Processo Nº 0004620-27.2016.8.16.0017

Andamento processual

11/09/2018há 2 anos

Tribunal de Justiça

Comarcas do Interior

Conselho da Magistratura

FORO REGIONAL DE MARIALVA DA COMARCA DA REGIÃO

METROPOLITANA DE MARINGÁ

1ª VARA DE FAMÍLIA E SUCESSÕES,

REGISTROS PÚBLICOS E CORREGEDORIA DO FORO EXTRAJUDICIAL

Processo: 0017667-05.2015.8.16.0017

Classe Processual: Procedimento Ordinário

Assunto Principal: Rescisão / Resolução

Valor da Causa: R$9.600,00

Autor (s): • ANTONIO CAMOLEZI

FILHO (CPF/CNPJ:

237.073.729-87)

RUA KATSUO

NAKATA, 1854 -CENTRO - IPORÃ/PR - CEP: 87.560-000

Réu (s): • RICARDO FRESCHI

(CPF/CNPJ:

026.144.769-60)

RUA TRÊS LAGOAS, 182 - JARDIM

ESPERANÇA -SARANDI/PR - CEP: 87.112-126

ROSELY FRESCHI

(RG: 60985316 SSP/

PR e CPF/CNPJ:

025.622.459-54)

Rua Pioneiro José de Paula, 1308 CASA B -Jardim Novo Alvorada - MARINGÁ/PR - CEP: 87.035-500

EDITAL DE INTIMAÇÃO DO REQUERIDO: RICARDO FRESCHI e ROSELY FRESCHI - COM O PRAZO DE VINTE (20) DIAS.

FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, expedido nos autos acima descritos. Objeto: INTIMAÇÃO do (s) requerido (s): ROSELY FRESCHI , para que, no prazo de 15 (quinze) dias, efetue o pagamento do débito exequendo, no valor de R$ 9.840,05 (nove mil, oitocentos e quarenta reais e cinco centavos), com a devida atualização e correção até a data do efetivo pagamento, acrescido de custas e despesas processuais, sob pena de não o fazendo incidir no pagamento de multa de 10% (dez por cento) sobre o montante da condenação, artigo 523 do NCPC, com nova redação dada pela Lei 11.232/2005 de 22/12/2005, e, a requerimento do credor e observado o disposto no artigo 614, inciso II, desta Lei, expedir-se-á mandado de penhora e avaliação, tudo nos termos e de acordo com a petição inicial, cuja cópia segue anexa e deste fica fazendo parte integrante, e despacho proferido nos autos supra referidos. Ficam advertidos, ainda, que, transcorrido o prazo para pagamento voluntário, independentemente de penhora ou nova intimação, iniciará novo prazo de quinze dias para que apresentem, nos próprios autos, sua impugnação, conforme art. 525, do NCPC. Em caso de pronto pagamento, antes de escoado o prazo concedido acima de 15 (quinze) dias não haverá incidência de honorários advocatícios para esta fase nos termos da Súmula 517 do STJ: São devidos honorários advocatícios no cumprimento de sentença, haja ou não impugnação, depois de escoado o prazo para pagamento voluntário, que se inicia após a intimação do advogado da parte executada. Se acaso a parte devedora não realizar o pagamento no prazo de 15 dias, incidirá multa de 10 % (dez por cento) e honorários advocatícios de 10% (dez por cento) sobre o valor exequendo (cf. art. 523, § 1º do novo CPC). Na hipótese de ser realizado pagamento parcial dentro do prazo de 15 (quinze) dias a multa e os honorários advocatícios incidirão sobre o valor remanescente.

OBSERVAÇÃO: Este processo tramita através do sistema computacional PROJUDI, cujo endereço na web é https://portal.tjpr.jus.br/projudi/. O acesso ao sistema pelos advogados depende de prévio cadastramento, o qual é obrigatório, e o ajuizamento de causas e de todos os atos processuais subseqüentes, especialmente contestação e demais impugnações, somente serão admitidos pelo sistema eletrônico (art. 4º da Resolução 10/2007 do Órgão Especial do TJPR).

Dado e passado nesta cidade e Comarca de MARINGÁ, Estado do PARANÁ, em 06 de Setembro de 2018 às 17:09:36.- Eu, JULIANA CHRISTINA BETONI FERNANDES, Empregada Juramentada, o digitei e subscrevi.

FÁBIO BERGAMIN CAPELA

JUIZ DE DIREITO

(Documento Assinado Digitalmente)

Processo: 0004620-27.2016.8.16.0017

Classe Processual: Procedimento Sumário

Assunto Principal: Despesas Condominiais

Valor da Causa: R$4.279,02

Autor (s): • Condomínio

Residencial Azaleia

(CPF/CNPJ:

80.894.082/0001-02)

Avenida Cerro Azul, 2438 - Jardim Novo

Horizonte - MARINGÁ/ PR - CEP: 87.010-055

Réu (s): • Hilda Dias dos Santos (CPF/CNPJ: 490.962.579-87)

Avenida Cerro Azul, 2438 Apartamento 23, bloco A2 - Zona 02 -MARINGÁ/PR - CEP: 87.010-000

EDITAL DE INTIMAÇÃO DO REQUERIDO: Hilda Dias dos Santos - COM O PRAZO DE VINTE (20) DIAS.

FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, expedido nos autos acima descritos. Objeto: INTIMAÇÃO do (s) requerido (s): Hilda Dias dos Santos , para que, no prazo de 15 (quinze) dias, efetue o pagamento do débito exequendo, no valor de R$ 10.919,08 (dez mil, novecentos e dezenove reais e oito centavos), com a devida atualização e correção até a data do efetivo pagamento, acrescido de custas e despesas processuais, sob pena de não o fazendo incidir no pagamento de multa de 10% (dez por cento) sobre o montante da condenação, artigo 523 do NCPC, com nova redação dada pela Lei 11.232/2005 de 22/12/2005, e, a requerimento do credor e observado o disposto no artigo 614, inciso II, desta Lei, expedir-se-á mandado de penhora e avaliação, tudo nos termos e de acordo com a petição inicial, cuja cópia segue anexa e deste fica fazendo parte integrante, e despacho proferido nos autos supra referidos. Ficam advertidos, ainda, que, transcorrido o prazo para pagamento voluntário, independentemente de penhora ou nova intimação, iniciará novo prazo de quinze dias para que apresentem, nos próprios autos, sua impugnação, conforme art. 525, do NCPC. Em caso de pronto pagamento, antes de escoado o prazo concedido acima de 15 (quinze) dias não haverá incidência de honorários advocatícios para esta fase nos termos da Súmula 517 do STJ: São devidos honorários advocatícios no cumprimento de sentença, haja ou não impugnação, depois de escoado o prazo para pagamento voluntário, que se inicia após a intimação do advogado da parte executada. Se acaso a parte devedora não realizar o pagamento no prazo de 15 dias, incidirá multa de 10 % (dez por cento) e honorários advocatícios de 10% (dez por cento) sobre o valor exequendo (cf. art. 523, § 1º do novo CPC). Na hipótese de ser realizado pagamento parcial dentro do prazo de 15 (quinze) dias a multa e os honorários advocatícios incidirão sobre o valor remanescente.

OBSERVAÇÃO: Este processo tramita através do sistema computacional PROJUDI, cujo endereço na web é https://portal.tjpr.jus.br/projudi/. O acesso ao sistema pelos advogados depende de prévio cadastramento, o qual é obrigatório, e o ajuizamento de causas e de todos os atos processuais subseqüentes, especialmente contestação e demais impugnações, somente serão admitidos pelo sistema eletrônico (art. 4º da Resolução 10/2007 do Órgão Especial do TJPR).

Dado e passado nesta cidade e Comarca de MARINGÁ, Estado do PARANÁ, em 06 de Setembro de 2018 às 17:02:13.- Eu, JULIANA CHRISTINA BETONI FERNANDES, Empregada Juramentada, o digitei e subscrevi.

FÁBIO BERGAMIN CAPELA

JUIZ DE DIREITO

(Documento Assinado Digitalmente)

JUIZADO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER E VARA DE CRIMES CONTRA

CRIANÇAS, ADOLESCENTES E IDOSOS

Edital de Intimação

30/05/2017há 3 anos

Comarcas do Interior

Conselho da Magistratura

Edital Geral

Edital de Citação

Processo: 0001178-19.2017.8.16.0017

Classe Processual: Notificação

Assunto Principal: Inadimplemento

Valor da Causa: R$17.995,52

Polo Ativo (s): • Santa Alice Loteadora

S/C Ltda (CPF/CNPJ: 01.685.813/0001-25) HERVAL, 1029 -MARINGÁ/PR

Polo Passivo (s): • PAULO ROSSI (RG:

97368333 SSP/

PR e CPF/CNPJ:

061.410.399-10)

XXXXX, xxxx -MARINGÁ/PR

• NEI JOSÉ NEOTTE

JUNIOR (CPF/CNPJ: 084.044.679-94)

Rua Dr. Oliveira

Castro, no 156, na cidade de Guaira/Pr, 156 - GUAÍRA/PR

• CAMILA DE SENNA

CARRERO ROSSI

(CPF/CNPJ: Não Cadastrado)

lugar incerto e não sabido, S/N -MARINGÁ/PR

EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DOS REQUERIDOS: PAULO ROSSI (CPF nº 061.410.399-10) e CAMILA DE SENNA CARRERO ROSSI (CPF nº desconhecido ) - COM O PRAZO DE VINTE (20) DIAS.

FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, expedido nos autos acima descritos.

Objeto: NOTIFICAÇÃO dos requeridos: PAULO ROSSI, brasileiro, comerciante, portador do R.G nº 9.736.833-3/SSP-PR e do CPF nº 061.410.399-10 e sua esposa,

CAMILA DE SENNA CARRERO ROSSI, brasileira, do lar, portadora do R.G nº desconhecido e do CPF nº desconhecido, terceiros e interessados, dos termos da presente ação de notificação, nos termos do art. 729 do NCPC, tudo conforme despacho proferido nos presentes autos, conforme resumo da inicial que segue:

"Em 31 de janeiro de 2014 a autora celebrou compromisso particular de compra e venda nº 0408 com os Requeridos, do lote de terras nº 06, quadra nº 127 do loteamento Jardim Espanha, na cidade de Maringá/PR, conforme abaixo segue e que deveria ser pago a seguinte forma: Sinal dividido em quatro parcelas iguais de R$ 1.402,50 (um mil, quatrocentos e dois reais e cinquenta centavos), para os dias 31/01/2014, 25/02/2014, 25/03/2014 e 25/04/2014, mais 132 (cento e trinta e duas) parcelas mensais e sucessivas, equivalentes ao valor de R$ 1.657,50 (um mil, seiscentos e cinquenta e sete reais e cinquenta centavos), corrigidas a cada 12 meses, na data do pagamento na rede bancária, de acordo com a lei, pelo IGPM/FGV, desde já reciprocamente avençadas e plenamente aceitas pelas partes contratantes, com a primeira vencendo em 25/05/2014, totalizando a importância de R$ 224.400,00 (duzentos e vinte e quatro mil e uatrocentos reais). Ocorre que os requeridos se encontram até a presente data com 9parcelas atrasadas, totalizando a importância de R$ 17.995,52 (dezessete mil novecentos e noventa e cinco reais e cinquenta e dois centavos) que deverá ser corrigido de acordo com os encargos estabelecidos no contrato, acrescidos de custas processuais e honorários advocatícios. A cláusula sétima do Compromisso Particular de Compra e Venda, assim

dispõe:"Se o compromissário comprador deixar de efetuar o pagamento das prestações previstas neste contrato, exercerá a compromitente vendedora o direito de sua rescisão 30 (trinta) dias após a constituição em mora, de acordo com o artigo 32 da Lei n. 6.766/79 e seus parágrafos."Sendo assim, a promitente Vendedora tornou-se credora dos promitentes Compradores na importância de R$ 17.995,52 (dezessete mil novecentos e noventa e cinco reais e cinquenta e dois centavos), que deverá ser corrigido de acordo com os encargos estabelecidos no contrato, acrescidos de custas processuais e honorários advocatícios. Ainda o artigo 475 do Código Civil, concede ao contraente lesado, a faculdade de pleitear a rescisão do contrato cumulativamente com as perdas e danos daí advindas. Ante o Exposto, objetivando prevenir responsabilidades, prover a conservação e ressalta de direito, é a presente para requerer à Vossa excelência, com fundamento no artigo 726, do Novo Código de Processo Civil, a notificação do requerido NEI JOSÉ NEOTTE,, e dos requeridos PAULO ROSSI e sua esposa, CAMILA DE SENNA CARRERO ROSSI, para no prazo de 30 (trinta) dias, efetuar em o pagamento acima indicado, sob pena de sofrer as sanções legais cabíveis a espécie. Dá-se à presente causa, o valor de R$ 17.995,52 (dezessete mil novecentos e noventa e cinco reais e cinquenta e dois centavos)"

OBSERVAÇÃO: Este processo tramita através do sistema computacional PROJUDI, cujo endereço na web é https://portal.tjpr.jus.br/projudi/. O acesso ao sistema pelos advogados depende de prévio cadastramento, o qual é obrigatório, e o ajuizamento de causas e de todos os atos processuais subseqüentes, especialmente contestação e demais impugnações, somente serão admitidos pelo sistema eletrônico (art. 4º da Resolução 10/2007 do Órgão Especial do TJPR).

Dado e passado nesta cidade e Comarca de MARINGÁ, Estado do PARANÁ, em 26 de Maio de 2017 às 11:16:43.- Eu, JULIANA CHRISTINA BETONI FERNANDES, Empregada Juramentada, o digitei e subscrevi.

FÁBIO BERGAMIN CAPELAJUIZ DE DIREITO (Documento Assinado Digitalmente)

IDMATERIA1258036IDMATERIA

Processo: 0015655-81.2016.8.16.0017

Classe Processual: Procedimento Ordinário

Assunto Principal: Acidente de Trânsito

Valor da Causa: R$135.267,00

Autor (s): • Wanessa Maciel

Becker (CPF/CNPJ: 047.951.069-59)

Rua Pioneiro Joaquim Domingos de Souza, 179 - Vila Esperança -MARINGÁ/PR - CEP: 87.020-710

Réu (s): • RONALDO JOSE DOS SANTOS (RG: 435933747 SSP/

SP e CPF/CNPJ:

339.410.008-88)

Rua Honorato Vechi, 20 CASA - MARINGÁ/ PR - CEP: 87.083-786

EDITAL DE CITAÇÃO DO REQUERIDO: RONALDO JOSE DOS SANTOS (RG: 435933747 SSP/SP e CPF/CNPJ: 339.410.008-88) - COM O PRAZO DE VINTE (20) DIAS.

FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, expedido nos autos acima descritos. Objeto: CITAÇÃOe INTIMAÇÃO do (s) requerido (s): RONALDO JOSE DOS SANTOS (RG: 435933747 SSP/SP e CPF/CNPJ: 339.410.008-88) , para que, compareça (m) à audiência de Conciliação/ Mediação, acompanhado (s) de advogado, devidamente habilitado, designada para o dia 29 de Agosto de 2017 às 16:30 horas , nas salas de audiências do CEJUSC, com endereço no fórum Central de Maringá, à Av. Tiradentes, 380, Térreo, Centro, Maringá-Pr, devendo comparecer pessoalmente sob pena de se caracterizar ato atentatório à dignidade da justiça com aplicação de multa de 2% (dois por cento) sobre o valor da causa, revertida em favor do Estado do Paraná diretamente ao FUNJUS (salvo a hipótese de comparecimento por meio de representante com procuração específica para o ato com poderes para negociar e transigir), devendo se fazer presene na audiência, acompanhado de advogado, conforme prevê o art.3344,§§ 8ºº a100 doNCPCC, ciente de que eventual manifestação noticiando ao juízo o desinteresse na audiência somente será aceita caso apresentada com 10 (dez) dias de antecedência, contados da data da audiência, conforme art.3344,§ 5ºº doNCPCC.O demandado deverá, caso não realizado acordo na audiência agendada, contestar os fatos e pedidos narrados na petição inicial no prazo de até 15 (quinze) dias, sob pena de serem reputados como verdadeiros os fatos e pedidos do autor, sendo que seu prazo terá início a partir da audiência acima designada. Havendo pedido, pelo demandado, para não realização da audiência de conciliação, seu prazo de 15 (quinze) dias para contestar os fatos e pedidos narrados na petição inicial terá início a partir da data do protocolo do pedido de cancelamento da audiência de conciliação, o que deverá ser observado pelo Cartório quando da certificação da tempestividade ou não da resposta (contestação) do demandado. OBSERVAÇÃO: Este processo tramita através do sistema computacional PROJUDI, cujo endereço na web é https:// portal.tjpr.jus.br/projudi/. O acesso ao sistema pelos advogados depende de prévio cadastramento, o qual é obrigatório, e o ajuizamento de causas e de todos os atos processuais subseqüentes, especialmente contestação e demais impugnações, somente serão admitidos pelo sistema eletrônico (art. 4º da Resolução 10/2007 do Órgão Especial do TJPR).

Resumo da inicial: "VANESSA MACIEL BECKER, brasileira, solteira, garçonete, portadora da Cédula de Identidade RG de n.º 9.517.520-1, SSP/PR, inscrito no CPF/MF sob o n.º 047.951.069-59, residente e domiciliada a Rua Pioneiro Joaquim Domingos de Souza, 179, Vila Esperança, na cidade de Maringá - PR, por seus advogados que esta subscrevem ut instrumento de procuração (doc. anexo), com escritório profissional à Avenida Getúlio Vargas, 266, 6º andar, sala 601, Centro, Maringá - PR, CEP: 87.013-130, onde recebem avisos, notificações e intimações, vem, respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, com fulcro no art. 5º, incisos V e X, da Constituição Federal; arts. 186 e 927, do Código Civil e demais dispositivos legais cabíveis a espécie, propor a presente: AÇÃO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS, MATERIAIS E ESTÉTICOS em face de RONALDO JOSÉ DOS SANTOS, casado, auxiliar de escritório, portador do RG nº 4.359.337-4 SSP/SP, residente e domiciliado na Rua Honorato Vechi, Residencial Ícaro, CEP: 87.083.786, na cidade de Maringá - PR, o que faz pelas razões de fato e de direito que passa a aduzir. I - DOS FATOS No dia 23/12/2015, por volta da 15h15min, a Autora, transitava com sua motocicleta, pela Rua São Silvestre, quando inesperadamente, foi surpreendida em colisão pelo veículo 02 (FORD - ECOSPROT), de propriedade Requerido, que transitava pela Rua Rio Bernardino de Campos, veículo este que, não respeitando a placa sinalizadora de" PARE ", invadiu a preferencial e colidiu com a motocicleta da Requerida, nos cruzamento das vias, consoante boletim de ocorrência. Frisa-se que, a Autora foi atingida de forma imprudente pelo veículo da Ré, que não respeitou a sinalização" de preferencial " da via que transitava e colidiu com o veículo com a motocicleta da Autora, ocasionado a mesma, ferimentos contundentes, com danos e sequelas graves ainda não revertidas, até mesmo pelo fato do veículo da autora se tratar de uma motocicleta, e pela violência do impacto ocorrido. Ora, como poderia a Autora, prever que, naquele instante, algum veículo, de forma imprudente, atravessaria o cruzamento, desrespeitando a sinalização preferencial e agindo sem os devidos cuidados e cautela. Deste modo, a Autora ficou hospitalizado em função do acidente …

Detalhes do processo
Poder Judiciário
Justiça dos Estados e do Distrito Federal e Territórios
Tribunal de Origem
TJPR · Comarca · Cambará, PR
Natureza
Procedimento Sumário
Início do Processo
2016