Art. 19, § 3 do Código Florestal - Lei 4771/65

Lei nº 4.771 de 15 de Setembro de 1965

Institui o novo Código Florestal .
Art. 19. A exploração de florestas e formações sucessoras, tanto de domínio público como de domínio privado, dependerá de prévia aprovação pelo órgão estadual competente do Sistema Nacional do Meio Ambiente - SISNAMA, bem como da adoção de técnicas de condução, exploração, reposição florestal e manejo compatíveis com os variados ecossistemas que a cobertura arbórea forme. (Redação dada pela Lei nº 11.284, de 2006) (Regulamento)
§ 3o No caso de reposição florestal, deverão ser priorizados projetos que contemplem a utilização de espécies nativas. (Incluído pela Lei nº 11.284, de 2006)

Sustentabilidade e gestão ambiental

APRESENTAÇÃO Cada vez mais ganha destaque o chamado “reflorestamento”, muitas vezes apresentado como solução para reduzir a degradação do meio ambiente. Atualmente, as plantações de eucalipto em…

Supremo Tribunal Federal STF - MANDADO DE SEGURANÇA : MS 20663 DF

- MANDADO DE SEGURANÇA CONTRA ATO DO SR. PRESIDENTE DA REPUBLICA QUE DECLAROU DE INTERESSE SOCIAL, PARA FINS DE DESAPROPRIAÇÃO, O IMÓVEL RURAL 'FAZENDA ESTRELA'. ALEGAÇÃO DA EXISTÊNCIA DE COBERTURA …