Processo n. 033.935.399-65 do TJPR

O Processo Nº 033.935.399-65 possui 2 publicações no Diário de Justiça do Estado do Paraná. Tem como partes envolvidas Analista Financeiror, Aux de Laboratorio R, Aux.Financeiro, Carlos R.Deneszczuk Antônio Daniel Machado, Coord Fat Logistica, Mariana Gluszcynski Fowler Gusso Juíza de Direito, Operador Ind.II, Operador Ind.II - R.

Andamento processual

25/05/2018há 2 anos

Tribunal de Justiça

Comarca da Capital

Fazenda Pública

1ª VARA DE EXECUÇÕES

FISCAIS MUNICIPAIS

JUIZO DE DIREITO DA 1ª VARA DE EXECUÇÕES FISCAIS MUNICIPAIS DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - ESTADO DO PARANÁ

RELAÇÃO Nº 9/2018

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ - JUÍZO DE DIREITO DA 1ª VARA DE FALÊNCIAS E RECUPERAÇÕES JUDICIAIS DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - PARANÁ - Rua da Glória, nº 362, Centro Cívico, Curitiba/PR.

EDITAL PARA CONHECIMENTO DE CREDORES, TERCEIROS E INTERESSADOS NO PEDIDO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE GRUPO NUTRILATINA - FF GROUP SA (CNPJ 08.203.262/0001-65); BRASFOOD LABORATÓRIOS SA (CNPJ 75.116.996/0001-02) E NEW NUTRITION LTDA

(17.414.136/0001-40)-Artigo 52, parágrafo 1º, da Lei nº 11.101/2015

PRAZO DE 15 (QUINZE) DIAS.

Através do presente edital, expedido nos autos de RECUPERAÇÃO JUDICIAL nº 0002735-85.2018.8.16.0185-PROJUDI, requerida pelo GRUPO NUTRILATINA -FF GROUP SA (CNPJ 08.203.262/0001-65); BRASFOOD LABORATÓRIOS SA (CNPJ 75.116.996/0001-02) E NEW NUTRITION LTDA (17.414.136/0001-40) , faz saber aos credores sujeitos aos efeitos da RECUPERAÇÃO JUDICIAL e a terceiros interessados, que foi dirigida a este Juízo, cujo resumo da petição inicial do devedor foi abaixo transcrita, sendo que os credores terão o prazo de 15 (quinze) dias para apresentar à Administradora Judicial PRIORI CAPITAL, sob a responsabilidade de Wendell Oliveira, cujo advogado é Fabio Malina Losso, inscrito na OAB/PR sob o nº 27227, com endereço na Rua Barão do Cerro Azul, 395, 3º andar, Centro, Curitiba-PR - telefone (41) 3027-7770, suas habilitações ou suas divergências quanto aos créditos abaixo relacionados (tudo conforme o teor do artigo , parágrafo 1º, da Lei nº 11.101/2005).DADO E PASSADO, nesta Cidade de Curitiba/PR, em 22 de maio de 2018. Eu, Angela Tenório Cavalcanti, Analista Judiciário, o fiz digitar e o conferi. MARIANA GLUSZCYNSKI FOWLER GUSSO- Juíza de Direito:

Síntese da Petição Inicial:

"(...) I.HISTÓRICO DAS EMPRESAS

Na vanguarda da tecnologia e das inovações, a Brasfood LABORATÓRIOS SA (reconhecida nacionalmente pelo seu nome fantasia" NUTRILATINA ") foi pioneira no desenvolvimento e fabricação de suplementos nutricionais no Brasil. Sediada no Município de Curitiba/PR, em uma área total de 40mil m² (quarenta mil metros quadrados), bem arborizada, contando com planta industrial de mais de 10 mil m² (dez mil metros quadrados)- comparável somente a algumas empresas do mundo neste segmento -foi constituída em 1988, tendo como seu principal desafio criar soluções para um mercado com grande potencial de crescimento, qual seja; o alimentício nutricional. Para suprir a demanda e atender de forma consistente às necessidades de seu público alvo, a" NUTRILATINA "investiu maciçamente em pesquisa e tecnologia de ponta, desenvolvendo produtos eficazes, sempre pautados pela inovação e excelência na matéria prima. O reconhecimento dos consumidores serviu como trampolim para que a NUTRILATINA alcançasse a posição de líder absoluta no mercado de suplementos alimentares, fazendo com que a empresa se tornasse uma grande potência e necessitando contar com suporte/apoio de outras que, formando um grupo econômico que atualmente é constituído pelas empresas

BRASFOOD LABORATÓRIOS SA, FF GROUP SA e NEW NUTRITION LTDA, atuando, destacadamente, nos seguintes seguimentos.

.BRASFOOD: Voltada ao desenvolvimento e industrialização de produtos dietéticos, complementos e suplementos alimentares, além dos mais variados produtos alimentícios.

.FF GROUP: Empresa" Holding "do Grupo econômico Nutrilatina, com objeto voltado a participação no capital social de outras sociedades, como acionista ou quotista e avalizando, inclusive, operações de mútuo feneratício.

.NEW NUTRITION: Com atuação voltada à importação, exportação, armazenamento e comércio atacadista de produtos alimentícios.

Devido ao compromisso com a qualidade e ao respeito que tem com o seu público, o" GRUPO NUTRILATINA "sempre conferiu o máximo de excelência aos seus produtos, buscando constantemente o aprimoramento e a inovação em suas áreas de atuação. Esta é uma missão que está absolutamente incrustada no diaadia de cada colaborador. Assim, motivada pelo sucesso de sua primeira e mais longeva linha de produtos- os substitutos de refeição DIET SHAKE® -,a Companhia foi responsável por diversos outros lançamentos que marcaram o mercado de saúde, suplementação e cuidados com a beleza.

(...)

Inobstante a todo acervo técnico e serviços oferecidos, o" Grupo Nutrilatina "atravessa uma delicada situação de crise econômico-financeira, a qual fora derivada pela congruência de alguns fatores de ordem econômica e de mercado, e que serão detalhados no próximo tópico. Nestes termos, visando superar seu momento de crise com a consequente manutenção de sua atividade empresarial, além da permanência dos postos de trabalhos gerados e a satisfação dos interesses de seus credores, o" Grupo Nutrilatina "busca guarida na concessão do presente beneplácito legal, demonstrando o preenchimento de todos os requisitos legais que ensejam a requerida proteção, senão vejamos.

II.RAZÕES DA CRISE ECONÔMICO-FINANCEIRA

Como já informado nas linhas superiores, em 30 (trinta anos) anos de operações o" Grupo Nutrilatina "se consolidou como referência nacional no mercado alimentício. Entretanto, nem mesmo a consolidação da marca e dos serviços oferecidos permitiram que o" Grupo Nutrilatina "passasse imune ao atual momento de recessão da economia brasileira. De 2008 a 2010 foram implementadas as bases para o crescimento da Companhia com a criação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Nutrilatina, nova estrutura de P&D; (Pesquisa e Desenvolvimento) e o lançamento da linha Rennovee. O grupo contava com ótima performance financeira e consistente geração de fluxo de caixa. A Companhia assumia o posto de maior player do setor, operando com os maiores distribuidores, lojistas e e-commerces da época.

Destaca-se que cada linha contava com um gerente específico nas áreas Comercial e Marketing. No entanto os resultados não foram os aguardados. O lançamento da linha Rennovee®,e.g., não performaram como o esperado -muito em virtude de restrições às propagandas impostas pela Vigilância Sanitária, não apenas nessa linha, mas também na linha Linolen®.O resultado foi a falta de sell out, inadimplência dos distribuidores, estoques nos clientes, compromissos não cumpridos e redução drástica da geração de caixa, uma vez que o plano de expansão acima mencionado foi mantido. O ano de 2012 começou com grandes problemas, como clientes acumulando estoques de Linolen® e Rennovee®, distribuidores com grandes volumes de AGE®, acordos comerciais não cumpridos e entrega de pedidos com atrasos em função do descompasso no fluxo de caixa. Neste contexto, o modelo comercial foi reestruturado com gestão por canal, com clara separação entre os produtos farmacêuticos (Farma) e os de body shop (Sport). O portfólio da linha AGE® (canal SPORT) foi substancialmente aumentado e houve o lançamento da linha de vitaminas" Safe ". O ritmo e a qualidade foram melhores que no ano anterior, porém, ainda aquém do necessário. Tendo o custo dos insumos como vilão e, ainda, como aumento significativo no número de concorrentes que adentraram neste promissor mercado e um cenário macroeconômico desfavorável, a situação financeira do Grupo Nutrilatina foi-se deteriorando gradativamente. Não apenas o Grupo Nutrilatina, mas outros importantes players do setor foram atingidos pela crise econômica, levando inclusive a negociações como a da" Probiótica "para a americana Valeant, ainda em 2012.

Ao término de 2012 e a partir de 2013 o mercado de suplementos alimentares não voltou ao desempenho dos anos anteriores e o Grupo Nutrilatina mergulhou num círculo destrutivo de tomada de empréstimos com as instituições financeiras, queda de participação no mercado e consequente redução do já comprometido fluxo de caixa. Nenhuma das muitas tentativas de parcerias, novos negócios ou reestruturações levaram a qualquer resultado significativo ou satisfatório. O já comprometido fluxo de caixa levou à inadimplência com fornecedores, interrupções da compra de matérias-primas e consequente queda no nível de serviço, fazendo com que o Grupo Nutrilatina fosse perdendo espaço no mercado por players menos representativos, mas com produtos mais baratos. Em contrapartida, a partir de 2014 foi realizado um trabalho de reestruturação total do Grupo Nutrilatina, reduzindo seu tamanho e custos, objetivando um cenário comercial mais positivo que, infelizmente, não chegou em momento propício. E foi diante deste grave panorama de retração e queda das receitas, aliados a necessidade de contratação de pesados empréstimos bancários, que o" GRUPO NUTRILATINA "vivenciou - e ainda vivencia -uma série de fatores que culminaram no seu atual estado de crise econômico-financeira. Assim, este cenário de alto endividamento do"GRUPO NUTRILATINA"alcança o montante de R$ 32.184.500,37 (trinta e dois milhões e cento e oitenta e quatro mil e quinhentos reais e trinta e sete centavos), sem prejuízo de eventuais alterações que possam vir a ocorrer através das medidas previstas nos artigo 7ºe da Lei n.º 11.101/05, o qual se encontra distribuído nas Classes I a IV da seguinte forma:

CLASSE -VALOR

Classe I-Credores Trabalhistas R$ 495.130,33

Classe III-Credores Financeiros R$ 24.942.225,17

Classe III-Credores Fornecedores R$ 6.147.693,17

Classe IV-Credores Fornecedores EPP-ME R$ 599.451,70

TOTAL R$ 32.184.500,37

III.DO POTENCIAL DE SUPERAÇÃO DA CRISE

Inobstante a crise momentânea pela qual atravessa, a saída da crise é possível! As empresas possuem ativos industriais e conhecimento organizacional suficientes para transpor a crise. A mudança de perspectivas do País nos próximos cinco anos é inexorável. Ao voltar a crescer, os mercados em que a empresa está inserida voltarão acrescer e o endividamento se transforma em algo pequeno frente ao que a empresa tem capacidade. Qualquer caminho diferente deste levará a perdas para todos: empresa, sociedade, fornecedores e clientes. A saída envolve a proteção para o momento que o País atravessa e um plano de recuperação pode ser …

23/05/2018há 2 anos

Tribunal de Justiça

Comarca da Capital

Fazenda Pública

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ - JUÍZO DE DIREITO DA 1ª VARA DE FALÊNCIAS E RECUPERAÇÕES JUDICIAIS DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - PARANÁ - Rua da Glória, nº 362, Centro Cívico, Curitiba/PR.

EDITAL PARA CONHECIMENTO DE CREDORES, TERCEIROS E INTERESSADOS NO PEDIDO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE GRUPO NUTRILATINA - FF GROUP S/A (CNPJ 08.203.262/0001-65); BRASFOOD LABORATÓRIOS S/A (CNPJ 75.116.996/0001-02) E NEW NUTRITION LTDA (17.414.136/0001-40)-Artigo 52, parágrafo 1º, da Lei nº 11.101/2015

PRAZO DE 15 (QUINZE) DIAS.

Através do presente edital, expedido nos autos de RECUPERAÇÃO JUDICIAL nº 0002735-85.2018.8.16.0185-PROJUDI, requerida pelo GRUPO NUTRILATINA -FF GROUP S/A (CNPJ 08.203.262/0001-65); BRASFOOD LABORATÓRIOS S/A (CNPJ 75.116.996/0001-02) E NEW NUTRITION LTDA (17.414.136/0001-40) , faz saber aos credores sujeitos aos efeitos da RECUPERAÇÃO JUDICIAL e a terceiros interessados, que foi dirigida a este Juízo, cujo resumo da petição inicial do devedor foi abaixo transcrita, sendo que os credores terão o prazo de 15 (quinze) dias para apresentar à Administradora Judicial PRIORI CAPITAL, sob a responsabilidade de Wendell Oliveira, cujo advogado é Fabio Malina Losso, inscrito na OAB/PR sob o nº 27227, com endereço na Rua Barão do Cerro Azul, 395, 3º andar, Centro, Curitiba-PR - telefone (41) 3027-7770, suas habilitações ou suas divergências quanto aos créditos abaixo relacionados (tudo conforme o teor do artigo , parágrafo 1º, da Lei nº 11.101/2005).DADO E PASSADO, nesta Cidade de Curitiba/PR, em 22 de maio de 2018. Eu, Angela Tenório Cavalcanti, Analista Judiciário, o fiz digitar e o conferi. MARIANA GLUSZCYNSKI FOWLER GUSSO- Juíza de Direito:

Síntese da Petição Inicial:

"(...) I.HISTÓRICO DAS EMPRESAS

Na vanguarda da tecnologia e das inovações, a Brasfood LABORATÓRIOS S.A. (reconhecida nacionalmente pelo seu nome fantasia" NUTRILATINA ") foi pioneira no desenvolvimento e fabricação de suplementos nutricionais no Brasil. Sediada no Município de Curitiba/PR, em uma área total de 40mil m² (quarenta mil metros quadrados), bem arborizada, contando com planta industrial de mais de 10 mil m² (dez mil metros quadrados)- comparável somente a algumas empresas do mundo neste segmento -foi constituída em 1988, tendo como seu principal desafio criar soluções para um mercado com grande potencial de crescimento, qual seja; o alimentício nutricional. Para suprir a demanda e atender de forma consistente às necessidades de seu público alvo, a" NUTRILATINA "investiu maciçamente em pesquisa e tecnologia de ponta, desenvolvendo produtos eficazes, sempre pautados pela inovação e excelência na matéria prima. O reconhecimento dos consumidores serviu como trampolim para que a NUTRILATINA alcançasse a posição de líder absoluta no mercado de suplementos alimentares, fazendo com que a empresa se tornasse uma grande potência e necessitando contar com suporte/apoio de outras que, formando um grupo econômico que atualmente é constituído pelas empresas BRASFOOD LABORATÓRIOS S/A, FF GROUP S/A e NEW NUTRITION LTDA, atuando, destacadamente, nos seguintes seguimentos.

.BRASFOOD: Voltada ao desenvolvimento e industrialização de produtos dietéticos, complementos e suplementos alimentares, além dos mais variados produtos alimentícios.

.FF GROUP: Empresa" Holding "do Grupo econômico Nutrilatina, com objeto voltado a participação no capital social de outras sociedades, como acionista ou quotista e avalizando, inclusive, operações de mútuo feneratício.

.NEW NUTRITION: Com atuação voltada à importação, exportação, armazenamento e comércio atacadista de produtos alimentícios.

Devido ao compromisso com a qualidade e ao respeito que tem com o seu público, o" GRUPO NUTRILATINA "sempre conferiu o máximo de excelência aos seus produtos, buscando constantemente o aprimoramento e a inovação em suas áreas de atuação. Esta é uma missão que está absolutamente incrustada no diaadia de cada colaborador. Assim, motivada pelo sucesso de sua primeira e mais longeva linha de produtos- os substitutos de refeição DIET SHAKE® -,a Companhia foi responsável por diversos outros lançamentos que marcaram o mercado de saúde, suplementação e cuidados com a beleza.

(...)

Inobstante a todo acervo técnico e serviços oferecidos, o" Grupo Nutrilatina "atravessa uma delicada situação de crise econômico-financeira, a qual fora derivada pela congruência de alguns fatores de ordem econômica e de mercado, e que serão detalhados no próximo tópico. Nestes termos, visando superar seu momento de crise com a consequente manutenção de sua atividade empresarial, além da permanência dos postos de trabalhos gerados e a satisfação dos interesses de seus credores, o" Grupo Nutrilatina "busca guarida na concessão do presente beneplácito legal, demonstrando o preenchimento de todos os requisitos legais que ensejam a requerida proteção, senão vejamos.

II.RAZÕES DA CRISE ECONÔMICO-FINANCEIRA

Como já informado nas linhas superiores, em 30 (trinta anos) anos de operações o" Grupo Nutrilatina "se consolidou como referência nacional no mercado alimentício. Entretanto, nem mesmo a consolidação da marca e dos serviços oferecidos permitiram que o" Grupo Nutrilatina "passasse imune ao atual momento de recessão da economia brasileira. De 2008 a 2010 foram implementadas as bases para o crescimento da Companhia com a criação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Nutrilatina, nova estrutura de P&D; (Pesquisa e Desenvolvimento) e o lançamento da linha Rennovee. O grupo contava com ótima performance financeira e consistente geração de fluxo de caixa. A Companhia assumia o posto de maior player do setor, operando com os maiores distribuidores, lojistas e e-commerces da época.

Destaca-se que cada linha contava com um gerente específico nas áreas Comercial e Marketing. No entanto os resultados não foram os aguardados. O lançamento da linha Rennovee®,e.g., não performaram como o esperado -muito em virtude de restrições às propagandas impostas pela Vigilância Sanitária, não apenas nessa linha, mas também na linha Linolen®.O resultado foi a falta de sell out, inadimplência dos distribuidores, estoques nos clientes, compromissos não cumpridos e redução drástica da geração de caixa, uma vez que o plano de expansão acima mencionado foi mantido. O ano de 2012 começou com grandes problemas, como clientes acumulando estoques de Linolen® e Rennovee®, distribuidores com grandes volumes de AGE®, acordos comerciais não cumpridos e entrega de pedidos com atrasos em função do descompasso no fluxo de caixa. Neste contexto, o modelo comercial foi reestruturado com gestão por canal, com clara separação entre os produtos farmacêuticos (Farma) e os de body shop (Sport). O portfólio da linha AGE® (canal SPORT) foi substancialmente aumentado e houve o lançamento da linha de vitaminas" Safe ". O ritmo e a qualidade foram melhores que no ano anterior, porém, ainda aquém do necessário. Tendo o custo dos insumos como vilão e, ainda, como aumento significativo no número de concorrentes que adentraram neste promissor mercado e um cenário macroeconômico desfavorável, a situação financeira do Grupo Nutrilatina foi-se deteriorando gradativamente. Não apenas o Grupo Nutrilatina, mas outros importantes players do setor foram atingidos pela crise econômica, levando inclusive a negociações como a da" Probiótica "para a americana Valeant, ainda em 2012.

Ao término de 2012 e a partir de 2013 o mercado de suplementos alimentares não voltou ao desempenho dos anos anteriores e o Grupo Nutrilatina mergulhou num círculo destrutivo de tomada de empréstimos com as instituições financeiras, queda de participação no mercado e consequente redução do já comprometido fluxo de caixa. Nenhuma das muitas tentativas de parcerias, novos negócios ou reestruturações levaram a qualquer resultado significativo ou satisfatório. O já comprometido fluxo de caixa levou à inadimplência com fornecedores, interrupções da compra de matérias-primas e consequente queda no nível de serviço, fazendo com que o Grupo Nutrilatina fosse perdendo espaço no mercado por players menos representativos, mas com produtos mais baratos. Em contrapartida, a partir de 2014 foi realizado um trabalho de reestruturação total do Grupo Nutrilatina, reduzindo seu tamanho e custos, objetivando um cenário comercial mais positivo que, infelizmente, não chegou em momento propício. E foi diante deste grave panorama de retração e queda das receitas, aliados a necessidade de contratação de pesados empréstimos bancários, que o" GRUPO NUTRILATINA "vivenciou - e ainda vivencia -uma série de fatores que culminaram no seu atual estado de crise econômico-financeira. Assim,

este cenário de alto endividamento do"GRUPO NUTRILATINA"alcança o montante de R$ 32.184.500,37 (trinta e dois milhões e cento e oitenta e quatro mil e quinhentos reais e trinta e sete centavos), sem prejuízo de eventuais alterações que possam vir a ocorrer através das medidas previstas nos artigo 7ºe da Lei n.º 11.101/05, o qual se encontra distribuído nas Classes I a IV da seguinte forma:

CLASSE -VALOR

Classe I-Credores Trabalhistas R$495.130,33

Classe III-Credores Financeiros R$24.942.225,17

Classe III-Credores Fornecedores R$ 6.147.693,17

Classe IV-Credores Fornecedores EPP-ME R$599.451,70

TOTAL R$ 32.184.500,37

III.DO POTENCIAL DE SUPERAÇÃO DA CRISE

Inobstante a crise momentânea pela qual atravessa, a saída da crise é possível! As empresas possuem ativos industriais e conhecimento organizacional suficientes para transpor a crise. A mudança de perspectivas do País nos próximos cinco anos é inexorável. Ao voltar a crescer, os mercados em que a empresa está inserida voltarão acrescer e o endividamento se transforma em algo pequeno frente ao que a empresa tem capacidade. Qualquer caminho diferente deste levará a perdas para todos: empresa, sociedade, fornecedores e clientes. A saída envolve a proteção para o momento que o País atravessa e um plano de recuperação pode ser montado, …

Detalhes do processo
Diário Oficial
Diário de Justiça do Estado do Paraná
Última publicação no DJPR
há 2 anos