Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
24 de setembro de 2017
Artigo 51 da Lei nº 8.078 de 11 de Setembro de 1990

Art. 51 do Código de Defesa do Consumidor - Lei 8078/90

CDC - Lei nº 8.078 de 11 de Setembro de 1990

Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências.

Art. 51. São nulas de pleno direito, entre outras, as cláusulas contratuais relativas ao fornecimento de produtos e serviços que:

I - impossibilitem, exonerem ou atenuem a responsabilidade do fornecedor por vícios de qualquer natureza dos produtos e serviços ou impliquem renúncia ou disposição de direitos. Nas relações de consumo entre o fornecedor e o consumidor pessoa jurídica, a indenização poderá ser limitada, em situações justificáveis;

II - subtraiam ao consumidor a opção de reembolso da quantia já paga, nos casos previstos neste código;

III - transfiram responsabilidades a terceiros;

IV - estabeleçam obrigações consideradas iníquas, abusivas, que coloquem o consumidor em desvantagem exagerada, ou sejam incompatíveis com a boa-fé ou a eqüidade;

V - (Vetado);

VI - estabeleçam inversão do ônus da prova em prejuízo do consumidor;

VII - determinem a utilização compulsória de arbitragem;

VIII - imponham representante para concluir ou realizar outro negócio jurídico pelo consumidor;

IX - deixem ao fornecedor a opção de concluir ou não o contrato, embora obrigando o consumidor;

X - permitam ao fornecedor, direta ou indiretamente, variação do preço de maneira unilateral;

XI - autorizem o fornecedor a cancelar o contrato unilateralmente, sem que igual direito seja conferido ao consumidor;

XII - obriguem o consumidor a ressarcir os custos de cobrança de sua obrigação, sem que igual direito lhe seja conferido contra o fornecedor;

XIII - autorizem o fornecedor a modificar unilateralmente o conteúdo ou a qualidade do contrato, após sua celebração;

XIV - infrinjam ou possibilitem a violação de normas ambientais;

XV - estejam em desacordo com o sistema de proteção ao consumidor;

XVI - possibilitem a renúncia do direito de indenização por benfeitorias necessárias.

§ 1º Presume-se exagerada, entre outros casos, a vantagem que:

I - ofende os princípios fundamentais do sistema jurídico a que pertence;

II - restringe direitos ou obrigações fundamentais inerentes à natureza do contrato, de tal modo a ameaçar seu objeto ou equilíbrio contratual;

III - se mostra excessivamente onerosa para o consumidor, considerando-se a natureza e conteúdo do contrato, o interesse das partes e outras circunstâncias peculiares ao caso.

§ 2° A nulidade de uma cláusula contratual abusiva não invalida o contrato, exceto quando de sua ausência, apesar dos esforços de integração, decorrer ônus excessivo a qualquer das partes.

§ 3° (Vetado).

§ 4° É facultado a qualquer consumidor ou entidade que o represente requerer ao Ministério Público que ajuíze a competente ação para ser declarada a nulidade de cláusula contratual que contrarie o disposto neste código ou de qualquer forma não assegure o justo equilíbrio entre direitos e obrigações das partes.

Inteiro Teor. AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA: AIRR 5359620125020463

/empregador. Nesse mesmo caminho, também se posicionou o moderno Código de Defesa do Consumidor que disciplina em seu art... o pleito inicial procedente. O artigo 31 da Lei 9.656 /98 dispõe: Art. 31. Ao aposentado que contribuir para produtos... formalizou Termo de Adesão para manutenção do plano de saúde além dos 9...

O tratamento pelo método Therasuit-Pediasut X Planos de Saúde

RESUMO O presente trabalho aborda a relação obrigacional das operadoras de planos de saúde no tocante a recusa/negativa da prestação de serviços de fisioterapia pelo método Pediasuit / Therasuit a

Inteiro Teor. Apelação: APL 346583120128060117 CE 0034658-31.2012.8.06.0117

da presente demanda. Inicialmente, destaco que é uníssono o entendimento de que “o Código de Defesa do Consumidor é..., desde que caracterizada a relação de consumo e demonstrada a abusividade (art. 51 , § 1º , do CDC ). A saber: AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO... EM RECURSO ESPECIAL. IRRESIGNAÇÃO DO AUTOR. 1. Violação ao...

Inteiro Teor. Agravo de Instrumento: AI 6217178420178060000 CE 0621717-84.2017.8.06.0000

, podendo haver a declaração de nulidade (artigo 51 do CDC ), pois não pode o Plano de Saúde querer se eximir... de consumo, aplicando-se-lhe o Código de Defesa do Consumidor , conforme sumulado pelo STJ, no enunciado 469, senão... vejamos: Súmula 469: Aplica-se o Código de Defesa do Consumidor aos contratos d...

Inteiro Teor. : 11283120134036127

ao caso o que dispõe o Decreto 57.663 /66 - Lei Uniforme de Genébra , em seu artigo 70, anexo I, in verbis: "Art. 70... de adesão, sujeito ao Código de Defesa do Consumidor (Súmula 297, do STJ), a autonomia da vontade das partes deve ser... a relação de consumo e que a abusividade (capaz de colocar o consumidor ...

Inteiro Teor. : 101587420134036100

de serviços especialmente contemplados no artigo 3º, § 2º, estão submetidas às disposições da lei consumerista (Lei 8.078... /1990 - Código de Defesa do Consumidor ). Para tanto, aos contratos bancários no âmbito dos Tribunais Superiores foi... editada a Súmula 297, in verbis: "Súmula 297: O Código de Defesa do ...

Inteiro Teor. Agravo de Instrumento: AI 40086442520178240000 Capital 4008644-25.2017.8.24.0000

, desde que caracterizada a relação de consumo e que a abusividade (capaz de colocar o consumidor em desvantagem exagerada - art. 51...-se assim o crédito da parte ré. O presente agravo de instrumento encontra espeque no art. 1.015, I, do Código de Processo... o efeito suspensivo. Cumpra-se o disposto no art. 1.019, II...

Inteiro Teor. Agravo de Instrumento: AI 1343872120148240000 Criciúma 0134387-21.2014.8.24.0000

do Código de Defesa do Consumidor Tendo em vista o disposto no art. 3º , § 2º , do Código de Defesa do Consumidor... - art. 51 , § 1º , do CDC ) fique cabalmente demonstrada, ante às peculiaridades do julgamento em concreto". Na hipótese... da vigência do Código de Defesa do Consumidor . Concernente à mora, consoante ...

: 20170110391152 DF 0023153-73.2012.8.07.0001

quando da contratação de serviços de telefonia configura relação de consumo, subsumindo-se ao Código de Defesa do Consumidor... em desvantagem exagerada, sendo incompatível com a boa-fé (Art. 51 , IV do CDC ), além de elidir o necessário equilíbrio a ser... observado nas relações entre consumidores e fornecedores (Art...

RECURSO ESPECIAL: REsp 1693907 SP 2017/0210396-1

art. 39 do Código de Defesa do Consumidor , que incide no caso dos autos por força da Súmula 469 do Egrégio Superior... das práticas vedadas estabelecidas no art. 39 do Código de Defesa do Consumidor , que incide no caso dos autos por força... UNILATERAL IMOTIVADA. IMPOSSIBILIDADE. OFENSA AO PRINCÍPIO DA FUNÇÃO SOC...

×