Processo nº 0265086-60.2011.8.04.0001

Metro Quadrado Engenharia LTDA x Mci - Manaus Consultoria de Imoveis LTDA

TJAM · Fórum Henoch Reis da Comarca de Manaus, AM
Cível · Cumprimento de sentença
Valor da causa:
R$ X.XXX,XX
O processo teve origem no Tribunal de Justiça do Amazonas, no Capital - Fórum de Manaus, em 13 de dezembro de 2011. Tem como partes envolvidas Camilla Trindade Bastos, Metro Quadrado Engenharia LTDA, Vito Sasso Filho, MCI - Manaus Consultoria de Imoveis LTDA e outros.
Processo em andamento
Informações sincronizadas há 10 meses com tribunais e Diários Oficiais.
Sincronizar

Andamento processual

Assine para desbloquear todas as movimentações desse processo
27/10/2021mês passado
Movimentação visível apenas para assinantes.
17/05/2021há 7 meses
Movimentação visível apenas para assinantes.
14/01/2021há 11 meses
Movimentação visível apenas para assinantes.
Movimentação visível apenas para assinantes.
24/11/2020ano passado
Movimentação visível apenas para assinantes.

Tribunal de Justiça

Seção VI

Varas - Comarca da Capital

13ª Vara Cível e de Acidentes de Trabalho

Relação Nº 0273/2020

ADV: CHRISTIAN ANTONY (OAB 5296/AM), ADV: CAMILLA TRINDADE BASTOS (OAB 13957/AM), ADV: BEATRIZ DE SOUZA SOUZA (OAB 12761/AM), ADV: VITO SASSO FILHO (OAB 10344/AM), ADV: RODRIGO FERNANDO DE ALMEIDA OLIVEIRA (OAB 189340/SP) - Processo 0265086-60.2011.8.04.0001 - Cumprimento de sentença - Espécies de Contratos - REQUERENTE: Metro Quadrado Engenharia Ltda - REQUERIDO: MCI - Manaus Consultoria de Imoveis Ltda - Haja vista a presunção de veracidade da alegação de insuficiência de recursos para arcar com as custas, despesas e honorários de advogado, conforme documentos acostados às fls. 192-204, defiro o benefício da gratuidade da justiça formulado às fls. 172-175 em favor do exequente, nos termos do artigo 98 c/c 99, parágrafo 2º, ambos do CPC. Expeça-se mandado de penhora e avaliação dos bens da executada, no endereço indicado à fl. 167. À Secretaria para as diligências de praxe.

23/11/2020ano passado
Nota Finalizada / Encaminhada para publicação Relação: 0273/2020 Teor do ato: Haja vista a presunção de veracidade da alegação de insuficiência de recursos para arcar com as custas, despesas e honorários de advogado, conforme documentos acostados às fls. 192-204, defiro o benefício da gratuidade da justiça formulado às fls. 172-175 em favor do exequente, nos termos do artigo 98 c/c 99, parágrafo 2º, ambos do CPC. Expeça-se mandado de penhora e avaliação dos bens da executada, no endereço indicado à fl. 167. À Secretaria para as diligências de praxe. Advogados(s): Christian Antony (OAB 5296/AM), Rodrigo Fernando de Almeida Oliveira (OAB 189340/SP), Vito Sasso Filho (OAB 10344/AM), Beatriz de Souza Souza (OAB 12761/AM), Camilla Trindade Bastos (OAB 13957/AM)
20/11/2020ano passado
Decisão Determinação Haja vista a presunção de veracidade da alegação de insuficiência de recursos para arcar com as custas, despesas e honorários de advogado, conforme documentos acostados às fls. 192-204, defiro o benefício da gratuidade da justiça formulado às fls. 172-175 em favor do exequente, nos termos do artigo 98 c/c 99, parágrafo 2º, ambos do CPC. Expeça-se mandado de penhora e avaliação dos bens da executada, no endereço indicado à fl. 167. À Secretaria para as diligências de praxe.
18/06/2020ano passado
Conclusos para Decisão Interlocutória
Conclusos para Decisão Interlocutória
Fontes de informações
Todas as informações exibidas nesta página são públicas e foram coletadas nos Sistemas dos Tribunais e Diários Oficiais.
SABER MAIS