Artigo 1410 da Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

CC - Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

Institui o Código Civil.
Art. 1.410. O usufruto extingue-se, cancelando-se o registro no Cartório de Registro de Imóveis:
I - pela renúncia ou morte do usufrutuário;
II - pelo termo de sua duração;
III - pela extinção da pessoa jurídica, em favor de quem o usufruto foi constituído, ou, se ela perdurar, pelo decurso de trinta anos da data em que se começou a exercer;
IV - pela cessação do motivo de que se origina;
V - pela destruição da coisa, guardadas as disposições dos arts. 1.407, 1.408, 2ª parte, e 1.409;
VI - pela consolidação;
VII - por culpa do usufrutuário, quando aliena, deteriora, ou deixa arruinar os bens, não lhes acudindo com os reparos de conservação, ou quando, no usufruto de títulos de crédito, não dá às importâncias recebidas a aplicação prevista no parágrafo único do art. 1.395;
VIII - Pelo não uso, ou não fruição, da coisa em que o usufruto recai (arts. 1.390 e 1.399).
Wander Fernandes, Advogado
há 11 dias

Doei bem para filho(a), posso anular?

Não é possível anular uma doação, pois o bem não mais lhe pertence. Via de regra, a doação uma vez realizada, é irreversível, não podendo ser rescindida unilateralmente. Apenas em duas hipóteses…
2
0
Julio Martins, Advogado
há 2 meses

Sou Usufrutuária, o dono do imóvel morreu e moro lá há quinze anos. Tenho direito de pedir Usucapião desse imóvel?

COMO JÁ VIMOS AQUI diversas vezes, o êxito da demanda que visa o reconhecimento da Usucapião e, consequentemente, a aquisição do bem imóvel ocupado está intimamente ligado ao preenchimento dos…
1
0
Thaisa Dyala , Advogado
há 4 meses

Venda de imóvel com usufruto: o que você precisa saber.

O usufruto de imóvel confere a alguém, que não é o proprietário registral, a posse, o uso, a administração e a percepção de frutos do bem. Fica o questionamento: se o usufrutuário tem todos esses…
1
0

Direito real de habitação e a garantia de moradia ao cônjuge ou companheiro sobrevivente

O direito real de habitação, é um tema de grande relevância, e certamente, desconhecido por muitos.     O direito real de habitação é uma garantia atribuída ao cônjuge ou companheiro sobrevivente de…
1
1
Julio Martins, Advogado
há 6 meses

Meu imóvel tem um Usufruto vitalício gravado na matrícula. Posso vendê-lo?

DE INÍCIO é preciso compreender bem o instituto do USUFRUTO, tal como regulado por Lei (art. 1.390 e seguintes do Código Civil). Infelizmente a legislação não conceitua com clareza o referido direito…
1
0

Usufruto

O usufruto é um negócio jurídico em que a propriedade imobiliária é desdobrada em nua-propriedade, isto porque a propriedade é despida dos direitos de uso e exploração pelo usufruto. Confere ao…
1
0
Gian Micheleto, Advogado
há 8 meses

Questões controversas no contexto do usufruto conjuntivo e o direito de acrescer – apontamentos sobre prescrições do código civil

Afinal, ao estabelecer o usufruto, especificamente o usufruto conjuntivo, àquele pelo qual duas pessoas usufruem coisa alheia, tratam-se de dois usufrutos? Ou apenas um usufruto onde duas ou mais…
1
0
Caroline Souza, Advogado
há 8 meses

Usufruto

Previsto no Código Civil, artigos 1.390 a 1.411, o usufruto é uma das espécies de direito real, na qual, o nu-proprietário, outorga ao usufrutuário o direito de usar e fruir do bem, ou seja, o…
1
0

Da não incidência do Imposto Causa Mortis e Doação sobre a extinção do usufruto

O Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos – ITCMD, inovação trazida pela Constituição Federal de 1988, tem por hipótese de incidência a transmissão não onerosa de…
4
0
Julio Martins, Advogado
ano passado

"Escritura de Compra e Venda Bipartida"? Que negócio é esse? O usufruto não pode ser alienado - ou agora pode?

USUFRUTO é um instituto muito conhecido no âmbito Cartorário. Muitas vezes pode ser cogitado como uma importante solução para evitar todos os custos da realização de um INVENTÁRIO no futuro, como já…
1
0