Artigo 1593 da Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

CC - Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

Institui o Código Civil.
SUBTÍTULO II
Das Relações de Parentesco
Art. 1.593. O parentesco é natural ou civil, conforme resulte de consangüinidade ou outra origem.
Isabelle Mota, Advogado
há 7 dias

Pensão por morte no RGPS e o reconhecimento da multiparentalidade: uma análise dos efeitos sob o enfoque da (im)possibilidade de cumulação do benefício

Isabelle Morgana Mota | Graduada em Direito pela Faculdade Baiana de Direito. Pós Graduada em Direito Processual Civil e Direito e Prática Previdenciária pela Faculdade Baiana de Direito. Advogada,…
1
0

Direito de Família

1.1 Introdução O objetivo do presente texto é do esquematizar, aspectos e pontos que defluem do momento atual no Brasil em termos de Direito de Família. Não se pode perder de vista, mesmo diante do…
1
0

Das Relações de Parentesco

1 O VÍNCULO DE PARENTESCO: LINHAS E GRAUS Vínculo de parentesco estabelece-se por linhas: reta e colateral, e a contagem faz-se por graus. Parentes em linha reta são as pessoas que descendem umas das…
2
0

Rompimento de Relações Afetivas e o Direito ao Esquecimento Análogo ao Abandono Afetivo dos Filhos

ROMPIMENTO DE RELAÇÕES AFETIVAS E O DIREITO AO ESQUECIMENTO ANÁLOGO AO ABANDONO AFETIVO DOS FILHOS.1 Arianna Sousa Santos Beatriz Graziely S. de Paiva2 Ana Valéria de Miranda Araujo Cabral Marques3…
1
0

Multiparentalidade no Direito Sucessório: possibilidades e desafios

MULTIPARENTALIDADE NO DIREITO SUCESSÓRIO: possibilidades e desafios Alcione Miranda Barbosa [1] RESUMO O presente trabalho tem a finalidade de examinar os efeitos jurídicos da multiparentalidade no…
1
0

Parentalidade Socioafetiva

RESUMO O presente estudo está focado em ampliar a visão e o desenvolvimento social em relação a parentalidade socioafetiva por um viés jurídico. Preza destacar que esta concepção amplia a ideia…
1
0

“Amor de pai ”

Frente as mudanças sociais, a concepção de filho não é mais meramente um produto de ato sexual ou conjugal, por isso, o Código Civil de 2002, no artigo 1.593 dispõe que o parentesco é natural ou…
1
0
Karla Fonseca, Advogado
há 6 meses

Reconhecimento da Filiação Socioafetiva:

O tema que está ganhando cada vez mais relevância no campo do Direito de Família: a filiação socioafetiva. Este conceito jurídico inovador traz à tona a importância do afeto nas relações familiares e…
0
0
Raquel Aguiar, Advogado
há 6 meses

Ação declaratória de filiação socioafetiva: tudo que você precisa saber!

O afeto, que antes fora visto como apenas um sentimento, ganhou valor jurídico. Dessa forma, o comportamento afetuoso do indivíduo passou a deflagrar consequências jurídicas. É nessa perspectiva que…
3
2

Pais Socioafetivos e Certidão de Nascimento

A Evolução da Família e das Relações Socioafetivas Antes de discutirmos a possibilidade de inclusão dos nomes dos pais socioafetivos na certidão de nascimento, é importante entender a evolução das…
10
1