Artigo 798 do Decreto Lei nº 3.689 de 03 de Outubro de 1941

CPP - Decreto Lei nº 3.689 de 03 de Outubro de 1941

Art. 798. Todos os prazos correrão em cartório e serão contínuos e peremptórios, não se interrompendo por férias, domingo ou dia feriado.
§ 1o Não se computará no prazo o dia do começo, incluindo-se, porém, o do vencimento.
§ 2o A terminação dos prazos será certificada nos autos pelo escrivão; será, porém, considerado findo o prazo, ainda que omitida aquela formalidade, se feita a prova do dia em que começou a correr.
§ 3o O prazo que terminar em domingo ou dia feriado considerar-se-á prorrogado até o dia útil imediato.
§ 4o Não correrão os prazos, se houver impedimento do juiz, força maior, ou obstáculo judicial oposto pela parte contrária.
§ 5o Salvo os casos expressos, os prazos correrão:
a) da intimação;
b) da audiência ou sessão em que for proferida a decisão, se a ela estiver presente a parte;
c) do dia em que a parte manifestar nos autos ciência inequívoca da sentença ou despacho.

No processo penal, suspensão do prazo de prescrição termina com efetiva citação do réu por carta rogatória

​​​​Ao interpretar o Código de Processo Penal (CPP), a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estabeleceu que o termo final para a suspensão do prazo de prescrição, decorrente da…
Ponto Jurídico, Advogado
mês passado

No processo penal, suspensão do prazo de prescrição termina com efetiva citação do réu por carta rogatória

​​​​Ao interpretar o Código de Processo Penal (CPP), a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estabeleceu que o termo final para a suspensão do prazo de prescrição, decorrente da…
Wagner Brasil, Advogado
mês passado

No processo penal, suspensão do prazo de prescrição termina com efetiva citação do réu por carta rogatória

Se gostar dessa notícia, siga este canal e minhas redes sociais para ter acesso a mais conteúdos sobre Direito Penal e Direito Eleitoral. Site: https://www.wagnerbrasil.adv.br/ Facebook:…

No processo penal, suspensão do prazo de prescrição termina com efetiva citação do réu por carta rogatória

​​​Ao interpretar o Código de Processo Penal (CPP), a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estabeleceu que o termo final para a suspensão do prazo de prescrição, decorrente da…

Informativo STJ: Termo final da suspensão do prazo prescricional pela expedição de carta rogatória.

Processo REsp 1.882.330/SP , Rel. Min. Ribeiro Dantas, Quinta Turma, por unanimidade, julgado em 06/04/2021 Destaque O termo final da suspensão do prazo prescricional pela expedição de carta…

STJ - No processo penal, prazo para o MP como parte e fiscal da lei é único.

de agosto, foi interposto o recurso especial. Ciência inequívoca Segundo o ministro Reynaldo Soares da Fonseca, o artigo 798...STJ - No processo penal, prazo para o MP como parte e fiscal da lei é …

No processo penal, prazo para o MP como parte e fiscal da lei é único.

de agosto, foi interposto o recurso especial. Ciência ine​​quívoca Segundo o ministro Reynaldo Soares da Fonseca, o artigo 798... subprocuradores-gerais atuam em posições diferentes", explicou. …

Informativo STF Nº 962 de 2 a 6 de dezembro de 2019 - Relevância Penal.

REPERCUSSÃO GERAL DIREITO CONSTITUCIONAL – DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS Receita Federal e compartilhamento de dados com o Ministério Público – 3 1. É constitucional o compartilhamento dos…

[Criminal] Resumo do Informativo n° 962 do STF

Brasília, 2 a 6 de dezembro de 2019 Data de divulgação: 11 de dezembro de 2019 Sumário Plenário Taxa sobre recursos hídricos: custos da atividade estatal de fiscalização e princípio da…

Defensoria Pública precisa ser intimada para recorrer, mesmo presente no Júri

Uma decisão da 2ª Seção Criminal firmou que o réu, assistido pela Defensoria Pública Estadual, tem direito de ser intimado posteriormente quando a sentença decisória aconteceu durante a audiência. O…