Artigo 1489 da Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

CC - Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

Institui o Código Civil.
Art. 1.489. A lei confere hipoteca:
I - às pessoas de direito público interno (art. 41) sobre os imóveis pertencentes aos encarregados da cobrança, guarda ou administração dos respectivos fundos e rendas;
II - aos filhos, sobre os imóveis do pai ou da mãe que passar a outras núpcias, antes de fazer o inventário do casal anterior;
III - ao ofendido, ou aos seus herdeiros, sobre os imóveis do delinqüente, para satisfação do dano causado pelo delito e pagamento das despesas judiciais;
IV - ao co-herdeiro, para garantia do seu quinhão ou torna da partilha, sobre o imóvel adjudicado ao herdeiro reponente;
V - ao credor sobre o imóvel arrematado, para garantia do pagamento do restante do preço da arrematação.

Penhor e Hipoteca: Institutos do Direito Real de Garantia

1. INTRODUÇÃO   Hipoteca e penhor são institutos regulados pelo Direito Privado, mais notadamente pelos Direitos Reais de Garantia.   Dentro desse contexto, na hipoteca e no penhor, o bem, por…
3
0
há 2 anos

Hipoteca no direito civil: aspectos gerais e critérios

TEMA: HIPOTECA NO DIREITO CIVIL: ASPECTOS GERAIS E CRITÉRIOS. RESUMO O presente trabalho objetiva o estudo acerca do tema da hipoteca dentre o Direito Civil Brasileiro, compreendendo, em suma, seu…
3
0

Os direitos da personalidade, a capacidade, a proteção social dos incapazes e o casamento no direito internacional privado

OS DIREITOS DA PERSONALIDADE, A CAPACIDADE, A PROTEÇÃO SOCIAL DOS INCAPAZES E O CASAMENTO NO DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO I – O CRITÉRIO DO DOMICÍLIO Determina o artigo 7º, caput, da Lei de…
2
0

Artigo 136º CPP – Arresto de imóvel.

Art. 136. O arresto do imóvel poderá ser decretado de início, revogando-se, porém, se no prazo de 15 (quinze) dias não for promovido o processo de inscrição da hipoteca legal. (Redação dada pela Lei…
1
0

Hipoteca legal

Art. 134. A hipoteca legal sobre os imóveis do indiciado poderá ser requerida pelo ofendido em qualquer fase do processo, desde que haja certeza da infração e indícios suficientes da autoria.
2
0

Artigo 125º CPP – Sequestro de bens imóveis.

Art. 125. Caberá o sequestro dos bens imóveis, adquiridos pelo indiciado com os proventos da infração, ainda que já tenham sido transferidos a terceiro. Finalidades, as medidas assecuratórias,…
2
0

A importância da realização do inventário negativo

Introdução O inventário é o procedimento utilizado para a catalogação de bens e direitos do falecido, de modo a proceder à sua partilha. Todavia, em alguns casos, pode acontecer do de cujus não ter…
6
0

Comparativo entre hipoteca e alienação fiduciária de coisa imóvel

Frequentemente nos deparamos com a estipulação de garantias nos negócios jurídicos. As garantias reais são preferidas, pois concedem forte segurança, vinculam um bem com o objetivo de assegurar o…
2
1

Conhecendo o direito. Direito Civil. Direito de família. Casamento.

Olá pessoal, vamos falar sobre o direito de família hoje? Tema de extrema importância para entendermos o quanto a convivência familiar passa por alterações com o decorrer dos anos, gerando novas…
1
0
Márcia Fabro, Advogado
há 4 anos

Alteração do Regime de bens.

RESUMO Trata-se de monografia apresentada como requisito parcial para obter o título de especialista em Direito Civil, Processo Civil e Direito do Consumidor perante a FMB/ UNIASSELVI, intitulada: O…
5
0