Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
24 de setembro de 2017
Artigo 1634 da Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

Art. 1634 do Código Civil - Lei 10406/02

CC - Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

Institui o Código Civil.

SUBTÍTULO II

Das Relações de Parentesco

Art. 1.634. Compete a ambos os pais, qualquer que seja a sua situação conjugal, o pleno exercício do poder familiar, que consiste em, quanto aos filhos: (Redação dada pela Lei nº 13.058, de 2014)

I - dirigir-lhes a criação e a educação; (Redação dada pela Lei nº 13.058, de 2014)

II - exercer a guarda unilateral ou compartilhada nos termos do art. 1.584; (Redação dada pela Lei nº 13.058, de 2014)

III - conceder-lhes ou negar-lhes consentimento para casarem; (Redação dada pela Lei nº 13.058, de 2014)

IV - conceder-lhes ou negar-lhes consentimento para viajarem ao exterior; (Redação dada pela Lei nº 13.058, de 2014)

V - conceder-lhes ou negar-lhes consentimento para mudarem sua residência permanente para outro Município; (Redação dada pela Lei nº 13.058, de 2014)

VI - nomear-lhes tutor por testamento ou documento autêntico, se o outro dos pais não lhe sobreviver, ou o sobrevivo não puder exercer o poder familiar; (Redação dada pela Lei nº 13.058, de 2014)

VII - representá-los judicial e extrajudicialmente até os 16 (dezesseis) anos, nos atos da vida civil, e assisti-los, após essa idade, nos atos em que forem partes, suprindo-lhes o consentimento; (Redação dada pela Lei nº 13.058, de 2014)

VIII - reclamá-los de quem ilegalmente os detenha; (Incluído pela Lei nº 13.058, de 2014)

IX - exigir que lhes prestem obediência, respeito e os serviços próprios de sua idade e condição. (Incluído pela Lei nº 13.058, de 2014)

Aspectos relevantes sobre a guarda compartilhada: análise da lei nº 13.058/14 e a aplicação perante os tribunais

Introdução O presente estudo versará sobre os principais aspectos referentes a Guarda Compartilhada, o qual propõe-se em um primeiro momento, a realizar uma análise sobre o tema, a partir de seu

O que justifica a manutenção da pensão alimentícia para o filho maior de idade?

É pacífico na doutrina e na jurisprudência, que a estipulação de pensão alimentícia para o filho que já atingiu a maioridade civil é exceção e só é possível mediante prova efetiva de sua necessidade,

O direito de receber pensão alimentícia se extingue com a maioridade do filho?

A resposta só pode ser uma, não. A pensão alimentícia não cessa automaticamente com a maioridade. Isso porque, a partir do momento em que o filho alcança a maioridade civil, a obrigação alimentar que

Andamento do Processo n. 0000419-41.2015.8.10.0066 - 22/09/2017 do TJMA

dos filhos em sua companhia e guarda (incisos I e II do artigo 1.634 do CC e 22 do ECA), impõe-se a medida de perda...Andamento do Processo n. 0000419-41.2015.8.10.0066 - 22/09/2017 do TJMA ACÓRDÃO 210119/2017 Sessão do dia 18... de Setembro de 2017 QUINTA CÂMARA CÍVEL Processo : 0000419-41.2015.8.10.0066 Protoco...

Andamento do Processo n. 0005398-26.2017.8.26.0003 - Alimentos - Lei Especial Nº 5.478/68 - Fixação - 22/09/2017 do TJSP

preconizada no artigo 1.634, do Código Civil. Assim, resta somente a fixação do montante a ser pago.Em relação à...Andamento do Processo n. 0005398-26.2017.8.26.0003 - Alimentos - Lei Especial 5.478/68 - Fixação - 22/09/2017... do TJSP Processo 0005398-26.2017.8.26.0003 - Alimentos - Lei Especial 5.478/68 - Fixa...

Andamento do Processo n. 00229150520168140006 - 22/09/2017 do TJPA

a gratuidade processual ante as alegações da parte autora. 2. Considerando o disposto no art. 1.634, II do Código Civil... de 30% DO SALÁRIO MÍNIMO, com vencimento até o DIA 10 DE CADA MÊS, devidos a partir da citação válida. O valor da pensão... poderá ser realizada nos termos do art. 139, incisos II e V do CPC. Assi...

Andamento do Processo n. 0704512-63.2014.8.02.0001 - Guarda - 22/09/2017 do TJAL

ADV: ‘ DE ALAGOAS (OAB D/AL) - Processo 0704512-63.2014.8.02.0001 - Guarda - Guarda - AUTORA: VERENICE MARIA DOS SANTOS - Sentença Genérica EM FACE DO EXPOSTO, julgo procedente o pedido e concedo a

Andamento do Processo n. 2017.03.1.011105-4 - Procedimento Comum - 22/09/2017 do TJDF

Nº 2017.03.1.011105-4 - Procedimento Comum - A: F.C.S.e.o.. Adv(s).: DF035509 - CYNTHIA HELENA DE MOURA. R: J.R.F.S.. Adv(s).: NAO CONSTA ADVOGADO. A: R.R.S.. Adv(s).: (.). Certifico e dou fé que,

Andamento do Processo n. 0145701-37.2017.8.21.0001 - 22/09/2017 do TJRS

REFERENTES AO CURSO DE MODELO NO VALOR DE R$ 4.000,00. NOS TERMOS DO ARTIGO 1.634, INCISO I2, DO CÓDIGO CIVIL, COMPETE.... QUANTO A ESSE PONTO, O CÓDIGO CIVIL1 DETERMINA QUE PREFERENCIALMENTE SEJA AGUARDADA A FORMAÇÃO DO CONTRADITÓRIO, RAZÃO PELA QUAL SERÁ...-BALL PORTO ALEGRENSE (FL. 153). 4 -DESIGNO AUDIÊNCIA DE CON...

Andamento do Processo n. 1020629-42.2017.8.26.0564 - Procedimento Comum - 22/09/2017 do TJSP

de Justiça do Estado de São Paulo, na forma do art. 7º da Resolução 551/2011, que regulamentou a Lei 11.419/2006... proceder à citação, intimação ou penhora na forma do art. 212, § 2º, do Código de Processo Civil, independentemente..., em atenção ao art. 1º, inciso I, da Recomendação 50, de 8 de maio de 2014,...

×