Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
22 de outubro de 2017
Artigo 19 da Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990

Art. 19 do Estatuto da Criança e do Adolescente - Lei 8069/90

ECA - Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990

Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências.

Art. 19. É direito da criança e do adolescente ser criado e educado no seio de sua família e, excepcionalmente, em família substituta, assegurada a convivência familiar e comunitária, em ambiente que garanta seu desenvolvimento integral. (Redação dada pela Lei nº 13.257, de 2016)

§ 1o Toda criança ou adolescente que estiver inserido em programa de acolhimento familiar ou institucional terá sua situação reavaliada, no máximo, a cada 6 (seis) meses, devendo a autoridade judiciária competente, com base em relatório elaborado por equipe interprofissional ou multidisciplinar, decidir de forma fundamentada pela possibilidade de reintegração familiar ou colocação em família substituta, em quaisquer das modalidades previstas no art. 28 desta Lei. (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência

§ 2o A permanência da criança e do adolescente em programa de acolhimento institucional não se prolongará por mais de 2 (dois) anos, salvo comprovada necessidade que atenda ao seu superior interesse, devidamente fundamentada pela autoridade judiciária. (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência

§ 3o A manutenção ou reintegração de criança ou adolescente à sua família terá preferência em relação a qualquer outra providência, caso em que será esta incluída em programas de orientação e auxílio, nos termos do parágrafo único do art. 23, dos incisos I e IV do caput do art. 101 e dos incisos I a IV do caput do art. 129 desta Lei. (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009) Vigência

§ 3o A manutenção ou a reintegração de criança ou adolescente à sua família terá preferência em relação a qualquer outra providência, caso em que será esta incluída em serviços e programas de proteção, apoio e promoção, nos termos do § 1o do art. 23, dos incisos I e IV do caput do art. 101 e dos incisos I a IV do caput do art. 129 desta Lei. (Redação dada pela Lei nº 13.257, de 2016)

§ 4o Será garantida a convivência da criança e do adolescente com a mãe ou o pai privado de liberdade, por meio de visitas periódicas promovidas pelo responsável ou, nas hipóteses de acolhimento institucional, pela entidade responsável, independentemente de autorização judicial. (Incluído pela Lei nº 12.962, de 2014)

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1155182 RS 2017/0207153-0

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.155.182 - RS (2017/0207153-0) RELATOR : MINISTRO MOURA RIBEIRO AGRAVANTE : R M ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL AGRAVADO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL INTERES. : G M INTERES. : J C M H INTERES. : Z DA S H CIVIL. AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL...

Pg. 4126. Superior Tribunal de Justiça STJ de 20/10/2017

EMENTA – APELAÇÃO CÍVEL – DESTITUIÇÃO DO PODER FAMILIAR – ALEGAÇÃO DE CERCEAMENTO DE DEFESA REJEITADA – CRIANÇAS EXPOSTAS A SITUAÇÕES DE RISCO – DESCUMPRIMENTO DOS DEVERES DE GUARDA, SUSTENTO E

Pg. 4486. Superior Tribunal de Justiça STJ de 20/10/2017

REVISÃO DO CONTEXTO FÁTICO-PROBATÓRIO. SÚMULA Nº 7 DO STJ. AGRAVO CONHECIDO. RECURSO ESPECIAL NÃO CONHECIDO. DECISÃO Da leitura detida do acórdão objurgado, infere-se que o MINISTÉRIO PÚBLICO DO

Pg. 192. Caderno 3 - Entrância Intermediária. Diário de Justiça do Estado da Bahia DJBA de 20/10/2017

Expediente do dia 19 de outubro de 2017 0000200-19.2017.805.0156 - Perda ou Suspensão ou Restabelecimento do Poder Familiar Autor(s): O. M. P. D. E. D. B. Reu(s): N. C. D. S. Advogado(s): Gildemário

Pg. 110. Diário de Justiça do Estado do Acre DJAC de 20/10/2017

cinco mil, novecentos e onze reais e noventa quatro centavos) do montante da dívida descrita na nota fiscal de págs. 08/09, nos termos da fundamentação supra.2) DECLARAR valida os valores

Pg. 112. Diário de Justiça do Estado do Acre DJAC de 20/10/2017

mento e, em desfavor de Maria José da Silva Nascimento, com fundamento no Estatuto da Criança e do Adolescente, art. 33 e seguintes.Em síntese, alega que é pai das adolescentes e que por ocasião da

Inteiro Teor. : 20692535120178260000 SP 2069253-51.2017.8.26.0000

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SAO PAULO Registro: 2017.0000798086 ACÓRDAO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2069253-51.2017.8.26.0000, da

Pg. 136. Caderno Jurisdicional do Tribunal de Justiça. Diário de Justiça do Estado de Santa Catarina DJSC de 19/10/2017

provimento. Custas na forma da lei. 16.Agravo de Instrumento - 4009932-08.2017.8.24.0000 - Jaraguá do Sul Relator(a): Exmo. Sr. Desembargador Luiz Cézar Medeiros Juiz (a): Agravante : R. R. M.

Justiça concede guarda definitiva de netos à avó materna

Decisão leva em consideração fundamento no Estatuto da Criança e do Adolescente. O Juízo da Vara Cível da Comarca de Tarauacá concedeu à avó R.M.L. a guarda de seus netos. Desta forma, a decisão sob

Inteiro Teor. Recurso Especial: 40085042520168240000 Blumenau 4008504-25.2016.8.24.0000

Recurso Especial n. 4008504-25.2016.8.24.0000/50002, Blumenau Rectes. : F. C. e outros Advogado : Evaristo Kuhnen (OAB: 5431/SC) Recorrido : M. P. do E. de S. C. Proc. de Just. : Jacson Corrêa

×