Tribunal
marcar todosdesmarcar todos

candidato excluído do certame em Jurisprudência

Mais de 10.000 resultados
Ordenar Por
  • STJ - Decisão Monocrática. RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA: RMS XXXXX SC 2017/XXXXX-7

    Jurisprudência

    para as etapas subsequentes, considerando-se eliminados os candidatos excedentes, não conferindo direito líquido e certo ao candidato que, depois de excluído do certame, alega ter obtido a informação...para as etapas subsequentes, considerando-se eliminados os candidatos excedentes a isso, não conferindo direito líquido e certo ao candidato que, depois de excluído do certame, alega ter obtido a informação...Dessa forma, a superveniência de vagas para o mesmo cargo público posto à disputa …

    As Jurisprudências apresentadas estão por ordem de RelevânciaMudar ordem para Data
  • STJ - Decisão Monocrática. RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA: RMS XXXXX BA 2013/XXXXX-4

    Jurisprudência

    para as etapas subsequentes, considerando-se eliminados os candidatos excedentes a isso, não conferindo direito líquido e certo ao candidato que, depois de excluído do certame, alega Superior Tribunal...líquido e certo ao candidato que, depois de excluído do certame, alega ter obtido a informação da existência de mais vagas que poderiam ser oportunamente providas pelo mesmo concurso público. 2....Dessa forma, a superveniência de vagas para o mesmo cargo público posto à disputa concorrencial …

  • STJ - RECURSO ORDINÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA RMS XXXXX RS 2011/XXXXX-8 (STJ)

    Jurisprudência

    ADMINISTRATIVO. RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA. CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE AGENTE PENITENCIÁRIO. CANDIDATO APROVADO EM TODAS AS FASES DO CONCURSO, INCLUSIVE NO CURSO DE FORMAÇÃO. POR RAZÕES COMPROVADAS E TEMPORÁRIAS DE SAÚDE, FOI ELIMINADO DO CERTAME EM RAZÃO DE NÃO TER COMPARECIDO NA DATA APRAZADA PARA ASSINATURA DO TERMO DE ACEITAÇÃO DE VAGA EM LOCALIDADE DIVERSA DA ORIGINALMENTE ESCOLHIDA. PECULIARIDADES DO CASO CONCRETO. RESPEITO AOS PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E BOA-FÉ. RECURSO ORDINÁRIO PROVIDO PARA CONCEDER A SEGURANÇA PARA QUE O RECORRENTE NÃO SEJA EXCLUÍDO DO CONCURSO E QUE SEJA ADMITIDO, NA ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO E SEGUNDO AS REGRAS LEGAIS. 1. O ora Recorrente participou do concurso público para provimento do cargo de Agente Penitenciário da Superintendência dos Serviços Penitenciários - SUSEPE do Estado do Rio Grande do Sul, tendo sido aprovado em todas as fases, inclusive no curso de formação, e se classificado na 49a. colocação; foi, no entanto, eliminado em razão de não ter comparecido para a assinatura do ato de aceitação de vaga em outra região diversa daquela escolhida no início do certame. 2. É certo que o edital prevê a exclusão do candidato que não comparecer no local, data e horário previstos para a assinatura do documento. Ocorre que, diante das peculiaridades do caso, reputa-se que a justificada ausência, em razão de problemas temporários e excepcionais de saúde, de comparecimento para assinatura de termo de aceitação de vaga em localidade diversa não afasta o óbice à continuidade no certame. 3. Impedir que o Recorrente continue no certame e venha a exercer a sua função é, no mínimo, injusto e configura medida desproporcional, incompatível com a finalidade pública perseguida nos concursos públicos, especialmente depois de todo investimento estatal na formação do candidato. 4. Não se defende, aqui, que o candidato esteja dispensado de assinar o citado termo, mas configura-se extremamente razoável diferir esse momento para quando a situação transitória de saúde do candidato tiver passado, sem que isso importe em prejuízo para os demais candidatos ou para a Administração, tampouco constitui privilégio do impetrante em detrimento dos outros candidatos. 5. Proibir o candidato de assumir o cargo em que logrou aprovação, só por essa razão, implica em rigorosismo excessivo da Administração e fere os princípios da razoabilidade e boa-fé, uma vez que o impedimento de comparecer na data aprazada se deveu a situação excepcional comprovada pelo candidato, revestindo-se assim o ato de ilegalidade e de forma violadora de direito líquido e certo do Recorrente. 6. Recurso Ordinário provido para conceder a segurança a fim de que o Recorrente não seja excluído do certame e que seja admitido, na ordem de classificação e segundo as regras legais.

    Encontrado em: Ministro Benedito Gonçalves, por unanimidade, dar provimento ao recurso ordinário em mandado de segurança para conceder a segurança a fim de que o recorrente não seja excluído do certame e que seja admitido

  • STJ - Decisão Monocrática. RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA: RMS XXXXX AL 2019/XXXXX-9

    Jurisprudência

    para as etapas subsequentes, considerando-se eliminados os candidatos excedentes, não conferindo direito líquido e certo ao candidato que, depois de excluído do certame, alega ter obtido a informação...para as etapas subsequentes, considerando-se eliminados os candidatos excedentes a isso, não conferindo direito líquido e certo ao candidato que, depois de excluído do certame, alega ter obtido a informação...Dessa forma, a superveniência de vagas para o mesmo cargo público posto à disputa …

  • TJ-DF - Inteiro Teor. XXXXX20198070018 DF XXXXX-03.2019.8.07.0018

    Jurisprudência

    A impugnação de ato administrativo que determinou a reinserção de terceiro previamente excluído do certame público permanece quando o impetrante foi incluído como candidato regular pela Administração do...Em suma, o impetrante afirma ter sido excluído do certame na fase de convocação para o curso de formação em decorrência da convocação de outro candidato, JOSÉ ARCANJO DOS PRAZERES JÚNIOR, que deveria ter...O impetrante requereu a anulação de ato administrativo que manteve o candidato José …

  • TJ-DF - Inteiro Teor. XXXXX20198070018 DF XXXXX-03.2019.8.07.0018

    Jurisprudência

    A impugnação de ato administrativo que determinou a reinserção de terceiro previamente excluído do certame público permanece quando o impetrante foi incluído como candidato regular pela Administração do...Em suma, o impetrante afirma ter sido excluído do certame na fase de convocação para o curso de formação em decorrência da convocação de outro candidato, JOSÉ ARCANJO DOS PRAZERES JÚNIOR, que deveria ter...O impetrante requereu a anulação de ato administrativo que manteve o candidato José …

  • TJ-PA - MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL MS XXXXX20188140000 BELÉM (TJ-PA)

    Jurisprudência

    MANDADO DE SEGURANÇA. ADMINISTRATIVO. CONCURSO PÚBLICO. CARGO DE INVESTIGADOR DA POLÍCIA CIVIL. CANDIDATO EXCLUÍDO DO CERTAME. LIMINAR PROFERIDA NOS AUTOS DE OUTRO MANDADO DE SEGURANÇA QUE RECOLOCOU O CANDIDATO NO CONCURSO. EXITO NAS DEMAIS ETAPAS DO CERTAME. CONCLUSÃO E APROVAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO DA ACADEMIA DE POLÍCIA CIVIL. NOMEAÇÃO E POSSE SUB JUDICE. IMPOSSIBILIDADE. RESERVA DE VAGA. POSSIBILIDADE. ORDEM CONCEDIDA PARCIALMENTE. 1. A investidura em cargo público não deve ser autorizada judicialmente enquanto não houver prolação de sentença que julga o mérito da questão controvertida, submetida à apreciação judicial relativa à exclusão do candidato do certame. Não vejo como reconhecer liquidez e certeza no que tange ao direito invocado pelo impetrante, pois, na medida em que sua participação no certame ainda não está consolidada, não há que se falar em direito líquido e certo à nomeação e posse. 2. Pode ser determinada a reserva de vaga para preservar eventual direito do candidato à nomeação. 3. ORDEM CONCEDIDA PARCIALMENTE. ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de Mandado de Segurança. ACORDAM os Exmos. Desembargadores, integrantes da Seção de Direito Público do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, à unanimidade, conceder parcialmente a segurança, nos termos do voto da Desembargadora Relatora. Sala das Sessões do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, aos onze dias do mês de dezembro de 2018. Julgamento presidido pelo Excelentíssimo Senhor Desembargador Luiz Gonzaga da Costa Neto.

  • STJ - Inteiro Teor. RECURSO ORDINÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA: RMS XXXXX DF 2014/XXXXX-2

    Jurisprudência

    Dessa forma, a superveniência de vagas para o mesmo cargo público posto à disputa concorrencial não confere aos candidatos excluídos do concurso o direito de retornarem ao mesmo certame....Dessa forma, a superveniência de vagas para o mesmo cargo público posto à disputa concorrencial não confere aos candidatos excluídos do concurso o direito de retornarem ao mesmo certame....excluídos do concurso o direito de retornarem ao mesmo certame.

  • STJ - Decisão Monocrática. RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA: RMS XXXXX AL 2019/XXXXX-3

    Jurisprudência

    para as etapas subsequentes, considerando-se eliminados os candidatos excedentes, não conferindo direito líquido e certo ao candidato que, depois de excluído do certame, alega ter obtido a informação...para as etapas subsequentes, considerando-se eliminados os candidatos excedentes a isso, não conferindo direito líquido e certo ao candidato que, depois de excluído do certame, alega ter obtido a informação...Dessa forma, a superveniência de vagas para o mesmo cargo público posto à disputa …

  • TJ-MS - Mandado de Segurança Cível MS XXXXX20148120000 MS XXXXX-49.2014.8.12.0000 (TJ-MS)

    Jurisprudência

    E M E N T A-MANDADO DE SEGURANÇA - CONCURSO PÚBLICO REGIDO POR 3 FASES - CANDIDATOS EXCLUÍDOS - ABERTURA DE NOVO CERTAME NO PRAZO DE VALIDADE DO ANTERIOR - VIOLAÇÃO A DIREITO LÍQUIDO E CERTO APENAS DOS CANDIDATOS APROVADOS EM TODAS AS FASES DO CERTAME - SEGURANÇA DENEGADA. Se o impetrante obteve êxito na primeira fase do concurso, todavia, não foi convocado para a próxima etapa devido à sua classificação superior ao quantitativo previsto , não há que se falar em violação a direito líquido e certo com a abertura de novo certame, antes de expirar o prazo de validade do anterior.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Acesse www.jusbrasil.com.br/pro e assine agora mesmo