Processo nº 0000309-85.2016.8.10.0105

Distribuidora Don Manuel LTDA x F. da Mata Moura ME

TJMA · Parnarama, MA
Monitória
Processo em andamento
Informações sincronizadas há 2 meses com tribunais e Diários Oficiais.

Andamento processual

Assine para desbloquear todas as movimentações desse processo
15/09/2021mês passado
Movimentação visível apenas para assinantes.
19/01/2020há 2 anos
Movimentação visível apenas para assinantes.
22/10/2018há 3 anos
Movimentação visível apenas para assinantes.
13/06/2018há 3 anos
Movimentação visível apenas para assinantes.
25/10/2017há 4 anos
Movimentação visível apenas para assinantes.
Certidão | CONCLUSÃO Aos 25 dias do mês de outubro do ano de 2017, faço estes autos conclusos ao M.M. Juiz de Direito Titular da Vara Única da comarca de Matões-MA, Dr. Marcos Aurélio Veloso de Oliveira Silva, respondendo por esta comarca de Parnarama-MA. ___________________________________________________________ Ana Cecília Carvalho Sousa Morais Helal Secretária Judicial Titular Matrícula 186296 Resp: 186296
Proferido despacho de mero expediente | DESPACHO O requerente pretende ao cumprimento de obrigação adequada ao procedimento previsto no art. 700 do C.P.Civil, em desfavor dos requeridos, cuja pretensão vem em petição devidamente instruída por prova escrita, sem eficácia de título executivo, de tal forma que a ação monitória é pertinente. Desta forma, defiro a expedição de mandado de pagamento da importância de R$ 31.957,95 (trinta e um mil novecentos e cinquenta e sete reais e trinta e noventa e cinco centavos), com prazo de 15 (quinze) dias, (CPC art. 701), anotando-se, neste mandado que, caso o requerido o cumpra, ficará isento de custas e honorários advocatícios (CPC art. 701,§1º) fixando, entretanto quanto aos honorários, para o caso de não cumprimento, o percentual de 5% (cinco por cento) sobre o valor da causa. Deverá a constar, ainda, do mandado, que neste prazo, o réu poderá oferecer embargos e que, caso não haja o cumprimento da obrigação ou o oferecimento de embargos, "constituir-se-á, de pleno direito, o título executivo judicial (CPC art. 702). Intimem-se e cumpra-se. Parnarama(MA), 18 de outubro de 2017 Marcos Aurélio Veloso de Oliveira Silva Juiz de Direito, respondendo pela Comarca de Parnarama Resp: 186296
17/04/2017há 5 anos
Proferido despacho de mero expediente | VISTO EM CORREIÇÃO. Volte-me o presente feito após a correição para Deliberação (decisão). Parnarama/MA, 30 de janeiro de 2017. Manoel Felismino Gomes Neto Juiz de Direito, titular da Vara Única da Comarca de Parnarama-MA Resp: 186296
05/05/2016há 5 anos
Conclusos para Decisão. | N. DATA Resp: 179754
Expedição de CERTIDÃO | Usuario: 179754 Id:9300 Resp: 179754
Detalhes do processo
Poder Judiciário
Justiça dos Estados e do Distrito Federal e Territórios
Tribunal de Origem
TJMA · Comarca · Parnarama, MA
Data de tramitação
20/04/2011 a 15/09/2021
Natureza
Monitória
Partes envolvidas
Outras partes
Carolina Lago Castello Branco
Advogado envolvido • OAB 3405/PI
Fontes de informações
Todas as informações exibidas nesta página são públicas e foram coletadas nos Sistemas dos Tribunais e Diários Oficiais.
SABER MAIS