Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
26 de março de 2017
Artigo 33 do Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

Art. 33 do Código Penal - Decreto Lei 2848/40

CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

Art. 33 - A pena de reclusão deve ser cumprida em regime fechado, semi-aberto ou aberto. A de detenção, em regime semi-aberto, ou aberto, salvo necessidade de transferência a regime fechado. (Redação dada pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984)

§ 1º - Considera-se: (Redação dada pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984)

a) regime fechado a execução da pena em estabelecimento de segurança máxima ou média;

b) regime semi-aberto a execução da pena em colônia agrícola, industrial ou estabelecimento similar;

c) regime aberto a execução da pena em casa de albergado ou estabelecimento adequado.

§ 2º - As penas privativas de liberdade deverão ser executadas em forma progressiva, segundo o mérito do condenado, observados os seguintes critérios e ressalvadas as hipóteses de transferência a regime mais rigoroso: (Redação dada pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984)

a) o condenado a pena superior a 8 (oito) anos deverá começar a cumpri-la em regime fechado;

b) o condenado não reincidente, cuja pena seja superior a 4 (quatro) anos e não exceda a 8 (oito), poderá, desde o princípio, cumpri-la em regime semi-aberto;

c) o condenado não reincidente, cuja pena seja igual ou inferior a 4 (quatro) anos, poderá, desde o início, cumpri-la em regime aberto.

§ 3º - A determinação do regime inicial de cumprimento da pena far-se-á com observância dos critérios previstos no art. 59 deste Código. (Redação dada pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984)

§ 4o O condenado por crime contra a administração pública terá a progressão de regime do cumprimento da pena condicionada à reparação do dano que causou, ou à devolução do produto do ilícito praticado, com os acréscimos legais. (Incluído pela Lei nº 10.763, de 12.11.2003)

Regras do regime fechado

RECURSO ESPECIAL: REsp 1653071 RS 2017/0026746-9

RECURSO ESPECIAL Nº 1.653.071 - RS (2017/0026746-9) RELATOR : MINISTRO NEFI CORDEIRO RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL RECORRIDO : PAULO ROBERTO NORONHA JUNIOR ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DECISÃO Trata-se de recurso especial interposto em face de acórdão ass...

RECURSO ESPECIAL: REsp 1657844 PI 2017/0047099-1

RECURSO ESPECIAL Nº 1.657.844 - PI (2017/0047099-1) RELATOR : MINISTRO NEFI CORDEIRO RECORRENTE : MANOEL JOSE DA SILVA NETO ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PIAUÍ RECORRIDO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ DECISÃO Trata-se de recurso especial interposto em face de acórdão assim ementado: APELAÇÃO CRIMI...

MEDIDA CAUTELAR NO HABEAS CORPUS: MC HC 141746 SP - SÃO PAULO 0002650-38.2017.1.00.0000

Trata-se de habeas corpus impetrado em favor de Jonathan Luiz dos Santos Nascimento, contra decisão do Ministro Sebastião Reis Júnior do Superior Tribunal de Justiça, que indeferiu liminarmente o HC 390.371/SP. Consta dos autos que o paciente foi condenado, juntamente com o corréu José Carlos dos Santos, pela prática d...

RECURSO ESPECIAL: REsp 1646844 SP 2017/0003414-3

RECURSO ESPECIAL Nº 1.646.844 - SP (2017/0003414-3) RELATOR : MINISTRO NEFI CORDEIRO RECORRENTE : THIAGO VIEIRA DO ESPIRITO SANTO ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECORRIDO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO Trata-se de recurso especial interposto em face de acórdão assim ementado: ...

RECURSO ESPECIAL: REsp 1650069 SP 2017/0017091-8

RECURSO ESPECIAL Nº 1.650.069 - SP (2017/0017091-8) RELATOR : MINISTRO SEBASTIÃO REIS JÚNIOR RECORRENTE : J C DE C A A ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECORRIDO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO ESPECIAL. PENAL. ESTUPRO DE VULNERÁVEL. FIXADA PENA DE 8 ANOS DE RECLUSÃO. REGIME INIC...

RECURSO ESPECIAL: REsp 1651241 SP 2017/0020200-0

RECURSO ESPECIAL Nº 1.651.241 - SP (2017/0020200-0) RELATOR : MINISTRO SEBASTIÃO REIS JÚNIOR RECORRENTE : EUCLIDES FERNANDES DOS SANTOS ADVOGADO : SIDNEY SANTIAGO MOTA - DEFENSOR DATIVO - SP171801 RECORRIDO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO ESPECIAL. PROCESSO PENAL. TRÁFICO DE DROGAS. ART. 387, § 2°, ...

RECURSO ESPECIAL: REsp 1643461 MG 2016/0327836-6

RECURSO ESPECIAL Nº 1.643.461 - MG (2016/0327836-6) RELATOR : MINISTRO NEFI CORDEIRO RECORRENTE : RONALDO FERREIRA PINTO ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS RECORRIDO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS DECISÃO Trata-se de recurso especial interposto em face de acórdão assim ementado: APE...

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1065901 SP 2017/0051944-4

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.065.901 - SP (2017/0051944-4) RELATOR : MINISTRO NEFI CORDEIRO AGRAVANTE : RODRIGO DA SILVA SANTOS ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO AGRAVADO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO Trata-se de agravo interposto em face de decisão que inadmitiu o recurso es...

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1065330 SP 2017/0050741-5

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.065.330 - SP (2017/0050741-5) RELATOR : MINISTRO NEFI CORDEIRO AGRAVANTE : RICARDO DA SILVA ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO AGRAVADO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO Trata-se de agravo interposto em face de decisão que inadmitiu o recurso especial,...

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1059555 SC 2017/0038966-8

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.059.555 - SC (2017/0038966-8) RELATOR : MINISTRO ANTONIO SALDANHA PALHEIRO AGRAVANTE : JOSÉ MADALENA JÚNIOR ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SANTA CATARINA AGRAVADO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA DECISÃO Agrava-se de decisão que negou seguimento ao recurso esp...

×