Carregando...
Jusbrasil - Notícias
22 de setembro de 2017

Página 1 de 213 resultados

Demitida durante gravidez tem direito à indenização mesmo tendo conseguido novo emprego

sem justa causa. Dois meses após a demissão, conseguiu novo emprego e, quatro meses depois, apresentou reclamação trabalhista contra o ex-empregador cobrando a indenização pelo período da estabilidade... provisória. ...

Ihana - 10/08/2015

JT declara nulidade de pedido de demissão feito por gestante sem assistência

Em se tratando de empregada gestante, detentora de estabilidade provisória, a validade do pedido de demissão está condicionada à assistência do Sindicato ou da autoridade do Ministério do Trabalho... do pedido de ...

Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região - 16/10/2015

TST: Gestante que pediu demissão não garante estabilidade provisória

Uma auxiliar de produção avícola que pediu demissão, obteve outro emprego e depois ajuizou reclamação trabalhista contra a primeira empregadora não terá direito à estabilidade provisória de gestante... ou sem justa ...

Danielli - 28/07/2015

5ª Turma: empresa pagará indenização por não readequar atividades de funcionária grávida

pagamento das verbas rescisórias referentes à dispensa sem justa causa; de indenização pelo período da estabilidade gestante; e indenização por danos morais, no valor de R$ 8.539,10, por entender... de sofrer um aborto. A ...

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região - 27/05/2015

Turma mantém estabilidade para grávida por inseminação artificial

durante o aviso-prévio já pago garante o direito da trabalhadora à estabilidade prevista em lei. O artigo 10, II, alínea 'b', do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT) veta a demissão sem justa... causa da ...

COAD - 06/10/2015

Gestante que pediu demissão não garante estabilidade provisória

de produção avícola que pediu demissão, obteve outro emprego e depois ajuizou reclamação trabalhista contra a primeira empregadora não terá direito à estabilidade provisória de gestante. Para a 8ª Turma... do Tribunal Superior ...

Jornal da Ordem - Rio Grande do Sul - 30/07/2015

Turma mantém justa causa aplicada a gestante por conduta desidiosa e afasta garantia de emprego

provisória e por essa razão não poderia ser dispensada sem justa causa. Assim, determinou à empregadora que reintegrasse a gestante aos seus quadros, em função compatível com o estado de saúde... o reconhecimento desse ...

Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região - 29/07/2015

TRT-PR mantém dispensa de trabalhadora gestante que trocou agressões com colega

incompatível com os deveres contratuais. Com este entendimento, a Sexta Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná manteve a demissão por justa causa aplicada pela Indústria de Compensados Sudati Ltda..., a conclusão foi de que ...

Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região - 23/06/2015

TST: Desconhecimento do estado gravídico não compromete o pedido de demissão

. Assim ementou o TST: RECURSO DE REVISTA. ESTABILIDADE PROVISÓRIA. GESTANTE. DESCONHECIMENTO DO ESTADO GRAVÍDICO. EXTINÇÃO DO CONTRATO POR INICIATIVA DA EMPREGADA. VALIDADE. 1. A estabilidade provisória... de ...

Rafael - 24/11/2015

Gestante demitida receberá indenização mesmo tendo conseguido novo emprego

A cozinheira engravidou durante o contrato de experiência e foi demitida sem justa causa. Dois meses após a demissão conseguiu novo emprego e, quatro meses mais tarde, apresentou reclamação..., no novo contrato de trabalho. A ...

Jornal da Ordem - Rio Grande do Sul - 08/11/2014

1 2 3 4 5 21 22 Próxima

×