Art. 51, § 2 do Estatuto da Criança e do Adolescente - Lei 8069/90

ECA - Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990

Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências.
Subseção IV
Da Adoção
Art. 51. Considera-se adoção internacional aquela na qual o pretendente possui residência habitual em país-parte da Convenção de Haia, de 29 de maio de 1993, Relativa à Proteção das Crianças e à Cooperação em Matéria de Adoção Internacional, promulgada pelo Decreto n o 3.087, de 21 junho de 1999, e deseja adotar criança em outro país-parte da Convenção. (Redação dada pela Lei nº 13.509, de 2017)
§ 2 o Os brasileiros residentes no exterior terão preferência aos estrangeiros, nos casos de adoção internacional de criança ou adolescente brasileiro. (Redação dada pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência
há 9 meses

Adoção internacional

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Direito Graduação em Direito ADOÇÃO INTERNACIONAL: uma análise da aplicabilidade de normas e aspectos jurídicos Liellen Santana da Cruz Telhado Brasília – 2019…
Natalia Amorim, Estudante de Direito
há 2 anos

Uma análise sobre os princípios que norteiam o instituto da adoção no Estatuto da Criança e do Adolescente

RESUMO O presente trabalho tem como enfoque os princípios balizadores do instituto da adoção no ordenamento jurídico junto ao Estatuto da Criança e do Adolescente . O processo de adoção no…