Processo nº 0000032-20.2018.8.03.0000

Luciano Lisboa da Silva x Prefeito do Municipio de Ferreira Gomes

TJAP · Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, AP
MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL
O processo teve origem no Tribunal de Justiça do Amapá, em 11 de janeiro de 2018. Tem como partes envolvidas Antonio Pereira Batista, Luciano Lisboa da Silva, Prefeito do Municipio de Ferreira Gomes.
Processo inativo
Informações sincronizadas ano passado com tribunais e Diários Oficiais.
Sincronizar

Andamento processual

Assine para desbloquear todas as movimentações desse processo
27/03/2019há 3 anos
Movimentação visível apenas para assinantes.
Movimentação visível apenas para assinantes.
08/03/2019há 3 anos
Movimentação visível apenas para assinantes.
Movimentação visível apenas para assinantes.
27/02/2019há 3 anos
Movimentação visível apenas para assinantes.
26/02/2019há 3 anos
Disponibilizado no DJ Eletrônico Registrado pelo DJE Nº 000039/2019
Intimação eletrônica encaminhada para Escritório Digital Notificação (Extinta a execução ou o cumprimento da sentença na data: 25/02/2019 10:48:20 - GABINETE DA PRESIDÊNCIA) enviada ao Escritório Digital para: Advogado Autor: ANTONIO PEREIRA BATISTA Advogado Litisconsorte Passivo: MARCELO FERREIRA LEAL
Expediente Encaminhado ao DJE DECISÃO MONOCRÁTICA/ TERMINATIVA (25/02/2019) - Enviado para a resenha gerada em 26/02/2019
Recebidos os autos Certifico e dou fé que em 26 de fevereiro de 2019, às 08:39:32, recebi os presentes autos no(a) TRIBUNAL PLENO, enviados pelo(a) GABINETE DA PRESIDÊNCIA

Judicial - 2ª Instância

Tribunal de Justiça

Secção Única

Ao(s) 23 dias do mês de fevereiro do ano de 2019, realizou-se a Distribuição e/ou Redistribuição dos Processos abaixo relacionados, conforme normas do Regimento Interno.

Nº do processo: 0000032-20.2018.8.03.0000

MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL

Impetrante: LUCIANO LISBOA DA SILVA

Advogado(a): ANTONIO PEREIRA BATISTA - 550AP

Autoridade Coatora: PREFEITO DO MUNICIPIO DE FERREIRA GOMES

Litisconsorte passivo: MUNICIPIO DE FERREIRA GOMES

Advogado(a): MARCELO FERREIRA LEAL - 370AP

Relator: Desembargador CARLOS TORK

DECISÃO MONOCRÁTICA/ TERMINATIVA: A parte autora informou nos autos que a ordem mandamental foi devidamente cumprida pela autoridade coatora.

Deste modo, impõe-se a extinção do processo porque satisfeita a obrigação.

Pelo exposto, julgo extinto o processo, conforme artigos 316 e 924, II, do Código de Processo Civil.

Após os procedimentos de praxe, arquivem-se os autos.

Cumpra-se.

Fontes de informações
Todas as informações exibidas nesta página são públicas e foram coletadas nos Sistemas dos Tribunais e Diários Oficiais.
SABER MAIS