectivos prazos dos contratos de locação. • Amortização do diferido, dependendo da sua natureza, pelos prazos de três e dez anos, a partir da data em que os benefícios começaram a ser gerados. (d) Passivos circulante e exigível a longo prazo - São apresentados a valores conhecidos ou calculáveis, acrescidos, quando aplicável, dos correspondentes encargos e variações monetárias incorridos.

3. Disponibilidades

2002 2001

Caixa 6 6

Bancos - conta-movimento 3.214 801

Aplicações financeiras 16.205

3.220 17.012

4. Contas a receber

2002 2001

Contas a receber de clientes

Mercadorias faturadas e entregues 66.534 34.541

Mercadorias não faturadas, nem entregues 704

Provisão para créditos de liquidação duvidosa (430)

66.808 34.541

O “Contas a receber” é representado, substancialmente, por valores a receber de companhias administradoras de cartões de crédito, decorrentes das operações de vendas de mercadorias a clientes.

5. Estoques

2002 2001

Mercadorias para revenda 18.057 8.282

Provisão para perdas (261) (497)

17.796 7.785

6. Imobilizado

Custo Bens tangíveis

Instalações 289

Computadores e periféricos 2.959

Máquinas e equipamentos 653

Móveis e utensílios 769

Aparelhos de comunicação 37

Benfeitorias em imóveis de terceiros 949

Custos com desenvolvimento - Nova Plataforma 5.271

10.927

Bens intangíveis

Softwares 1.534

Custos com desenvolvimento de “websites” 546

Implantação de sistemas 746

Marcas e patentes 131

Direito de uso de linhas telefônicas 3

Software in house em andamento 2.779

5.739 16.666

luzpub.006 3x40 continua 1/2