Processo nº 1005435-43.2018.8.26.0248

Claudiney Alves Cavalcante x Instituto Nacional do Seguro Social - Inss

TJSP · Foro de Indaiatuba, SP
Cível · Procedimento Comum Cível
Valor da causa:
R$ XX.XXX,XX
O processo teve origem no Tribunal de Justiça de São Paulo, no Foro de Indaiatuba, em 20 de junho de 2018. Tem como partes envolvidas Claudiney Alves Cavalcante, Stephanie Mazarino de Oliveira, Instituto Nacional do Seguro Social - Inss, Lael Rodrigues Viana e outros.
Processo em andamento
Informações sincronizadas há 6 meses com tribunais e Diários Oficiais.

Andamento processual

Assine para desbloquear todas as movimentações desse processo
20/09/2021mês passado
Movimentação visível apenas para assinantes.
16/09/2021mês passado
Movimentação visível apenas para assinantes.
31/08/2021há 2 meses
Movimentação visível apenas para assinantes.
15/04/2021há 6 meses
Movimentação visível apenas para assinantes.
06/04/2021há 7 meses
Movimentação visível apenas para assinantes.
Relação: 0375/2021 Teor do ato: Vistos Embora o cumprimento de sentença seja apenas uma das fases do procedimento previsto no Código de Processo Civil, em respeito às regras instituídas pelo E. Tribunal de Justiça de São Paulo, o pedido de cumprimento de sentença deve ser protocolado e cadastrado como Cumprimento de Sentença COD. 156, e deverá tramitar em autos próprios. Em razão disso, em não sendo viável que se continue buscando a satisfação do direito nos autos do processo de conhecimento, ainda que o cumprimento de sentença seja uma fase do procedimento sincrético, entendo que é o caso de arquivamento destes autos e que o credor deverá protocolar o pedido de cumprimento de sentença, em observância às regras internas do E. TJSP. Com ou sem a interposição do cumprimento de sentença, providencie a serventia a anotação de extinção e arquivamento estes autos, nos termos do Comunicado CG 1789/2017, Parte II 6, "a", lançando a movimentação 61615. Intime-se. Indaiatuba, 31 de março de 2021 Advogados(s): Lael Rodrigues Viana (OAB 156950/SP), Karina Bacciotti Carvalho (OAB 186442/SP), Stephanie Mazarino de Oliveira (OAB 331148/SP) Remetido ao DJE
05/04/2021há 7 meses
Vistos Embora o cumprimento de sentença seja apenas uma das fases do procedimento previsto no Código de Processo Civil, em respeito às regras instituídas pelo E. Tribunal de Justiça de São Paulo, o pedido de cumprimento de sentença deve ser protocolado e cadastrado como Cumprimento de Sentença COD. 156, e deverá tramitar em autos próprios. Em razão disso, em não sendo viável que se continue buscando a satisfação do direito nos autos do processo de conhecimento, ainda que o cumprimento de sentença seja uma fase do procedimento sincrético, entendo que é o caso de arquivamento destes autos e que o credor deverá protocolar o pedido de cumprimento de sentença, em observância às regras internas do E. TJSP. Com ou sem a interposição do cumprimento de sentença, providencie a serventia a anotação de extinção e arquivamento estes autos, nos termos do Comunicado CG 1789/2017, Parte II 6, "a", lançando a movimentação 61615. Intime-se. Indaiatuba, 31 de março de 2021 Decisão
31/03/2021há 7 meses
Conclusos para Despacho
Recebidos os Autos do Tribunal Regional Federal
Documento Juntado
Detalhes do processo
Poder Judiciário
Justiça dos Estados e do Distrito Federal e Territórios
Tribunal de Origem
TJSP · Comarca · Foro de Indaiatuba, SP
Valor da Causa
R$ XX.XXX,XX
Data de tramitação
20/06/2018 a 20/09/2021
Natureza
Procedimento Comum Cível
Área do Direito
Cível
Assunto
Benefícios em Espécie / Aposentadoria por Tempo de Serviço (Art. 52/4)
Juiz
Thiago Mendes Leite do Canto
Início do Processo
2018
Partes envolvidas
Documentos anexos
O acesso a estes documentos é disponibilizado apenas para assinantes do Jusbrasil que estão envolvidos no processo ou advogados.
Decisões-Documentos do ....pdf
Administrativa - Página 93.pdf
Decisões-Documentos do ....pdf
Decisões-Documentos do ....pdf
Procuração - Página 13.pdf
Fontes de informações
Todas as informações exibidas nesta página são públicas e foram coletadas nos Sistemas dos Tribunais e Diários Oficiais.
SABER MAIS