Processo nº 100XXXX-52.2022.8.26.0405

Elisabete Nunes da Silva x Banco Bmg S/A

TJSP · Foro de Osasco, SP
Cível · Procedimento Comum Cível
Valor da causa:
R$ XX.XXX,XX

Andamento processual

Assine para desbloquear todas as movimentações desse processo
Data visível apenas para assinantes
Movimentação visível apenas para assinantes.
Data visível apenas para assinantes
Movimentação visível apenas para assinantes.
Data visível apenas para assinantes
Movimentação visível apenas para assinantes.
Data visível apenas para assinantes
Movimentação visível apenas para assinantes.
Data visível apenas para assinantes
Movimentação visível apenas para assinantes.
04/04/2022há 4 meses

Osasco

Cível

5ª Vara Cível

Relação Nº 0213/2022

Processo 100XXXX-52.2022.8.26.0405 - Procedimento Comum Cível - Defeito, nulidade ou anulação - Elisabete Nunes da Silva - Banco Banrisul S/A e outros - Vistos. Pp. 259/263: anote-se a concessão de efeito suspensivo ao agravo de instrumento. Aguarde-se o resultado definitivo do julgamento do recurso.. Intimem-se. - ADV: NELSON WILIANS FRATONI RODRIGUES (OAB 128341/SP), SILVIA APARECIDA NASCIMENTO (OAB 225526/SP)

22/03/2022há 5 meses

Seção III

Subseção III - Processos Distribuídos

Distribuição Originários Direito Privado 2

PROCESSOS DISTRIBUÍDOS EM 18/03/2022

205XXXX-35.2022.8.26.0000; Processo Digital. Petições para juntada devem ser apresentadas exclusivamente por meio eletrônico, nos termos do artigo 7º da Res. 551/2011; Agravo de Instrumento; 14ª Câmara de Direito Privado; LAVÍNIO DONIZETTI PASCHOALÃO; Foro de Osasco; 5ª. Vara Cível; Procedimento Comum Cível; 100XXXX-52.2022.8.26.0405; Contratos Bancários; Agravante: ELISABETE NUNES DA SILVA; Advogada: Silvia Aparecida Nascimento (OAB: 225526/SP); Advogado: Sérgio Nascimento (OAB: 193758/SP); Agravado: Banco C6 Consignado SA; Agravado: Banco Cetelem SA; Agravado: Banco Bradesco SA; Agravado: Banco Bmg SA; Advogado: Sem Advogado (OAB: SP); Agravado: Banco do Estado do Rio Grande do Sul SA; Advogado: Nelson Willians Fratoni Rodrigues (OAB: 128341/SP); Ficam as partes intimadas para manifestaremse acerca de eventual oposição ao julgamento virtual, nos termos do art. 1º da Resolução 549/2011, com redação estabelecida pela Resolução 772/2017, ambas do Órgão Especial deste Tribunal.

11/03/2022há 5 meses

Osasco

Cível

5ª Vara Cível

Relação Nº 0151/2022

Processo 100XXXX-52.2022.8.26.0405 - Procedimento Comum Cível - Defeito, nulidade ou anulação - Elisabete Nunes da Silva - Banco Banrisul S/A e outros - Manifeste-se a parte autora, em réplica, no prazo legal. - ADV: NELSON WILIANS FRATONI RODRIGUES (OAB 128341/SP), SILVIA APARECIDA NASCIMENTO (OAB 225526/SP)

22/02/2022há 6 meses

Osasco

Cível

5ª Vara Cível

Relação Nº 0107/2022

Processo 100XXXX-52.2022.8.26.0405 - Procedimento Comum Cível - Defeito, nulidade ou anulação - Elisabete Nunes da Silva - Vistos. Recebo a petição de pp. 64/98 como emenda à inicial. Revendo os autos, verifico que a parte autora reside em Cachoeirinha - RS e ajuíza a presente ação em Comarca diversa daquela de seu domicílio, renunciando à prerrogativa que lhe confere o Código de Defesa do Consumidor e, assim, demonstrando ter condições de deslocar-se para esta Comarca a fim de comparecer às audiências eventualmente designadas ou participar de outros atos judiciais que dependem de sua presença. Ora, a alegação de hipossuficiência financeira é incompatível com a renúncia ao foro privilegiado do domicílio do consumidor, garantido no art. 101, inciso I, do Código de Defesa do Consumidor. O objetivo do art. , LXXIII, da Constituição Federal e doart. 98 e seguintes do Código de Processo Civil, além da legislação consumerista, é garantir o acesso à Justiça. Todavia, a interpretação das regras deve ser coesa, devendo atentar-se ao previsto no art. 5º da Lei de Introdução às Normas de Direito Brasileiro, segundo o qual “na aplicação da lei, o juiz atenderá aos fins sociais a que ela se dirige e às exigências do bem comum”. A opção feita pelo consumidor de deslocar seu pleito para foro distante de seu domicílio, sem despender o necessário ao exercício do direito de ação e sem qualquer vantagem para o desfecho da lide, onera o Estado e a parte contrária pela eventual necessidade da prática de atos fora da Comarca e até pelo custeio de seu próprio deslocamento. Assim, a opção pelo ajuizamento da ação no foro da sede do réu,apesar de ter a autora pleno acesso à Justiça no foro de seu domicílio, permite concluir que o consumidor pode, sim, arcar com as despesas e custas processuais sem prejuízo de seu sustento e de sua família. Entendimento contrário deixaria de atender, na aplicação das leis, aos fins sociais a que se destina e às exigências do bem comum. Ademais, cumpre consignar que a presunção de veracidade da afirmação de pobreza é relativa, podendo ceder frente às provas apresentadas em sentido contrário, como ocorre na hipótese dos autos. Em suma, comprovada a capacidade econômica do (a) autor (a), que podendo ajuizar ação em sua própria Comarca escolheu ajuizar a ação em Comarca diversa de seu domicílio, deverá suportar as despesas decorrentes da sua opção e, por conseguinte, arcar com as custas iniciais devidas, na forma da lei. A respeito do tema, vem entendendo o E. Tribunal de Justiça, mais recentemente, que: Agravo de Instrumento. Medida Cautelar. Exibição de Documentos. JUSTIÇA GRATUITA. Benesse indeferida. A simples declaração de miserabilidade é insuficiente para a concessão da gratuidade de justiça. Ausência de comprovação da insuficiência de recursos. Consumidora que optou por ingressar com ação em Comarca diversa da qual reside, o que demandará dispêndios com locomoção, para cumprimento dos atos processuais que dependem de sua presença. Decisão mantida. Recurso improvido (TJSP Agravo de

Certidão de Publicação Expedida Relação: 0107/2022 Data da Publicação: 23/02/2022 Número do Diário: 3453
Bloqueio de timeline
Crie uma conta para visualizar informações mais antigas

Já tem conta? Entrar

Documentos anexos
Estamos trabalhando para ampliar nossa coleta de documentos (autos) nos tribunais.
O acesso a estes documentos é disponibilizado apenas para assinantes do Jusbrasil que estão envolvidos no processo ou advogados.
22/02/2022Certidão de Publicação.pdf
21/02/2022Certidão de Publicação.pdf
18/02/2022Decisão.pdf
18/02/2022Cópias Extraídas de Out....pdf
18/02/2022Cópias Extraídas de Out....pdf
Fontes de informações
Todas as informações exibidas nesta página são públicas e foram coletadas nos Sistemas dos Tribunais e Diários Oficiais.
SABER MAIS