Art. 50 da Constituição Federal de 88

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 50. A Câmara dos Deputados e o Senado Federal, ou qualquer de suas Comissões, poderão convocar Ministro de Estado ou quaisquer titulares de órgãos diretamente subordinados à Presidência da República para prestarem, pessoalmente, informações sobre assunto previamente determinado, importando crime de responsabilidade a ausência sem justificação adequada. (Redação dada pela Emenda Constitucional de Revisão nº 2, de 1994)
§ 1º Os Ministros de Estado poderão comparecer ao Senado Federal, à Câmara dos Deputados, ou a qualquer de suas Comissões, por sua iniciativa e mediante entendimentos com a Mesa respectiva, para expor assunto de relevância de seu Ministério.
§ 2º As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal poderão encaminhar pedidos escritos de informações a Ministros de Estado, importando em crime de responsabilidade a recusa, ou o não - atendimento, no prazo de trinta dias, bem como a prestação de informações falsas.
(Revogado)
§ 2º As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal poderão encaminhar pedidos escritos de informações a Ministros de Estado ou a qualquer das pessoas referidas no caput deste artigo, importando em crime de responsabilidade a recusa, ou o não - atendimento, no prazo de trinta dias, bem como a prestação de informações falsas. (Redação dada pela Emenda Constitucional de Revisão nº 2, de 1994)

Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais TRE-MG - Recurso Eleitoral : RE 49560 CARATINGA - MG

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS Recurso Eleitoral no 495-60.2017.6.13.0072 Procedência: 72a Zona Eleitoral, de Caratinga Recorrente: Ministério Público Eleitoral Recorrido: Wellerson dos...

Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais TRE-MG - Recurso Criminal : RC 3371 ARCOS - MG

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS Recurso Criminal no 33-71.2017.6.13.0018 Zona Eleitoral: 18a, de Arcos - MG Recorrente: Deusdedit Alves André Recorrido: Ministério Público Eleitoral...

Tribunal Superior do Trabalho TST : ARR 4273720155020051

A C Ó R D A O (5ª Turma) EMP/arn I - AGRAVO DE INSTRUMENTO DO BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. PROVIMENTO. TERCEIRIZAÇAO EM ATIVIDADE-FIM DA TOMADORA. LICITUDE. VÍNCULO DIRETO. IMPOSSIBILIDADE....

Tribunal de Justiça do Maranhão TJ-MA - Apelação Cível : AC 00007432420148100112 MA 0080302019

Estado do Maranhão Poder Judiciário _ SESSAO DO DIA 19 DE AGOSTO DE 2019 QUINTA CÂMARA CÍVEL APELAÇAO Nº 8030-2019 NÚMERO ÚNICO: 0000743-24.2014.8.10.0112 POÇAO DE PEDRAS/MA APELANTE: MUNICÍPIO DE...

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA : AIRR 20314220145020027

A C Ó R D A O (4ª Turma) GMALR/LMC/ AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO PELA RECLAMANTE . ACÓRDAO REGIONAL PUBLICADO NA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. 1. AUSÊNCIA DE IMPUGNAÇAO...

Tribunal Superior do Trabalho TST - EMBARGOS DECLARATORIOS AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA : Ag-ED-AIRR 4575420155020057

A C Ó R D A O 6ª Turma GMKA/pmf/mc/acj AGRAVO. EMBARGOS DE DECLARAÇAO. AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. LEI Nº 13.015/2014. RECLAMADO. ANTERIOR À LEI N° 13.467/2017. PRELIMINAR DE NULIDADE...

Página 3 do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) de 23 de Agosto de 2019

PRECEDENTES DO STF. O e. Supremo Tribunal Federal, ao julgar o Agravo no Habeas Corpus n°. 141.978, manifestou entendimento expresso no sentido de que 'a execução provisória de pena restritiva de...

Página 452 da II - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 23 de Agosto de 2019

jurídica com ou sem fins lucrativos, a jurisprudência deste Tribunal fixou-se no sentido de que a concessão do benefício de gratuidade de justiça deve ocorrer de forma excepcional, sendo necessária a...

Plano Diretor: um dever ou uma faculdade do gestor municipal?

Este artigo foi escrito com a colaboração da colunista Tania Vaz, e aborda a seara do Direito Urbanístico, Direito Administrativo e Direito Constitucional, mais precisamente acerca do instrumento de...

Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo TRE-SP - FEITOS NÃO CLASSIFICADOS : DIV 479 SÃO PAULO - SP

) PODER JUDICIÁRIO' . RESOLUÇAO TRE NO 479/2019 Regulamenta a utilização do Sistema de Petição Eletrônica, disponibilizado pelo Tribunal' Superior Eleitoral, pára a prática de atos processuais das...