Processo nº 0006403-34.2014.8.16.0014

Banco de Investimentos Credit Suisse (brasil) S.A x Massa Falida de Couroada Industria e Comercio de Couros LTDA

O processo possui 8 publicações no Diário de Justiça do Estado do Paraná. Tem como partes envolvidas Banco de Investimentos Credit Suisse (Brasil) S.A, Abatedouro Beira Rio LTDA, Adelaido Batista, Ademir Esteves, Ademir de Melo, Adler Menezes Dourado, Adriana Pereira Theodoro Ferreira, Adriana Teles da Silva, Adriano Ferreira, Afonso Celso Fontes dos Santos, Afonso Moretti Sanchez, Agnaldo dos Anjos da Silva, Ailton Roberto de Oliveira Ferreira, Alan Oliveira Dantas de Souza, Alan dos Santos, Alberto Ferreira Gonçalves, Alessandro Candido da Silva, Alessandro Cunha da Silva, Alessandro Martinelli Alves, Alessandro Santos Nunes, Alex Carneiro Medeiros, Alex Panerari, Alexander Tavares de Siqueira, Alexandra Aparecida Serafim Baldo, Alexandre Abrantes de Lima, Alexsandro Maurilio Pellegrino, Alfredo Ferraz da Silva, Alfredo Pugnali Filho, Alisson Bilhalva Martins, Alisson Custodio Guari, Alisson Rodrigo Dominguez, Allan Jose da Silva Souza, Almir de Oliveira Neto, Amarildo Geraldo Tardem, Amauri Ferreira Cutisque Junior, Amauri Jose de Carvalho, Ana Cláudia da Cruz, Ana Paula Braz de Campos, Ana Paula Ramos Veloso, Ana Rosa Tenorio de Amorim, Analice Pereira Cardoso, Anderson Antonio Silva, Anderson Cleiton Aparecido da Silva, Anderson Gomes Chaves, Anderson Santos de Oliveira, Andre Ricardo Forcelli, Andreia Lopes das Neves, Andreza Cristina Pereira, Andryson Alves Franchim, André Geraldo de Aquino, André Luiz da Silva, André Luiz de Souza, André Ricardo Forcelli, Angela Ferreira dos Santos, Angela Gomes de Oliveira, Angela Ledes Godoi, Angelica Franco de Oliveira, Angélica Serafim Machado Alves, Angélica Terezinha Menk Ferreira, Antonio Aparecido Rodolfo, Antonio Carlos da Silva, Antonio Domingos dos Santos, Antonio Justino Forcelli, Antonio Justino Forcelli, Antonio Leite da Fonseca Neto, Antonio Rosa dos Santos, Antônio Pascal Donadio, Aparecida Rosa de Campos - ME, Aparecida Teixeira, Aparecido Alexandrino da Silva, Aparecido Pereira da Silva, Armando Vieira Laranjeiro, Arrematante) Amadeu Anadison Ferreira, Arrematante) Claudio Roberto Arruda, Arrematante) José Antonio Nunes dos Santos, Arrematante) Musika & Ferreira LTDA, Arrematante) Reginaldo Tavares Celestino, Augustinho Moura, Augusto de Assis Delarco, BR - Consult Consultoria Contábil e Tributária LTDA, Banco Industrial do Brasil SA, Banco Popolare – Società Cooperativa, Banco de Investimentos Credit Suisse (Brasil) S.A. Representado(A) POR Jose Olympio da Veiga Pereira, Banco do Brasil S/A, Banco do Nordeste do Brasil SA, Beatriz Fonseca Donato, Bento Pereira Ramos, Benízio Luiz Ferreira, Bndes - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Bruna Soares da Silva, Bruna da Silva Mediano, Caixa Econômica Federal (Citação Online), Camila de Freitas Nasser, Camila de Freitas Nasser, Carla Andréa Dias Ribeiro, Carlos Alberto Gomes Pereira, Carlos Alberto Maricato, Carlos Alberto Passarini, Carlos Alves, Carlos Antunes Ramos.

Andamento processual

Assine para desbloquear todos os andamentos desse processo
06/01/2021há 2 meses

Tribunal de Justiça

Comarcas do Interior

Conselho da Magistratura

Iretama

4ª Vara Cível

IDMATERIA1707889IDMATERIA A 4 VARA CÍVEL - COMARCA DE LONDRINA - ESTADO DO PARANÁ

FALÊNCIA DE COUROADA INDUSTRIA E COMERCIO DE COUROS LTDA

CNPJ 02.522.287/0002-26 A

PROCESSO 0006403-34.2014.8.16.0014 DA 4 VARA CÍVEL DA COMARCA DE LONDRINA - PARANÁ

EDITAL DE PUBLICAÇÃO DE CREDORES DA FALÊNCIA DE COUROADA INDUSTRIA E COMERCIO DE COUROS LTDA

HEITOR CAETANO BEMVENUTTI HEDEKE, neste ato representando a pessoa jurídica de Gutjahr & Schio - Perícias, consultoria e projetos, Administradora Judicial nomeada no processo de falência em epígrafe, na forma da lei, FAZ SABER a todos quanto ao presente edital virem ou dele tiverem conhecimento que, em 19 de março de 2015, foi decretada a falência de COUROADA INDUSTRIA E COMERCIO DE

a

COUROS LTDA na 4 Vara Cível de Londrina (PR), conforme detalhes a seguir. Assim, de acordo com o art. , § 1º, da Lei 11.101/2005, informa que os credores poderão apresentar impugnação contra a relação de credores abaixo apresentada, no prazo de 15 (quinze) dias, apontando a ausência de qualquer crédito ou manifestando-se contra a legitimidade, importância ou classificação de crédito relacionados.

Tais fatos devem ser apresentados ao administrador judicial HEITOR CAETANO BEMVENUTTI HEDEKE, com endereço na Av. Cândido de Abreu, 660 - conjunto 206 - Centro Cívico, Curitiba - PR, CEP 80530-000 e que pode ser contatado pelo telefone (41) 98401-1333 ou ainda pelo e-mail heitor@gesassociados.com.br.

Isto posto, em observância ao parágrafo único do art. 99 da Lei 11.101/2005, expõese a íntegra da decisão que decreta a falência e relação de credores:

1) Íntegra da decisão que decreta a falência:

Disponível em: http://www.gesassociados.com.br/couroada/ na aba "PRINCIPAIS DECISÕES". Acesso livre. Não é necessária senha.

2 ) RELAÇÃO DE CREDORES DE COUROADA INDUSTRIA E COMERCIO DE COUROS LTDA - CNPJ 02.522.287/0002-26 (valores atualizados até 15 de março de 2015):

Disponível em: http://www.gesassociados.com.br/couroada/ na aba "QUADRO GERAL DE CREDORES". Acesso livre. Não é necessária senha.

Londrina, 10 de novembro de 2020.

GUTJAHR & SCHIO PERÍCIAS E ADMINISTRAÇÃO JUDICIAL LTDA

(Responsabilidade Técnica:Heitor Caetano Bemvenutti Hedeke)

ADMINISTRADORA JUDICIAL

IDMATERIA1707893IDMATERIA A 4 VARA CÍVEL - COMARCA DE LONDRINA - ESTADO DO PARANÁ

FALÊNCIA DE COUROADA INDUSTRIA E COMERCIO DE COUROS LTDA

CNPJ 02.522.287/0002-26 A

PROCESSO 0006403-34.2014.8.16.0014 DA 4 VARA CÍVEL DA COMARCA DE LONDRINA - PARANÁ

EDITAL DE PUBLICAÇÃO DE CREDORES DA FALÊNCIA DE COUROADA INDUSTRIA E COMERCIO DE COUROS LTDA

HEITOR CAETANO BEMVENUTTI HEDEKE, neste ato representando a pessoa jurídica de Gutjahr & Schio - Perícias, consultoria e projetos, Administradora Judicial nomeada no processo de falência em epígrafe, na forma da lei, FAZ SABER a todos quanto ao presente edital virem ou dele tiverem conhecimento que, em 19 de março de 2015, foi decretada a falência de COUROADA INDUSTRIA E COMERCIO DE

a

COUROS LTDA na 4 Vara Cível de Londrina (PR), conforme detalhes a seguir. Assim, de acordo com o art. , § 1º, da Lei 11.101/2005, informa que os credores poderão apresentar impugnação contra a relação de credores abaixo apresentada, no prazo de 15 (quinze) dias, apontando a ausência de qualquer crédito ou manifestando-se contra a legitimidade, importância ou classificação de crédito relacionados.

Tais fatos devem ser apresentados a administradora judicial GUTJAHR & SCHIO PERÍCIAS E ADMINISTRAÇÃO JUDICIAL LTDA, aos cuidados do responsável técnico HEITOR CAETANO BEMVENUTTI HEDEKE, com endereço na Av. Cândido de Abreu, 660 - conjunto 206 - Centro Cívico, Curitiba - PR, CEP 80530-000 e que pode ser contatado pelo telefone (41) 98401-1333 ou ainda pelo e-mail heitor@gesassociados.com.br.

Ressalte-se que aqueles créditos que já tenham sido habilitados perante o Juízo da 4ª Vara Cível de Londrina e que ainda não tenham decisão transitada em julgado, terão seu regular trâmite e julgamento da habilitação de crédito para a inclusão no Quadro Geral de Credores.

Isto posto, em observância ao parágrafo único do art. 99 da Lei 11.101/2005, expõese a íntegra da decisão que decreta a falência e relação de credores:

1) Íntegra da decisão que decreta a falência:

Processo: 0006403-34.2014.8.16.0014

Classe Processual: Falência de Empresários, Sociedades Empresáriais, Microempresas e Empresas de Pequeno Porte

Assunto Principal: Recuperação judicial e Falência

Valor da Causa: R$24.373.015,43

Autor (s): BANCO DE INVESTIMENTOS CREDIT SUISSE (BRASIL) S.A. (CPF/ CNPJ: 33.987.793/0001-33) representado (a) por JOSE OLYMPIO DA VEIGA PEREIRA (RG: 053787297 SSP/RJ e CPF/CNPJ: 704.674.717-20) Rua Leopoldo Couto de Magalhães Jr., 700 10º ANDAR - SÃO PAULO/SP

Réu (s): Couroada Comercial e Representações Ltda (CPF/CNPJ: 02.522.287/0001-45) representado (a) por LEOMAR FENSKE (CPF/CNPJ: 489.325.820-68) Rodovia José Garcia de Campos, 513 Pavilhão 2 - Colonia Coroados - LONDRINA/PR - CEP: 86.044-766

Vistos.

Cuida-se de ação de FALÊNCIA, onde BANCO DE INVESTIMENTOS CREDT SUISSE (BRASIL) S/A pugna pela decretação da falência de COUROADA COMERCIAL E REPRESENTAÇÕES LTDA, aduzindo, em sítese: que a suplicada com intuito de antecipar os valores decorrentes de suas operações no mercado externo celebrou com a autora contratos de câmbio - ADIANTAMENTOS SOBRE CAMBIAIS ENTREGES (ACE) E ADIANTAMENTO SOBRE CONTRATO DE CÂMBIO (ACC) - perfazendo um montante superior a treze milhões de dólares - somente os contratos deste processado - ultrapassando a casa dos vinte e quatro milhões de reais no mês de dezembro de 2.013. Foram protestados os títulos e requerida a falência, em caso não pagamento. Citada, a requerida não procedeu ao depósito e apresentou contestação. Aduz a nulidade da citação, a necessária suspensão da ação diante o ajuizamento de medida cautelar de sustação de protesto e rebateu o pleito falimentar. Replicando, a autora sobressaiu que a questão da demora na citação deveu-se a tentativa dos representantes da ré em burlar a diligência; as outras tentativas da ré em suspender outros protestos foram repelidas em outras varas cíveis, não havendo nenhuma decisão favorável à suplicada e nenhum indicio de pagamento parcial ou total do débito, caracterizando a insolvência da demandada, fato motivador da opção pelo presente procedimento, que, segundo reiterou, deve se prestar à declaração de falência. É o relato do essencial na forma do disposto no art. 458, inc. I, do CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL, de modo que, então, passo à fundamentação salientando que o art. 95, da Lei nº 11.101/05, preceitua que `dentro do prazo de contestação, o devedor poderá pleitear sua recuperação judicial´, o que não foi referido pela requerida. DECIDO. Não há nulidade na citação. Com efeito, as diligências estão demonstradas nos autos, confirmando a dificuldade de localização dos representantes da requerida. Todavia, diante a apresentação da contestação, a discussão perde fôlego, porquanto a fase da citação não não causou à parte nenhum prejuízo ao seu direito de defesa, não havendo qualquer nulidade a ser reconhecida. Acerca do tema, o Superior Tribunal de Justiça estabelece: "DIREITO ADMINISTRATIVO. PROCESSUAL CIVIL. AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO. ALEGAÇÃO GENÉRICA DE OFENSA A DISPOSITIVO DE LEI FEDERAL. DEFICIÊNCIA DE FUNDAMENTAÇÃO. SÚMULA 284/STF. PREQUESTIONAMENTO. AUSÊNCIA. SÚMULAS 282 E 356/STF. PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PÚBLICO. CITAÇÃO POR VIA POSTAL. DIREITO DE DEFESA. OFENSA. NÃO-OCORRÊNCIA. PRINCÍPIOS DA CELERIDADE NA PRESTAÇÃO JURISDICIONAL, DA ECONOMIA PROCESSUAL, DA PROPORCIONALIDADE E DA SEGURANÇA JURÍDICA. APLICABILIDADE. AGRAVO REGIMENTAL IMPROVIDO. [...] 3. É firme a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça no sentido de que"Não há proclamarse a nulidade da citação que, embora feita por forma diversa da prescrita em lei, não causou prejuízo à parte, que teve assegurado o exercício de plena defesa"(REsp 11.579/SP, Rel. Min. ANTÔNIO DE PÁDUA RIBEIRO, Segunda Turma, DJ 21/6/93). 4. Hipótese em que não houve violação ao direito de defesa do agravante, pessoa jurídica de direito público, tendo em vista que, não obstante sua citação tenha sido realizada por AR - Aviso de Recebimento, houve ainda o posterior envio de telegrama ao seu presidente informando o adiamento da audiência, permitindo-lhe o amplo conhecimento da causa e oportunidade de defesa. Ademais, o Ministério Público atuou no processo de justificação, garantindo sua regularidade. [...]." (AgRg no Ag 884.296/PI, 5ª Turma, Relator Ministro ARNALDO ESTEVES LIMA, DJ 07/02/08). "PROCESSUAL CIVIL. SOCIEDADE DE ECONOMIA MISTA. CITAÇÃO POSTAL. APLICAÇÃO A ESPECIE DOS ARTS. 249, PARÁGRAFO 1., E 250 DO C.P.C. I - Não ha proclamar-se a nulidade da citação que, embora feita por forma diversa da prescrita em lei, não causou prejuízo à parte, que teve assegurado o exercício de plena defesa. Aplicação dos arts. 249 parágrafo 1º, e 250 do C.P.C. II - Ofensa aos arts. 215, 222 e 223 do C.P.C. não caracterizada. III - Recurso especial não conhecido." (REsp 11.579/SP, 2ª Turma, Relator Ministro ANTÔNIO DE PÁDUA RIBEIRO, DJ 21/06/93). Ademais, a apresentação da contestação caracteriza o comparecimento espontâneo aos autos, suprindo a ausência de citação, nos termos do artigo 214, § 1º do Código de Processo Civil: "Art. 214 - Para a validade do processo é indispensável a citação inicial do réu. § 1º. - O comparecimento espontâneo do réu supre, entretanto, a falta de citação." De outro vértice, a alegação de medida cautelar de suspensão ou nulidade de protesto não tem a eficácia de inibir a marcha processual. A ré não trouxe qualquer decisão favorável neste sentido, sequer, despacho inaugural de medida judicial específica dos títulos ensejadores do pleito inaugural. Falência O art. 96, da Lei de Falencias, especifica que `a falência requerida com base no art. 94, inciso I do caput, desta Lei, não será decretada se o requerido provar: I - falsidade de título; II - prescrição; III - nulidade

de …

08/12/2020há 3 meses
Andamento visível apenas para assinantes.
Andamento visível apenas para assinantes.
Andamento visível apenas para assinantes.
05/12/2020há 3 meses
Andamento visível apenas para assinantes.
04/12/2020há 3 meses
Andamento visível apenas para assinantes.
03/12/2020há 3 meses
JUNTADA DE CERTIDÃO
JUNTADA DE PETIÇÃO DE CUMPRIMENTO DE INTIMAÇÃO Cumprimento de intimação - Referente ao evento EXPEDIÇÃO DE CERTIDÃO GERAL (16/11/2020)
01/12/2020há 3 meses
DECORRIDO PRAZO DE BANCO DE INVESTIMENTOS CREDIT SUISSE (BRASIL) S.A. (P/ advgs. de BANCO DE INVESTIMENTOS CREDIT SUISSE (BRASIL) S.A. *Referente ao evento (seq. 38585) PROFERIDO DESPACHO DE MERO EXPEDIENTE (13/11/2020) e ao evento de expedição seq. 38587.
30/11/2020há 3 meses
CONFIRMADA A INTIMAÇÃO ELETRÔNICA (Pelo advogado/curador/defensor de Massa Falida de COUROADA INDUSTRIA E COMERCIO DE COUROS LTDA) em 30/11/2020 com prazo de 15 dias úteis *Referente ao evento (seq. 38606) JUNTADA DE CERTIDÃO (19/11/2020) e ao evento de expedição seq. 38608.
Detalhes do processo
Poder Judiciário
Justiça dos Estados e do Distrito Federal e Territórios
Tribunal de Origem
TJPR · Comarca · Barracão, PR
Valor da Causa
R$ XX.XXX.XXX,XX
Exibir Valor
Data de tramitação
05/02/2014 a 06/01/2021
Natureza
Falência de Empresários, Sociedades Empresáriais, Microempresas e Empresas de Pequeno Porte
Assunto
Empresas / Recuperação judicial e Falência
Juiz
Jamil Riechi Filho
Início do Processo
2014
Partes envolvidas