Processo nº 2212385-30.2021.8.26.0000

Central Nacional Unimed - Cooperativa Central x Henrique Reis Alves de Souza

TJSP · Foro Unificado da Comarca de São Paulo, SP
Cível · Agravo de Instrumento
Valor da causa:
R$ XXX.XXX,XX
Exibir Valor
O processo teve origem no Tribunal de Justiça de São Paulo, no Tribunal de Justiça, em 09 de setembro de 2021. Tem como partes envolvidas Central Nacional Unimed - Cooperativa Central, Jose Carlos Van Cleef de Almeida Santos, Henrique Reis Alves de Souza, João Carlos Luiz de Souza Junior e outros.
Processo em andamento
Informações sincronizadas há 16 dias com tribunais e Diários Oficiais.

Andamento processual

Assine para desbloquear todas as movimentações desse processo
17/09/2021mês passado
Movimentação visível apenas para assinantes.
16/09/2021mês passado
Movimentação visível apenas para assinantes.
Movimentação visível apenas para assinantes.
15/09/2021mês passado
Movimentação visível apenas para assinantes.
Movimentação visível apenas para assinantes.
Certidão de Publicação de Despacho [Digital] Expedido Certidão
14/09/2021mês passado

Seção III

Subseção II - Processos Entrados e Dependentes ou não de Preparo

Entrada Originários Direito Privado 1 (Câm.Esp.Fal./recup.Judic.)

PROCESSOS ENTRADOS EM 09/09/2021

2212385-30.2021.8.26.0000; Processo Digital. Petições para juntada devem ser apresentadas exclusivamente por meio eletrônico, nos termos do artigo 7º da Res. 551/2011 ; Agravo de Instrumento; Comarca: São Paulo; Vara: 45ª Vara Cível; Ação: Procedimento Comum Cível; Nº origem: 1087660-74.2021.8.26.0100; Assunto: Tratamento médico-hospitalar; Agravante: Central Nacional Unimed - Cooperativa Central; Advogado: Jose Carlos Van Cleef de Almeida Santos (OAB: 273843/ SP); Agravado: Henrique Reis Alves de Souza (Menor (es) representado (s)) e outro; Advogado: Vincenzo Inglese (OAB: 150918/ SP)

13/09/2021mês passado
Processo encaminhado para o Processamento de Grupos e Câmaras
Vistos. I) Recebo o agravo de instrumento, nos termos do art. 1.015, I, do Código de Processo Civil. II) Indefiro o efeito suspensivo pretendido, eis que há entendimento absolutamente sedimentado deste Tribunal de Justiça no sentido que o rol da ANS é meramente exemplificativo, e não pode servir de escusa para recusar tratamentos aprovados pela comunidade cientifica e objeto de protocolos médicos, bem como de que Havendo expressa indicação médica, é abusiva a negativa de cobertura de custeio de tratamento sob o argumento da sua natureza experimental ou por não estar previsto no rol de procedimentos da ANS (Súmula 102). III) À resposta. IV) Abra-se vista à D. Procuradoria de Justiça. V) Observem as partes a Resolução 772/2017 deste Tribunal, a respeito da oposição ao julgamento virtual adotado como regra por esta Turma Julgadora, que deve ser manifestada pelas partes em petição protocolizada no prazo de cinco dias úteis. Int. São Paulo, 13 de setembro de 2021. RUI CASCALDI Relator Sem efeito suspensivo
10/09/2021mês passado
RUI CASCALDI Conclusos para o Relator (Expedido Termo com Conclusão)
Detalhes do processo
Poder Judiciário
Justiça dos Estados e do Distrito Federal e Territórios
Tribunal de Origem
TJSP · Foro · Foro Unificado da Comarca de São Paulo, SP
Valor da Causa
R$ XXX.XXX,XX
Exibir Valor
Data de tramitação
09/09/2021 a 17/09/2021
Natureza
Agravo de Instrumento
Área do Direito
Cível
Assunto
Planos de saúde / Tratamento médico-hospitalar
Início do Processo
2021