Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
23 de abril de 2019
Artigo 10 da Constituição Federal de 24 de Fevereiro de 1891

Art. 10 da Constituição Federal de 91

Constituição Federal de 24 de Fevereiro de 1891

Nós, os representantes do povo brasileiro, reunidos em Congresso Constituinte, para organizar um regime livre e democrático, estabelecemos, decretamos e promulgamos a seguinte

Art 10 - É proibido aos Estados tributar bens e rendas federais ou serviços a cargo da União, e reciprocamente.

Alan Andrade

Alan Andrade -

Imunidade Tributária Recíproca Extensiva a Sociedades de Economia Mista - O caso da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

IMUNIDADE TRIBUTÁRIA RECÍPROCA EXTENSIVA A SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA – O CASO DA COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS - CPTM RESUMO: Pretende-se com este artigo abordar o tema imunidade

Andamento do Processo n. 2014/0262121-5 - Recurso Especial - 11/02/2016 do STJ

(6682) RECURSO ESPECIAL Nº 1.485.454 - DF (2014/0262121-5) RELATORA : MINISTRA REGINA HELENA COSTA RECORRENTE : UNIÃO RECORRIDO : IVAN CARLOS DE PINHO MORAES RECORRIDO : IVONETE DA SILVA PRECIOSO

Pg. 4489. Superior Tribunal de Justiça STJ de 11/02/2016

fazer alguma coisa senão em virtude de lei, como o faz a atual Constituição Brasileira, em seu art. 5º, inciso II, se se compreender como subentendida na norma que a “lei” de que se cogita é uma lei

Inteiro Teor. Apelação Cível: AC 10084937220058220005 RO 1008493-72.2005.822.0005

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 2ª Câmara Especial Data da distribuição : 18/01/2006 Data do julgamento : 26/09/2006 100.005.2005.008493-9 Apelação Cível Origem :

Imunidade Tributária de Templos Religiosos

RESUMO Este artigo é dedicado ao estudo da imunidade tributária dos templos religiosos e contemplará, nas Constituições Federais do Brasil, a imunidade tributária decorrente da influência teológica.

RECURSO ESPECIAL: REsp 1400302 PA 2013/0284366-8

RECURSO ESPECIAL Nº 1.400.302 - PA (2013/0284366-8) RELATORA : MINISTRA REGINA HELENA COSTA RECORRENTE : UNIÃO RECORRIDO : REGINA LÚCIA BRITO FURTADO ADVOGADOS : FÁBIO CAETANO E OUTRO(S) ANTÔNIO CARLOS AIDO MACIEL DECISÃO Vistos. Trata-se de Recurso Especial interposto pela UNIÃO, contra acórdão prolatado pela 2ª Turma...

Pg. 3405. Superior Tribunal de Justiça STJ de 27/05/2015

prejudicado ou em confronto com súmula ou jurisprudência dominante da respectiva Corte ou Tribunal Superior. Ao analisar a questão referente a controvérsia posta em debate, o Tribunal de origem assim

Pg. 4125. Superior Tribunal de Justiça STJ de 04/02/2014

Decido. Os autos foram recebidos neste Gabinete em 21.10.2013. In casu, assim consignou o Tribunal a quo: O reconhecimento da irretroatividade da lei pelos ordenamentos jurídicos é uma constante. Bem

APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA: AMS 879

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO fls.3/6 APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA 96.01.00879-9/BA Processo na Origem:

APELAÇÃO CIVEL: AC 93826

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO fls.6/6 APELAÇÃO CÍVEL 1999.01.00.093826-7/DF Processo na Origem: 199734000072209

×