jusbrasil.com.br
12 de Agosto de 2022

Peça extraída do processo n°XXXXXXX-XX.2016.8.26.0100

Petição Inicial - TJSP - Ação de Cobrança - Procedimento Comum Cível

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Vara Cível da Comarca de São Paulo

Nome, e-mail: email@email.com , brasileiro, casado, engenheiro civil, portador do RG n° 00000-00, CPF/MF n° 000.000.000-00, residente e domiciliado na Endereço, Nome, e-mail: email@email.com , brasileiro, separado judicialmente, físico, portador do RG n° 00000-00, CPF/MF n° 000.000.000-00, residente e domiciliado na Endereço, e Nome E Nome, e-mail: email@email.com , empresa com sede social na EndereçoCEP.: 00000-000, nesta Capital, inscrita no CNPJ/MF sob o n° 00.000.000/0000-00, por seus advogados ao final assinado, vem respeitosamente a presença de V.Exa., propor presente propor a presente AÇÃO DE COBRANÇA em face Nome - CESSÃO DE INFRAESTRUTURAS, e-mail: email@email.com , inscrita no CNPJ/MF sob o n° 00.000.000/0000-00, com sede na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na EndereçoCep.: 00000-000..

Nome E Nome, Nome, Nome, são proprietários das áreas abaixo descritas.

A - área de 200,00m2 da área maior, situada na Rodovia Osvaldo Barbosa Guisard, km 166, Município de São Bento do Sapucaí; Estado de São Paulo (SAT001B1), e firmaram contrato de locação em 03/05/2000 (doc 1); e

B - área de 300,00m2 da área maior do imóvel localizado na Cidade de Santo Antônio do Pinhal, Estado de São Paulo, (SAT002SS), firmaram contrato de locação em 27/10/2010 (doc 2).

Anteriormente a data de 23/09/2015, , os imóveis acima descritos, pertenciam 50 % (cinquenta por cento) a Nome e sua mulher .TERESA VITÓRIA MORRONE Nome, 25% (vinte e cinco por cento) a Nome e 25% (vinte e cinco por cento) a Nome, conforme matrícula n° 3.104 do Cartório de Registro de Imóveis de São Bento do Sapucaí - SP (doc 3).

Ocorre que, a locatária vem depositando valores menores ao contratado e de forma conturbada, não obedecendo às cláusulas contratuais, conforme planilha anexa (doc 4).

Diante da inadimplência, vários meios foram tentados para receber amigavelmente os valores devidos, tendo sido feita, inclusive, a notificação da ré (docs 5 e 6), porém sem qualquer êxito, não restando outra alternativa à autora senão a presente via judicial.

Além da notificação encaminhada, exaustivamente, a autora expos o que vinha ocorrendo à ré, através de e-mails, telefonemas à funcionários e contatos mantidos com advogados da mesma, explicando e enviando planilhas dos valores em aberto.(doc 7)e a ré quedou-se inerte.

Assim é que, a ré, até a presente, é devedora dos autores na quantia correspondente a R$ 00.000,00, consubstanciada pelas diferenças em aberto corrigidas monetariamente e acrescidas dos respectivos ônus, quais sejam, multa de 2% (dois por cento), mais os juros de mora incidentes à proporção de 1% ao mês (doc. 4)

NOME SAT00181 SAT002SS VALOR

Nome R$ 00.000,00 R$ 00.000,00 R$ 00.000,00 Nome -R$ 00.000,00 R$ 00.000,00 R$ 00.000,00 Nome ADM. E PART. -R$ 00.000,00 R$ 00.000,00 R$ 00.000,00 TOTAL.................................................................................................................... R$ 00.000,00

Requer-se, pois seja a ré citada para, querendo, efetuar a quitação dos débitos em aberto até a data do respectivo pagamento, ou apresentar defesa que tiver e puder, devendo ao final ser condenada ao pagamento de todas as parcelas vencidas e vincendas não pagas, acrescidas da correção monetária, da multa e dos juros contados de cada vencimento, como se impõe.

Ante ao exposto requer-se:

1) seja recebida e processada a apresente ação, determinando-se a citação da ré por carta no endereço do preâmbulo, para comparecer à audiência

e apresentar eventual defesa que tiver e puder, sob pena de revelia e confesso;

2) seja julgada totalmente procedente a presente ação, condenando-se a ré ao pagamento do total dos débitos, acrescidas de correção monetária, multa e juros de mora, contados de cada vencimento, bem como seja condenada ao pagamento de todas as custas e despesas processuais, bem como dos honorários advocatícios a serem fixados por V. Exa., como se impõe.

Protesta provar o alegado por todos os meios de prova em direito admitidos, em especial o depoimento pessoal do representante legal da ré, como de direito.

Requer-se a concessão dos benefícios do artigo 172 do CPC, para fins de cumprimento da citação e intimações que se fizerem necessárias, juntando-se a guia das diligências para a confecção e instrução do mandado de citação.

Requer-se, por fim, que as intimações sejam feitas em nome dos advogados Nome, e-mail email@email.com , 00.000 OAB/UF, e Nome, email@email.com, brasileiro, casado, inscrito na 00.000 OAB/UF, anotando-se seus nomes da contra-capa dos autos, como de direito.

São os termos em que, dando-se à causa o valor de R$

42.326,63 (quarenta e dois mil, trezentos e vinte e seis reais e sessenta e

três centavos).

Pede deferimento.

São Paulo,

Nome

00.000 OAB/UF