Andamento do Processo n. 9009473-96.2018.8.21.0022 - 13/02/2019 do TJRS

á Réplica

Foro Depelotas- Posto Ucpel

9009473-96.2018.8.21.0022(CNJ) - GERUSIA MACHADO (CLARINDO JORDANI DOS SANTOS 25990/SC, CLARINDO JORDANI DOS SANTOS 25990/SC) X BRENO BOHNS NETO (SEM REPRESENTAÇÃO NOS

AUTOS), MARIA DO CARMO A PARADA (SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS). DECISÕES:RH.RECEBO OS PRESENTES EMBARGOS DE TERCEIRO.APENSE-SE AOS AUTOS PRINCIPAIS.ADEMAIS, INDEFIRO A ANTECIPAÇÃO DE TUTELA POSTULADA, POIS TENHO QUE O PEDIDO EM QUESTÃO RECLAMA UMA MAIOR DILAÇÃO PROBATÓRIA.AGRAVO DE INSTRUMENTO. PROMESSA DE COMPRA E VENDA. AÇÃO DE RESOLUÇÃO CONTRATUAL C/C REPETIÇÃO DE VALORES. TUTELA DE URGÊNCIA. IMPOSSIBILIDADE. NOS TERMOS DO ART. 300 DO CPC/15, A TUTELA DE URGÊNCIA SÓ SERÁ CONCEDIDA QUANDO PRESENTES TANTO A PROBABILIDADE DO DIREITO QUANTO PERIGO DE DANO OU RISCO AO RESULTADO ÚTIL DO PROCESSO. CASO DOS AUTOS EM QUE AFIGURA-SE RECOMENDÁVEL MAIOR DILAÇÃO PROBATÓRIA PARA MELHOR AVERIGUAÇÃO DOS FATOS NARRADOS, NÃO HAVENDO DE SE FALAR, EM SEDE DE COGNIÇÃO SUMÁRIA, EM CONCESSÃO DA TUTELA DE URGÊNCIA. NEGARAM

PROVIMENTO AO AGRAVO DE INSTRUMENTO. UNÂNIME. (AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 70074982968, VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL, TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RS, RELATOR: GLÊNIO JOSÉ WASSERSTEIN HEKMAN, JULGADO EM 08/11/2017).CITEM-SE.INTIMEM-SE.