Artigo 46 da Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990

ECA - Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990

Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências.
Subseção IV
Da Adoção
Art. 46. A adoção será precedida de estágio de convivência com a criança ou adolescente, pelo prazo máximo de 90 (noventa) dias, observadas a idade da criança ou adolescente e as peculiaridades do caso. (Redação dada pela Lei nº 13.509, de 2017)
§ 1º O estágio de convivência poderá ser dispensado se o adotando não tiver mais de um ano de idade ou se, qualquer que seja a sua idade, já estiver na companhia do adotante durante tempo suficiente para se poder avaliar a conveniência da constituição do vínculo.
(Revogado)
§ 1 o O estágio de convivência poderá ser dispensado se o adotando já estiver sob a tutela ou guarda legal do adotante durante tempo suficiente para que seja possível avaliar a conveniência da constituição do vínculo. (Redação dada pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência
§ 2º Em caso de adoção por estrangeiro residente ou domiciliado fora do País, o estágio de convivência, cumprido no território nacional, será de no mínimo quinze dias para crianças de até dois anos de idade, e de no mínimo trinta dias quando se tratar de adotando acima de dois anos de idade.
(Revogado)
§ 2 o A simples guarda de fato não autoriza, por si só, a dispensa da realização do estágio de convivência. (Redação dada pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência
§ 2 o -A. O prazo máximo estabelecido no caput deste artigo pode ser prorrogado por até igual período, mediante decisão fundamentada da autoridade judiciária. (Incluído pela Lei nº 13.509, de 2017)
§ 3 o Em caso de adoção por pessoa ou casal residente ou domiciliado fora do País, o estágio de convivência, cumprido no território nacional, será de, no mínimo, 30 (trinta) dias (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência
(Revogado)
§ 3 o Em caso de adoção por pessoa ou casal residente ou domiciliado fora do País, o estágio de convivência será de, no mínimo, 30 (trinta) dias e, no máximo, 45 (quarenta e cinco) dias, prorrogável por até igual período, uma única vez, mediante decisão fundamentada da autoridade judiciária. (Redação dada pela Lei nº 13.509, de 2017)
§ 3 o -A. Ao final do prazo previsto no § 3 o deste artigo, deverá ser apresentado laudo fundamentado pela equipe mencionada no
§ 4 o deste artigo, que recomendará ou não o deferimento da adoção à autoridade judiciária. (Incluído pela Lei nº 13.509, de 2017)
§ 4 o O estágio de convivência será acompanhado pela equipe interprofissional a serviço da Justiça da Infância e da Juventude, preferencialmente com apoio dos técnicos responsáveis pela execução da política de garantia do direito à convivência familiar, que apresentarão relatório minucioso acerca da conveniência do deferimento da medida. (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência
§ 5 o O estágio de convivência será cumprido no território nacional, preferencialmente na comarca de residência da criança ou adolescente, ou, a critério do juiz, em cidade limítrofe, respeitada, em qualquer hipótese, a competência do juízo da comarca de residência da criança. (Incluído pela Lei nº 13.509, de 2017)

Andamento do Processo n. 1000645-16.2019.8.26.0172 - 27/05/2022 do TJSP

Processo 1000645-16.2019.8.26.0172 - Adoção - Adoção Nacional - E.D.L.C. - Tratam os presentes autos de Ação de Adoção ajuizada por ELAINE DOMINGUES LARA CARDOSO, com relação ao menor Leandro…

Página 3390 da Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte I do Diário de Justiça do Estado de São Paulo (DJSP) de 27 de Maio de 2022

juntada do laudo, INTIMEM-SE ambas as partes para manifestação, em 15 (quinze) dias, podendo solicitar esclarecimentos, se necessário. II Do contrário, se nada for requerido, como a única prova…

Andamento do Processo n. 0642893-05.2019.8.04.0001 - Adoção C/c Destituição do Poder Familiar / Adoção de Adolescente - 26/05/2022 do TJAM

ADV: JUREMA DIAS DE LIMA MISSIONEIRO DOS SANTOS (OAB 70558/SP) - Processo 0642893-05.2019.8.04.0001 - Adoção c/c Destituição do Poder Familiar - Adoção de Adolescente - REQUERENTE: Sebastião da Silva…

Página 567 da III - Judicial - 1ª Instância (Capital) do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 26 de Maio de 2022

CPC.Condeno os Réus ao pagamento das custas e honorários advocatícios correspondente a 10% sobre o valor da condenação, de acordo com a norma do art. 85, § 2º, do CPC.Certificado o trânsito em…

Página 2519 da Judiciário do Diário de Justiça do Estado do Amazonas (DJAM) de 26 de Maio de 2022

0641173-95.2022.8.04.0001 - Tutela Infância e Juventude - Liminar - REQUERENTE: Marianna Silva de Araújo - REQUERIDO: CIEC Supletivos WN Sistema de Educação Ltda - DESPACHO R.H. Tendo o requerido…

Andamento do Processo n. 8015059-68.2021.8.05.0250 - Adoção - 25/05/2022 do TJBA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA 2ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE SIMÕES FILHO INTIMAÇÃO 8015059-68.2021.8.05.0250 Adoção Jurisdição: Simões Filho Requerente: Joilson Santos…

Página 6356 da Caderno 2 - Entrância Final - Capital do Diário de Justiça do Estado da Bahia (DJBA) de 25 de Maio de 2022

tendo como sujeito de tutela ANA LAURA LOYOLA DOS SANTOS, filha de JANDSON DE ARAÚJO DOS SANTOS e JAMILE DA SILVA LOYOLA, pelos fatos e fundamentos narrados na exordial. Relata a inicial, em breve…

Página 6357 da Caderno 2 - Entrância Final - Capital do Diário de Justiça do Estado da Bahia (DJBA) de 25 de Maio de 2022

Diante disso, com o escopo de preservar o interesse da menor e ainda, possibilitando a ela melhor qualidade de vida no intuito de proteger a suas integridades físicas, psíquicas e morais, impõe-se o…

Intimação do processo N. 08016020320218100034 - 25/05/2022 - TJMA

NÚMERO ÚNICO: 0801602-03.2021.8.10.0034 POLO ATIVO CLELIO GUERRA ALVARES JUNIOR ADVOGADO(A/S) CLELIO GUERRA ALVARES JUNIOR | 11104/MA INTIMAÇÃO DE SENTENÇA O MM Juiz de Direito Carlos Eduardo de…

Página 4889 da Caderno 2 - Entrância Final - Capital do Diário de Justiça do Estado da Bahia (DJBA) de 24 de Maio de 2022

A adoção é forma de colocação de menor em família substituta, e essa estipulação deve sempre ser interpretada de acordo com os princípios constitucionais garantidores. O princípio norteador de…