Artigo 168 do Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

Art. 168 - Apropriar-se de coisa alheia móvel, de que tem a posse ou a detenção:
Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa.
Aumento de pena
§ 1º - A pena é aumentada de um terço, quando o agente recebeu a coisa:
I - em depósito necessário;
II - na qualidade de tutor, curador, síndico, liquidatário, inventariante, testamenteiro ou depositário judicial;
III - em razão de ofício, emprego ou profissão.
Apropriação indébita previdenciária (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
Art. 168-A. Deixar de repassar à previdência social as contribuições recolhidas dos contribuintes, no prazo e forma legal ou convencional: (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
Pena – reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa. (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
§ 1o Nas mesmas penas incorre quem deixar de: (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
I – recolher, no prazo legal, contribuição ou outra importância destinada à previdência social que tenha sido descontada de pagamento efetuado a segurados, a terceiros ou arrecadada do público; (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
II – recolher contribuições devidas à previdência social que tenham integrado despesas contábeis ou custos relativos à venda de produtos ou à prestação de serviços; (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
III - pagar benefício devido a segurado, quando as respectivas cotas ou valores já tiverem sido reembolsados à empresa pela previdência social. (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
§ 2o É extinta a punibilidade se o agente, espontaneamente, declara, confessa e efetua o pagamento das contribuições, importâncias ou valores e presta as informações devidas à previdência social, na forma definida em lei ou regulamento, antes do início da ação fiscal. (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
§ 3o É facultado ao juiz deixar de aplicar a pena ou aplicar somente a de multa se o agente for primário e de bons antecedentes, desde que: (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
I – tenha promovido, após o início da ação fiscal e antes de oferecida a denúncia, o pagamento da contribuição social previdenciária, inclusive acessórios; ou (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
II – o valor das contribuições devidas, inclusive acessórios, seja igual ou inferior àquele estabelecido pela previdência social, administrativamente, como sendo o mínimo para o ajuizamento de suas execuções fiscais. (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000)
§ 4o A faculdade prevista no § 3o deste artigo não se aplica aos casos de parcelamento de contribuições cujo valor, inclusive dos acessórios, seja superior àquele estabelecido, administrativamente, como sendo o mínimo para o ajuizamento de suas execuções fiscais. (Incluído pela Lei nº 13.606, de 2018)
Apropriação de coisa havida por erro, caso fortuito ou força da natureza
Flavia Lacerda, Advogado
há 2 meses

RESE - Exame 3

redação do art. 384 do Código de Processo Penal, dada pela Lei 11.719/2008. O candidato deverá, ainda, sustentar que não... o recurso em sentido estrito, na forma do art. 581, IV, do Código de …
Flavia Lacerda, Advogado
há 2 meses

Memoriais - Exame 25

como detração. Outrossim, o Art. 387 , § 2º , do Código de Processo Penal , acrescentado pela Lei 12.736 /12, prevê... em face de Francisco, imputando-lhe a prática do crime previsto no Art. 168
Flavia Lacerda, Advogado
há 2 meses

Crime de Apropriação indébita majorada em razão do ofício

qualificada (ou majorada) em razão do ofício, prevista no art. 168, parágrafo 1º, III do CP. APROPRIAÇÃO INDÉBITA Art. 168... qualificada (ou majorada) em razão do ofício, (0,2) / art. 168, § 1º, …
Flavia Lacerda, Advogado
há 2 meses

Apelação - Exame 4

formalidade legal prevista no art. 226 , II, do Código de Processo Penal . Dessa forma, inexistiria prova suficiente para... submetida à perícia, nos termos do art. 158 do Código de Processo Penal

TJ-RS condena leiloeiro que ficou com dinheiro de leilão cancelado

Leiloeiro que não devolve o dinheiro do arrematante que não conseguiu comprar o imóvel, pelo cancelamento do leilão, incorre em apropriação indébita. Afinal, pela leitura do artigo 168 do Código…
Espaço Vital
ano passado

Por 85 votos x zero, declarada a inidoneidade de Mauricio Dal Agnol para a advocacia

Por unanimidade dos votos (85) dos conselheiros presentes na sexta-feira (28), à tarde, à reunião do Conselho Pleno da OAB-RS, o advogado Mauricio Dal Agnol foi excluído dos quadros da entidade, após…
Espaço Vital
ano passado

Declarada a inidoneidade de Mauricio Dal Agnol para o exercício da profissão

Por unanimidade dos votos (85) dos conselheiros presentes ontem (28), à tarde, à reunião do Conselho Pleno da OAB-RS, o advogado Mauricio Dal Agnol foi excluído dos quadros da entidade, após a formal…

3ª Câmara Criminal mantém condenação por apropriação indébita

Por unanimidade, os desembargadores da 3ª Câmara Criminal mantiveram a sentença que condenou R.M.S. à pena de um ano e quatro meses de reclusão, em regime inicial aberto, por ter se apropriado, em…

Resumo do Informativo nº 931 do STF

Brasília, 18 a 22 de fevereiro 2019 Sumário Plenário Homofobia e omissão legislativa – 2 1ª Turma Declinação de competência para a Justiça comum Sindicato: legitimidade “ad causam” e registro no…
Diego Carvalho, Advogado
ano passado

Prescrição retroativa livra advogado condenado por apropriação indébita

Antes do trânsito em julgado da sentença final, a pena de reclusão que não exceda dois anos prescreve em quatro anos, como indica o artigo 109 , inciso V, do Código Penal . Por isso, a desembargadora…