Artigo 86 da Constituição Federal de 1988

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 86. Admitida a acusação contra o Presidente da República, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos crimes de responsabilidade.
§ 1º O Presidente ficará suspenso de suas funções:
I - nas infrações penais comuns, se recebida a denúncia ou queixa-crime pelo Supremo Tribunal Federal;
II - nos crimes de responsabilidade, após a instauração do processo pelo Senado Federal.
§ 2º Se, decorrido o prazo de cento e oitenta dias, o julgamento não estiver concluído, cessará o afastamento do Presidente, sem prejuízo do regular prosseguimento do processo.
§ 3º Enquanto não sobrevier sentença condenatória, nas infrações comuns, o Presidente da República não estará sujeito a prisão.
§ 4º O Presidente da República, na vigência de seu mandato, não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções.

Tribunal Superior do Trabalho TST : Ag 100811-24.2017.5.01.0032

A C Ó R D A O 2ª Turma GMJRP/cl/ks AGRAVO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA DA ADMINISTRAÇAO PÚBLICA. SÚMULA Nº 331, ITEM V, DO TRIBUNAL SUPERIOR DO…

Andamento do Processo n. 0813837-45.2020.8.12.0110 - Recurso Inominado Cível - 15/09/2021 do TJMS

Recurso Inominado Cível nº 0813837-45.2020.8.12.0110 Comarca de Juizado Especial Central de Campo Grande - 6ª Vara do Juizado da Fazenda Pública Relator (a): Juiz Paulo Afonso de Oliveira Recorrente:…

Página 426 da Caderno 2 - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul (DJMS) de 15 de Setembro de 2021

Recorrente: Município de Campo Grande Proc. Município: Altair Pereira de Souza (OAB: 4872/MS) Recorrido: Lidiane Lopes de Souza Advogado: Yara Ludmila Barboza Cabral (OAB: 17708/MS) E M E N T A -…

Página 438 da Caderno 2 - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul (DJMS) de 15 de Setembro de 2021

da prova de invalidade do ato administrativo para quem a invoca. Cuida-se de arguição de nulidade do ato, por vício formal ou ideológico, a prova do defeito apontado ficará sempre a cargo do…

Petição - Ação Abono da Lei 8.178/91

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 7a. VARA DA FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DE SÃO LUÍS/MA. Processo n° E ASSISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO LUIS - IPAM , autarquia municipal, já qualificada nos autos…

Petição - Ação Abono da Lei 8.178/91 contra Instituto de Previdencia e Assistencia do Municipio Ipam

E ASSISTÊNCIA DO MUNICÍPIO - IPAM EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 7a. VARA DA FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DE SÃO LUÍS/MA. Processo n° E ASSISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO LUIS - IPAM , autarquia…

Petição - Ação Abono da Lei 8.178/91

21/07/2021 Número: Classe: APELAÇÃO CÍVEL Órgão julgador colegiado: 1a Câmara Cível Órgão julgador: Gabinete Des. Kleber Costa Carvalho Última distribuição : 23/11/2020 Processo referência: Assuntos:…

Andamento do Processo n. 0010196-30.2015.5.01.0073 - AIRR - 13/09/2021 do TST

Processo Nº AIRR-0010196-30.2015.5.01.0073 Complemento Processo Eletrônico Relator Min. Delaíde Alves Miranda Arantes Agravante PETROBRAS DISTRIBUIDORA S.A. Advogado Dr. Bruno de Medeiros Lopes…

Página 513 da Caderno 2 - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul (DJMS) de 13 de Setembro de 2021

Advogado: Alexandre Chadid Warpechowski (OAB: 12195/MS) Interessado: Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande - IMPCG E M E N T A - RECURSO INOMINADO - AÇÃO DECLARATÓRIA C/C COBRANÇA -…

Página 3397 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 13 de Setembro de 2021

Diante do silêncio da Suprema Corte sobre a quem caberia o ônus da prova da efetiva fiscalização do ente público, este Tribunal Superior, ao entender que é do ente público o ônus da prova acerca da…