Busca sem resultado
Código de Processo Civil Comentado

Código de Processo Civil Comentado

Subseção II. Da Produção da Prova Testemunhal

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Subseção II

Da produção da prova testemunhal

Art. 450. O rol de testemunhas conterá, sempre que possível, o nome, a profissão, o estado civil, a idade, o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas, o número de registro de identidade e o endereço completo da residência e do local de trabalho.

CPC/1973: Art. 407 (correspondente).

Sumário: I. Apresentação do rol de testemunhas – II. Dados pessoais da testemunha ­arrolada.

I. Apresentação do rol de testemunhas. O rol de testemunhas deve ser apresentado pelas partes a) na audiência de saneamento, ou b) se o saneamento se der por decisão do juiz, no prazo comum de quinze dias (cf. §§ 4.º e 5.º do art. 357 do CPC/2015).

II. Dados pessoais da testemunha arrolada. Deve a parte indicar os dados pessoais da testemunha (“sempre que possível”, diz a lei), a fim de “assegurar à parte contrária a prévia ciência de quais pessoas que irão depor” (STJ, REsp XXXXX/MG , 4.ª T., j. 14.08.2007, rel. Min. Hélio Quaglia Barbosa) e viabilizar, sendo o caso, a arguição de impedimento ou de suspeição. A ausência de qualificação precisa da testemunha, no entanto, não leva à anulação de sua indicação, se não se demonstrar que tal vício causou prejuízo à parte adversária (assim se decidiu, na vigência do CPC/1973: STJ, REsp XXXXX/SP , 4.ª T., j. 01.04.1997, rel. Min. Ruy Rosado de Aguiar; no mesmo sentido, cf. Enunciado n. 34 da Jornada CEJ/CJF, nota supra).

Art. 451. Depois de apresentado o rol de que tratam os §§ 4º e 5º do art. 357 , a parte só pode substituir a testemunha:
I - que falecer;
II - que, por enfermidade, não estiver em condições de depor;
III - que, tendo mudado de residência ou de local de trabalho, não for encontrada.

CPC/1973: Art. 408 (correspondente).

Substituição da testemunha. Admite-se a substituição da testemunha quando impossível a tomada do depoimento. As hipóteses enunciadas no art. 451 do CPC/2015 devem ser interpretadas restritivamente (STJ, REsp XXXXX/PR , 5.ª T., j. 26.06.2007, rel. Min. Arnaldo Esteves Lima), já que, em tais casos, é impossível a tomada do depoimento. Em tais casos, cabe à parte requerer a substituição, e, não o fazendo, deve prosseguir o processo (decidindo não haver cerceamento de defesa, no caso, cf. STJ, RHC XXXXX/SC , 5.ª T., j. 16.04.2013, rel. Min. Laurita Vaz).

Art. 452. Quando for arrolado como testemunha, o juiz da causa:
I - declarar-se-á impedido, se tiver conhecimento de fatos que possam influir na decisão, caso em que será vedado à parte que o incluiu no rol desistir de seu depoimento;
II - se nada souber, mandará excluir o seu nome.

CPC/1973: Art. 409 (correspondente).

Juiz arrolado como testemunha. O juiz é impedido de testemunhar (cf. art. 447, § 2.º, III, do CPC/2015). Caso seja arrolado como testemunha e saiba de fatos que interessem à decisão sobre a causa, o juiz, de acordo com o art. 452, I do CPC/2015, “declarar-se-á impedido”. Tornando-se testemunha, fica o juiz impedido de julgar (cf. art. 144, I do CPC/2015).

Art. 453. As …

Uma nova experiência de pesquisa jurídica em Doutrina. Toda informação que você precisa em um só lugar, a um clique.

Com o Pesquisa Jurídica Avançada, você acessa o acervo de Doutrina da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa dentro de cada obra.

  • Acesse até 03 capítulos gratuitamente.
  • Busca otimizada dentro de cada título.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
26 de Maio de 2024
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/art-450-subsecao-ii-da-producao-da-prova-testemunhal-codigo-de-processo-civil-comentado/1590357649